O Município realiza o recadastramento de todos os espaços destinados aos sepultamentos

Leia em: < 1 minuto

A Secretaria de Serviços Urbanos informa que os serviços prestados nos cemitérios de Ilhéus seguem dentro da normalidade. A pasta esclarece que houve aumento da demanda por sepultamentos, em virtude da pandemia da Covid-19, contudo desmente a insuficiência de vagas.

A Prefeitura não suspendeu a oferta dos serviços cemiteriais e presta assistência e acolhimento necessários a todas as pessoas que perderam um ente querido. Os enterros das vítimas da Covid-19 são realizados em atendimento aos protocolos de segurança sanitária e prevenção à doença.

Ainda que a sobrecarga tenha atingido o sistema funerário em todo o país e que o Município não tenha investido em ampliação dos cemitérios, Ilhéus cria alternativas para evitar o colapso do sistema. A secretaria realiza o recadastramento de todos os espaços destinados aos sepultamentos, com o objetivo de identificar e evitar o abandono de túmulos e covas.

O registro visa também melhorar a gestão, manter o serviço eficaz para absorver a estimativa crescente de mortes em decorrência do vírus e atender de forma pontual a todos os munícipes. A Prefeitura realiza com periodicidade a manutenção e limpeza de todos os espaços públicos, de acordo com o cronograma definido pela Secsurb.

//

Por Luciano Robson Rodrigues Veiga

Leia em: 3 minutos

A Região Sul da Bahia vem se consolidando como uma região com fortes corredores de oportunidades. O seu CAVALETE MODAL, composto por: Porto, Aeroporto, Rodovias e Ferrovia (em formação), permitirá o desenvolvimento de novos empreendimentos, em especial nos segmentos industriais e logísticos, que poderão obedecer uma nova ordem de distribuição e escala, com a participação de diversos municípios criando unidades de industrialização e logísticas através de um dos seus pés modais, a exemplo da Rodovia BR 101, o Território Litoral Sul tem ao longo desta Rodovia 15 municípios dos seus 26 que o compõem.

É possível criar Pólos Industriais e Logísticos às margens da Rodovia BR 101 em cada um dos 15 municípios, abraçando modais diversos, em forma de clusters com concentração de empresas que se comunicam por possuírem características semelhantes, modalidades consorciadas, integradas e complementares. Se juntarão aos equipamentos modais existentes, os aeroportos de Ilhéus, Una (Comandatuba) e Canavieiras, porto, ferrovia Leste-Oeste em construção.

Somar estes elementos modais ao nosso principal ativo, o meio ambiente diverso, Mata Atlântica, costa litorânea e outros. A junção entre o mar e a mata, do azul do mar ao verde das matas, nos leva a pensar e planejar um novo amanhã, onde os princípios da sustentabilidade, nos garantirá o presente e o futuro, com base em um desenvolvimento estratégico, que exigirá uma aliança entre público e privado.

Os elementos propositivos trazidos, exigirá o envolvimento das lideranças regionais na construção e formação de uma Câmara Técnica e Política de Desenvolvimento Sustentável do Sul da Bahia, objetivando planejar o seu presente e desenhar o seu futuro, garantido a equidade das ações, trazendo para si o protagonismo, sendo porto e farol do seu destino. Parece óbvia a frase ser dono do seu destino, mas, infelizmente, o que sentimos é a capital centro do poder, apontar, planejar e decidir o nosso futuro, sem percepção do olhar da nossa história e cultura.

Construir novos trilhos de desenvolvimento passará pela interpretação do seu cavalete modal em sintonia com a sua cultura, meio ambiente e desejo do seu povo. Romper com estes elementos, impondo projetos e desejos de outrem, nos levará a um desenvolvimento sem identidade, deslocado do nosso querer e ser, tornando-nos coadjuvantes sem brilho, sem luz, sufocado por um desenvolvimento indesejado, que nos será muito caro.

Os corredores de oportunidade do sul da Bahia precisam ser pavimentados. Os horizontes que nos abre nos enche de responsabilidade, precisamos acertar, nos tornar metropolitano, associar e consorciar ações, dividir protagonismo, liderança, sermos plural no pensar e agir, quebrar paradigmas da cultura do EU.

O cavalete modal nos dará a régua e o compasso. Será o farol de um novo tempo, porém, caberá ao nosso povo, com participação social ativa, conjuntamente com às lideranças políticas e privadas, corrigir o seu presente e escrever o seu futuro. 


Luciano Robson Rodrigues Veiga é Advogado, Administrador, Especialista em Planejamento de Cidades (UESC), Especialista em Gestão do Desenvolvimento Territorial – MSA (UFBA)

*A análise do colunista não reflete, necessariamente, a opinião de Pauta.blog.br

Moradora do condomínio Gabriela aproveitou o dia de atendimento no conjunto e regularizou suas contas

Leia em: < 1 minuto

Clientes em débito com a Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa) têm até a próxima 5ª feira (5.agosto), para se beneficiar com as vantagens do Refis (Programa de Refinanciamento de Dívidas). O Refis facilita a negociação de débitos dos consumidores com contas em aberto e o fornecimento de água suspenso.

A gerente de Relacionamento da Emasa, Marta Reis, lembra que está bem próximo o encerramento do programa, que é oportunidade única para os consumidores com pendências junto à empresa regularizem seus débitos e tenham reestabelecido o fornecimento de água de qualidade.

“A Emasa montou um esquema especial de atendimento e criou facilidades nos acordos de pagamento, com entrada facilitada, exclusão dos juros e multas e parcelamento em até 120 meses, a depender de cada caso. Além disso, como a negociação é presencial, criamos uma estrutura que respeita os protocolos sanitários da Covid-19”, afirma a gerente de Relacionamento.

Aproximadamente 500 clientes até ontem já haviam procurado o escritório da Emasa, na Rua Adolfo Maron, no centro da cidade, para negociar suas dívidas. “Acreditamos que até a próxima semana, dev ocorrer um aumento significativo dos clientes por se tratar do último dia do Refis”, disse Marta Reis.

//

Valderico Reis

Leia em: 3 minutos

A campanha eleitoral de Ilhéus corria a solta em 2004, com as candidaturas de Valderico Reis, Soane Nazaré de Andrade, Ruy Carvalho, Ângela Sousa, Roland Lavigne, Correia e Magno Lavigne à prefeitura ilheense. Com base eleitoral mais privilegiada junto aos bairros carentes, onde costumava frequentar bares e botecos famosos pela cerveja gelada e comida pesada (sarapatel, mocotó, dentre outras iguarias), Valderico Reis se sentia nas nuvens e não admitia perder da campanha.

Além de ser bem recebido nesses locais, nos quais era frequentador assíduo – ao contrário dos outros candidatos –, se sentia em casa e era tratado pelos moradores como um membro da família. Bebia cerveja, pagava cachaça para todo mundo, e provava de verdadeiros banquetes durante as caminhadas e nos comícios esses bairros viviam uma verdadeira apoteose.

Valderico Reis era empresário do setor de transportes urbanos e interestaduais e se tornou inimigo figadal do prefeito Jabes Ribeiro, por motivos que aqui não merece uma avaliação mais abalizada. E foram justamente as discussões entre os dois que fizeram Valderico lançar sua candidatura a prefeito, com a finalidade de derrotar o candidato apoiado pelo prefeito Jabes Ribeiro.

Mas para Valderico isso só não bastava, era preciso falar mal de seu inimigo – o prefeito Jabes Ribeiro – e garantir o voto com as promessas de campanha, que jurava ser o primeiro prefeito a cumpri-las, na íntegra, pois era um empresário de sucesso. No discurso, se apresentava como o único candidato que não precisava do dinheiro da Prefeitura, e todo o salário (subsídio) recebido seria doado para a construção de creches, escolas e instituições sociais.

E quando falava que era um empresário de sucesso e não dependia do dinheiro da prefeitura, os eleitores iam ao delírio. Finalmente Ilhéus teria um prefeito que governaria com o povo. E a cada caminhada pelos bairros periféricos e morros Valderico desfiava seu corolário de realizações, que daqui pra frente beneficiaria, sobretudo os mais pobres, gente simples, assim como ele, que falava a língua do povo.

A educação seria tratada como nunca e não ficaria um só aluno fora da sala de aula, recebendo merenda de qualidade e ensino durante todo o dia, com matérias profissionalizantes, para que o jovem aprendesse uma ocupação de verdade. A partir do início do seu governo construiria creches para que os pais pudessem trabalhar o dia inteiro, enquanto os filhos ficariam sob os cuidados da prefeitura.

E as camadas mais pobres da população poderiam ter certeza que Valderico Reis iria a Brasília buscar recursos para construir casas populares, livrando-os dos pesados alugueis. Para isso já teria conversado com deputados e senadores para tirar Ilhéus do atraso, das ruas esburacadas e cheia de lama. Até o final do seu mandato Ilhéus inteira teria asfalto de primeira em todas as ruas.

A saúde era outro segmento que Valderico Reis prometia privilegiar, pois sabia dar valor, por ter origem humilde. Num desses comícios, mais exatamente no bairro Nossa Senhora das Vitórias, iniciou falando do descaso do governo municipal com os moradores, relegados ao abandono, mostrando que não existia esgoto no local, o lixo não era recolhido e nem posto de saúde existia.

Por si só, o bairro carecia de tudo que Valderico prometia fazer para o bem-estar da população. A cada promessa, gritos de apoiado, salva de palmas, o povo entrava em delírio. Não restavam dúvidas que era o candidato ideal para governar Ilhéus. Lá pras tantas, empolgado com a atenção dos moradores, ao ver umas senhoras de idade, resolveu fazer ampliar as promessas, e disse:

– Quando eu for prefeito vou implantar cirurgia plástica nos postos de saúde e todas as mulheres vão ter direito a ficar com os peitos durinhos – exclamou.

E para demonstrar que estava falando a verdade, pegou nos seios de uma mocinha que estava ao seu lado e se saiu com mais essa:

– Não estou mentido não, todas vocês vão ficar como essa menina aqui, ó! – e continuou com o discurso, embora não tirasse a mão do corpo da mocinha, para delírio da plateia.

No fundo do palanque os marqueteiros Valdomiro Júnior e Vander Prata comemoravam a vitória da campanha. Não deu outra, Valderico Reis ganhou a eleição disparado. Quanto às promessas…deixa pra depois…


Walmir Rosário é radialista, jornalista e advogado

*A análise do colunista não reflete, necessariamente, a opinião de Pauta.blog.br

A Sudesb estima, após cumprimento de todas as etapas previstas pelo edital de chamamento público, a data de 14 de dezembro próximo para assinatura do termo de fomento com as organizações selecionadas por meio do chamamento público

Leia em: < 1 minuto

Comemorado em 3 de agosto, o Dia Nacional do Capoeirista tem homenagem antecipada pela Sudesb (Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia). O Diário Oficial do Estado de ontem, 6ª feira (30.julho), traz publicado Aviso de Edital com destinação de R$ 500 mil para o apoio a projetos de eventos neste segmento esportivo. Tanto o edital quanto os seus 11 anexos já se encontram disponíveis no site da autarquia.

“Com a boa perspectiva de recuo da pandemia, começamos a colocar na rua nossos projetos de fomento, que forçosamente fomos obrigados a interromper desde 2020 por conta da crise sanitária. Nada mais simbólico do que iniciarmos essa retomada com o lançamento de um edital de fomento à capoeira, esporte que tanto tem a ver com nossas raízes, nossa cultura histórica”, comenta o diretor-geral da Sudesb, Vicente Neto.

As organizações sociais interessadas têm entre 2 e 30 de agosto para apresentar seus projetos, podendo ser apenas um por instituição. Ainda de acordo com o edital, poderão vir a ser selecionadas até 20 propostas, desde que cada uma não ultrapasse o valor máximo de R$ 25 mil.

Prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre; o vice-prefeito Bebeto Galvão; deputado federal Paulo Magalhães; presidente da Câmara de Ilhéus, Jerbson Moraes; e a primeira-dama Soane Galvão

Leia em: < 1 minuto

A política ilheense está unida no objetivo de fazer a primeira-dama Soane Galvão ocupar uma cadeira na Assembleia Legislativa da Bahia.

Toda afinação está liderada pelo prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre (Marão), e do deputado federal Paulo Magalhães, ambos do PSD.

O Pauta.Blog manteve contato com o presidente da Câmara de Ilhéus, o advogado Jerbson Moraes (PSD), e ele garantiu: “seguimos firmes na construção da Ilhéus que sonhamos. E estamos unidos em prol da pré-candidatura da primeira-dama Soane Galvão”.

E continuo afirmando: “a política só faz sentido para o cidadão quando ela tem a capacidade de servir ao coletivo. E esta condição torna-se ainda mais viável quando um grupo é coeso, forte e preparado”, disse o vereador.

Nesta corrida rumo a apoiar Soane em 2022, também está o vice-prefeito de Ilhéus, Bebeto Galvão (PSB). E Jerbson finalizou dizendo: “juntos e com determinação iremos transformar Ilhéus. Tudo isso é o que nos une”.

O arranjo político em Ilhéus parece estar totalmente definido: Paulo Magalhães para federal e Soane Galvão para estadual.

A tática de Marão segue a todo vapor para eleger a esposa, já que a mãe, a ex-deputada Ângela Sousa, não sairá candidata.

O empresário Gileno Alves e o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre

Leia em: < 1 minuto

Faleceu aos 95 anos, o empresário Gileno Alves de Araújo, vítima de dengue e varizes gástricas, na madrugada deste sábado (31.julho), no Hospital de Ilhéus.

Gileno estava internado desde a última 2ª feira (26.julho). E o enterro será neste sábado, às 15h, no Cemitério da Vitória, do Alto Teresópolis, em Ilhéus.

HISTÓRICO
Seu Gileno, era um querido e reconhecido empresário ilheense, proprietário da tradicional sorveteria Ponto Chic, inaugurada em 1952. Deixa esposa, um filho, uma nora, duas netas, um neto e uma bisneta.

NOTA DE PESAR
O prefeito Mário Alexandre (PSD) expressa as suas mais sinceras condolências a todos os familiares e amigos.

Empresário dedicado, íntegro, deixa muitas saudades para todos que tiveram a oportunidade de conhecer seu carisma e amizade.

Que Deus o acolha em sua morada eterna de amor e misericórdia.

//

Eduardo Kowalski e Ronaldo Abude

Leia em: < 1 minuto

Segundo o secretário Alcântara Pelegrini, das Relações Institucionais e Comunicação de Itabuna, afirmou ao programa Frequência Política, que o governo Augusto Castro (PSD) passa pela primeira baixa, ou nas palavras dele: “baixa grande”.

Isto porque, segundo Alcântara, o diretor e médico Eduardo Kowalski, do Hospital de Base, e o diretor administrativo da Fasi (Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna), Ronaldo Abude (Novo), ‘pediram para sair’ das respectivas pastas. Ambos alegaram questões pessoais como motivo das saídas.

A expectativa agora fica para quem o prefeito Augusto irá anunciar para a direção do Hospital de Base e da Fasi.

Com sete meses de gestão, o governo municipal, enfrenta a primeira ‘baixa’ na Saúde.

LEIA TAMBÉM A COLUNA BALÃO DA POLÍTICA⤵️

Azevedo, Paulo Magalhães, Eures Ribeiro, Geraldo Simões, Júnior Brandão, Sousa Lino, Valderico Reis

Capitão Azevedo: ex-prefeito de Itabuna

Leia em: 7 minutos

Longe da caneta há mais de 10 anos, quando perdeu a eleição municipal para Vane do Renascer, o ex-prefeito Capitão Azevedo vem sonhando em voltar a ocupar um cargo político. Já declarou que irá concorrer às eleições de 2022.

Em entrevista Exclusiva ao Pauta Blog, Azevedo relembrou sua trajetória política, avaliou a atual gestão municipal e já cravou: está fechado com ACM Neto. Confira:

Pauta.Blog // Como tem levado os seus projetos pessoais e políticos nesses quase dois anos de pandemia?
Capitão Azevedo // É inegável que houve um comprometimento. A pandemia trancou a economia, a parte social, as relações interpessoais. Houve um travamento das ações, do pensamento, as ideias ficaram limitadas. E nós entendemos que, para tomar decisões, buscar ocupar espaços, interagir com a sociedade, é preciso que haja liberdade total da comunicação, da participação. E a pandemia impôs restrições.

Não tenha dúvidas de que as relações foram comprometidos, até na área familiar, pois procuramos nos proteger. E embora tenhamos perdido milhares de vidas, a prevenção foi o que salvou muitas outras.

E para mim houve, sim, um comprometimento. Agora, com a vacinação, a gente está com uma nova expectativa. Já vimos o semblante das pessoas melhorando, a economia retomando gradativamente, com os cuidados devidos. Afinal, a pandemia ainda não acabou. E mesmo com a vacina, ainda temos que manter os cuidados.

Pauta.Blog // Enxergarmos que o senhor tem a política na veia. De onde vem esta inspiração?
Capitão Azevedo // Veio da década de 70, quando ingressei na Polícia Militar. Vim trabalhar em Itabuna e fui buscando estudar. Fui a sargento, tenente, coronel e capitão. Galguei esses postos, sempre interagindo com a sociedade. E descobri que eu tinha uma tendência natural para me comunicar com as pessoas e, mais ainda, para me preocupar em solucionar os problemas das pessoas. Este foi um ponto fundamental.

O homem público, quando solicitado, tem que se sentir como um instrumento facilitador da vida das pessoas. E foi isso o que eu fiz como PM no Batalhão de Itabuna e, posteriormente, atuando no órgão de trânsito, o Detran, na 5ª Ciretran da Bahia. Fiquei 16 anos chefiando esse órgão.

Com isso, aprendi a fazer relações públicas, adquiri penetração na sociedade, através do serviço prestado. Quando assumi a 5ª Ciretran, ela era composta por 6 municípios. E quando deixei, 16 anos depois, estava com 22 municípios. Várias cidades pertenciam a Ilhéus e, vendo a qualidade do serviço que prestávamos, as pessoas iam até o governador do Estado para pedir para transferir a subordinação circunscricional para a 5ª Ciretran.


Isso foi um referencial e me fez sentir que eu deveria ir para outra área, para legislar em prol da população, especialmente da população carente. Foi aí que pedi licença da PM e da Ciretran e decidi ser candidato a vereador em 2004. No último mês para as convenções, encontrei com Fernando Gomes e ele me disse: você dá pra ser um bom vice.

Quando eu contei às pessoas que estavam na campanha para vereador comigo que seria vice, disseram que eu iria levar uma surra, já que Jacques Wagner era governador, Lula presidente e tínhamos um prefeito do PT, Geraldo Simões. Mas Fernando tinha deixado um legado de grandes obras. No final, vencemos a eleição.

Depois, fui candidato a prefeito. Começamos com 5% das intenções de voto e fomos crescendo. Quando o capitão Fábio se uniu com Jussara Feitosa, houve a revolução. Fomos eleitos com 52 mil votos. Este foi o maior pleito da história de Itabuna. Depois, tentamos a reeleição e perdemos por apenas 1.107 votos de diferença. Fui o candidato que chegou mais perto da reeleição. Se tivesse segundo turno, eu estaria lá.

Pauta.Blog // Como o senhor acompanha a política diariamente, principalmente no cenário local? Qual a sua avaliação?
Capitão Azevedo // A política tem uma dinâmica muito forte. Eu analiso uma situação até preocupante, porque nós tivemos a pandemia que atrapalhou muitas ações. Mas eu acredito que a experiência, a forma de planejar, podem ajudar nisso. Só que a nossa cidade ainda tem essa carência na forma de apresentar as ações, o que vai ser implantado.

É muito prematuro fazer uma avaliação concreta. A gente fica torcendo para que o gestor tenha sucesso, pois quem ganha é a cidade. A cidade é do povo, da coletividade. Eu torço pela cidade, seja qual for a sigla que esteja no poder. Torço para que o gestor faça um governo de acordo com os anseios da população.

Pauta.Blog // Caso tivesse sido eleito em 2020, o que você teria feito de diferente do atual prefeito Augusto Castro?
Capitão Azevedo // Em primeiro lugar, no primeiro dia de governo, toda a equipe estaria cuidando da estrutura da Saúde. Não abriria mão disso em hipótese alguma. Estrutura física, equipamentos, pessoal… pois em primeiro lugar está a vida das pessoas. Estaria apertando o cinto de todos os lados para resolver a questão da Saúde. Saúde é um conjunto de ações realizadas junto a outras secretarias. Investimento em saneamento básico, por exemplo, também e uma ação prevenção e saúde.

E pra isso eu já tinha o canal. Em 4 anos de mandato, fui o gestor que mais conseguiu captar recursos das esferas federal e estadual. Fiz um trabalho que, tanto o que me sucedeu, quanto os posteriores, e até o atual gestor ainda tem recursos que eu captei para execução de obras na infraestrutura da cidade. Tudo o que vem beneficiar, principalmente, a periferia da nossa cidade, as pessoas em situação de vulnerabilidade.

Pauta.Blog // De zero a dez, qual nota você dá à gestão do prefeito Augusto Castro?
Capitão Azevedo // Eu me abstenho de emitir uma nota. Não tenho condições de avaliar. Ainda é muito prematuro.

Pauta.Blog // Quais são os seus planos políticos? Será candidato a deputado em 2022?
Capitão Azevedo // Nós estamos na corrente de ACM Neto para governador. Estamos na expetativa de uma reforma eleitoral que deve ocorrer até setembro. Estou aguardando essa reforma para decidir se vou sair candidato a deputado estadual ou federal. Já que é o pleito mais próximo, me interesso muito.

Mas preciso de estrutura e é isso que vamos buscar nas esferas superiores. Primeiro, temos que consultar a sociedade. E eu vejo uma sociedade que agoniza por ter um representante. A cidade está órfã, sem representantes nas esferas superiores. E é preciso que a sociedade compreenda que, só através dessas forças, o progresso poderá ser implementado. Essa decisão pode envolver a troca de partidos. Hoje estou no PL, não tenho nada a reclamar, tenho uma boa relação com os presidentes estadual e municipal. Mas mudaria, sim, se for interesse do grupo político. Inclusive, já fui convidado por inúmeras siglas.

Pauta.Blog // Se as eleições fossem hoje, o senhor votaria em Wagner, Neto ou Roma? E por quê?
Capitão Azevedo // ACM Neto, sem dúvidas. Sou do tempo de ACM e voto em Neto.

Pauta.Blog // Existe alguma “rusga” com o ex-prefeito Fernando Gomes?
Capitão Azevedo // Em hipótese alguma. Tenho Fernando Gomes como amigo e o sempre terei. Houve uma questão de uma entrevista numa rádio, onde me perguntaram: “Se você entrasse na Prefeitura e visse um contrato de 3 milhões para coleta de lixo, o que faria?”. Eu respondi que, se eu entrasse e se visse que estava saindo pelo ralo [tudo na base do “se”], eu iria investigar.

Quando eu saí da rádio, um blog já tinha colocado: “Azevedo fala que o lixo de Itabuna está saindo pelo ralo”. Foi aí que meu amigo Fernando Gomes, sem termos um diálogo, gravou um vídeo aborrecido. Na primeira oportunidade em que tive com ele, conversamos, e expliquei como foi a entrevista. Foi igual quando ele disse o “morra quem morrer”. Não foi essa a intenção, mas ganhou o mundo dessa forma.

Pauta.Blog // A eleição no Brasil será polarizada mesmo entre Lula e Bolsonaro, ou você acredita que nascerá uma terceira via?
Capitão Azevedo // Eleição tem muita dinâmica. Mas, no momento, não vejo essa expectativa. No entanto, a polarização é complicada. As pessoas ficam envolvidas e isso compromete o raciocínio de visualizar uma outra opção. Mas não vejo, agora, a possibilidade de uma terceira via.

Pauta.Blog // Entre estes dois nomes, em quem o senhor votaria?
Capitão Azevedo // Francamente, eu sou da direita. Não resta dúvidas. Tenho que ir para direita. Não tenho para onde correr.

Pauta.Blog // Quais são as suas considerações finais?
Capitão Azevedo // A humildade tende a facilitar o diálogo com as pessoas. Meu êxito na gestão municipal foi a humildade. E eu desafio qualquer gestor a provar que trouxe mais recursos em 4 anos de mandato. Graças ao meu lado humilde, às relações, ao respeito mútuo.

A política evolui e os métodos têm que evoluir junto com a sociedade. E vemos muitos políticos na cidade e na região que não querem comungar com a sociedade. Querem permanecer usando aqueles métodos arcaicos. Só que não tem um sistema melhor para trabalhar na gestão pública do que a democracia. Isso é sacramentado no meu coração, na minha alma. Democracia significa liberdade para escolher, decidir, ir e vir. Devemos nutrir e preservar isso para evoluirmos junto com a sociedade. E eu quero passar essa mensagem para o meu povo de Itabuna.

Essa cidade tem tudo para ser pujante. Só precisa de um rumo. E eu estou pronto para ajudar a quem quer que seja, como também ser ajudado, para que possamos transformar nossa cidade rumo ao progresso.

Quero deixar bem claro que jamais desistirei das oportunidades que possam surgir para a nossa cidade, para o nosso povo e para a nossa gente.

E continuem se cuidado. A pandemia não acabou. Precisamos abrir as coisas, mas com prudência. A vida é a principal riqueza do ser humano. 

LEIA TAMBÉM A COLUNA BALÃO DA POLÍTICA⤵️

Azevedo, Paulo Magalhães, Eures Ribeiro, Geraldo Simões, Júnior Brandão, Sousa Lino, Valderico Reis

Leia em: 7 minutos

Azevedo ainda sonha em voltar a governar Itabuna 👀

Apesar de ter uma avaliação (ainda) invejável nos bairros mais carentes, o Capitão Azevedo (PL, pelo menos por enquanto), anda com o sinal de alerta ligado como qualquer militar. Ou seja: observando todos os detalhes para não cometer qualquer barbeiragem. Coisa que seria fatal para 2024, caso erre em 2022, já que cogita-se uma possível candidatura a prefeito (perdeu três vezes seguidas e tentaria novamente) em 2024.

Azevedo está longe de uma cadeira e/ou da caneta há mais de 10 anos, quando perdeu a reeleição para Vane do Renascer, em 2012, por 1.107 votos.

O sonho é alimentado na correte Azevediana porque ele foi o prefeito eleito com maior votação em Itabuna, com 52.187 votos.

Veja o desempenho de Azevedo em sua carreira política:
2008: 52.187 votos (prefeito eleito);
2012: 44.516 votos (prefeito não eleito);
2014: 14.731 votos (dentro de Itabuna para deputado estadual);
2016: 17.257 votos (prefeito não eleito);
2020: 17.817 votos (prefeito não eleito).

Isso é o que fomenta o sonho dos Azevedianos: manteve os 17 mil votos de 2016 para 2020.

Por tanto, vamos aguardar esta derradeira 👀 movimentação do Capitão.

Não perca! Confira a previsão política do ex-prefeito de Itabuna em uma entrevista exclusiva aqui no Pauta.Blog.

🤸‍♂️ Augusto Castro vira capoeirista por um dia

Na reinauguração de uma Padaria, no Sítio 1 da Fundação Marimbeta, o prefeito Augusto Castro (PSD) tentou alguns passos na capoeira, mas só ficou no 🤸‍♂️ gingado mesmo.

Tudo é válido para tentar manter a popularidade e chegar bem nas eleições do ano que vem, já que tem a missão de: 1️⃣ dar uma votação expressiva ao atual deputado federal Paulo Magalhães (PSD) e 2️⃣ eleger a primeira-dama para uma cadeira na Assembleia Legislativa da Bahia.

Na opção 1, a ordem de “dar uma votação expressiva” veio de Salvador.

Até o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, durante a inauguração do Centro de Diagnóstico por Imagem do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, disse: “Precisamos reeleger Paulo Magalhães”.

Conferiremos se a estratégia de Augusto vai tirar Magalhães da votação em Itabuna de 458 votos em 2018, quando foi apoiado pelo ex-prefeito.

A constatação do ‘empenho’ está grande e nítida, claro.

A averiguar!

🏝️ Em Ilhéus, Valderico próximo de sair a federal

O empresário Valderico Reis (DEM), ex-candidato a prefeito de Ilhéus, está finalizando a ‘costura’ para se candidatar a deputado federal.

Segundo um entendido da política de ilheense, Valderico não descarta a possibilidade de concorrer a uma vaga à Câmara dos Deputados. E ainda disse: “tem alguns pontos ainda para que isso possa ocorrer”.

O martelo, provavelmente, será batido com a vinda de ACM Neto na região nos próximos meses. Dizem que não passa de setembro.

Eures no 🅿️🅿️

Eures Ribeiro, ex-presidente da UPB, que também já foi deputado estadual, vereador e prefeito por dois mandatos em Bom Jesus da Lapa, acabou deixando o PSD do então senador Otto Alencar. Após esperar por 7 meses um cargo no Governo do Estado e se cansar, dizem que Eures vocaliza como novo destino o PP, do vice-governador João Leão, do Bonitão.

❌ A Feira da FakeNews

Paulão do Caldeirão (PSC), vereador de Feira de Santana, foi à tribuna e soltou o verbo com relação às notícias falsas relacionadas à Câmara e associações contrárias à gestão do prefeito Colbert Martins, que são produzidas e divulgadas por uma empresa supostamente contratada pela Prefeitura.

“A imprensa de Feira sabe que o Governo do Município, o prefeito e a sua assessoria de comunicação contrataram uma empresa de fake news? Quando saem aquelas matérias tentando denegrir a imagem da Câmara, da APLB, é uma equipe do próprio governo de Colbert Martins. É lamentável”, disparou o parlamentar.

A tal da ❌ FakeNews é “barril”. Uma vez solta, dificilmente será contida.

🎲 O presidente que não quer ser presidente. Está mais para um blefe… 

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou em entrevista à Rádio Cidade Luís Eduardo Magalhães, na Bahia, que não sabe se vai disputar as eleições de 2022. Olha que ‘migué’…

“Quanto à política: eu não quero entrar em muitos detalhes agora, porque a preocupação é realmente administrar o Brasil. É natural, obviamente, eu tenho que ter um partido político. Eu não sei se vou disputar as eleições do ano que vem, devo disputar, eu não posso garantir”.

O presidente não quer ser presidente novamente? “Conversa pra boi dormir”.

O blefe vem sendo repetido por Bolsonaro para afastar acusações de campanha eleitoral antecipada.

📚 Nova sede da reitoria da UFSB

Dentre os convidados presentes na inauguração da nova sede da Reitoria da UFSB (Universidade Federal do Sul da Bahia), no centro de Itabuna, estavam: prefeitos, deputados federais, secretários estaduais e municipais, primeira-dama, reitor. Até aqui ok.

Mas um fato curioso é que o ex-prefeito de Itabuna, Geraldo Simões (PT), soltou um vídeo comemorando dizendo: “A inauguração da Reitoria da UFSB é a materialização de nossa luta em tantas frentes”. Ok.

Com tamanho desvelo, por quê não foi à inauguração❓

😴 À espera de uma oposição

Um interlocutor, ex-vereador de Itabuna, disse que estaria doido para estar na atual Câmara de Itabuna, para ser o único a fazer oposição. Cutucou: “sem dúvidas, eu seria oposição…”

Quem conhece das bugigangas de fazer oposição, sabe que estaria reeleito para vereador em Itabuna. Leia estaria como possível.

Por enquanto, todos os vereadores comungam com a atual gestão. Amém aqui. Amém ali. Aliás, tudo é amém!

✍️ O Ciso está de volta…

Júnior Brandão (Rede), secretário de Governo de Itabuna, está com prestígio na gestão municipal. O Colégio Ciso está de volta, pelo menos com algumas atividades ou os olhos voltados para aquela instituição de ensino. Com a programação da Semana Esportiva, o Ciso foi incluído nas atividades como: natação, hidroginástica e jogos de basquete com cadeirantes.

Fica a pergunta e o sonho de todos os moradores do bairro de Fátima: será que as aulas também irão retornar no Colégio Ciso, um dos mais tradicionais do interior da Bahia?

Vamos jogar a moeda e torcer.

🤔 Quase secretário…

O superintendente de Serviços Públicos, Sousa Lino, foi homenageado na última quarta com o Título de Cidadão Itabunense. Tudo bem.

Mas, às vezes, fico notando que o Sousa joga tão bem que supera o secretário de Infraestrutura de Itabuna. Ou, em outras palavras: não é oficial, porém tem traquejo de secretário.

Que fique claro: não o conheço e nem sou amigo, e muito menos, o secretário.

Apenas uma avaliação de quem está de fora.

🦁 O leão que ruge cada dia mais alto 

João Leão (PP), vice-governador da Bahia, em entrevista na quinta-feira à Rádio Salvador FM, confirmou mais uma vez que será candidato ao governo da Bahia em 2022.

“Você tem três bons administradores, Jaques Wagner, ACM Neto, que não tem a experiência do Estado. Eu tive o prazer e a honra de ter criado a Fiol, a Ponte Salvador-Itaparica. Eu tenho uma experiência boa na administração pública […]. Sou candidatíssimo e vou ganhar a eleição no primeiro turno”, esperneou.

A cada rugido, as antenas dos petistas tremem. Desta vez, está com cara de que o senador Jaques Wagner (PT) não vai ganhar no gogó, não.

E agora, Galego?

🗣️ FeedBack

Um leitor da Coluna Balão enviou-nos a seguinte mensagem:

“Vi uma publicação no site em que falava que alguns edis estariam com ciúmes de Ronaldão, pela reforma da praça do Fátima e outra coisa. Realmente, ter ciúmes de um vereador que NÃO FAZ QUASE NADA NA CIDADE chega a ser engraçado, pois temos 3 em plena atividade, que são Sivaldo, Pancadinha e Israel Cardoso. Todos esses sempre divulgando as intervenções na cidade em suas redes sociais, muito mais que outros vereadores. Vá na página e Ronaldão e veja a última publicação que tem tempo kkkkkkk”

Pegou ar e escamou.

👂 Vereador grita, mas pede menos…

Eunápolis: líder do governo da prefeita Cordélia Torres (DEM) chegou a entregar o cargo na quinta-feira 29.

Por que será?

O vereador Adriano Cardoso (Solidariedade) entregou o chapéu por insatisfação, já que a prefeita não vinha atendendo aos pedidos encaminhados por ele.

Porém, entretanto, todavia, na sexta-feira 30, o vereador voltou atrás porque 17 familiares que ocupavam funções na prefeitura foram demitidos.

Por pressão, o vereador pediu menos.

Agora anda 🎹 pianinho!

Samu 1️⃣9️⃣2️⃣ 

Base do Samu-192 de Itabuna funcionará em um novo endereço: Avenida Juca Leão, nº 412, em frente ao Escritório Local da Ceplac.

POLÍTICA EM UMA FRASE:

✔️ Justiça julga improcedente pedido de cassação da prefeita de Nazaré, Eunice Barreto (DEM), do DEM.

⚫ Faleceu aos 68 anos o ex-prefeito de Maiquinique, José Francisco, mais conhecido como Zé Topete.

LEIA TAMBÉM A ENTREVISTA DO CAPITÃO AZEVEDO, EX-PREFEITO DE ITABUNA 👇

📌 Entrevista: “Estou pronto para transformar nossa cidade rumo ao progresso”, disse o Capitão Azevedo

Envie a sua sugestão de pauta: [email protected]

//

A justiça garantiu a permanência da sala da Ordem dos Advogados, na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher

Leia em: < 1 minuto

A Justiça Federal emitiu uma Liminar ontem, 6ª feira (30.julho), garantindo a permanência da sala da Ordem dos Advogados – Seccional de Itabuna, na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, no bairro Góes Calmon. A decisão aconteceu após a Comissão da Mulher OAB – Subseção de Itabuna ter acionado a justiça contra um comunicado da Secretaria de Segurança Pública, que teria dado o prazo até o dia 1º de agosto para a desocupação do espaço.

O fato causou comoção e o apoio dos profissionais da área, que conseguiram o deferimento da Justiça federal pela permanência do espaço, que há dois anos, além de ser reservado aos profissionais do direito, serve de amparo e garantia da luta contra a violação dos direitos das vítimas de toda espécie de violências.

“No ano em que a Lei Maria da Penha completa 15 anos, a luta pela efetivação dos direitos e pela reparação dos efeitos devastadores da violência só se mantém acirrada. E, a Comissão da Mulher não se furtará a manter o combate contra violações que atinjam o direito da mulher e as prerrogativas dos profissionais que militam na área”, declarou a presidente da Comissão, Andréa Peixoto.

Rui Costa (PT) tomou a segunda dose da vacina da Pfizer // Foto de Eudes Benício

Leia em: < 1 minuto

O governador Rui Costa (PT) tomou a segunda dose da vacina contra a Covid-19, da Pfizer, na tarde desta 6ª feira (30.julho), na Unidade da Saúde da Família no bairro da Federação, em Salvador.

“Tem que tomar a segunda dose, pois só assim vamos estar protegidos de verdade dessa doença que já causou tanta tristeza. Não pode perder o prazo. Tem que ser com vacina no braço para nossa vida seguir com muita saúde”, afirmou Rui.

Até o início da tarde desta sexta-feira, a Bahia havia aplicado 6.263 milhões de primeiras doses da vacina e 2.503 milhões de segundas doses. O estado já está próximo a 60% da população com 18 anos ou mais (estimada em 11.148.781) com, pelo menos, a primeira dose.

Acompanhe o Pauta Blog pelo Instagram e/ou mande-nos uma mensagem pelo WhatsApp: (73) 8869-7877.
Leia em: 2 minutos

O Ministério Público Estadual conduziu uma série de visitas em 24 escolas do município de Cruz das Almas, por meio do promotor de Justiça Adriano Freire de Carvalho.

As ações de vistoria integram o projeto institucional ‘Saúde + Educação: Transformando o Novo Milênio’, cujo objetivo é fiscalizar e promover a melhoria da qualidade dos serviços de saúde e educação no estado baiano.

Nas visitas, foram encontradas escolas sem a adaptação necessária para o cumprimento dos protocolos de segurança contra a pandemia: sem pias ou com pias insuficientes, sem material de higiene e limpeza, sem álcool em gel, com ausência de capinagem em áreas de recreação, janelas e portas danificadas, sem ventilação adequada, com geladeiras e fogões sem condições de uso e goteiras.

De acordo com informações divulgadas pela Prefeitura, a previsão é que as aulas retornem ao modo semipresencial a partir do dia 2 de agosto, de forma escalonada. Para garantir o retorno seguro das atividades escolares, o promotor de Justiça Adriano Freire informa que a Secretaria de Educação será notificada de todas as inconsistências encontradas e será expedida uma recomendação para que as escolas sem condições de segurança não recebam alunos.

“Uma atuação importantíssima para garantir o retorno seguro às aulas na rede pública, preservando a saúde de professores, funcionários e alunos. Fiscalizaremos o cumprimento dos protocolos sanitários e as escolas que não cumprirem os critérios de segurança não poderão funcionar até o saneamento das inconsistências”, destaca o promotor de Justiça.

Quatro equipes foram organizadas para a realização das inspeções, com participação de membros do MP, Defensoria Pública, Vigilância Sanitária, Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Bahia (APBL), Secretaria de Educação do Município, Conselho Municipal de Educação e da Secretaria de Infraestrutura do Governo da Bahia (Seinfra). Também acompanharam as visitas os vereadores Pablo Rezende, Maria Cedraz, Ricardo Pinheiro, Nádia Moura, Pedro Melo, Thiago Chagas, Raimundo de Gino, e a secretária de Educação de Cruz das Almas, Geisa Novais.

Durante as visitas são observados aspectos relativos à estrutura física das escolas, a oferta de alimentação regular, disponibilidade de biblioteca, sala de informática, quadra de esportes, além das questões pedagógicas e de educação inclusiva. Quesitos referentes aos protocolos de segurança para retorno às aulas presenciais também foram acrescentados no Sistema do Milênio. Outros municípios participarão desse movimento quando realizada a primeira Ação Simultânea de 2021, que teve sua programação prejudicada em razão da pandemia.

Em Salvador, uma primeira escola já foi inspecionada de forma remota na terça-feira, 27, e nenhuma irregularidade foi encontrada. A visita virtual foi acompanhada pela promotora de Justiça Rosa Patrícia Salgado, gerente do projeto Saúde + Educação, junto com a assistente social do MP, Candice Moraes, e a servidora Jocélia Silva de Oliveira.

Jacky Godman tem como inspirador o campeão e colega de equipe Isaquías Queiroz

Leia em: < 1 minuto

O atleta itacareense Jacky Jamael Nascimento Godman, estará representando o Brasil na canoagem nas Olimpíadas, fazendo a parceria do C2 ao lado do medalhista olímpico Isaquías Queiros dos Santos, de Ubaitaba. A estreia será neste domingo (1.agosto), às 22 horas. Em seguida a dupla brasileira seguirá para as quartas de final, prevista para a meia noite.

A participação do itacareense nas Olimpíadas de Tóquio movimentou a cidade e a expectativa é de trazer para o Brasil uma importante medalha olímpica.

E se depender de determinação, a dupla brasileira já é medalha de ouro. Jacky Godman tem como inspirador o campeão e colega de equipe Isaquías Queiroz. “Eu aprendo com ele sobre remada, sobre sua experiência nos campeonatos, suas conquistas, é importante ter um cara como ele na equipe, que te passa confiança, conversa com a gente muito, sempre tá ali tentando ajudar. Ele é exigente. Ele pega. Ah, faz isso, faz aquilo, faz isso, faz aquilo mas é bom, é muito bom isso”, relata Jacky.

E sintonia entre eles não falta. Eles correm juntos, almoçam juntos, carregam a canoa juntos. Tudo em busca da sintonia absoluta na tranquilidade da base de treinos do Brasil, local que recebeu as provas de canoagem nos Jogos de Tóquio em 64. Até mesmo no treino individual, Isaquías parece sincronizado com o novo companheiro de remadas.

Cotações desta 6ª feira, 30 de julho de 2021

Leia em: < 1 minuto

🍫 Cotação do Cacau 
Ilhéus > R$ 191,00 (comum > @ arroba)
Nova York > R$ 2.397,50 (futuro > tonelada)

☕ Cotação do Café Conillon (60 kg) 
Café Tipo 7/8, em Eunápolis > R$ 565,00
Café Tipo 7, em Eunápolis > R$ 570,00

🐂 Cotação do Boi Gordo @ arroba 
R$ 290,00 > Jequié
R$ 295,00 > Barreiras
R$ 295,00 > Feira de Santana
R$ 300,00 > Santo Antônio de Jesus
R$ 295,00 > Itapetinga 
R$ 296,00 > Salvador

O deputado Osni Cardoso (PT) é líder do PT na Assembleia Legislativa da Bahia

Leia em: < 1 minuto

Na manhã desta sexta, o líder do PT na Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Osni Cardoso (PT), garantiu que não é verídica a informação sobre o aumento do ICMS pelo Governo do Estado. Além disso, o deputado também criticou a atitude do oposicionista Paulo Câmara em divulgar notícias falsas sobre o assunto. “Estão divulgando, de forma enganosa, um aumento que não existe. Se há algum responsável pelo aumento constante da gasolina no bolso dos baianos é o governo Bolsonaro, aliado da Oposição na Bahia, com sua política de desmonte e desvalorização da Petrobras”, garantiu o líder.

De acordo com o Governo da Bahia, não há previsão de reajuste do ICMS, e o mesmo não teve aumento há quase quatro anos. “É preciso esclarecer que não é o Governador que define o preço dos combustíveis. Se existe mudança na política tributária é por parte da Petrobras, pois no Governo da Bahia não houve alteração. A cobrança parte das refinarias”, concluiu Osni.

//

Morro de São Paulo, Barra Grande e Itaparica poderão ser incorporados à rota dos cruzeiros

Leia em: < 1 minuto

Morro de São Paulo, Barra Grande e Itaparica poderão ser incorporados à rota dos cruzeiros de verão, que já conta com Salvador e Ilhéus. Estudos para que o projeto se concretize estão sendo realizados nos destinos e junto à Capitania dos Portos. A proposta integra as ações foi discutida entre a Secretaria Estadual do Turismo (Setur), a Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Clia) e as prefeituras dos municípios.

As três regiões possuem píeres adequados para as operações dos navios, mas são necessárias outras avaliações, como o levantamento da profundidade do mar e determinação dos pontos de atracação.

Segundo o presidente da Clia, Marcos Ferraz, os cruzeiros contribuem também para dar visibilidade aos destinos. “Nossa pesquisa aponta que 87% das pessoas que viajam de navio retornam aos locais onde desembarcaram, em outras oportunidades”.

Durante a visita, o grupo conversou sobre a cooperação técnica com vistas ao trabalho de pesquisa acadêmica

Leia em: < 1 minuto

Mesmo antes de ser reaberto à visitação, o Parque da Matinha de Itapetinga já vem cumprindo o seu papel na promoção de pesquisa, conservação e educação ambiental. O Parque recebeu a visita do Prof. Dr Alexandre Schiavetti, pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da Uesc (Universidade Estadual de Santa Cruz), de Ilhéus, e o Prof. Dr. Ricardo Fraga da Ufba (Universidade Federal da Bahia).

“Hoje, o propósito da instituição vai além do entretenimento e inclui a pesquisa científica, a conservação e a educação. Parcerias como as que estamos fazendo com as Universidades e instituições da região nos aproximam do nosso objetivo e nos deixam mais aptos a desenvolver um trabalho sério que traga bons frutos para a nossa comunidade”, afirmou o secretário municipal de Meio Ambiente, Fábio Viana.

//

Paulo Câmara lembrou que milhões de mulheres no Brasil e no mundo vivem em situação de vulnerabilidade, sem acesso a recursos para a higiene adequada — como banheiros, saneamento básico e absorventes descartáveis

Leia em: < 1 minuto

O deputado Paulo Câmara (PSDB) defendeu a distribuição gratuita de coletores menstruais ou absorventes menstruais descartáveis para as mulheres de baixa renda nas unidades de saúde da atenção básica de Salvador.

Em indicação apresentada na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), o parlamentar sugeriu ao prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), que apresente um projeto de lei na Câmara de Vereadores estabelecendo a distribuição dos materiais fundamentais para saúde e higiene pessoal das mulheres.

Em pesquisa intitulada “Impactos da Pobreza Menstrual no Brasil” citada por ele na indicação, 1.124 mulheres foram entrevistadas e 50% dessas afirmaram já ter precisado substituir o absorvente por papel higiênico, roupa velha, toalha de papel, jornal e até mesmo miolo de pão em virtude das limitações financeiras.

Segundo outra pesquisa destacada pelo deputado, essa realizada em 2018, por uma das empresas que lideram o segmento de fabricação e venda de absorventes menstruais descartáveis no Brasil, 22% das meninas brasileiras com idade entre 12 e 14 anos não tinham acesso a produtos de higiene adequados durante o período menstrual e este percentual subia para 26% na faixa etária entre 15 e 17 anos.

Ele ressaltou ainda que a higiene menstrual é definida pela Organização das Nações Unidas (ONU) como uma questão de saúde pública e direitos humanos.

//

Servidora Vera Lúcia estava há mais de 35 anos na Alba no setor financeiro

Leia em: < 1 minuto

O presidente da Alba (Assembleia Legislativa da Bahia), deputado Adolfo Menezes lamentou a morte hoje (30.julho), de sua companheira de trabalho Vera Lúcia Oliveira Leal, coordenadora de Orçamento, da Diretoria de Economia e Finanças da Casa.

“É mais um dia de luto e de tristeza nesta pandemia. Vera lutou bravamente contra a Covid-19, chegou a ficar entubada por 30 dias, recuperou-se, voltou a trabalhar, mas o coração não resistiu. Perdemos uma grande profissional, dedicada, zelosa e querida por todos. Com certeza, pelo ser humano que foi na Terra, será muito bem recebida na Glória de Deus”, destacou o chefe do Legislativo, encaminhando sua manifestação de pesar aos filhos Pedro e Juliana.

Vera Lúcia Oliveira Leal nasceu em Salvador, em 10 de dezembro de 1964, e será sepultada, ainda hoje, no Cemitério do Campo Santo, na Federação.

Notícias mais lidas

Outros assuntos