O passeio acontece na próxima terça-feira, 31, com concentração no jardim do Ó, às 18h30

Leia em: 2 minutos

Como parte da programação oficial do Agosto Lilás – Campanha de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar contra à Mulher, o grupo de mulheres do Brasil, a Comissão da Mulher da OAB subseção-Itabuna e a loja New Bike promovem um passeio ciclístico na próxima 3ª feira (31.agosto), às 18h30 em alusão à causa. A concentração acontece no Jardim do Ó e o percurso será nas principais avenidas da cidade, com a participação de pessoas de qualquer idade e gênero.

A atividade também tem o caráter beneficente visando arrecadar alimentos como forma de ingresso para serem distribuídos às entidades filantrópicas de apoio a mulheres que sofreram violência doméstica. Katiuscia Soares, diretora da New Bike, considera ser de grande relevância a parceria da empresa com as entidades e os grupos de pedais do município.

“Sempre procuramos abraçar alguma causa relevante através dos eventos que a gente organiza. Neste específico, temos o objetivo de chamar a atenção para um problema que é de todos nós e que não pode passar despercebido, além disso, estimula o fortalecimento de mulheres vítimas para o rompimento do ciclo de violência. Temos o entendimento também que quando você pedala, que você chama essas mulheres para pedalar, e elas fazem 50 km, 60 km, 10 km, elas se sentem tão empoderadas, tão guerreiras”, comenta.

As inscrições podem ser feitas através da plataforma Sympla, pelo link. Mais informações, pelo telefone: 3026-4612.

APOIO
O evento tem o apoio da CDL de Itabuna, Secretaria de Esportes e Lazer do município, Bigodon, Cabelon, Novo Toque, Comercial Mascarenhas e dos grupos de pedais (pedal dos peixes, pedal Bom, pedal da Luluzinha, K-Brutas, Tartaruga aposentada, pedal Livre e Selva do Pedal).

//

No Dia Nacional do Voluntariado (28), trouxemos a história de Marlene, voluntária na Casa de Lió, projeto da ADRA em Itabuna

Leia em: 4 minutos

Marlene tem 69 anos e é voluntária da Casa de Lió, núcleo da ADRA em Itabuna, sul da Bahia, ensinando a arte de fazer bonecas de pano // Fotos de Reprodução

Dona Marlene cresceu vendo sua avó costurar bonecas para os netos brincarem. Ela ficou adulta, mas essa memória ficou registrada no coração. Ao cuidar pela primeira vez de uma criança, resgatou a lembrança e decidiu fazer o mesmo: uma boneca de pano.

Hoje, Marlene Barbosa tem 69 anos e há 40 é artesã. Suas primeiras obras foram acessórios para cabelos, pouco tempo depois, ao ser incentivada por pessoas próximas, decidiu dedicar-se exclusivamente à confecção das bonecas. “Minha mãe me via fazendo as bonecas e me perguntava porque eu não fazia para vender, minhas colegas também viam os brinquedos em minha casa e começaram a encomendar”, contou Marlene.

VOLUNTARIADO
Em 2014 surgiu a oportunidade para Marlene compartilhar seu amor pelo artesanato com outras pessoas. Bem ao lado de seu ateliê Casa de Boneca, na cidade de Itabuna, sul da Bahia, foi aberto um núcleo da ADRA – Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais -, a Casa de Lió, que tinha o objetivo de capacitar pessoas da comunidade com cursos gratuitos de artes. Marlene se prontificou a ser a primeira professora voluntária do projeto. Nas duas primeiras aulas, apenas uma aluna estava matriculada, mas não demorou muito para outros interessados aparecerem e, desde então, ela já ensinou mais de 100 pessoas a costurar bonecas.


Quando perguntada sobre o que significa ser uma voluntária, não faltaram palavras para descrever. “Primeiro, eu me sinto muito bem fazendo artesanato. Segundo, eu vejo as pessoas que aprendem comigo muito felizes. Já tive alunas que eram depressivas, nas duas primeiras aulas queriam desistir porque estavam tristes, se sentiam incapazes, mas eu insistia e consegui ensinar. Depois disso, uma delas me agradeceu porque disse que o médico até diminuiu a medicação dela”, falou Marlene.

“Um outra aluna me disse que na infância não teve brinquedos e fazer bonecas hoje é uma realização pra ela. Ainda tem alunas que já estão vendendo as bonecas e me sinto muito bem com isso. (…) Todo ser humano deveria ser voluntário. Quando você está na sala de aula e não sabe ler nada, mas depois já sabe as letras, a professora se sente realizada, né? Mesma coisa no artesanato, no início o aluno não sabe cortar um tecido e depois já sabe fazer uma flor, uma boneca… É muito bom!”, completou.

Durante a pandemia, Marlene tem se dedicado ao seu ateliê “Casa de Boneca”, mas continua atendendo as alunas pelo telefone

Com o início da pandemia, as atividades da Casa de Lió foram suspensas e nos últimos meses a estrutura física do local está passando por uma reforma geral. Neste período de mais de um ano, Marlene diz que sente falta da antiga rotina. “Sinto muita falta de estar em sala de aula com elas (alunas). Nesse tempo continuei fazendo artesanato pra me ocupar e aprendi coisas diferentes. Eu mantenho contato com as alunas em grupos de whatsapp, a gente se fala sempre e, às vezes, elas me perguntam dicas. Eu ensino com o maior prazer! Eu quero passar tudo o que eu sei fazer pra elas”, disse.

Marlene já está vacinada contra a Covid-19 e, considerando a faixa etária, acredita que a maioria das alunas também esteja. Ela está contanto os dias para poder voltar à Casa de Lió. “Eu acho que vou voltar com muita coragem, se todo mundo já tiver vacinado. Eu vou voltar muito feliz pelo fato da pandemia ter ido embora e porque vamos nos encontrar”, concluiu.

CASA DE LIÓ


O projeto fica localizado no bairro de Fátima, em Itabuna, e um dos objetivos é capacitar os alunos para que aprendam novas habilidades que possibilitem o aumento da renda familiar. Durante este período, mais de 2.000 alunos passaram pelos cursos de artesanato, violão e outras habilidades, como cabeleireiro e manicure. As aulas são lecionadas por dezenas de professores voluntários. A expectativa é que o projeto retorne às atividades em breve, com a reinuaguração do espaço reformado.


Espaço interno da Casa de Lió antes da pandemia e durante a reforma.

Contato para entrevistas: Evellin Fagundes (73) 99112-2399
Coordenação da Casa de Lió: Carla Pitta (73) 98865-4574

A primeira-dama Andrea Castro e secretária participou da entrega nesta quinta

Leia em: 2 minutos

O prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), e a primeira-dama Andrea Castro, que também é secretária de Promoção Social e Combate à Pobreza, fizeram a entrega da nova sede do CRAM (Centro de Referência em atendimento à Mulher Isabela Nascimento Seara).

Agora sediada na Avenida Garcia, nº 630, no Centro, o CRAM é um espaço acolhedor e amplo, que passará a oferecer para as vítimas de violência doméstica cursos profissionalizantes e de defesa pessoal.

Para Andrea Castro, a entrega da nova sede do CRAM é um marco para Itabuna. “Hoje estamos entregando não só uma nova sede, mas um espaço maior, acolhedor e mais humanizado para que as nossas assistidas tenham o direito de ter um serviço digno, com cursos de defesa pessoal e de capacitação profissional”, informou.

Visivelmente emocionada, Andrea Castro disse ainda que no novo espaço, as mulheres assistidas vão se sentir empoderadas e encorajadas e dispostas a retomar as suas vidas, com a dignidade recuperada. Estiveram presentes no ato de inauguração do CRAM, autoridades municipais, representantes da Rede de Atendimento à Mulher, do comércio e de instituições religiosas.

A titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM), Ivete Silva Santana Oliveira, parabenizou a gestão do prefeito Augusto Castro. “Estou muito feliz em participar desse ato e perceber que, ao longo desses 15 anos, é a primeira vez que vejo um prefeito sensível às questões de enfrentamento à violência contra a mulher. Precisamos realmente celebrar esse momento e agradecer também a secretária Andrea Castro pelo trabalho de fortalecimento da rede”, declarou.

O CRAM


O CRAM Isabela Nascimento Seara integra a Rede de Atendimento à Mulher vítima de violência, reunindo ações e serviços das áreas de assistência social, psicológica, jurídica e segurança pública. Foi criado para contemplar o eixo de assistência previsto na Política Nacional de enfrentamento à violência contra as mulheres.

O nome da nova sede é uma homenagem a Isabela Nascimento Seara, vítima de feminicídio em 2005, aos 23 anos de idade, no apartamento onde morava, no bairro Pontalzinho, área central de Itabuna. À época, o crime cometido pelo ex-namorado repercutiu nacionalmente.

//

Aumento nas tarifas de energia elétrica exerceu o maior impacto individual na alta do IPCA-15 // Foto de Helena Pontes/IBGE

Leia em: < 1 minuto

Puxado pelo aumento da energia elétrica, o IPCA-15 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15) ficou em 0,89% em agosto. Esse resultado é o maior para um mês de agosto desde 2002, quando atingiu 1,00%. No ano, o indicador acumula alta de 5,81% e nos últimos 12 meses, de 9,30%, apontam os dados divulgados na 4ª feira (25.agosto) pelo IBGE.

Com aumento de 5,00%, a energia elétrica exerceu o maior impacto individual no resultado, sendo responsável por 0,23 ponto percentual no índice do mês. No contexto da crise hídrica, a bandeira tarifária vermelha patamar 2 vigorou nos meses de julho e agosto. Além disso, a partir de 1º de julho, houve reajuste de 52% no valor adicional da bandeira, que passou a cobrar R$ 9,492 a cada 100 kWh consumidos (frente a R$ 6,243 em junho).

Reajustes tarifários em São Paulo, Porto Alegre, Curitiba e Belém também explicam o resultado em agosto. Com isso, o grupo habitação ficou com a maior alta no mês: 1,97%, equivalente a 0,31 ponto percentual do índice geral. Além da energia elétrica, o grupo habitação foi influenciado pelos aumentos nos preços do gás de botijão (3,79%) e do gás encanado (0,73%).

A segunda maior contribuição para o IPCA-15 de agosto veio dos transportes, com aumento de 1,11%, seguida por alimentação e bebidas (1,02%). A única queda foi em saúde e cuidados pessoais (-0,29%).

//

Bahia foi responsável pelos maiores volumes de importação e exportação

Leia em: 2 minutos

As exportações nordestinas foram beneficiadas pelo aumento dos preços de commodities como grãos, derivados de petróleo e minérios. É o que aponta o estudo elaborado pelo Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (ETENE) do Banco do Nordeste. No acumulado até julho de 2021, as exportações totalizaram US$ 11,54 bilhões, o que representa crescimento de 26,5% relativo ao mesmo período de 2020.

A análise por setores de atividades econômicas na região mostra que todas as categorias registraram crescimento nas vendas, no acumulado do período, em comparação a 2020. As exportações do setor Agropecuário, 26,6% do total exportado, cresceram 45,8% (+US$ 963,3 milhões), devido, principalmente, ao crescimento nas vendas de soja em 46,5% (+US$ 683,4 milhões).

A Bahia foi o Estado com maior participação nas exportações da região (46,4% do total), puxada também pela soja. Com US$ 5,3 bilhões em valor exportado, a soja responde por 17,6% deste total, com cerca US$ 1 bilhão acumulado no período, com destaque para o município de Luís Eduardo Magalhães.

Já as importações nordestinas somaram US$ 12,34 bilhões, acréscimo de 41,5%. Segundo os pesquisadores, o aumento das importações nordestinas se deve ao crescimento das aquisições de bens intermediários e de combustíveis e lubrificantes, que representaram 62,7% e 25,7%, respectivamente, do total das compras externas da região no período analisado.

A Bahia somou US$ 4,2 bilhões até julho de 2021, seguido por Pernambuco, com US$ 3,3 bilhões, e Maranhão com US$ 1,8 bilhão. O aumento de 51,7% nas aquisições externas baianas também foi motivado pelos acréscimos nas compras de bens intermediários (+52,7%) e combustíveis e lubrificantes (+230,1%) que representaram 75,9% e 14,1%, respectivamente, da pauta importadora do Estado no período de janeiro a julho. Salvador e região metropolitana absorveram 72,9% do total das importações baianas.

Leia em: 2 minutos

Foram escolhidas ontem (26.agosto), as instituições da sociedade civil que vão integrar o Compod (Conselho Municipal de Politicas Públicas sobre Drogas). A indicação aconteceu na Secretaria Municipal de Governo durante encontro coordenado pelo titular da pasta, Júnior Brandão.

Ao todo, o Conselho dispõe de 14 assentos destinados a instituições da sociedade civil. No entanto, apenas nove representantes compareceram ao processo eleitoral. Dentre elas, a a subsecção da Ordem dos Advogados do Brasil, representantes de igrejas evangélicas e do Conselho Regional de Psicologia.

Desativado há quatro ano, o Conselho Municipal de Politicas Públicas sobre Drogas foi instituído com base na Lei nº 2216/2008, que sofreu mudanças diante da necessidade de aperfeiçoar e se adequar às necessidades da instituição.

“O momento é de atuar, apresentando sugestões ao governo na política sobre drogas, caminhos que podem ser trilhados diante da legislação e das necessidades locais”, disse Júnior Brandão. Citou, como exemplo, a situação do CAPs-AD (Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas) que não teve as obras concluídas e está fechado.

“Tenho certeza que em algum momento o Conselho vai solicitar ao prefeito, através da Procuradoria-Geral do Município, que destrave essa situação, conclua as obras e entregue esse equipamento a quem precisa se tratar do vício em drogas”, afirmou Junior Brandão.

O coordenador do Programa de Politicas Públicas sobre Drogas, Marcelo Moura, disse que a instituição que fizer parte do Conselho tem o dever de contribuir com ideias para combater o tráfico e ajudar a inserir as pessoas novamente na sociedade. Além de trabalhar na prevenção desse vício e coopera na elaboração da politica municipal sobre drogas.

No balanço que fez da atuação do Conselho ao longo dos anos, ele lembrou que, no ano de 2012, Itabuna era a cidade mais violenta para jovens entre 12 e 29 anos de idade. Já em 2013, o Conselho começou a agir em pareceria com a Secretaria de Esporte e com a FICC (Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania), para reduzir problema no município.

Já o diretor da Comunidade Terapêutica Aconchego, Gilvan Nunes, que mais uma vez integra o Conselho Municipal de Politicas Públicas sobre Drogas destacou o malefício que as drogas causam as pessoas e à sociedade.

“Temos que pensar na droga como um mal que destrói famílias. Com isso, o Conselho surge para ajudar o poder publico municipal, a quem vamos apoiar na condução das ações para combater o uso de drogas”, disse.

//

Caso ocorreu ontem na na Avenida Soares Lopes // Foto de Reprodução/TV Bahia

Leia em: < 1 minuto

A tenda usada pelo grupo Teatro Popular de Ilhéus desabou ontem 5ª feira (26.agosto), durante uma ventania que ocorreu na cidade.

A estrutura, feita de lona e ferro, similar a um circo, fica na Avenida Soares Lopes. Apesar do susto, ninguém ficou ferido.

Segundo informações meteorológicas fornecidas pelo Climatempo, Ilhéus teve ventos de cerca de 55 km/h na noite de quinta, velocidade cinco vezes maior que a normal.

As atividades estão suspensas no local desde 2020, por causa da pandemia, contudo a tenda era usada para armazenar materiais como equipamentos cênicos, aparelhos de som, palcos, figurinos e documentos. Informações do G1 Bahia

Em Itamaraju, Neto também falou sobre desafios da Bahia nas áreas essenciais, como educação, saúde e segurança

Leia em: 3 minutos

O presidente nacional do Democratas, ACM Neto, afirmou na noite desta 5ª feira (27.agosto) que pretende, em quatro anos como governador, fazer mais do que os governos do PT fizeram em 16 anos pelo Extremo Sul do estado. A declaração foi dada durante encontro com lideranças em Itamaraju em mais uma edição do movimento Pela Bahia, que passa também pelas cidades de Caravelas, Alcobaça, Prado e Teixeira de Freitas.

Em seu discurso, Neto falou sobre desafios do estado nas áreas essenciais, como educação, saúde e segurança, e voltou a destacar a necessidade de investimento no desenvolvimento regional, aproveitando as potencialidades de cada região do estado. Participaram do encontro prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e deputados estaduais e federais, além de lideranças locais.

“Se Deus me permitir chegar ao governo da Bahia, o que não foi feito aqui em seis anos será feito em dois pela parceria e pelo trabalho que eu vou fazer com vocês. E vou dizer mais em um mandato como governador, eu pretendo fazer o que eles (os governos petistas) não fizeram em quatro mandatos em 16 anos pelo extremo sul da Bahia”, afirmou Neto.

Neto ressaltou que a educação da Bahia está nas últimas posições do país e comparou o estado a Ceará e Pernambuco, que têm realidades socioeconômicas parecidas. “No entanto, eles tão voando na educação. Por que o que vai acontecer no futuro com as crianças e jovens baianos que estão aí 16 anos com uma educação de baixa qualidade é que vão perder espaço na hora de disputar o mercado de trabalho com as mesmas crianças e jovens que serão os nossos futuros adultos lá do Ceará, de Pernambuco e de outros estados do Brasil”, disse.

Segundo ele, é preciso ter uma visão de aproveitar o máximo da vocação e do potencial de cada região. “A Bahia precisa ser um celeiro da atração de investimento”, pontuou, ao criticar também a ausência do governo do estado na região do Extremo Sul: “A distância territorial que separa Itamaraju de Salvador não pode ser justificativa para a ausência e o distanciamento do governo, e é isso o que a gente viu e é isso que o povo sente. Porque quando a gente conversa aqui no Extremo Sul as pessoas têm um ressentimento, com toda razão”.

Ao falar sua gestão em Salvador, Neto citou a criação das prefeituras-bairro. “Havia um sentimento da periferia, do subúrbio, de distanciamento em relação ao centro da cidade. Eu acabei com essa distância, levando a prefeitura para as áreas mais distantes. É isso o que o próximo governador da Bahia precisa fazer. Se tiver compromisso de verdade com o Extremo Sul, ele precisa trazer o governo aqui para dentro, e é o que eu sonho em fazer para ter presença, proximidade, parceria, trabalho e investimento do governo na região”, frisou.

Na saúde, ele citou a falta de leitos de UTI na região, o que leva muitas pessoas a serem transferidas para a capital ou até mesmo para outros estados. “Vocês sabem que muita gente (na pandemia) teve que ser transferida, gente teve que ir para Salvador para ter leito de UTI, para Vitória, para Belo Horizonte. A se Deus quiser (a pandemia) vai passar. Mas e aí? Vamos continuar sem leitos de UTI na região? Vamos continuar sem leitos hospitalares suficientes para atender as demandas que não passam, ao contrário, que podem ser ampliadas?”. O caminho, ele diz, é interiorizar os investimentos para qualificar os serviços públicos.

Já na segurança, Neto ressaltou que a Bahia segue na liderança do ranking de homicídios do país, sendo responsável por 14% das mortes violentas do país. “A gente enfrenta isso colocando no governo alguém que tem energia, coragem, que bata no peito, enfrente o problema e leve a solução. A Bahia precisa de um governador que se envolva pessoalmente no enfrentamento ao crime, que bote para fora os bandidos, que eles vão pra outro lugar, mas que na Bahia eles não possam se criar”, salientou.

//

Leia em: 2 minutos

Depois da visita do presidenciável Lula na Boa Terra, mais especificamente na capital, a pergunta que tomou conta do meio político é sobre João Leão. Como fica o vice-governador diante da sucessão estadual?

O petista-mor, postulante a um terceiro mandato no cargo mais cobiçado do Poder Executivo, deixou bem claro que só resta a Leão a indicação do vice de Jaques Wagner na composição da majoritária, já que a vaga para o Senado caberá ao senador Otto Alencar (PSD), com sua natural candidatura à reeleição.

Lula colocou os pontos nos is. Dificilmente haverá qualquer alteração. O governador Rui Costa cumprirá seu mandato até o último dia. O sonho de Leão de governar a Bahia por seis meses virou um grande pesadelo. O de disputar o Senado também.

A Rui Costa, como já comentei aqui por diversas vezes, como contrapartida pela compreensão de que a causa maior é a eleição de Lula, a promessa de assumir um importante ministério em um eventual retorno do PT à presidência da República. A desistência de Rui em relação à disputa pelo Senado foi imprescindível para evitar uma preocupante fissura na base aliada.

Será que houve alguma promessa a João Leão? Vale lembrar que o vice-governador, além de ser o secretário do Planejamento do Estado, é o presidente estadual do PP, legenda mais importante do Centrão e da base de sustentação política do governo Bolsonaro.

Para Leão, nada está decidido. “A partir de dezembro a montagem da chapa majoritária deve avançar”, disse o vice-governador. Ledo engano. E Leão sabe disso. Mudar como? Wagner vai desistir de disputar o Palácio de Ondina? Otto Alencar abrirá mão da sua reeleição? Ora, ora, tenha santa paciência! O óbvio ululante é que só sobrou a indicação do vice para Leão.

Se Leão quer mesmo disputar o Senado da República, um democrático e legítimo direito, só há dois caminhos: ou do lado de ACM Neto (DEM) ou de João Roma (Republicanos), ambos pré-candidatos ao governo do Estado no pleito de 2022.

No mais, esperar o dezembro de Leão chegar. Com certeza, o vice não terá, politicamente falando, um bom natal. E não adianta colocar os sapatos na janela. Papai Noel não vai poder atender seus pedidos.

PS – Astuto foi o senador Otto Alencar, dirigente-mor estadual do PSD, que para consolidar sua vaga na majoritária, prometeu a Lula o apoio nacional da sigla para sua candidatura ao Palácio do Planalto, o que terminou deixando o lulopetismo soteropolitano eufórico. Promessa essa que Leão não pode fazer com o PP. 


Marco Wense é Analista Político

*A análise do colunista não reflete, necessariamente, a opinião de Pauta.blog.br

//

Protestos ocorrem pelo segundo dia seguido

Leia em: < 1 minuto

Na tarde desta 5ª feira (26.agosto), mais uma vez, os indígenas bloquearam o trecho da BR-101, entre os municípios de Itabela e Itamaraju, no extremo sul do estado, para protestar contra o PL 490. Também no extremo sul, os índios fecharam uma parte da BR-367, em Coroa Vermelha, pelo mesmo motivo.

📷 Foto de um internauta que enviou para o Pauta Blog

Segundo os protestantes, eles pretendem continuar as manifestações até o encerramento da sessão do Supremo Tribunal Federal que vai julgar um recurso que pode instituir o marco temporal. Inicialmente, a votação do recurso aconteceria ontem, mas foi transferida para esta quinta-feira.

O projeto de lei 490/2007 prevê modificações na demarcação de terras indígenas e estabelece a criação do marco temporal. O marco estabelece que os índios só podem reivindicar terras que foram ocupadas por eles antes do ano de 1988, quando foi promulgada a Constituição Brasileira.

DÊ PLAY E ASSISTA ⤵️

Presidente Jerbson Moraes afirma que foi atacado e injustiçado durante o processo

Leia em: 2 minutos

Em discurso realizado na Câmara de Vereadores de Ilhéus, ontem (25.agosto), o presidente Jerbson Moraes (PSD), fez um longo desabafo sobre tudo o que aconteceu durante o andamento da Comissão Processante que apurava a conduta do ex-vereador Luca Lima (PSDB).

O presidente comentou sobre a imparcialidade com que conduziu o processo e os conselhos que chegou a dar para Luca Lima sobre a aproximação dele com pessoas que só estavam interessadas em dinheiro. Moraes também citou que chegaram ao conhecimento dele denúncias ainda mais graves sobre Luca, mas que solicitou o arquivamento em decisão monocrática desses processos porque, embora muito graves, eram referentes às situações de antes de Luca ser eleito vereador de Ilhéus.

Moraes comentou sobre a situação desconfortável em ter que julgar um colega da Casa: “Situação difícil ser presidente de uma casa onde existe um processo contra um colega. Um colega que votou em mim para ser presidente”.

Mesmo afirmando ter agido com absoluta ética, Jerbson Moraes que é também advogado afirmou que foi, constantemente, atacado e injustiçado por pessoas ligadas ao ex-vereador: “Eu fui escolhido por pessoas que estão ao seu lado. Me escolheram como se eu fosse o culpado desse processo. Não sei o porquê dessa estratégia. Não sei o porquê agiram assim”.

Sobre esses ataques, o presidente afirmou que as acusações serão resolvidas na esfera judicial a partir da próxima 2ª feira (30.agosto).

DÊ PLAY E ASSISTA ⤵️

LEIA TAMBÉM ⤵️

Transmissão da sessão que cassou mandato de vereador bate recorde histórico nas redes sociais da Câmara de Ilhéus

O ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos), estará em Eunápolis amanhã

Leia em: < 1 minuto

O Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) será inaugurado na manhã desta 6ª feira (27.agosto), no município de Eunápolis. A prefeita Cordélia Torres (DEM) irá recepcionar o ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos), e a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, na solenidade de inauguração, que está prevista para acontecer às 10h.

O equipamento de esporte tem estrutura para a execução de diversas modalidades esportivas, como voleibol, basquetebol, futsal, atletismo e vôlei. A estrutura também conta com arquibancada, vestiário e banheiros com acessibilidade.

O objetivo do CIE é ampliar a oferta de infraestrutura de equipamento público esportivo qualificado, incentivando a iniciação esportiva no município eunapolitano.

“Estamos dando mais um passo importante de incentivo ao esporte, que tem grande relevância para toda a sociedade, principalmente para crianças e adolescentes, que são prioridades na gestão. Tenho certeza que o CIE vai estimular a formação de atletas e ajudar nossa juventude a trilhar pelo bom caminho”, frisou a prefeita Cordélia Torres.

//

Leia em: 2 minutos

O Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia) detectou nesta 5ª feira (26.agosto), por meio de sequenciamento genético, três amostras da variante indiana da Covid-19 (Delta) e uma sul-africana (Beta) no estado. O governador Rui Costa se reuniu com técnicos da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) e propôs o início imediato da terceira dose em todos os municípios que já alcançaram a faixa etária de 18 anos.

De acordo com a secretária estadual da Saúde em exercício, Tereza Paim, “281 municípios se enquadram nesta característica, sendo que a imunização deverá ser feita, preferencialmente, com uma dose da Pfizer, ou de maneira alternativa, com a vacina de vetor viral da Janssen ou da AstraZeneca”, afirma. A dose de reforço está estimada para um público superior a 950 mil baianos e a ação será destinada a todos os indivíduos imunossuprimidos após 28 dias da segunda dose e para pessoas acima de 70 anos vacinadas há 6 meses.

Como medida de contenção, a Sesab fará ainda o rastreamento por meio de teste de antígeno e RT-PCR nas regiões onde foram detectadas as variantes. Todos os pacientes internados nas UTIs com Covid-19 terão amostras colhidas e sequenciadas para identificação do tipo da variante. “É preciso que os municípios acelerem a vacinação para impedir o avanço de novas cepas, bem como manter o distanciamento social, higienizar frequentemente as mãos e continuar usando máscara”, ressalta Tereza Paim.

A secretária explica ainda que apesar da detecção dessas variantes, a Gamma (antiga P.1, originária em Manaus) ainda é responsável por quase 80% das infecções no estado. “Dois tripulantes de um navio com bandeira estrangeira testaram positivo para a variante Delta e Beta, porém, neste caso, a embarcação estava em isolamento, impossibilitando contactantes. Já as duas outras amostras foram detectadas em pacientes residentes nos municípios de Feira de Santana e Vereda”, afirma Tereza Paim.

Reconhecido como a 3ª maior unidade de vigilância laboratorial do país e classificado na categoria máxima de qualidade pelo Ministério da Saúde, o Lacen-BA analisou amostras de mais de 150 municípios dos nove Núcleos Regionais de Saúde. Em onze meses, o Lacen-BA já realizou 520 exames de sequenciamento genético do vírus da Covid-19

A escolha das amostras para o sequenciamento foi baseada na representatividade de todas as regiões geográficas do estado da Bahia, casos suspeitos de reinfecção, amostras de indivíduos que evoluíram para óbito, contatos de indivíduos portadores de variantes de atenção (VOC) e indivíduos que viajaram para área de circulação das novas variantes com sintomas clínicos característicos.

Segundo populares, homem estava sob efeito de álcool

Leia em: 2 minutos

No fim da manhã de hoje (26.agosto), um corpo do sexo feminino foi avistado por populares boiando no Rio Cachoeira, em Itabuna. O Corpo de Bombeiros e o Departamento de Polícia Técnica foram acionados para realizar a remoção desse corpo enquanto a população se aglomerava no local.

O mais inesperado e triste, infelizmente, aconteceu. Um senhor identificado como Agnaldo Borges dos Santos e, possivelmente, morador do Bairro Banco Raso, chegou ao local de bicicleta e disse que entraria no rio para resgatar o corpo. Algumas pessoas ainda tentaram impedi-lo de entrar no rio, mas ele, que estava visivelmente sob efeito de álcool, se lançou no rio.

Momento em que seu Agnaldo Borges dos Santos entrava no Rio Cachoeira

Logo em seguida, as pessoas que estavam no local começaram a gritar porque perceberam que o senhor estava se afogando. Então, um rapaz entrou no rio para tentar resgatar esse homem, porém sem sucesso. O Corpo de Bombeiros chegou e, com o auxílio de um bote, entrou no rio para retirar o corpo do seu Agnaldo e o corpo do sexo feminino.

Muito abalado, o homem que tentou salvar o senhor de idade declarou, em entrevista ao Balanço Geral, que percebeu que seu Agnaldo já não estava mais respirando quando conseguiu retirá-lo da água. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) esteve no local para atestar as mortes das duas pessoas.

Os dois corpos foram encaminhados ao Departamento de Polícia Técnica de Itabuna para, em seguida, passar por necropsia. Apenas esse exame vai determinar qual foi a causa da morte da mulher e se ela morreu hoje ou em outro dia.

Acompanhe o Pauta Blog pelo Instagram e/ou mande-nos uma mensagem pelo WhatsApp: (73) 8869-7877.
Leia em: < 1 minuto

O PDT da Bahia declarou hoje (26.agosto) apoio à candidatura do deputado federal Nelson Pelegrino (PT), que atualmente ocupa a função de secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, para a vaga aberta no TCM (Tribunal de Contas dos Municípios) com a aposentadoria do conselheiro Paolo Marconi. Hoje, o TCM decidiu oficialmente a vaga deve ser indicada pela Assembleia Legislativa da Bahia.

“Nelson Pelegrino é um nome qualificado para o TCM, formado em Direito e com uma longa história como homem público. Temos certeza que ele cumprirá a função de conselheiro com a isenção que o cargo exige. Por isso, estamos orientando a bancada do nosso partido na Assembleia a votar a favor dessa indicação”, disse o presidente do PDT na Bahia, deputado federal Félix Mendonça Júnior.

Leia em: < 1 minuto

O líder do bloco PSDB/Republicanos na Assembleia, deputado Tiago Correia, manifestou na tarde desta quinta-feira (26) apoio à candidatura do secretário Nelson Pelegrino (Desenvolvimento Urbano) ao Tribunal de Contas do Município (TCM).

“O deputado Nelson Pelegrino reúne todas as condições de ocupar a vaga deixada pelo conselheiro Paolo Marconi porque, além de ser formado em direito, tem experiências no Executivo e no Legislativo”, afirmou Correia. Além de Tiago Correia, integram o bloco os deputados Paulo Câmara, Carlos Geilson e David Rios.

Secretário de Esportes, Enderson Guinho

Leia em: < 1 minuto

A Secretaria de Esportes e Lazer de Itabuna conta com a honrosa presença de todos os profissionais de Educação Física nesta data tão especial.

No dia do Educador Físico, comemorado na próxima 4ª feira (1º.setembro), os profissionais enfrentam um cenário diferente causado pela pandemia, que trouxe novos desafios aos profissionais da área.

“Fazendo com que se reinventassem na profissão. Mostrando o porquê de terem escolhido defender essa bandeira de Educador Físico”, disse o secretário de Esportes, Enderson Guinho, em nota divulgada nas redes sociais.

Se você tem aquele professor que marcou a sua infância, juventude ou até mesmo na sua maturidade. Envie para ele essa publicação.

“Lembrem a eles o quantos eles são especiais e não podem deixar de serem homenageados pela Secretaria de Esportes e Lazer”, concluiu Guinho.

É necessário a confirmação da presença pelo WhatsApp da Secretaria de Esportes e Lazer: (73) 98200-0770

//

Leia em: 3 minutos

Com participação no V Seminário Agosto Dourada da Bahia, promovido pela Secretaria Estadual de Saúde, o Banco de Leite Humano do Hospital Manoel Novaes, da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, concluiu mais uma ação para reforçar a importância do aleitamento materno. Apresentou, no Webinário, as histórias de superação de duas profissionais de saúde que se tornaram mães durante a pandemia do novo coronavírus.

Os depoimentos da psicóloga Laline Paixão e da enfermeira Samilla Seara, funcionárias da SCMI, emocionaram os participantes do seminário. Em julho do ano passado, a enfermeira descobriu que estava grávida de gêmeos, foi afastada das atividades funcionais no segundo mês de gestação e teve dois bebês prematuros que ficaram internados na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Manoel Novaes.

Infelizmente, um dos bebês da enfermeira Samila Seara, a Cecília, não sobreviveu. “Mas os funcionários da UTI Neonatal me deram todo o apoio que eu precisava naquele momento difícil. Ajudaram na introdução do aleitamento materno, na pega correta e seguraram na minha mão. Eu sentia que recebia aquele tratamento não porque era funcionária da casa, mas que eles estavam ali comprometido com a missão de ajudar todas as mães em dificuldade”.

A enfermeira relata que, sem o suporte que recebeu na unidade, teria muita dificuldade de amamentar o pequeno. “Eles me ensinaram tudo que sei hoje em relação ao aleitamento materno. Como sou grata a equipe maravilhosa que cuidou dos meus filhos, da maneira mais linda que poderia ser. Depois que meu filho, Benjamin, saiu da UTI Neonatal fui muito bem orientada pelo Banco de Leite. Tenho certeza que as mães que buscarem a unidade terão todo o suporte”.

INFECTADA COM O NOVO CORONAVÍRUS
Assim como ocorreu com Samila Seara, a psicóloga Laline Paixão descobriu em 2020 que estava grávida e, com receio da contaminação, redobrou os cuidados para evitar ser infectada pela Covid-19, mas acabou contraindo o vírus mesmo sendo colocada em home office (trabalho de casa). Ela descobriu que estava infectada pelo vírus quando completou a 37ª de gestação.

Laline conta que, ao receber o diagnóstico positivo, levou um grande susto. “Naquele momento o meu chão caiu. Veio desespero, a insegurança, o medo de perder a minha pequena, pois já vinha de uma gestão de risco. Tivemos que antecipar o parto e Malu nasceu com 38 semanas. Mas o pessoal do Banco de Leite me orientou. Falou que amamentar, com os cuidados, usando máscara, seria essencial para o desenvolvimento da minha filha. Não precisei interromper a amamentação”, explica.

A psicóloga tomou a decisão correta. De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, não existe risco de transmissão do novo coronavírus durante o aleitamento materno e, por isso, não existe razão para interromper a amamentação. “Mas é necessário manter os cuidados, como lavagem das mãos com sabão ou álcool em gel antes e depois de tocar o bebê e fazer o uso de máscara”, alerta a enfermeira Bianca Balleiro, do Banco de Leite Humano da SCMI.

Leia em: 2 minutos

Em mais uma etapa do programa Capacitar, da Faceb (Federação das Associações Comerciais e Empresariais da Bahia), em parceria com o Sebrae, colaboradores e diretores da ACI de Itabuna, participaram de um treinamento ontem (25.agosto), para revisão do estatuto, do organograma, da estrutura funcional da ACI e a gestão de serviços.

O evento ainda contou com a presença dos vice-presidentes da ACI, Eduardo Carqueija Júnior, Rafle Salume, a diretora, Viviane Fernandes, o diretor da Art 3, Sebastião Barros, o consultor do Empreender, Lucas Cardoso e o presidente da ACI, Mauro Ribeiro, que destacou a importância do Capacitar para a Associação.

“O Capacitar é uma ferramenta importante que a Associação de Itabuna pleiteava há anos, e se tornou possível graças a parceria com a Faceb, que em conjunto com o Sebrae permitiu a contratação dessa consultoria. Sem dúvidas, irá contribuir muito para a entidade que tem um grande potencial para mobilizar e influenciar o desenvolvimento econômico”, destacou Mauro Ribeiro.

A proposta, segundo o consultor Estadual do Capacitar, Paulo César, visa organizar a estrutura institucional com base na metodologia do Programa Capacitar para o aprimoramento da gestão de entidades empresariais. Além da defesa dos interesses da classe, a Associação tem buscado a implementação de bons serviços e boas soluções para os negócios locais.

“O associado tem necessidades e demandas que sozinho ele não consegue superar, mas, uma entidade onde muitas pessoas que, como ele, tem problemas comuns, e, de forma conjunta podem buscar soluções para esses problemas. O negócio não é ser pequeno, o problema é estar sozinho”, destacou.

Em Itabuna, o programa Capacitar conta com o consultor local, Valdemir Souza. De acordo com ele, a metodologia do programa “tem proporcionado aos diretores da ACI uma preparação para estarem à frente da instituição. Desta forma, conseguiremos atingir a finalidade da associação em representar os seus associados e ajudar a tornar as empresas mais competitivas”, concluiu.

Em Teixeira de Freitas, ex-prefeito de Salvador disse que a Bahia necessita de uma gestão moderna e eficiente // Fotos de Gilberto Júnior

Leia em: 2 minutos

O presidente nacional do Democratas, ACM Neto, disse na manhã desta 5ª feira (26.agosto), em Teixeira de Freitas, que a Bahia precisa ser líder no Brasil na qualidade da educação, geração de emprego, atração de investimentos e respeito ao cidadão, e não em criminalidade. “Se Deus me der a oportunidade de ser governador do nosso Estado, vou trabalhar do primeiro ao último minuto para tirar a Bahia dos últimos lugares em educação e violência e dar ao nosso povo todas as chances de crescimento profissional”, afirmou o ex-prefeito de Salvador.

Dados oficiais revelam que, há pelo menos quatro anos consecutivos, a Bahia registra a maior quantidade de mortes violentas em todo o país. Na educação, o Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) também apontou que a Bahia tem um dos piores desempenhos entre todas as unidades da Federação. “Nosso Estado precisa de uma gestão moderna, eficiente, que trabalhe ao lado das pessoas, que tenha visão de equilíbrio regional e planejamento estratégico para o futuro”, afirmou ACM Neto, que foi recebido em Teixeira de Freitas pelo prefeito Marcelo Belitardo (DEM), deputados e lideranças de todo o extremo-sul.

JUVENTUDE

Na coletiva, o ex-prefeito de Salvador afirmou que os jovens precisam liderar a construção de um projeto de futuro para a Bahia. “Se queremos debater o futuro contra o passado, nada melhor do que a participação da juventude. Sou produto da militância e confiança dos jovens na política”.

De acordo com ACM Neto, o governo estadual abandonou o extremo-sul. “O distanciamento (de Salvador) é territorial, geográfico, mas não precisa ser político, de presença, de ação e de atenção. “O próximo governador da Bahia precisa deixar o discurso de lado e levar a administração para as regiões mais distantes da capital, ter mais proximidade com prefeitos e lideranças”.

Em uma nova edição do movimento “Pela Bahia”, ACM Neto também vai visitar Caravelas, Alcobaça, Prado e Itamaraju até esta 6ª feira (27). Serão dois dias de atividades nas cidades, com agendas que incluem encontro com lideranças, trabalhadores e empresários e visitas a diversas localidades.

Notícias mais lidas

Outros assuntos