Na capital federal, prefeita posou ao lado de ACM Neto

Leia em: < 1 minuto

A prefeita de Ibicaraí, Monalisa Tavares (DEM), participa da Convenção Nacional do DEM, que acontece em Brasília nesta 4ª feira (6.outubro).

A gestora pública posou ao lado do presidente nacional do DEM e pré-candidato ao governo do estado, ACM Neto, e do prefeito de Salvador, Bruno Reis.

Também em publicação no Instagram, Monalisa comemorou a fusão do DEM com o PSL, que criou o maior partido do país, “União Brasil”, representado pelo número 44.

Assessor Flávio Campos, secretário Josias Gomes e o diretor da rádio Cacau FM, Otaviano Neto

Leia em: 2 minutos

O diretor-geral da Cacau FM, Otaviano Neto, está em Salvador desde a última semana buscando parcerias para a emissora. A estadia do diretor na capital do estado tem sido de visitas em diversas empresas, agências de propagandas e algumas Secretarias de Estado.

Otaviano teve reunido com o deputado federal licenciado e atualmente titular da SDR (Secretaria de Desenvolvimento Rural), Josias Gomes (PT). Estavam presentes também o assessor de Planejamento e Gestão da SDR, Flávio Campos, e o filho caçula de Otaviano, José Henrique Neto.

O diretor da rádio falou do atual momento de Ibicaraí, da rádio Cacau FM e aproveitou para mostrar o kit mídia da rádio para o secretário.

Josias ficou feliz com o que viu, fez questão de lembrar que vem seguindo a rádio na mídia e fez questão de se colocar do lado da emissora na questão da derrubada criminosa da torre. Josias aproveitou para parabenizar o excelente trabalho da rádio no cenário regional e o kit mídia em formato de revista, elogiando os planos comerciais que levam nomes de pontos rurais do município.

“Tive uma gratificante reunião com Otaviano Neto, diretor da Cacau FM 88,5, e apresentei a minha solidariedade a este renomado veículo, que presta um grande serviço de comunicação a toda região cacaueira. Sou um árduo defensor da livre informação de tal maneira que não podemos permitir nenhum tipo de injustiça que prejudique a rádio e consequentemente a população, para que tenha o acesso às notícias sem perder a veracidade. Tenho um carinho especial por Ibicaraí e considero a Cacau FM um patrimônio de toda a região”, disse Josias.

📷 Foto de José Henrique Neto

Otaviano Neto com Helô Sampaio, Carmem Lúcia Sampaio e Ana Sampaio

Leia em: < 1 minuto

O diretor-geral da Rádio Cacau FM, Otaviano Neto, está em Salvador durante esta semana, para tratar de assuntos relativos à emissora de rádio.

Neto afirmou que a viagem é de negócios e, durante a semana, ele, em companhia do diretor comercial da rádio, Alessandro Aquino, irão visitar a Secretaria de Comunicação Social (Secom) e diversas secretarias de Estado no Centro Administrativo, além de agências na capital do Estado.

Nesta 3ª feira (31.agosto), Otaviano aproveitou uma folga na agenda para almoçar e colocar o papo em dia com uma amiga e conterrânea, jornalista, ex-presidente do Sinjorba (Sindicato dos Jornalistas da Bahia). Aproveitou também para visitar Helô Sampaio, irmã do ex-prefeito de Ibicaraí Lula Sampaio.

Na oportunidade estavam presentes ainda as suas irmãs Carmem Lúcia Sampaio, ex-vereadora de Ibicaraí, com três mandatos consecutivos, e Ana Sampaio, advogada, filhas do primeiro prefeito de Ibicaraí, Dr. Henrique Pimentel Sampaio.

//

Leia em: 2 minutos

Quando olho para o céu e imagino o universo com bilhões de galáxias e um número incontável de planetas, ou que o sol, com um volume 1.3 milhão de vezes maior que a Terra, é considerada uma estrela ‘nanica’, eu imagino o quanto somos pequenos, e aí surge sempre um questionamento que mexe comigo: será que com tantos corpos celestes nesse ´infinito universo´ só existe vida aqui, nesse minúsculo e microscópico planeta?

A ciência ainda não encontrou nenhuma evidência que exista vida inteligente fora da terra, e eu, nesse caso ou questão específica, me apego mais na religião que na ciência, para entender – até que se prove o contrário – que a Terra é um Projeto Divino (o nosso Paraíso), planejado por Deus para acolher e proteger a raça humana.

A cada dia vejo a deterioração ‘dessa raça’ e do nosso querido e único planeta. É bom que se diga que a Terra é o único planeta com as mínimas condições necessárias (água, ar e terra fértil para produzir alimentos) para manter viva a raça humana. Não existe nenhuma evidência de uma outra ‘casa’ para que o homem possa viver, e isso é um fato!

É preocupante constatar que estamos beirando os 8 bilhões de seres humanos destruindo diariamente a nossa ‘única casa’, com guerras por poder ou em nome de Deus, ou poluindo e desmatando em nome do dinheiro. Uma busca louca e incessante por poder, onde o homem destrói, dizima e mata o seu semelhante. Tudo muito triste!

Gosto muito da passagem Bíblica de João 13:34, onde Cristo diz: “Amai-vos uns aos outros, como eu vos amei”, mas dessa vez eu vou concluir esse pequeno pensamento meu com um trecho da música ‘Imagine’, de John Lennon:

Imagine que não houvesse nenhum país
Não é difícil imaginar
Nenhum motivo para matar ou morrer
E nem religião, também
Imagine todas as pessoas
Vivendo a vida em paz

Não custa nada imaginar e plantar essa semente, com Deus e sem ‘religiões’, ‘crenças’ e ‘denominações’ que só visam dinheiro e poder.


Arnold Coelho
Designer Gráfico, diagramador, jornalista MTB 0006446/BA e um Sonhador.

*A análise do colunista não reflete, necessariamente, a opinião de Pauta.blog.br
Leia em: 2 minutos

Apesar de não ter nascido na Bahia (por um erro de percurso), me considero BAIANO DA GEMA e NORDESTINO ARRETADO e vou logo avisando que não troco o meu ÔXE por nada. Quando percebo que querem menosprezar o meu ÔXE, eu rapidamente digo: ÔXE…ÔXE…ÔXE! pra não deixar nenhuma dúvida da minha origem.

Morei em São Paulo por alguns anos e fiquei surpreso e triste ao perceber que o paulistano usa o termo BAIANADA de forma pejorativa para tentar menosprezar o povo NORDESTINO. Basta alguém errar algo ou fazer uma bobagem e aparece um engraçadinho para dizer que a pessoa fez uma BAIANADA. Eu nunca aceitei essa brincadeira ‘idiota’ e preconceituosa e por vezes discuti, defendendo o meu POVO, a minha BAHIA e o nosso NORDESTE.

As Olimpíadas do Japão 2020 (mesmo sendo em 2021) veio para lavar a minha alma e a de todos os nordestinos, pois a Bahia foi um ‘segundo Brasil’ e ‘botou pocano’ no Japão, ‘botou pra lá’, ‘arregaçou’ e fez muita ‘BAIANADA’ com Ana Marcela (natação), Isaquias (canoagem), Herbert, Abner e Beatriz (boxe) e Daniel Alves, liderando o nosso futebol.

É bom deixar claro que se juntar as medalhas dos nossos vizinhos Ítalo (Surfe) e da Fadinha (Skate), o nosso ‘pobre’ NORDESTE, sempre tão humilhado e esquecido pelo resto dessa hipócrita nação, seria maior que o resto do Brasil e a terceira potência esportiva das Américas. Êta Nordeste arretado!!!

Outro dado interessante é que a nossa querida ‘Baêa’ teve mais medalhas de ouro que a maioria dos países sul-americanos e países como Portugal, Turquia, Grécia, África do Sul e Arábia Saudita.

Que venha PARIS 2024 e que a BAHIA e o NORDESTE façam muitas BAIANADAS DOURADAS na sublime CIDADE LUZ.

VIVA A BAHIA!!!VIVA OS BAIANOS!!!VIVA O NORDESTE!!! 


Arnold Coelho
Designer Gráfico, Diagramador, Jornalista MTB 0006446/BA e Baiano da gema.

*A análise do colunista não reflete, necessariamente, a opinião de Pauta.blog.br

Ex-prefeito de Ibicaraí, Luiz Brandão (PSD)

Leia em: 2 minutos

Os conselheiros do TCM (Tribunal de Contas dos Municípios) acataram recurso ordinário apresentado pelo ex-prefeito de Ibicaraí, Luiz Jacome Brandão Neto, mais conhecido como Lula Brandão (PSD), para alterar o mérito do parecer – de rejeição para aprovação com ressalvas – das contas relativas ao exercício de 2019. O gestor comprovou, no recurso, a recondução dos gastos com pessoal ao limite previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal.

Com a reforma da decisão foi excluída a multa imputada no valor de R$ 54 mil. O conselheiro José Alfredo Rocha Dias, relator do recurso, manteve, no entanto, a segunda multa imputada no valor de R$ 5 mil.

A decisão foi tomada pelo voto da maioria dos conselheiros presentes à sessão de ontem, 5ª feira (5.agosto). Os conselheiros Paolo Marconi e Fernando Vita, votaram por negar provimento ao recurso, mantendo o mérito parecer do julgamento original, pela rejeição. Isto porque, eles não concordam com a aplicação da Instrução nº 03 do TCM – que permite a exclusão desses gastos do cômputo de pessoal –, o que reduziu o valor dessas despesas. Contudo, a maioria dos conselheiros seguiu o voto do relator do recurso, conselheiro José Alfredo.

O ex-prefeito apresentou, nesta fase, nova documentação comprovando que um processo de pagamento, no valor de R$325.558,45 (Fundeb 60%), foi indevidamente computado no índice de pessoal referente ao exercício de 2019, vez que se trata de despesa do mês de dezembro de 2018. Assim, excluído do referido índice esse valor, o percentual de gastos com pessoal passa a ser de 53,80% no 3º quadrimestre, cumprindo o limite de 54% previsto na LRF. Foram mantidos os índices de 55,62% e 53,85% para o 1º e 2º quadrimestre do exercício de 2019, respectivamente.

Acompanhe o Pauta Blog pelo Instagram e/ou mande-nos uma mensagem pelo WhatsApp: (73) 8869-7877.

Ex-prefeito Ibicaraí, Lenildo Santana

Leia em: 2 minutos

Os conselheiros do TCM (Tribunal de Contas dos Municípios) julgaram, nesta 4ª feira (21.julho), irregular a prestação de contas de recursos repassados pela Prefeitura de Ibicaraí, na gestão do ex-prefeito Lenildo Alves Santana, à Liga Ibicaraiense de Futebol, então administrada por Francisco Araújo Henrique. O repasse de recursos ocorreu no exercício de 2014.

O conselheiro substituto Ronaldo Sant’Anna, relator do parecer, imputou multa de R$1 mil a cada um dos gestores. E, determinou o ressarcimento solidário entre eles do montante de R$141.793,00 aos cofres municipais.

A punição teve por causa o uso irregular dos recursos para o pagamento de “ajuda de custo” a atletas e de “tarifas bancárias”.

O convênio firmado entre a prefeitura e a Liga Ibicaraiense de Futebol, no valor de R$148.500,00, tinha por objeto “a realização dos Campeonatos Municipais de Futebol nas suas diversas categorias, reforma, recuperação e manutenção do Estádio Euclides Rosalino dos Santos, participação da Seleção Municipal de Futebol no Intermunicipal, incluindo despesas com contratações de jogadores, manutenção da entidade e apoio na seleção de divisão de base no intermunicipal”.

De acordo com a relatoria, parte desses recursos – R$140.710,00 – foram utilizados indevidamente para pagamentos de “ajuda de custo” aos atletas, o que não possui amparo legal. Também foram identificadas despesas em desacordo com o objeto do convênio (taxas bancárias), no valor de R$430,70.

O conselheiro Ronaldo Sant’Anna ressaltou que o TCM tem registrado, reiteradamente, que a utilização de recursos mediante subvenção social não se presta para a remuneração de serviços não essenciais e estranhos às áreas da assistência social, médica e educacional – por caracterizar flagrante desvio de finalidade. Cabe recurso da decisão.

Leia em: 2 minutos

Apesar dos mais de 540 mil mortos em decorrência do Coronavírus por todo o Brasil, e cerca de 60 mortos em Ibicaraí, sábado (18.julho), cheguei à conclusão de que o povo brasileiro se acostumou com a pandemia, com a desgraça alheia, com a dor e o sofrimento do próximo, com a morte de parentes, amigos e conhecidos. Ontem tive essa triste constatação.

Saí a noite com minha esposa para levar minha filha na casa de uma amiga e durante o caminho pensei em contar as pessoas sem máscaras por todo o trajeto, em menos de um minuto percebi que seria mais fácil contar as pessoas com máscaras, pois a avenida São Vicente de Paula estava lotada de jovens sem a devida proteção.

Por cada esquina que passava o susto era maior com tamanha irresponsabilidade dessa geração que se diz o futuro desse Brasil. Foram centenas de jovens, todos sem máscaras, desfilando pelos quatro cantos da cidade como se não existisse um ‘vírus à solta matando de forma impiedosa’.

Quando passei pela praça Henrique Sampaio comentei com Fátima – em tom irônico – que a pandemia tinha acabado e não tinham nos avisado, pois a praça estava lotada de jovens sem máscaras e descumprindo os protocolos exigidos pela OMS.

Tenho visto diariamente pessoas culpando o governo nas esferas Federal, Estadual e Municipal pelas mortes, mas o que percebo é que governo ou governante não faz milagre. Muito tem sido feito e a vacina tem chegado e as pessoas estão sendo vacinadas. A engrenagem está funcionando e o país está sendo vacinado. O problema é que temos 220 milhões de pessoas e uma logística complicada pelo tamanho continental do Brasil.

Você que é jovem precisa ter um pouco de paciência, pois esse ano todos nós seremos vacinados e a vida voltará ao normal. Essa necessidade de ir para as ruas ‘hoje’ como se o mundo fosse acabar ‘amanhã’ só traz uma certeza: o mundo pode acabar para algum parente seu nos próximos dias, pois você pode até pegar o vírus e sentir uma ‘gripezinha’, agora o seu PAI ou a sua MÃE com alguma COMORBIDADE corre o risco pegar o ‘SEU VÍRUS’ e MORRER! PENSE NISSO! 


Arnold Coelho
Esperando a 2ª dose

*A análise do colunista não reflete, necessariamente, a opinião de Pauta.blog.br

O programa Conexão ON - Na Boca do Povo contou com a presença do advogado Klaus Farias

Leia em: 2 minutos

A rádio Cacau FM, através do programa Conexão ON – Na Boca do Povo (líder de audiência no horário) conversou ontem 4ª feira (14.julho), com o advogado, candidato a prefeito de Ibicaraí no último pleito eleitoral e atual procurador do município de Barro Preto, Klaus Farias.

Por mais de 70 minutos, Otaviano Neto (âncora do programa), diretor da Cacau FM e Master Coach, conversou com Klaus sobre a política de Ibicaraí e o que ele está achando dos seis primeiros meses de gestão da prefeita Monalisa Tavares e equipe.

Klaus falou e respondeu sobre os mais diversos assuntos e ressaltou a secretária Yanca Soares (Infraestrutura) como a única que está correspondendo aos anseios da comunidade ibicaraiense. Segundo o advogado, apesar da pouca idade a secretária Yanca é muito focada e tem feito muito com pouco.

O programa contou ainda com o jornalista Roberto Silva e o radialista Juarez Santos, que interagiram e cada um fez uma pergunta para Klaus. Estava presente ainda Raimundo Félix, morador do bairro Delfino Guedes (Mutirão), que cobrou da atual gestão um guarda municipal na nova praça do Mutirão e conclamou a população para ajudar no cuidado com o bem público, já que vândalos têm destruído a praça que foi feita ao lado do posto de saúde.

Otaviano salientou a independência da rádio Cacau FM e mais uma vez lembrou da parceria com a Rádio Bahiana de Ilhéus, que retransmite o programa para Ilhéus e toda a Região Cacaueira, levando o Conexão ON para mais de 60 municípios baianos.

Entre diversos assuntos abordados a tarifa cobrada pelo SAAE de Ibicaraí foi o tema mais comentado e o radialista Juarez Santos anunciou no programa que na próxima quarta-feira o diretor do SAAE será o entrevistado da vez e falará sobre o aumento na tarifa da água.

Por último, Klaus Farias agradeceu o convite e se colocou à disposição para um novo chamado da Cacau. Otaviano Neto agradeceu a presença do advogado e demais convidados e pautou para a próxima quarta-feira o tema: aumento da tarifa de água, quando o Conexão conversará com Thallis Leal, Diretor do SAAE.

//

Inclusão dos bancários no Plano Nacional de Imunização

Leia em: < 1 minuto

A partir desta 3ª feira (13.julho), das 9h às 14h, começa a vacinação da categoria bancária em Itabuna e Ibicaraí.

Em Itabuna, a primeira dose será aplicada na própria agência onde o trabalhador está alocado, já no caso de Ibicaraí, o local escolhido foi o SESPI.

Para ser vacinado, será necessário apresentar RG, CPF, cartão do SUS, xerox do contracheque ou CTPS. Mas lembre-se, se você tomou a vacina H1N1, são necessários 14 dias de intervalo para receber a vacina da Covid-19.

Notícias mais lidas

Outros assuntos