Bekos

Jerbson Moraes tem conquistado a simpatia dos colegas vereadores de Ilhéus

Leia em: 2 minutos

O presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus, o advogado Jerbson Moraes (PSD), tem demonstrado que a alma de uma boa gestão é o equilíbrio e a seriedade diante do dinheiro público. Como resultado, ele tem conquistado a simpatia dos colegas, tanto da oposição como de situação.

Em discurso na sessão em que encerrou o semestre legislativo, o vereador de oposição Augusto (PT), fez questão de ressaltar o respeito imposto pelo presidente da Casa. “Esta Casa está no caminho certo porque temos um líder no comando, temos uma equipe de trabalho comprometida, e como resultado, estamos sendo respeitados. Essa legislatura está sendo diferenciada. Parabéns presidente, estamos fechando esse semestre com chave de outro”, disse o vereador Augustão. Dê play e assista!

Professor Gurita (PSD), que é líder do governo, também não poupou elogios. “Ainda essa semana escutei de um comunicador respeitado na cidade que essa Câmara de Vereadores está melhor do que as outras. E eu compartilho dessa ideia. E digo mais, está apresentado resultados, respostas à sociedade e vai apresentar muito mais”.

E completa: “Isso tudo é fruto da maturidade e comprometimento com o povo de Ilhéus. Na condição de líder do governo quero agradecer a Vossa Excelência porque não tem me decepcionado e estou feliz com a forma que tem conduzido essa casa”. Dê play e assista!

ALBA aprova seis projetos de lei em sessão virtual no plenário da Casa

Leia em: 2 minutos

Na tarde de hoje, 3ª feira (15.junho), o presidente da ALBA (Assembleia Legislativa da Bahia), deputado Adolfo Menezes (PSD), utilizou o plenário da casa para presidir a sessão extraordinária de forma online, que aprovou seis projetos de lei, sendo quatro deles do poder Executivo.

O primeiro projeto de nº 2.937/2021, relatado pela deputada Fátima Nunes (PT), renovou o estado de calamidade pública dos municípios de Ribeira do Amparo e Alagoinhas. Os parlamentares entenderam que as regiões continuam sendo afetadas pela pandemia da Covid-19.

O segundo projeto foi o de nº 141/2021, que altera a Lei Complementar 34, de 6 de fevereiro de 2009 e dispõe sobre transição de cargos da Procuradoria Geral do Estado. O projeto foi apreciado pelo deputado Tiago Correia (PSDB).

Tratado como sendo de grande importância pelo presidente da casa, o projeto 24.180/2021, do Poder Executivo foi o terceiro a ser aprovado de forma integral. A relatoria foi da deputada Fabíola Mansur (PSB), presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia. O projeto, dispõe sobre estímulos ao desenvolvimento científico, à pesquisa, à capacitação científica e tecnológica. De acordo com Mansur, “a nova lei vai fomentar, dar agilidade e flexibilizar as relações de parcerias com o setor produtivo e industrial da Bahia”.

Rosemberg Pinto (PT) como relator, do quarto PL 24.195/2021, do Executivo que autoriza o Estado a celebrar termos aditivos aos contratos com a União, explicou que, esse é um projeto de adequação ao governo federal feito anualmente.

O quinto Projeto de Lei 23.754/2020, relatado pelo deputado Marcelino Galo (PT), também de autoria do Poder Executivo, aprovou a alteração do Quadro Especial da Casa Civil.

Um dos momentos mais aguardados do dia, foi a votação das contas do governo do estado, referente ao exercício de 2017. Dos 53 deputados, 37 deram parecer favorável, 12 contra e 4 abstiveram. O Projeto 2.509/2019, da Comissão de Finanças, foi votado em primeiro e segundo turno, por meio de voto secreto.

“É uma emoção estar de volta ao plenário, por se tratar de uma votação secreta, tivemos que utilizar o aparato tecnológico aqui do plenário. Quero parabenizar todos os deputados, porque foram votados nesta tarde até o início da noite, projetos que mudam o marco da ciência e tecnologia, projeto que altera o quadro da PGE, da casa Civil, termo aditivo para que o Governo da Bahia possa celebrar contratos com o Governo Federal, entre vários projetos que beneficiam municípios em calamidade pública. E as contas do governador que também foram aprovadas”, destacou o presidente Adolfo Menezes.

Leia em: 2 minutos

Engenheiro eletricista, o deputado estadual Robinson Almeida (PT/BA) participou, na manhã desta 3ª feira (15.junho), de um ato na porta da sede da CHESF (Companhia Hidrelétrica do São Francisco), em Salvador, contra a privatização da Eletrobras.

O protesto foi organizado pelo Sindicato dos Eletricitários da Bahia. O parlamentar alertou que, além de ser “um crime de lesa-pátria” e comprometer a soberania energética brasileira, se a MP 1031, defendida pelo governo Bolsonaro, for aprovada, haverá aumento da conta de energia, risco de apagão e a indústria nacional também será prejudicada. Além disso, ele alertou para o risco de insegurança energética e desabastecimento durante a crise econômica e sanitária.

A Medida Provisória que prevê a entrega do sistema Eletrobrás ao capital internacional está prevista para ser votada pelo Senado Federal amanhã 4ª feira (16.junho). Em todo Brasil o dia hoje foi de protestos para alertar a sociedade dos riscos que a privatização oferece a sociedade. Trabalhadores do Sistema Eletrobras decidiram entrar em greve por 72 horas contra a MP.

O deputado Robinson Almeida alerta que privatização aumentará insegurança energética durante crise econômica e sanitária // Foto de Cecília Oliveira

“A privatização da Eletrobras é um crime contra o Brasil. Além disso, a MP usada para esse crime é inconstitucional”, alertou Robinson.

“Está em curso um processo de desindustrialização no Brasil pra atender interesses internacionais com esse governo ultraneoliberal comandado por Bolsonaro, que é um fantoche do capital internacional. Vamos nos mobilizar para impedir esse desmonte, esse crime absurdo contra nosso país que é a privatização do sistema elétrico brasileiro, da Eletrobras e da CHESF”, enfatizou o parlamentar.

//

Leia em: 3 minutos

Esse “já ganhou” dos bolsominions e dos lulominions me faz lembrar a eleição para o governo da Bahia em 2006, quando Jaques Wagner derrotou o favorito Paulo Souto logo no primeiro turno.

Esse “já ganhou” tem pela frente Ciro Gomes, presidenciável do PDT, que é a opção mais viável da chamada terceira via, da parcela do eleitorado, hoje em torno de 60%, que não quer Bolsonaro e Lula. Nem a volta do passado marcado por escândalos de corrupção e, muito menos, a continuação de um governo que desdenha da vida das pessoas com um estúpido e irresponsável negacionismo.

Ciro, diante desse cenário, está vivo. Digo até vivíssimo. Pela recente pesquisa do PoderData tem a soma dos votos dos pré-candidatos que estão atrás dele: o ex-ministro Mandetta (DEM), o apresentador Luciano Huck (sem partido), o governador de São Paulo João Doria (PSDB), o empresário João Amoêdo (Novo) e o ex-juiz Sérgio Moro, também sem abrigo partidário.

Dos cinco, acredito que somente dois continuarão como postulantes ao cargo máximo do Poder Executivo. Os outros tendem a desistir. Amoêdo já o fez em nota pública. Uma significativa parcela dos eleitores de Huck e Moro é simpática ao movimento “Nem Lula, Nem Bolsonaro”, que cresce dia a dia.

O importante agora para Ciro, que foi o presidenciável com maior crescimento na última consulta do DataPoder, saindo de 6% para quase 11%, é se consolidar como o nome da terceira via que pode quebrar essa polarização Lula versus Bolsonaro, com um alimentando o outro, uma espécie de, digamos, mutualismo político. A sobrevivência política de Lula depende de Bolsonaro e vice-versa.

O antipetismo e o antibolsonarismo, que hoje são gigantescos, podem levar o candidato com mais chances de derrotar Lula (ou Bolsonaro) para um segundo round eleitoral. E Ciro é quem mais preocupa petistas e bolsonaristas.

Outro lembrete é que quem está na frente da campanha de Ciro é o baiano João Santana, considerado o “mago” do marketing político. Os resultados do seu trabalho já são visivelmente percebidos.

Esse “já ganhou”, muitas vezes de maneira debochada, é desaconselhável. A sabedoria popular costuma dizer que “o apressado come cru”.

O engraçado é que ainda estamos em 2021. Para os bolsominions e os lulominions não tem mais água para passar por debaixo da ponte da sucessão do cobiçado Palácio do Planalto. A ida do “mito” da esquerda e do “mito” da direita para o segundo turno é dada como favas contadas.

Concluo dizendo que vem aí um chega pra lá em Lula e Bolsonaro. O eleitorado vai perceber que essa polarização é ruim, que o melhor candidato é Ciro Gomes, o único presidenciável que tem um projeto nacional de desenvolvimento, que diz como vai fazer para resolver os graves problemas do país.

O forte e encrustado antipetismo e antibolsonarismo vão oxigenar a terceira via, levando seu representante para a segunda etapa eleitoral.


Marco Wense é Analista Político

*A análise do colunista não reflete, necessariamente, a opinião de Pauta.blog.br
Leia em: 6 minutos

Análise: o que levaria João Roma a desistir da cabeça de chapa na Bahia❓

Os nomes que já foram definidos para concorrer ao Governo da Bahia são: ACM Neto, ex-prefeito de Salvador e atual presidente nacional do DEM; e Jaques Wagner, do PT, senador e ex-governador por dois mandatos. Estes estão que nem “polvo”, garimpando aliados.

Enquanto isso, o representante do governo Bolsonaro, João Roma (Republicanos), ministro da Cidadania e ex-braço direito de ACM Neto vem aquecendo o seu nome em banho-maria. Porém, não deu a cartada final do sim (ainda).

Até agora, alguns fatos podem levar Roma a desistir da cabeça de chapa:

1️⃣ O bispo Márcio Marinho, presidente do Partido Republicanos na Bahia, disse que apoiará ACM Neto. Roma teria que mudar de sigla;

2️⃣ Roma “arriscaria” a concorrer ao Palácio de Ondina só para dar palanque a Bolsonaro. Mas perdendo, ficaria sem cargo de deputado ou senador. Aliás, ele vem caminhando para lançar a sua esposa, Roberta Roma, como deputada federal;

3️⃣ Recuaria para concorrer a uma possível vaga ao senado ou vice. Daí, a mais provável seria uma aliança com Neto. Logo, Roma teria que fazer as pazes com Neto pois andaram (ou andam) às turras desde que Roma assumiu o ministério. Esta é a mais difícil, mas não é impossível.

De fato, o que está decidido (mesmo!) é: Roma agirá conforme Bolsonaro mandar. Ou ele foi para o ministério à toa?

Enquanto o Capitão não define, Roma vem se movimentando com visitas de diversos prefeitos e deputados baianos em sua fazenda, localizada na região de Conceição da Feira.

⚠️ Prefeito de Itacaré pode se filiar ao PDT

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, deixou de ser o único prefeito do PT na região Sul da Bahia. O motivo da saída foi a sua insatisfação com o governador Rui Costa (PT).Fontes a par da política itacareense, dizem que Anízio pode se filiar ao PDT.

Ao que tudo indica, ele deve ser convidado oficialmente pelo partido. Vale lembrar que Antônio de Anízio foi vereador em 2004, pelo PRP, em 2008 se elegeu prefeito pelo PCdoB, em 2012 perdeu na reeleição para Jarbas Barbosa do PSB, e em 2016 voltou a prefeitura pelo PT, sendo reeleito também em 2020.

As pretensões políticas do prefeito ao se filiar a nova sigla estão movimentando os bastidores.

A ver.

💣 Tom Ribeiro ‘detona’ Marão 

Tom Ribeiro fez duras críticas ao prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre (PSD). Segundo ele, em seu programa de quinta-feira (10 de junho), Ilhéus estava há dois dias sem a coleta de lixo por conta da paralisação do profissionais da limpeza pública.

O apresentador também criticou o gestor pelos relatos de ônibus super lotados. Neste contexto, vale ressaltar que a Câmara de Ilhéus realizou uma audiência pública para tratar sobre os transportes, mas o relator, o vereador Augustão (PT), até hoje não conseguiu entregar o relatório ao prefeito. Dizem que ninguém consegue encontrar o prefeito no mapa.

Sem meias palavras, Tom detonou, perguntado: “Cadê o prefeito Marão?”

E, finalizou: “Vergonhoso!”.

Augusto Castro manda recado 👂

Com a proximidade do aniversário de Itabuna, no dia 28 de julho, o prefeito Augusto Castro (PSD) foi ao programa de Tom Riberio anunciar um pacote de obras. Ok, normal. Mas no fim da entrevista, mandou um recado: “Pouca conversa e mais ação”. A carapuça pegou em alguém…

👀 O propalador…

Toda vez que sai a notícia de uma sentença procedente a ação de vereadores cassados por fraude em cota feminina, prontamente o ex-vereador de Itabuna, Glaby Andrade (PDT), mais conhecido como Glebão, propala os links.

Se o mesmo acontecer em Itabuna, três vereadores podem perder o cargo na Câmara. Como quem não quer nada, Glebão fica de primeira classe, na espera.

Glebão perdeu a vaga para o vereador Dando Leone por uma diferença de 24 votos, nas últimas eleições de 2020. Por isso a ansiedade.

🚦 De vereador a prefeito ou deputado?

O presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus, Jerbson Moares (PSD), durante uma entrevista no Programa Tropa de Elite, na Gabriela FM, disse estar preparado para ser deputado estadual ou prefeito de Ilhéus. De concreto, por enquanto, é que a 🚦 luz amarela está acesa entre Jerbson e o prefeito Mário Alexandre, ambos do PSD.

  // O vereador Cosme Resolve (PMN) pediu aplausos dos colegas para ele mesmo. O fato ocorreu na última sessão da Câmara, quarta-feira (9 de junho). Dê play e escute! ⤵️

  // O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) estará na próxima semana no oeste da Bahia, segundo o site Bnews.

  // Ciro Gomes (PDT) cumpriu uma semana de agenda na Bahia. O ex-governador do Ceará passou pelo município de Euclides da Cunha. O presidente do PDT baiano, Félix Mendonça Júnior, e o marqueteiro João Santana, também estiveram presentes.

  // A secretária de Educação, Janaína Araújo, disse em entrevista ao Pauta.Blog que não teve uma experiência positiva no quesito das aulas on-lines com a filha. Realmente, as mães se desdobram na paciência para desempenhar o seu melhor como professora em tempos de pandemia. Clique e leia a entrevista completa👇

📌 Entrevista: “As brinquedotecas não se encaixam na modalidade de educação”, disse Janaína Araújo

  // O jovem vereador Israel Cardoso (PTC), disse em uma live com o jornalista e radialista Andreyver Lima, que sonha em ser um senador da República. Sem tergiversar, este jovem vai longe.

  // O empresário e fundador do partido Novo, João Amoêdo desiste de pré-candidatura à Presidência.

NOTA 🅾️

O presidente Bolsonaro se esforçou para influenciar na liberação de insumos do medicamento que ele gosta de receitar (cloroquina), mas não se empenha da mesma forma para usar máscaras. Usar? Agora quer dispensar o uso. Sim, enquanto somente 11% da população recebeu a segunda dose da vacina. Quem ‘entende’ de ciência é ele! (Só que não!)

NOTA 🔟

Os profissionais da imprensa (acima dos 40 anos) começaram a se vacinar esta semana.

Envie a sua sugestão de pauta: [email protected]

//

Leia em: 3 minutos

O ex-presidente Lula, para criar simpatia com a militância do PDT, fica elogiando o saudoso Leonel Brizola, fundador do Partido Democrático Trabalhista, nos seus encontros com lideranças políticas de esquerda.

O petista-mor quer passar a ideia de que Brizola, se vivo fosse, não estaria concordando com as críticas de Ciro Gomes ao lulopetismo. Todas elas com muita razão e assentadas em inquestionáveis e sólidos argumentos.

Querem o que, que Ciro esqueça a sujeira de Lula com sua candidatura na eleição de 2018? De dentro da cadeia, onde passou 580 dias vendo o sol quadrado, o “sapo barbudo” só pensava em enfraquecer Ciro. Se fazia o que fez preso, imagine agora solto.

Ora, no mínimo um gigantesco e inominável cinismo ficar insinuando que Brizola o admirava, quando na verdade o achava extremamente ambicioso, adepto fervoroso do vale tudo para conquistar o poder.

Já em 1989, Brizola dizia: “Desconfio muito desse candidato. Dele e do PT”. Conta até uma história interessante : “Quando cheguei do exílio fui visitar o Lula, que me recebeu como se fosse um imperador. Existe uma incompatibilidade entre nós, ali vi que Lula é um homem do sistema”.

Não deu outra. A profecia do único político brasileiro a governar dois Estados, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro, marcando suas gestões pela obsessão que tinha pela educação, se confirmou. Lula se juntou com Paulo Maluf, Michel Temer, Eduardo Cunha, Sérgio Cabral e companhia Ltda.

“O discurso ético caiu como castelo de areia. Em vários aspectos demonstrou o PT ser mais do mesmo. O PT é que nem galinha: cacareja na esquerda, mas bota ovo na direita”, dizia o bom e inesquecível gaúcho.

E mais (1) : “Denunciam o golpe publicamente, mas no privado fazem acordo com seus algozes”. E perguntava: “Qual o PT é o verdadeiro, o público ou o privado? Cadê a coerência? Cadê a hombridade? Cadê o discurso? Cadê a dignidade de uma corrente política?”.

E mais (2) : “Esta obsessão por boquinhas, por cargos, por poder sem lastro, talvez seja uma das principais patologias que o PT deva enfrentar. Não é no mínimo ético para os brasileiros que sofrem com o golpe verem o PT se aliar aos golpistas, afinal a democracia está sendo atacada, e direitos suprimidos”.

Pois é. O filme se repete. A cúpula do lulopetismo, para eleger Lula para o terceiro mandato presidencial, anda paparicando e mandando recadinhos para os protagonistas do impeachment da coitada da Dilma Rousseff. O senador Renan Calheiros, por exemplo, atolado até o pescoço com a Justiça, é um dos coordenadores da campanha de Lula no Nordeste.

Fico a imaginar o que diria Brizola sobre os escândalos de corrupção nos governos de Lula e Dilma, com destaques para o mensalão e o petrolão.

Portanto, concluo dizendo a Lula que esqueça Brizola, que morreu levando consigo a decepção com o petismo, o PT e o próprio “sapo barbudo”.

Leonel de Moura Brizola, senhor Luiz Inácio Lula da Silva, se encontra na eternidade, em um lugar reservado para os grandes homens públicos. Deixe ele em paz. 


Marco Wense é Analista Político

*A análise do colunista não reflete, necessariamente, a opinião de Pauta.blog.br

//

Rui Costa inaugura Policlínica Regional de Saúde em Eunápolis com investimento de R$ 27 milhões

Leia em: 3 minutos

Exames solicitados pelo SUS estão disponíveis para mais cerca de 230 mil baianos, moradores de sete municípios do Extremo Sul do estado, por meio da 17ª Policlínica Regional de Saúde da Bahia, inaugurada nesta 5ª feira (10.junho), em Eunápolis, pelo governador Rui Costa. Com investimento de R$ 27 milhões, entre obras e equipamentos, a policlínica vai contar ainda com seis micro-ônibus para fazer o transporte gratuito dos pacientes dos municípios de Belmonte, Guaratinga, Itabela, Itagimirim, Itapebi e Santa Cruz Cabrália até Eunápolis, e também a volta para casa. O evento de inauguração contou com a presença do secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, de representantes dos municípios consorciados e outras autoridades.

De acordo com Rui Costa, além das obras e equipamentos, para o funcionamento da policlínica, o Governo do Estado também arca com 40% dos custos. “Os outros 60% são divididos entre os municípios consorciados, proporcionalmente à população de cada um deles. Então, as prefeituras que já aderiram aos consórcios tiveram redução da sua despesa, pois o valor pago às policlínicas leva em conta apenas o pagamento dos profissionais, a manutenção e os materiais utilizados, não inclui o que foi investido na unidade”, destacou.

O município de Eunápolis foi o sétimo e último a assinar o contrato e ingressar no consórcio, na 5ª feira (10.junho). Com isso, o taxista Sergio Luís Oliveira, 58 anos, está coberto. “Com a chegada dessa policlínica, a saúde de Eunápolis e região vai ficar fortalecida. A população vai ter mais opção para poder fazer seus exames. Eu acredito que vai melhorar bastante a saúde para a nossa região”, afirmou.

INFRAESTRUTURA E SERVIÇOS
A unidade atenderá nas especialidades de Angiologia, Cardiologia, Endocrinologia, Neurologia, Gastroenterologia, Otorrinolaringologia, Oftalmologia, Urologia, Pequenos Procedimentos Cirúrgicos, Ginecologia, Pneumologia, Dermatologia, Reumatologia, Anestesia Fisioterapia e Ortopedia. Ainda há especialidades não médicas, como Farmácia Clínica, Enfermagem, Psicologia e Nutricionista. O equipamento vai oferecer também exames como ecocardiograma, eletroencefalograma, ergometria, Holter, MAPA, endoscopia digestiva, ultrassonografia Doppler, Raio-X, e tomografia.

Para o funcionamento adequado, a policlínica conta com mais de 80 profissionais entre médicos, enfermeiros, psicólogo, farmacêutico, nutricionista, ouvidor, assessores técnicos, assistente social, técnicos em enfermagem, técnicos em radiologia e assistentes administrativos.

 

POLICLÍNICAS
Ao todo, a Bahia vai contar com 25 Policlínicas Regionais de Saúde, incluindo duas em Salvador.

Vereadora de Ilhéus, Enilda Mendonça (PT)

Leia em: < 1 minuto

Em pronunciamento na Câmara Municipal de Ilhéus, a vereadora Enilda Mendonça (PT) demonstrou preocupação com a estratégia de vacinação contra a Covid-19 que vem sendo executada pela Prefeitura de Ilhéus na extensa zona rural do município.

“O mesmo município que dá um show de organização e vacinação na área urbana, infelizmente abandona o seu campo”, afirmou a vereadora, acrescentando que a Prefeitura não consegue compreender que os moradores dos distritos, vilas e povoados têm o mesmo direito de vacinação de quem mora na cidade.

Enilda lembrou que Ilhéus, de fato, está à frente de muitos municípios da Bahia no plano de vacinação, mas com resultados mais significativos na área urbana, imunizando, por exemplo, ilheenses acima de 18 anos com comorbidade, com mais de 53 anos de idade e trabalhadores da educação com mais de 40 anos.

Na opinião da parlamentar, não pode haver, na prática, um plano de ação para a sede e outro para o campo. “São ilheense que moram distante da sede, mas que têm o mesmo direito, com condições muito mais difíceis de acessibilidade e de circulação”.

Ex-prefeito de Itabuna e ex-deputado federal, Geraldo Simões (PT)

Leia em: 6 minutos

Nesta entrevista com o ex-prefeito de Itabuna e ex-deputado federal, Geraldo Simões (PT), ele fala de seus projetos políticos, avalia o cenário atual da administração municipal, fala de novos contatos políticos que podem render frutos num futuro próximo, além de pincelar comentários sobre a política estadual e nacional, principalmente quando se fala em Lula e Rui Costa. Ainda sobre Itabuna, dar uma alfinetada no atual gestor, dizendo que ele não tem feito os pleito adequados ao governo do estado.

“O município não pode gastar os cartuchos que tem pedindo para recuperar avenida, posto médico, escola e vila olímpica. Nós temos que pedir obras, do tamanho e da importância de Itabuna”. Confira!

Pauta.Blog  Quais foram os seus projetos, tanto na área pessoal e política, nestes quase dois anos de pandemia?
Geraldo SimõesNeste período seguir a recomendação da Organização Mundial de Saúde no que diz respeito aos cuidados e ao distanciamento social. Fui candidato a prefeito, aproveitei o espaço da campanha para divulgar também  recomendações a respeito da Covid-19. Estão sendo quase dois anos de muitas dificuldades para todos os  brasileiros.

Pauta.Blog  Muitos falam que você preferiu se manter isolado na praia. Muita sombra, água fresca, mas e a política, como ficou?
Geraldo SimõesNão fui para praia. Estive de férias com os netos e Tiago, em Salvador, mas sempre me informando sobre a política nacional com a turma do PT, o Senador Jaques Wagner e vários deputados amigos. Estive focado no distanciamento social, mas antenado com as coisas que estavam acontecendo no Brasil, mas sempre ciente de que o mais importante neste momento não é o debate e sim a união de todos contra à Covid-19.

Pauta.Blog  Amante da política como sabemos, você deve acompanhar a política diariamente, principalmente no cenário local. Qual a sua avaliação?
Geraldo SimõesAvalio um momento muito favorável para os candidatos do Partido dos Trabalhadores em Itabuna. Pelos feitos, pelas realizações do PT na cidade, seja no Governo, Lula, Dilma, Rui Costa e Wagner. Se analisarmos a história da cidade nunca teve os investimentos que ocorreram nesse período, como por exemplo, a Barragem Rio Colônia, a UFSB, o gasoduto, a policlínica, o teatro municipal, quase 10 mil unidades do Programa Minha Casa Minha Vida, pavimentação, saneamento básico, vários investimentos na saúde… enfim, Itabuna nunca registrou um período de tanto investimentos do governo federal, e por isso acho que temos uma conjuntura favorável para uma eleição de Lula, Presidente, e Wagner Governador.

Pauta.Blog  Recentemente você esteve com Dr. Mangabeira. É verdade que você o incentivou a permanecer na política? Porque?
Geraldo SimõesMangabeira é um quadro importante na política de Itabuna, participou de três eleições, uma para deputado federal e duas para prefeito e obteve excelente votação. Eu de fato disse a ele que ele está credenciado a disputar qualquer eleição. Eu disse inclusive que seria uma perda para cidade se ele desistisse da atividade política.

Relembre aqui ⤵️

Geraldo Simões e Dr. Mangabeira se encontram para discutir o governo do prefeito Augusto Castro

Pauta.Blog Existe a possibilidade de vocês serem adversários políticos nas próximas eleições municipais, ou uma união?
Geraldo SimõesNo bate-papo que tivemos identificamos que nós temos avaliações sobre a difícil situação que Itabuna atravessa muito comuns, e que também temos soluções comuns. Então vamos em frente, o futuro é que dirá como vai ser a nossa relação com Dr. Mangabeira.

Pauta.Blog Caso tivesse sido eleito nas eleições de 2020, o que você teria feito de diferente com relação a gestão do atual prefeito Augusto Castro?
Geraldo SimõesNum governo nosso eu trabalharia dia, noite, final de semana, feriado e dia santo para o enfrentamento da covid-19. Não é possível que numa crise dessa, Itabuna com tantas mortes e tantos infectados, e só tem vacina em um turno e ainda parar no final de semana e feriado. Eu iria ainda além da vacina da covid-19. A saúde está do mesmo jeito que no governo passado, com unidades básicas de saúde desestruturadas e o centro de referência em saúde também, portanto, seis meses de governo e não teve nenhuma alteração significativa na saúde de Itabuna.

Eu também daria amparo as pessoas que estão empobrecendo. Itabuna está entrando no mapa da fome. Eu daria toda atenção a população empobrecida de Itabuna e buscaria apoios para gerar emprego, movimentar a economia e melhorar a educação.

Pauta.Blog  De zero a dez, qual nota você dar a gestão do prefeito Augusto Castro?
Geraldo SimõesAvalio que o governo está sem foco, sem prioridades, portanto, eu daria nota 5, orando para que melhore.

Pauta.Blog  Como você avalia um governo que apoia Rui Costa, mas que tem um vice-prefeito que já declarou o seu apoio a ACM Neto?
Geraldo SimõesPode ser uma situação verdadeira e que vem mostrar que o alinhamento entre o vice e o prefeito é somente para questões administrativas, ou se trata de uma encenação. Isso só o futuro dirá, o que de fato corresponde a esse posicionamento deles.

Pauta.Blog  Quais são os seus planos políticos: será candidato a deputado em 2022?
Geraldo SimõesMeu plano é praticar o distanciamento social, observando todos os cuidados com a covid-19, além de transmitir essas informações para meus amigos e comunidade, e no momento certo fazer a campanha de Lula para Presidente, Wagner para Governador, o Senador será o que a majoritária escolher. Em relação aos deputados não tenho nada decidido ainda, vamos ouvir alguns amigos e companheiros para tomar uma decisão.

Pauta.Blog  Você acredita na “exaustão” do PT na Bahia, ou Jaques Wagner vai surfar bem na sucessão de Rui Costa?
Geraldo SimõesNinguém enjoa o que é bom. Wagner fez dois governos extraordinários, ajudou na eleição de Rui na primeira e segunda eleição, por sua vez, Rui Costa está fazendo um grande governo com muitas obras no interior e tendo boa avaliação, então eles dois estarão unidos para continuar!

Pauta.Blog  Existe alguma “rusga” com o governador Rui Costa ou é intriga da oposição?
Geraldo SimõesAbsolutamente não tenho rusga nenhuma com Rui. Nós fomos companheiro na CUT, companheiros no PT, no Governo Wagner, como deputado federal… não tem nada disso. Torço e trabalho pelo sucesso de Rui e pela eleição para governador de Jaques Wagner e reconheço que Rui é um grande governador da Bahia.

Pauta.Blog  Atuando como consultor político, o que você diria ao presidente Jair Bolsonaro no tangente ao enfrentamento à Covid-19?
Geraldo SimõesBolsonaro tem que deixa de brinca de ser presidente, porque já causou a morte de mais de 450 mil pessoas e contratar gente capaz no Brasil para cuidar da saúde. O resto é irresponsabilidade e cegueira desse presidente.

Pauta.Blog  A eleição no Brasil será polarizada mesmo entre Lula e Bolsonaro, ou você acredita que nascerá uma terceira via?
Geraldo SimõesLula teve esse retorno no primeiro turno, nas pesquisas em 2018, só que armaram aquela onda de lava jato tiraram ele com a sua prisão, colocando um presidente irresponsável que está causando um estrago no país. Não acredito em terceira via, acredito em uma disputa com Lula e o atual presidente. O povo vai reparar o erro e Lula retornará presidente para ser melhor do que foi nas outras duas vezes.

Pauta.Blog  Você acredita na vitória de Lula no 1º turno ou será páreo duro até o segundo turno?
Geraldo SimõesIndiferente. O importante é que Lula seja eleito Presidente da República. Vamos trabalhar!

Pauta.Blog  Quais são as suas considerações finais?
Geraldo SimõesNo meu entendimento, o governo municipal não tem feito os pleitos mais adequados ao governador Rui Costa, que tem grande estima por Itabuna. O município não pode gastar os cartuchos que tem pedindo para recuperar avenida, posto médico, escola e vila olímpica, porque isso dá para fazer perfeitamente com os recursos do município.
Nós temos que pedir obras, do tamanho e da importância de Itabuna, como por exemplo, saneamento básico, a coleta e tratamento de 100% do esgoto, corrigir distorções no sistema de abastecimento de água da cidade, a despoluição do Rio Cachoeira, o Porto Seco, um dos mais importantes que pode ser aqui em Itabuna.

Leia em: 6 minutos

🔨 O carpinteiro Jaques Wagner

O senador Jaques Wagner, no programa Frequência Política, disse aos radialistas Binho Shalon e João Matheus que a união em prol da corrida ao Palácio de Ondina com PT-PSD-PP já é “prego batido e ponta virada”.

É impressionante a lábia de Wagner, caso esta união seja selada (novamente), já que o senador Ângelo Coronel (PSD) vem levantando a bandeira do senador Otto Alencar (PSD) para concorrer ao Governo da Bahia.

Não vem sendo diferente com o vice-governador do estado, João Leão (PP), que já mandou o recado: “quero ser governador”.

Parece que o carpinteiro Wagner 🔨 bateu o prego, mas esqueceu de “virar a ponta” na lábia.

Wagner tenta um novo “front” contra o grupo de ACM, porém, desta vez, enfrentará o ex-prefeito de Salvador, ACM Neto.

Responsável pela derrota do carlismo na Bahia em 2006, Wagner terá a missão de conter a “exaustão” do PT, que já governa o estado há 15 anos.

🔍 Serpa “miou” como candidato a deputado

O ex-secretário de Trânsito de Itabuna, o tenente-coronel Serpa, estará assumindo a Superintendência de Trânsito de Ilhéus, a convite do prefeito Marão (PSD).

Com isso, deixará de concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa. E apoiará a primeira-dama de Ilhéus, Soane Galvão. E para federal, Serpa já firmou com a atual deputada e professora Dayane Pimentel.

O tenente-coronel chegou a ser convidado pelo Dr. Isaac Nery (pré-candidato a deputado federal) para fazer uma dobradinha pelo Partido Republicanos, mas Serpa “miou”🔍.

Bebeto está contando os dias 📆

Jaques Wagner, senador, vai concorrer ao Governo da Bahia. Com isso, abrem-se as portas do Senado para o vice-prefeito de Ilhéus, Bebeto Galvão (PSB).

Já imaginou o sul da Bahia com um senador da República, hein?

Bebeto está assim: dorme com a calculadora, contando os dias, e acorda sonhando.

👀 Cosme Resolve (ainda?) irado com o secretário Almir Melo

O prefeito Augusto Castro (PSD) ‘resolveu’ apagar o incêndio entre o vereador Cosme Resolve (PMN) e o secretário Almir Melo. O prefeito atendeu a alguns pedidos do vereador, mas o mesmo só agradeceu mesmo ao prefeito e à primeira-dama Andrea Castro.

Cosme chegou a se irar com o secretário Almir Melo em uma sessão na Câmara, no mês passado.

Relembre aqui ⤵️

Vereador Cosme Resolve dispara a “metralhadora” contra o secretário Almir Melo Jr.

👀 Sem firulas, ele corre para não perder a patente do “Resolve”.

💣 Fio desencapado na Câmara de Ilhéus

O vereador Luca Lima, do PSDB, está em vias de desencapar o fio de acusação. Três ex-servidoras do seu gabinete o acusam de praticar “rachadinha”.

Tá com cara de que vai dar curto-circuito.

Efeito ‘Barrichello’ ⏰

Após 6 dias de atraso, a Prefeitura de Arataca divulgou o resultado parcial dos candidatos aprovados no Processo Seletivo. Fez jus àquele ditado: demorou, mas saiu.

Deve voltar em 2022 📖

Quase dois anos sem aulas presenciais: tanto nas escolas particulares, quanto nas públicas. É triste, pois TUDO pode estar aberto, MENOS as escolas. Quem arcará com este ‘delay’ educacional? Como sempre…quem carrega o país nas costas: o povo e os jovens!

Bolsonaro no Patriota❓

Segundo o presidente do partido, Adilson Barroso: “Bolsonaro ficou de dar a resposta entre 10 e 15 dias”.

O nome “Patriota” foi dado pelo presidente Bolsonaro. Será que ele também dará as coordenadas no partido, caso se filie? Não duvide.

A conferir!

Ou leva, ou vai embora! 👂

Sobre o voto impresso, o Ministro Luís Roberto Barroso disse: “Já passou o tempo de golpes, quarteladas, quebras da legalidade constitucional. Ganhou, leva. Perdeu, vai embora”.

Charliane ‘beija a camisa’

A ex-vereadora pelo PTB de Itabuna, Charliane Sousa, e ex-candidata a prefeita pelo MDB, chegou chegando à nova sigla: o PCdoB.

Daí, um amigo que conhece a alma e as profundeza da legenda disse: “Tá no time, tem que beijar a camisa”. Diga aí, se não filosofou?!

O arranjo está montado: Charliane quer uma vaga na Assembleia Legislativa. Porém, esta música tá com cara de 2024.

Problemão para o prefeito de Buerarema

Vinícius Ibrann (DEM), prefeito de Buerarema, tem um problemão a resolver.

Isto porque o TCM determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual contra o prefeito. O “pepino” é para que seja apurada uma possível prática de ilícito na contratação da “Pousada Sulamérica” e do “Hotel Royal”, ambos localizados em Itabuna.

O Tribunal de Contas dos Municípios disse que as contratações ocorreram “sem apresentação de qualquer justificativa plausível para tanto”.

Foi gasto em 2017 uma ‘bagatela’ de R$ 73 mil em serviços de hospedagem. Ao prefeito Vinícius Ibrann, foi imputada uma multa de R$ 7 mil.

Procurado, o prefeito disse: “vou verificar aqui com a equipe de contabilidade e jurídico”.

💥 Colbert “sisudo” com o governador Rui Costa

Disse Colbert Martins (MDB): “Enquanto isso, lideranças políticas do Governo do Estado em Feira são cegas, surdas e mudas. Fazem de conta que tá tudo normal”. O prefeito de Feira de Santana tá “sisudo” com Rui.

  // Luiza Trajano e Dilma Rousseff são amigas e o PT tenta garimpar a empresária para formar a chapa com Lula. Ex-presidente, quer, porque quer, um/a empresário/a como vice. Porém, Trajano já descartou. Agora, estão correndo atrás do empresário Josué Gomes, dono do grupo têxtil Coteminas e candidato ao comando da Fiesp.

  // Um jornalista perguntou ao senador Otto Alencar: Bolsonaro tem feito duros ataques à CPI da Covid. É sinal de desespero? Otto respondeu: “Se ele ficar calado, está doente”. Que estocada!

  // Há quem diga que a faixa de capitão na Secretaria de Esportes de Itabuna poderá ter um novo dono. O certo até agora é: onde há fumaça, há fogo.

  // Exclusivo: nós, do Pauta.Blog, entrevistamos o ex-prefeito de Itabuna, Geraldo Simões (PT). Não perca, pois GS ‘jogou ácido’! Amanhã, aqui no blog.

Envie a sua sugestão de pauta: [email protected]

Notícias mais lidas

Outros assuntos