Entorpecentes estavam escondidos em fundos falsos de móveis

Leia em: < 1 minuto

Uma ação da Polícia Civil resultou na apreensão de 35 quilos de drogas em Vitória da Conquista nesta terça-feira (6.fevereiro). O material estava escondido nos fundos falsos de alguns móveis dentro de um apartamento localizado no Bairro Brasil.

Os policiais da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) encontraram os tabletes prensados e as porções de cocaína, munições, balanças, dinheiro e embalagens, mas, até o momento, ninguém foi preso.

As investigações apontam que o local recebia mais de 100 quilos por vez para distribuição. Os suspeitos identificados durante a apuração, responsáveis pelo fornecimento e comercialização das drogas apreendidas, foram indiciados no inquérito policial instaurado na DTE.

O delegado responsável pela DTE, Neuberto Costa, informou que vai pedir à Justiça as prisões preventivas de todos eles. O material apreendido foi encaminhado à perícia.

R$ 355 mil são referentes ao ano passado e não foram utilizados pelo Legislativo

Leia em: < 1 minuto

A Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista realizou a devolução de recursos à prefeitura. Os R$ 355 mil são referentes ao ano passado que não foram utilizados pelo Poder Legislativo.

A Câmara sugeriu à prefeita Sheila Lemos (União Brasil) que a verba seja revertida para ajudar a minimizar os impactos da chuva nas zonas rural e urbana do município.

//

Três adultos e uma criança perderam a vida

Leia em: < 1 minuto

Na manhã de hoje (11.janeiro), um gravíssimo acidente envolvendo um automóvel e um caminhão deixou quatro pessoas mortas na BR-116, trecho entre Vitória da Conquista e Planalto, no sudoeste baiano.

Três adultos e uma criança estão entre os mortos. Todos estavam viajando no carro de passeio e morreram no local da batida.

A polícia vai investigar as causas do acidente.

Maconha, crack e cocaína estavam sendo transportados em mala e sacolas

Leia em: < 1 minuto

Com o auxílio do cão farejador K-9 Kaleu, a Polícia Rodoviária Federal de Vitória da Conquista conseguiu tirar 81,3 quilos de drogas de circulação. A apreensão aconteceu na BR-116 após a abordagem a um ônibus que fazia a linha São Paulo x Euclides da Cunha.

De acordo com a PRF, todo o material estava sendo transportado dentro de duas sacolas e uma mala. Ao todo, foram 70 quilos de maconha, 8,2 quilos de cocaína e 3,1 quilos de crack.

Não foi possível identificar o responsável pelas bagagens. O material apreendido foi levado para a delegacia de Polícia Civil para adoção dos procedimentos cabíveis.

//

Defesa Civil pode ser acionada pelo número 199

Leia em: < 1 minuto

A Defesa Civil de Vitória da Conquista está alertando a população sobre a possibilidade de chuvas intensas no município até amanhã (6.janeiro). O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) considerou o grau de severidade da chuva na cor laranja, o que representa nível de perigo.

O temporal para hoje (5.janeiro) e amanhã está previsto entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, com ventos intensos (60-100 km/h). Além disso, existe o risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas.

Dados coletados nos pluviômetros instalados em diferentes pontos da cidade apontam que Vitória da Conquista registrou uma precipitação média de 15,49mm em seis horas. A região das Bateias foi a localidade com maior índice de chuva na cidade, sendo 19,2mm, seguido das proximidades do Lomanto Jr. que apontou para 18,96mm de chuva. Já o Bruno Bacelar registrou a menor precipitação, com 12,66mm.

Para mais informações, a comunidade pode ligar para a Defesa Civil pelo número 199 ou acionar o Corpo de Bombeiros pela Central 193.

Motociclista não resistiu e morreu no local do acidente

Leia em: < 1 minuto

Mais um acidente fatal foi registrado na BR-116, trecho de Vitória da Conquista, na região sudoeste. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, houve uma colisão frontal entre um carro de passeio e uma motocicleta por volta das 10h40 desta terça-feira (19.dezembro).

Infelizmente, com o impacto da batida, o condutor da moto não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local. Já o motorista do carro não teve ferimentos.

Empresa Expresso Brasileiro foi responsável por apresentar denúncia contra prefeitura

Leia em: 2 minutos

Na sessão de ontem (6.dezembro), os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia acataram uma denúncia apresentada pela empresa Expresso Brasileiro Transportes contra a prefeita de Vitória da Conquista, Sheila Lemos (UB). A denúncia trata sobre possíveis irregularidades nas contratações emergenciais de serviços de transporte coletivo e à inabilitação da empresa denunciante em procedimento licitatório realizado com o mesmo objeto.

O TCM determinou a formulação de uma representação ao Ministério Público Estadual para que seja apurada a prática de ato ilícito. A prefeita de Vitória da Conquista foi multada em R$ 34.785,34.

De acordo com a denúncia, após sucessivas prorrogações de contratos emergenciais para o transporte coletivo urbano de passageiros que extrapolaram o prazo legal de 180 dias, a prefeitura decidiu promover a licitação do serviço. Quatro empresas demonstraram interesse no certame: Viação Rosa, Atlântico Transportes, MC Transportes & Turismo e Expresso Brasileiro Transportes.

A Expresso Brasileiro alega que a Comissão Permanente de Licitação, ao apreciar os documentos de habilitação apresentados por todas elas, declarou habilitadas as duas atuais operadoras do sistema de transporte e considerou inabilitadas as empresas MC Transportes & Turismo e Expresso Brasileiro Transportes. Portanto, a Assessoria Jurídica do TCM opinou pela procedência da denúncia ao entender que a circunstância de urgência que perdurou por mais de três anos, utilizada como justificativa para celebrar contratos emergenciais de prestação de serviço de transporte coletivo e prorrogá-los, foi decorrente da desídia da administração, que não realizou o procedimento licitatório dentro do prazo pertinente à necessidade municipal.

📷 Reprodução/Redes Sociais

Esquema bilionário de tráfico de armas foi desvendado pela PF

Leia em: 2 minutos

Em novembro de 2020, policiais rodoviários federais de Vitória da Conquista, no sudoeste baiano, abordaram um ônibus que fazia a linha São Paulo x Serrinha e conseguiram apreender 23 pistolas calibre 9 mm, 70 carregadores de pistola, dois fuzis calibre 556 e carregadores de fuzil. Todo esse arsenal estava dentro de uma mochila e uma bolsa.

Na ocasião, dois homens foram conduzidos à delegacia juntamente com as armas. Após essa apreensão, a Polícia Federal da Bahia iniciou uma investigação que resultou em uma mega operação nesta terça-feira (5.dezembro).

Foi desvendado um esquema bilionário de tráfico de armas de fogo da Europa para a América do Sul e que, segundo estimativas, movimentou mais de R$ 1,2 bilhão nos últimos 3 anos por meio da importação de 43 mil armas. Segundo a Polícia Federal, as armas eram importadas da Europa para o Paraguai, onde eram raspadas e revendidas para grupos de intermediários que atuavam na fronteira e repassavam as armas às principais facções criminosas do Brasil.

Hoje, 19 pessoas foram presas, sendo 5 no Brasil e 14 no Paraguai. Além disso, 38 mandados de busca e apreensão foram cumpridos no Brasil e outros 21 no Paraguai. O principal alvo da operação é o argentino Diego Hernán Dirísio, apontado pela PF como um dos maiores contrabandistas da América do Sul.

Entorpecentes estavam escondidos em caixas embaladas para presente

Leia em: < 1 minuto

Na manhã desta segunda (13.novembro), a Polícia Rodoviária Federal apreendeu 20 quilos de pasta base de cocaína que estavam escondidos em caixas embaladas para presente. A droga é avaliada em R$ 2,4 milhões de reais.

As caixas estavam sendo transportadas em um ônibus interestadual que passava pela BR-116. Ao abrir as caixas de presente, foram encontradas duas caixas de som amplificadas e, ao desmontar os equipamentos, foram encontrados os materiais ilícitos.

A droga foi encaminhada à delegacia de Polícia Civil.

Drogas estavam escondidas no compartimento de carga de caminhão

Leia em: < 1 minuto

A Polícia Rodoviária Federal de Vitória da Conquista deu um verdadeiro baque no tráfico de drogas nesse domingo (23.outubro). Durante uma fiscalização de combate à criminalidade na BR-116, os agentes descobriram que um caminhão estava transportando mais de duas toneladas de entorpecentes.

O motorista, inicialmente, disse aos policiais que estava com o compartimento de carga vazio, mas, após inspeção, foi verificado que o veículo estava lotado de drogas. Após o flagrante, o condutor reconheceu que foi contratado para levar os entorpecentes até a Paraíba e que receberia a quantia de R$ 20 mil.

Notícias mais lidas

Outros assuntos