Empresa que loca o painel foi contratada por Erasmo Ávila em fevereiro deste ano, mas equipamento não funcionou até hoje

Leia em: 2 minutos

O presidente da Câmara de Itabuna, Erasmo Ávila (PSD), tentou justificar, sem sucesso, que os ajustes necessários no painel eletrônico caríssimo do novo plenário Raymundo Lima ainda estão dentro do prazo. Isso porque, desde que a sala foi reinaugurada, o equipamento ainda não deu o ar da graça, ou seja, sequer funcionou.

Em sessão realizada na última 4ª feira (10.agosto), Erasmo falou sobre a situação do painel: “A questão do painel eletrônico, demanda um tempo para organizar porque esse sistema eletrônico vai direto para o sistema da Câmara. Primeiro, a gente começa a utilizar o painel para ele entrar no sistema parlamentar. É gradativo. O painel demanda um prazo para configurar toda a forma administrativa e parlamentar”.

De acordo com informações que constam no Portal da Transparência, o contrato de locação firmado entre a Câmara de Vereadores e a empresa Visual Sistemas Eletrônicos LTDA em 14 de fevereiro deste ano é de R$ 187.548,00 ao ano. O problema é que já faz quase 6 meses que o painel decidiu, simplesmente, que não vai funcionar.

De fevereiro a agosto, o prejuízo já foi de R$ 93.774,00. Adivinha quem paga essa conta? A população, claro. Se os recursos saíssem do bolso do presidente da Casa Legislativa, a história seria bem diferente, né? Duvido que o vereador aceitaria pagar por algo que não dá resultado.

O questionamento que fica é se esse dinheiro não poderia estar sendo destinado para outras situações que envolvem o povo já que os vereadores foram eleitos para lutar pelos interesses da população. Só em Itabuna mesmo!

LEIA TAMBÉM NO PAUTA BLOG ⬇️

Sivaldo Reis e Manoel Porfírio, Capitão Azevedo e Maria Alice, Isaac Nery, Mangabeira, Guinho, Zé Alberto, Erasmo Ávila, Almir Melo Júnior, Sousa Lino e Danilo da Nova Itabuna, Israel Cardoso e Diego Pitanga, Kaiá da Saúde e Thales Silva

Lista patrimonial contém dois apartamentos que custam poucos mais de R$ 19 mil cada

Leia em: 2 minutos

O ex-presidente da República e atual candidato à recondução ao cargo, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), declarou um patrimônio avaliado em R$ 7.423.725,78 ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Dentro desse valor, estão incluídos imóveis, veículos, investimentos, dinheiro em contas correntes e construções.

O que mais chama a atenção na lista patrimonial, no entanto, é a presença de dois apartamentos custando apenas R$ 19.167,34 cada. Será que essas humildes residências fazem parte do programa social “Minha Casa, Minha vida”? Além dos apartamentos, está listado um terreno que vale apenas R$ 2.733,45.

Será que o ex-presidente se livrou dos imóveis suntuosos para concorrer às eleições deste ano sendo “gente como a gente”? Do jeito que o país está, o trabalhador brasileiro vive se equilibrando para honrar os compromissos e vai ver que Lula também quis sentir na pele o que é ser pobre de verdade.

É estranho pensar que um homem considerado um dos maiores líderes políticos brasileiros tenha adquirido imóveis a preço popular. O fato é que, em ano eleitoral, vale tudo (ou quase) para conquistar o eleitorado. Lulinha “paz e amor”, como ele mesmo se intitula, pode estar mais marqueteiro do que nunca! 

LEIA TAMBÉM NO PAUTA BLOG ⬇️

Sivaldo Reis e Manoel Porfírio, Capitão Azevedo e Maria Alice, Isaac Nery, Mangabeira, Guinho, Zé Alberto, Erasmo Ávila, Almir Melo Júnior, Sousa Lino e Danilo da Nova Itabuna, Israel Cardoso e Diego Pitanga, Kaiá da Saúde e Thales Silva

Corpo de Zé Baixinho foi levado para Itapetinga para velório e sepultamento

Leia em: < 1 minuto

O ex-vereador de Itabuna e ex-presidente do Itabuna Esporte Clube, José Rodrigues de Lima, mais conhecido como Zé Baixinho, faleceu ontem (11.agosto) aos 67 anos de idade. Zé estava enfrentando um câncer hepático e não resistiu ao agravamento no quadro de saúde.

O corpo de Zé Baixinho foi levado para a cidade de Itapetinga, no sudoeste baiano, para ser velado e sepultado, já que o ex-vereador estava morando lá nos últimos anos. Ele deixa esposa e filhos.

Nossos sentimentos aos familiares e amigos!

//

Obrigatoriedade passou a valer hoje para evitar disseminação da varíola dos macacos

Leia em: < 1 minuto

A partir de hoje (12.agosto), volta a ser obrigatória a utilização de máscaras faciais em ambientes fechados e no transporte público de Feira de Santana. A medida foi tomada para reduzir os riscos de transmissão da varíola dos macacos já que o primeiro caso da doença foi registrado na cidade nesta semana.

Além disso, a prefeitura recomenda a higienização dos ambientes, disponibilização do álcool em gel e o distanciamento social. Desde abril deste ano, o uso da máscara se tornou facultativo, mas, como medida de prevenção à Monkeypox, a medida voltou a ser adotada.

ATUALIZAÇÃO ÀS 16H DE 12 DE AGOSTO DE 2022 ⬇️

A prefeitura de Feira de Santana voltou atrás e disse que não é obrigatória a utilização das máscaras, mas, sim, recomendado que o equipamento de proteção volte a ser utilizado pela população para impedir a disseminação da varíola dos macacos. A recomendação foi publicada na edição do Diário Oficial do Município de hoje.

//

A prefeita Luciana Machado e Rangel quando foram diplomados aos cargos.

Leia em: < 1 minuto

O vice-prefeito de Nova Viçosa, Milton Rodrigues Santana (PP), mais conhecido como Rangel, morreu em um acidente de carro na noite desta 5ª feira (11.agosto), aos 57 anos.

O acidente ocorreu na BA-698, próximo ao município de Mucuri. Rangel Rodrigues deixou esposa (Gleide) e dois filhos, Renata e Rondinele.

A prefeita Luciana Machado, também do Partido Progressista, lamentou pela redes sociais: “Rangel, você foi sem sombra de dúvidas, a melhor escolha que eu fiz para ser meu vice-prefeito, mas, para além disso, você tornou-se meu amigo, amigo da minha família, um companheiro fiel. Faltam-me as palavras para expressar a dor, a tristeza que sinto nessa hora, sabendo de sua partida tão prematura”.

Salientou ainda: “Um homem de Deus, simples, servidor, sensível sempre ajudar o próximo, dedicado à família, alegre e sempre presente com uma palavra amiga! É meu amigo, sentiremos sua falta aqui, nos encontros, nas caminhadas, nos sorrisos, na alegria que você emanava!”.

Na última eleições, em 2020, Rangel foi eleito com Luciana Machado com 11.222 votos.

LEIA TAMBÉM NO PAUTA BLOG ⬇️

Sivaldo Reis e Manoel Porfírio, Capitão Azevedo e Maria Alice, Isaac Nery, Mangabeira, Guinho, Zé Alberto, Erasmo Ávila, Almir Melo Júnior, Sousa Lino e Danilo da Nova Itabuna, Israel Cardoso e Diego Pitanga, Kaiá da Saúde e Thales Silva

Augusto Castro assinou a ordem de serviço do Projeto Mais Água para a Cidade

Leia em: 2 minutos

Cerca de 120 mil itabunenses residentes em 36 bairros que sofriam com a falta de água serão beneficiados pelo Projeto Mais Água para a Cidade, cuja Ordem de Serviço foi assinada pelo prefeito Augusto Castro (PSD) na manhã desta 5ª feira (11.agosto), na Praça Adami, centro de Itabuna. Centenas de pessoas prestigiaram o ato contou com a presença do presidente da Emasa (Empresa Municipal de Águas e Saneamento), Raymundo Mendes Filho.

O prefeito de Itabuna comemorou a assinatura da Ordem de Serviço, com o início imediato das obras que beneficiaram moradores da região dos bairros São Caetano, Pedro Jerônimo, Banco Raso, Vila Anália, São Pedro e Sarinha. “Famílias de bairros que recebiam água a cada 15 dias em suas casas, passarão a ter água diariamente nas suas torneiras. Um benefício que representa melhoria da qualidade de vida de metade da população de Itabuna”, afirmou.

“A outra parte da população que não será beneficiada diretamente pelo projeto, passará a ter operações intermitentes reduzidas para cada cinco dias”, completou o prefeito. Ele disse ainda que o projeto Mais Água para a Cidade prevê a ampliação da estação elevatória de água tratada, na ETA (Estação de Tratamento de Água), no São Lourenço, com o acréscimo de duas motobombas. Além disso, haverá a implantação de 6.049 metros de rede adutora e pouco mais de 2 mil metros de rede de distribuição.

Já presidente da Emasa, Raymundo Mendes Filho, destacou a satisfação dar início a uma obra que beneficiará famílias que há muitos anos sofrem com a falta d’ água. “Um problema de décadas que está sendo resolvida pela determinação e sensibilidade do prefeito Augusto Castro. É um projeto concebido pelos técnicos da Emasa e que estava sendo trabalhado desde o primeiro dia desta administração”, comentou.

Enquanto transcorria a solenidade no centro, operários e máquinas rasgavam o solo para abri valetas por onde passarão a tubulação em ruas do bairro Jaçanã. A movimentação surpreendeu pessoas que se disseram satisfeitas com o começo das obras para o tão sonhado projeto de levar água às suas torneiras.

Os bairros que abrangem as áreas do Conceição, São Judas Tadeu, Vila Zara, Góes Calmon passarão a ser abastecidos a cada cinco dias. Já os bairros da zona oeste, que engloba Nova Itabuna, Ferradas e Nova Ferradas passarão a ter fornecimento de água a cada seis dias.

//

Em Canavieiras, a unidade móvel vai funcionar no dia 15 e, em Ilhéus, dos dias 16 a 19

Leia em: < 1 minuto

O Ministério Público da Bahia, por meio do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça Cíveis, Fundações e Eleitorais (Caocife), vai realizar um mutirão para reconhecimento de paternidade em Ilhéus e Canavieiras. O projeto “Paternidade Responsável”, criado pelo MP em 1999, quer ampliar o número de reconhecimento formais de paternidade e, desde a criação, já ajudou mais de 80 mil pessoas.

O reconhecimento de paternidade é realizado a partir de audiências com promotores de Justiça. Assistentes sociais e servidores do Caocife também estarão presentes nos locais para esclarecer dúvidas sobre assuntos relacionados à área cível, mas também para realizar o atendimento de demandas espontâneas da população.

Em Canavieiras, a unidade móvel do MP vai estar na Praça da Bandeira, no dia 15 de agosto, das 8h às 17h. Já em Ilhéus, o projeto acontece entre os dias 16 e 19 de agosto, também das 8h às 17h, no estacionamento do Centro de Convenções, na Avenida Soares Lopes, Centro.

//

Benefício vai ser aplicado nas parcelas referentes aos contratos firmados entre 20 de março de 2020 e 31 de dezembro de 2021

Leia em: < 1 minuto

Um Projeto de Lei de autoria de um senador do estado de Sergipe prevê que os beneficiários do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) que pagam as mensalidades em dia tenham direito a um crédito de 20% sobre o valor da parcela. A proposta sugere que o benefício seja aplicado em todas as parcelas referentes a contratos existentes entre 20 de março de 2020 e 31 de dezembro de 2021.

Ainda de acordo com o projeto, o bônus de 20% deve ser usado para amortizar o saldo devedor do financiamento estudantil. Caso o valor do crédito concedido seja superior ao saldo devedor, o beneficiário pode receber o crédito na conta bancária dentro do prazo de 180 dias após a possível publicação da lei.

O senador e criador do projeto, Rogério Carvalho (PT), salientou que a pandemia da Covid-19 fez muitos estudantes ficarem desempregados ou perderem o apoio familiar por causa do falecimento ou desemprego de pessoas próximas. Sendo assim, seria importante não apenas recuperar o crédito dos inadimplentes, mas também reconhecer o esforço de quem pagou as prestações em dia.

TCM apontou que contrato firmado com Construtora Lustoza era irregular e prefeita foi multada em R$ 10 mil

Leia em: < 1 minuto

Na sessão realizada hoje (11.agosto) pelos conselheiros do TCM (Tribunal de Contas dos Municípios) da Bahia, foi acatada, parcialmente, a conclusão de um relatório de auditoria que aponta irregularidades em obras executadas no município de Lauro de Freitas. Segundo o TCM, os serviços prestados pela Construtora Lustoza em 2017 no valor de R$2.618.348,28 foram feitos de forma indevida.

Ainda de acordo com o TCM, foram encontradas irregularidades tanto no processo licitatório estilo pregão como nos respectivos aditivos. Os auditores constataram a ausência de indicação, nos aditivos contratuais, dos locais onde seriam realizados os serviços e obras, a prorrogação indevida de contrato, a execução de serviço por empresa que não era a contratada e a não apresentação dos termos de recebimento provisório e definitivo da
obra.

A prefeita da cidade, Moema Gramacho, foi multada no valor de R$ 10 mil pelas irregularidades apontadas nos relatórios, mas ainda cabe recurso da decisão.

Juíza deu prazo de 24 horas para que materiais sejam removidos

Leia em: < 1 minuto

Uma juíza da 64º Zona Eleitoral de Guanambi determinou que sejam retirados todos os outdoors referentes ao presidente Jair Bolsonaro (PL) que foram espalhados pela cidade. De acordo com a decisão, houve irregularidade de propaganda eleitoral e, por esse motivo, o material precisa ser removido dentro do prazo de 24 horas.

Inicialmente, a Justiça pediu explicações ao Partido Liberal, responsável pela contratação da empresa que colocou as peças publicitárias, mas, como isso não aconteceu, a juíza determinou que os responsáveis por fixar os cartazes sejam obrigados a remover os outdoors.

✏️ Com informações do site Achei Sudoeste.  📷 Foto WhatsApp/Achei Sudoeste

Notícias mais lidas

Outros assuntos