//

Leia em: < 1 minuto

O ex-ministro e pré-candidato à Presidência pelo Podemos, Sergio Moro, anunciou que testou positivo para a Covid-19 hoje (14.janeiro). “Como havia tomado as três doses de vacina, estou sem sintomas”

O ex-juiz disse que vai cumprir protocolos de isolamento.

//

Nos bastidores, membros do Centrão pedem que Flávia seja demitida

Leia em: < 1 minuto

A Ministra da Secretaria-Geral de Governo, Flávia Arruda, solicitou licença do cargo para tratar assuntos particulares. O afastamento vale até o próximo dia 21 e foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta (14.janeiro).

Nos bastidores, comenta-se que a relação de Flávia com a base governista está desgastada há muito tempo. Membros de partidos do chamado ‘Centrão’ afirmam que a Ministra não honra os acordos de repasses de emendas e, por esse motivo, deveria ser destituída da posição.

A Secretaria-Geral de Governo tem a função de coordenar a articulação política, conduzir o diálogo e garantir a integração do Poder Executivo com a sociedade. 

Quer saber de outras notícias? Siga-nos no Instagram @pauta.blog.br.

//

Manifestação do Ministro é em resposta a uma ação apresentada pelo partido Novo

Leia em: < 1 minuto

No primeiro despacho como Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), André Mendonça determinou, nesta 4ª feira (12.janeiro), que a Câmara dos Deputados, o Senado Federal e a Presidência da República apresentem informações sobre a criação do fundo eleitoral para as eleições deste ano.

Mendonça determinou o prazo de cinco dias para que as informações sejam apresentadas. Depois, os autos seguem para a Advocacia Geral da União (AGU) e a Procuradoria-Geral da República (PGR), que vão ter três dias para se manifestar.

O partido Novo pediu ao STF que o fundo eleitoral, incluído na Lei Orçamentária Anual (LOA), seja declarado inconstitucional e afirmou que ele caracteriza uma “imoralidade”. Inicialmente, o fundo eleitoral seria de R$ 5,7 bilhões, valor que consta na ação apresentada pelo partido Novo no ano passado. Diante da repercussão negativa, o Congresso reduziu o valor para R$ 4,9 bilhões. 

Quer saber de outras notícias? Siga-nos no Instagram @pauta.blog.br.

//

Queiroga declarou que governo federal vai dar suporte aos estados e municípios para que não haja uma nova crise

Leia em: 2 minutos

Nesta 4ª feira (12.janeiro), o Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, atribuiu o aumento dos casos de Covid-19 no país às festas de fim de ano. Disse, ainda, que essas celebrações não foram estimuladas pelo governo federal.

Segundo Queiroga, ainda nesta semana, o governo vai se posicionar, oficialmente, sobre a política para a aprovação dos autotestes, o que vai ampliar a capacidade de testagem por meio de exames a serem adquiridos em farmácias.

Ainda de acordo com o titular da pasta da saúde, houve uma reunião com o Ministro da Economia, Paulo Guedes, para discutir o suporte que vai ser ofertado aos estados e municípios caso haja aumento da sobrecarga no sistema hospitalar. Queiroga admitiu, também, que a situação só não é pior graças ao avanço da vacinação contra a doença: “Sabemos que os indivíduos que não têm o esquema vacinal completo têm mais chances de desenvolver formas graves da doença. (…) “Há estados lá com baixo nível de aplicação de segunda dose e da dose de reforço. É preciso ampliar no Pará, Maranhão, Amapá, em Roraima, no Tocantins e em Manaus”. 

Quer saber de outras notícias? Siga-nos no Instagram @pauta.blog.br.

//

Investigações apontam que grupo criminoso quer atentar contra Estado de Direito do Brasil

Leia em: < 1 minuto

O Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, decidiu prorrogar, por mais 90 dias, o prazo do inquérito que investiga a existência de uma organização criminosa que visa atentar contra a democracia e o Estado de Direito do país. O novo prazo passou a ser contado a partir do último dia 6, data do encerramento do prazo anterior.

Segundo Moraes, a medida é necessária para o prosseguimento das investigações e em razão de diligências em andamento. De acordo com os dados obtidos até agora, a organização criminosa quer desestabilizar as instituições republicanas, principalmente as que possam se contrapor, de forma constitucionalmente prevista, a atos ilegais ou inconstitucionais, como o STF e o Congresso Nacional.

As investigações também apontam que o grupo utiliza uma rede virtual de apoiadores para atuar, de forma sistemática, para criar ou compartilhar mensagens que querem derrubar a estrutura democrática do Estado de Direito no Brasil. 

Quer saber de outras notícias? Siga-nos no Instagram @pauta.blog.br.

//

Reajustes começam a valer a partir de quarta-feira (12 de janeiro)

Leia em: < 1 minuto

A Petrobras anunciou que, a partir de amanhã (12.janeiro), serão reajustados os preços da gasolina e do diesel nas distribuidoras. O valor médio da gasolina passará de R$ 3,09 para R$ 3,24 por litro, um reajuste de 4,85%. Já para o diesel, de R$ 3,34 para R$ 3,61 por litro, alta de 8,08

Com esse reajuste, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor em relação à gasolina passará de R$ 2,26, em média, para R$ 2,37 a cada litro vendido na bomba. No caso do diesel, a parcela da estatal no preço ao consumidor passará de R$ 3,01, em média, para R$ 3,25 a cada litro vendido na bomba.

Em nota, a estatal afirmou que os reajustes representam um “compromisso com a prática de preços competitivos e em equilíbrio com o mercado, acompanhando as variações para cima e para baixo, ao mesmo tempo em que evita o repasse imediato para os preços internos, das volatilidades externas e da taxa de câmbio causadas por eventos conjunturais”. 

Quer saber de outras notícias? Siga-nos no Instagram @pauta.blog.br.

//

Para este ano, a previsão é que o Brasil passe a liderar o ranking se a gestão do recurso não melhorar

Leia em: < 1 minuto

Segundo o jornal O Globo, o diretor do Instituto Ilumina, Roberto D’Araújo, afirmou que o Brasil ocupa o segundo lugar no ranking de contas de energia elétrica mais caras do mundo. Em primeiro lugar, está a Alemanha.

Ainda segundo o instituto, esse cenário pode piorar já que, para este ano, está previsto que o Brasil passe a liderar esse ranking se a gestão do sistema e da oferta de energia não melhorarem. Ainda de acordo com o instituto, um problema que deve ser agravado é que o presidente Jair Bolsonaro (PL) sancionou a lei que obriga o uso de usinas termelétricas movidas a carvão mineral até 2040 em Santa Catarina.

De acordo com os mais atuais dados disponibilizados pela Agência Internacional de Energia (IEA), os dez países onde a tarifa de energia elétrica mais pesa no bolso da população são:

1º▶️ Alemanha
2º▶️ Brasil
3º▶️ Itália
4º▶️ Turquia
5º▶️ Singapura
6º▶️ Indonésia
7º▶️ Japão
8º▶️ Índia
9º▶️ Reino Unido
10º▶️ África do Sul

//

A produção do estado lidera a mistura de variedades no país

Leia em: 4 minutos

O que o melhor chocolate artesanal produzido no Brasil em 2021 nos conta? A resposta é simples: que o Brasil produz cacau de qualidade. E não foi só a premiação nacional que demonstrou isso. Três brasileiros estiveram entre os 50 melhores do mundo no Cocoa of Excellence Awards (Salão do Chocolate de Paris), tendo recebido uma condecoração na categoria ouro e duas pratas dentre os selecionados da América do Sul.

A produção do estado do Pará domina os blends (mistura de variedades). É do assentamento Tuerê, em Novo Repartimento, a amêndoa de cacau utilizada na receita da chocolateira vencedora do prêmio CNA Brasil Artesanal.

O produtor do cacau que se distingue ao paladar é Francisco Cruz. Apesar de não ter participado diretamente da premiação, o jovem agricultor se declara honrado da conquista por ter processado uma amêndoa de tanta qualidade. Cruz ainda esteve em 2019 no salão de Paris.

Produtor de cacau, Francisco Cruz // Foto de Matheus Costa/Sedap

Na edição deste ano da maior premiação de chocolate do mundo, o Pará também marcou presença. O produtor João Evangelista Lima recebeu o prêmio na categoria prata e teve o trabalho de 18 anos com cacau internacionalmente reconhecido. Já no país, o cacaueiro foi homenageado pelo feito no III Concurso Nacional de Qualidade de Cacau Especial do Brasil.

“Me sinto privilegiado! Como pequeno produtor, eu comecei do começo, a plantar e a colher. Mas eu não consegui isso sozinho, temos toda a equipe, técnicos. Agora eu tenho um objetivo na minha vida… eu gosto tanto de preservar a natureza, de plantar árvore. Hoje, poucos produtores podem dizer que mantém espécies como o mogno. Na minha pequena propriedade tenho de 25 a 30 variedades preservadas ao meu redor”, disse orgulhoso no evento.

João Evangelista Lima, produtor de cacau

Os cacaueiros de João Evangelista preservam o meio ambiente enquanto produzem. A árvore de cacau cresce em consórcio com espécies nativas, pés de cupuaçu e banana num sistema de agroflorestal, no qual o componente florestal sequestra e fixa o carbono no solo. O sistema, inclusive, é uma das tecnologias implementadas pelo Plano ABC+ e deve ser implementado em 100 mil hectares até 2030, conforme cronograma das ações.

“A cacauicultura é totalmente aderente à preservação do ambiente e à fixação de carbono. A gente quer atuar para a captação de recursos e para desenvolver projetos para a remuneração por conservação ambiental e créditos de carbono. Já na questão da qualidade, o cacau brasileiro é fruto de trabalho descente e fruto de produção sustentável, o que já se exige no mundo de hoje, principalmente após a COP26”, acrescenta o Diretor da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), Waldeck Pinto.

CACAU FINO DE QUALIDADE
Para o diretor da Ceplac, o futuro do Brasil está na produção de cacau de qualidade seja para o consumo interno quanto para exportação. Apesar de não ser mais o maior exportador de cacau do mundo (atualmente o país reveza entre a sexta e a sétima posição), os produtores em parceria com órgãos técnicos empregam novas tecnologias e buscam o melhoramento genético das espécies.

Isso alterou o cenário de recuperação da crise na lavoura cacaueira e demostra um investimento na qualidade do produto. Por isso, além de ter estabelecido como meta a autossuficiência em 2025 com uma previsão de produção de 270 mil toneladas, a Ceplac buscar trabalhar com o aumento da qualidade da amêndoa do cacau, de 3% para 5%.

O que, na prática, somente pode ser aferido com a participação dos produtores em concursos e premiações. Pelas análises de especialistas, o cacau fino tem potencial aromático e zero conteúdo de off-flavor, retirando defeitos ou notas estranhas e não agradáveis que acabam trazendo ao chocolate traços metálicos, de borracha ou até fumaça – que a depender do nível é bem desagradável. Essas notas estranhas podem ocorrer em erros de processamento dos grãos ou de armazenamento.

Em sua terceira edição, o Concurso Nacional de Qualidade do Cacau Especial do Brasil mostra que, neste momento, o cenário é de investir na qualidade do produto para diferenciação e agregação de valor ao cacau, estimulando e promovendo a excelência da produção de cacau no Brasil, em todas as suas etapas. 

Quer saber de outras notícias? Siga-nos no Instagram @pauta.blog.br.

//

Bonner foi afastado por ter tido contato com Renata, mas retorna hoje porque exame mostrou que não está infectado

Leia em: < 1 minuto

A jornalista e âncora do Jornal Nacional, Renata Vasconcellos, testou positivo para a Covid-19 no último sábado (8.janeiro), está cumprindo isolamento em casa e, por isso, não está apresentando o telejornal. O também jornalista e companheiro de bancada, William Bonner, chegou a ser afastado do jornal porque teve contato com Renata, mas retorna ao trabalho hoje (11.janeiro) já que o exame RT-PCR indicou que ele não está infectado com o coronavírus.

Mesmo vacinada com as duas doses do imunizante, Renata foi infectada, mas apresenta sintomas leves da doença. Nas redes sociais, a jornalista publicou uma foto utilizando a máscara de proteção facial com a legenda ‘vai passar’. 

Quer saber de outras notícias? Siga-nos no Instagram @pauta.blog.br.

//

Pesquisa do Seade aponta que maioria de responsáveis por crianças de 5 a 11 anos vai aderir à campanha estadual

Leia em: 2 minutos

A campanha de vacinação infantil contra a COVID-19 é aprovada por 84% dos pais e mães do estado de São Paulo. É o que aponta uma pesquisa do Seade (Sistema Estadual de Análise de Dados), apresentada pelo diretor executivo Bruno Caetano, na reunião de Secretariado desta segunda-feira (10), que mostra que a maioria dos responsáveis por crianças entre 5 e 11 anos pretende vaciná-las assim que as doses estiverem disponíveis.

A pesquisa foi feita no último dia 6, com 1.127 entrevistas por telefone com pais e mães de todas as regiões do estado. O detalhamento dos principais resultados do levantamento do Seade está disponível. Clique aqui!

O estudo também levou em consideração local de moradia (Grande São Paulo e interior), escolaridade e renda familiar dos pais, bem como adesão dos adultos à vacinação contra o coronavírus e perfil escolar das crianças.

Dentre os que pretendem vacinar os filhos, 87% residem na Grande São Paulo e 81% no interior. Segundo o Seade, a intenção de proteger as crianças contra a Covid-19 está diretamente ligada à percepção sobre a importância da vacinação. 99% dos que consideram a campanha importante pretendem vacinar os filhos.

A pesquisa aponta que a intenção de vacinar os filhos é maior entre as mulheres (89%) do que entre os homens (76%). Pais e mães com esquema vacinal completo contra a Covid-19 também são maioria – 91% dos que já tomaram a dose de reforço – entre os que pretendem levar os filhos aos postos de vacinação.

A adesão também é maior entre pais e mães com filhos matriculados na rede pública de ensino e atinge 91%, enquanto que o índice fica em 78% dos responsáveis por crianças matriculadas em escolas e creches particulares.

O levantamento do Seade mostra ainda que 82% dos responsáveis por crianças de 5 a 11 anos acham muito importante que os filhos sejam vacinados contra o coronavírus. 

Quer saber de outras notícias? Siga-nos no Instagram @pauta.blog.br.

Notícias mais lidas

Outros assuntos