O suspeito foi encaminhado para o Conjunto Penal de Itabuna, onde permanece à disposição do Poder Judiciário

Leia em: < 1 minuto

Um homem de 48 anos, investigado por estuprar a neta, de oito, teve a prisão temporária cumprida ontem 3ª feira (21.junho), em Santa Luzia.

Expedida pela Vara Crime de Camacan, a ordem judicial foi cumprida no distrito de Betânia. “Recebemos informações de que os abusos ocorreram em duas ocasiões e há cerca de duas semanas”, informou o delegado Renato Fernandes Ribeiro, que apura o crime.

“Estamos ouvindo testemunhas e coletando mais informações, com o objetivo de elucidar o caso”, ressaltou o delegado, acrescentando que vai solicitar acompanhamento para vítima, pelo Centro de Referência de Assistência Social.

Em Porto Seguro, sistema localizou cinco foragidos da Justiça durante Circuito de São João

Leia em: < 1 minuto

Neste ano, a grande novidade no reforço do policiamento dos festejos juninos baianos é a utilização do Sistema de Reconhecimento Facial que já ajudou a localizar 262 foragidos da Justiça em toda a Bahia. No interior, o efetivo será distribuído de acordo com o calendário de festas e cidades como Serrinha, Jequié, Santo Antônio de Jesus, Riachão do Jacuípe, Candeias, Dias Dávila, Salinas das Margaridas, Irecê e Senhor do Bonfim estão entre as contempladas.

Em Porto Seguro, onde ocorreu o “Circuito do São João’’ na última semana, cinco procurados pela Justiça foram detidos e tiveram os mandados cumpridos com o auxílio da tecnologia.

Ao todo, cerca de 28 mil policiais e bombeiros vão atuar em todo o estado nas ações preventivas por meio das patrulhas nas áreas de festa e fiscalização dos itens de segurança dos espaços e nas ações de monitoramento e investigação. Equipes de inteligência também vão trabalhar de maneira velada atuando de maneira silenciosa para identificar pontos de atenção e situações suspeitas.

4 pessoas foram presas e automóveis de luxo, computadores e documentos foram apreendidos

Leia em: < 1 minuto

Nesta terça-feira (21.junho), policiais civis cumpriram 6 mandados de busca e apreensão e 4 de prisão temporária nos municípios de Eunápolis e Porto Seguro, no extremo sul baiano, em uma ação nacional de combate à pirataria virtual. Essa é a quarta fase da Operação 404, que acontece nos estados de Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo.

Na Bahia, 4 pessoas foram presas e vários bens como automóveis de luxo, computadores e documentos foram apreendidos para averiguação. A Operação 404 faz referência ao código de resposta do protocolo HTTP que indica que a página não foi encontrada ou não está disponível.

A operação deflagrada hoje faz parte de uma mobilização internacional que é coordenada pela Secretaria de Operações Integradas (Ministério da Justiça e Segurança Pública), Polícia Civil e Agências de Aplicação da Lei dos Estados Unidos e Reino Unido.

PF afirma que investigado era um dos maiores fornecedores da região sudoeste do estado

Leia em: < 1 minuto

Na manhã de hoje (20.junho), a Polícia Federal deflagrou uma operação para combater o crime de descaminho na cidade de Vitória da Conquista, no sudoeste baiano. A investigação começou quando foi descoberto que havia um homem comercializando smartphones da marca Apple trazidos do Paraguai sem o pagamento de tributos há cerca de cinco anos.

Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão, além de apreender produtos e diversas anotações comprovando o grande volume de vendas realizadas sem nota fiscal e contabilização formal. Segundo a PF, o investigado é um dos maiores vendedores da região sudoeste e a prática irregular movimentava milhões de reais.

Ainda de acordo com a polícia, o suspeito não tinha medo da polícia uma vez que expunha a marca da empresa nas redes sociais. Ele vai ser indiciado pelo crime de descaminho e a pena pode chegar a 4 anos de prisão, além de crime contra a ordem tributária com pena de 2 a 5 de reclusão e pagamento de multa.

Condutor do veículo vai responder pelo crime de tráfico de drogas; carro era clonado

Leia em: < 1 minuto

Nesta sexta-feira (17.junho), agentes da Polícia Rodoviária Federal encontraram 505 quilos de maconha dentro de um carro clonado durante uma abordagem realizada na BR-324, trecho do município baiano de Amélia Rodrigues. O condutor do carro foi preso por suspeita de tráfico de drogas, receptação e uso de documento falso.

Segundo a polícia, o condutor entregou à polícia um CRLV com indícios de falsificação. Diante desse fato, a PRF aprofundou a fiscalização e encontrou vários sacos de maconha dentro do carro, que tinha placa de Feira de Santana e pertencia a um veículo com restrição de roubo na cidade de Candeias em 2019.

O homem foi preso em flagrante e autuado pelo crime de tráfico de drogas. A droga apreendida foi encaminhada à Polícia Civil para os procedimentos cabíveis.

Ranitla Bonella tinha 23 anos de idade e atuava como cirurgiã-dentista em Eunápolis

Leia em: < 1 minuto

Na próxima quarta-feira (15.junho), um grupo de amigos e colegas da cirurgiã-dentista Ranitla Bonella vai realizar um protesto em defesa da educação e segurança no trânsito de Ilhéus. A manifestação acontece após a jovem ter perdido a vida em um atropelamento na BA-001, trecho da zona sul da cidade, no último sábado (11.junho).

Ranitla era natural da cidade de Eunápolis, onde atendia em uma clínica odontológica, e estava em Ilhéus para visitar o namorado quando a tragédia aconteceu. Testemunhas relatam que um empresário conduzia um veículo de passeio em alta velocidade que atingiu Ranitla em cheio na faixa de pedestres. O condutor teria fugido do local sem prestar socorro à vítima.

"O governo não recebe e não tem a sensibilidade de entender que precisa fortalecer a Polícia Civil pra gente combater a criminalidade na Bahia", declara presidente do Sindpoc, Eustácio Lopes

Leia em: < 1 minuto

No último sábado (4.junho), policiais civis compareceram ao Programa de Governo Participativo (PGP) Litoral Sul, em Itabuna, para protestar por melhores condições de trabalho da categoria em todo o estado. Segundo os policiais, há sucateamento das delegacias, más condições de trabalho e desvalorização dos profissionais com a não aprovação da Lei 11.370/2009.

O Pauta Blog conversou com Eustácio Lopes, presidente do Sindicato de Policiais Civis do Estado da Bahia (Sindpoc), e ele explicou os motivos da manifestação e a dificuldade em dialogar com o governador Rui Costa (PT): “Estamos aqui buscando junto ao governador e a Jerônimo que o governador valorize a Polícia Civil e tire desse sucateamento extremo e regulamente a Lei 11.370/2009, que muda o padrão remuneratório de investigadores, escrivães e peritos técnicos de nível médio para nível superior. Essa é uma Lei aprovada no governo Wagner e faz 13 anos que o governo é omisso e não cumpre a Lei. Esse é o motivo da manifestação dos policiais civis do estado da Bahia, a estrutura, valorização e condições de trabalho. Já tentamos diversas vezes, o governo não recebe e não tem a sensibilidade de entender que precisa fortalecer a Polícia Civil, a inteligência e a investigação, pra gente combater a criminalidade na Bahia que, pelo terceiro ano consecutivo, é tricampeã de homicídios no Brasil”.

Maus tratos eram praticados pelo filho da vítima e pela companheira dele

Leia em: < 1 minuto

Desde o início deste mês, a Polícia Civil de Itagibá estava investigando um suposto caso de maus tratos a uma idosa de 66 anos de idade. Ontem (30.maio), os policiais cumpriram dois mandados de prisão contra o filho dela e a atual companheira dele por suspeita de maus tratos, lesão corporal e estupro.

De acordo com as investigações, que contaram com os depoimentos de testemunhas e da própria vítima, a senhora era abusada, agredida e maltratada dentro da própria casa. O casal suspeito de cometer as atrocidades permanece à disposição da justiça.

Trio foi sequestrado em fazenda em Ibicuí e encontrado em cativeiro em Camacã

Leia em: < 1 minuto

Na madrugada de hoje (28.maio), o prefeito de Iguaí, Rony Moitinho (PSD), juntamente com a esposa e um funcionário, foram vítimas de um sequestro relâmpago na propriedade da família, localizada na zona rural de Ibicuí. Felizmente, após a ação rápida e inteligente da polícia, o trio foi resgatado sem ferimentos.

Assim que as forças de segurança foram informadas sobre o crime, os investigadores iniciaram os trabalhos e conseguiram descobrir que o cativeiro das vítimas era dentro de um matagal no município de Camacã. De posse das informações, policiais militares foram até o local e encontram Rony, a esposa e o funcionário da fazenda.

Os criminosos conseguiram fugir a bordo de uma caminhonete Toyota Hilux que pertence ao prefeito e estão sendo procurados desde então. O grupo chegou a solicitar o resgate no valor de R$ 200 mil, mas, felizmente, a quantia não chegou a ser paga.

LEIA TAMBÉM NO PAUTA BLOG ⤵️

Jabes Ribeiro e Nem Bahia, Humberto Mattos e Naeliton Pinto, Manoel Porfírio, Gilson da Oficina, Erasmo Ávila, Pancadinha, Augusto e Guinho, Jerbson Moraes, Soane Galvão, Pellegrini, Eduardo Carqueija

Investigado é suspeito de produzir e compartilhar vídeos de abuso sexual infantil

Leia em: < 1 minuto

Em Feira de Santana, agentes da Polícia Federal cumpriram um mandado de busca e apreensão contra um suspeito de armazenar e divulgar arquivos de imagem e vídeo contendo cenas de sexo explícito envolvendo crianças e adolescentes. Na investigação, a polícia constatou que o suspeito também produziu e compartilhou um vídeo contendo imagens de abuso sexual infantil.

No local, a polícia apreendeu um notebook e um aparelho telefônico que vão ser submetidos à perícia para constatar a ocorrência do crime. O investigado vai responder pelos crimes previstos nos artigos 241-A e 241-B, que diz que é crime divulgar imagens contendo cenas de sexo explícito envolvendo crianças e adolescentes.

Notícias mais lidas

Outros assuntos