Aulas presenciais na rede municipal devem ser retomadas na próxima 2ª feira, dia 21

Leia em: 1 minuto

A Justiça acatou o pedido do Ministério Público Estadual (MPE) e determinou, em decisão liminar, que o município de Itanhém providencie o retorno às aulas presenciais da rede pública municipal para o dia 21 de fevereiro. Segundo a determinação judicial proferida ontem (15.fevereiro), o município deve apresentar e divulgar o plano de retorno em 48 horas e, em caso de descumprimento, a multa diária é de R$ 50 mil.

De acordo com a ação, o município adiou a volta das aulas presenciais, previstas para acontecer na última segunda-feira (14.fevereiro), para o dia 22 de março, sob alegação de suposto aumento dos dados epidemiológicos da Covid-19. Além disso, o poder público alega que os casos da doença afetaram as reformas das unidades escolares que ficaram fechadas no ano passado.

A promotoria alega que o município não encaminhou ao MPE nenhuma informação ou documento referente às reformas. A promotoria pontuou, também, que, diferente das aulas da rede pública municipal, ocorrem atividades pela cidade, inclusive, com recente inauguração do ginásio de esportes e, no mesmo dia, realização de um evento no parque de exposições.

Na decisão, o juiz Virgílio de Barros Albino, acatando os argumentos do MP, afirmou que “sobre o atraso de reformas das unidades escolares, ainda que seja adequado e necessário para prestação do serviço público essencial eficiente, a medida se revela desproporcional”, já que se pode realizar remanejamento de alunos de uma escola para outra ou adotar o regime híbrido.

Leia em: < 1 minuto

Uma reunião realizada ontem (15.fevereiro) em Brasília entre os presidentes dos partidos MDB, PSDB e União Brasil pode ter decidido que as legendas vão se unir para concorrer em uma única chapa às eleições de outubro. Sendo assim, os pré-candidatos à Presidência, João Doria (PSDB) e Simone Tebet (MDB), devem ter os nomes retirados da disputa até que as siglas tenham um consenso sobre quem vai concorrer.

O encontro de ontem serviu, também, para discutir a formação de uma federação entre os partidos que, caso consolidada, significa que vão agir juntos durante os próximos quatro anos nas esferas municipal, estadual e federal. A medida facilita, também, a eleição de deputados e oportuniza a criação de uma bancada maior.

No entanto, tudo ainda está no campo das ideias e as decisões podem ser tomadas até a primeira quinzena de março. O principal objetivo é apresentar aos eleitores um nome forte e capaz de derrotar o presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-presidente Lula (PT).

Investigações da PF apontam que idosa integrante do grupo criminoso utilizou 31 documentos falsos para receber 31 benefícios de prestação continuada

Leia em: 2 minutos

Nesta 4ª feira (16.fevereiro), a PF (Polícia Federal) deflagrou a Operação Errantes para combater fraudes contra a Previdência Social nas cidades de Filadélfia, no norte da Bahia, e Petrolina e Tabira, em Pernambuco. Mais de 150 policiais cumpriram 24 mandados de prisão preventiva e 32 mandados de busca contra uma quadrilha responsável pelas fraudes na obtenção do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

A polícia diz que a fraude era feita a partir da criação de pessoas fictícias para a obtenção indevida do BPC, que é o benefício no valor de um salário mínimo, pago pelo INSS a pessoas com mais de 65 anos ou portadoras de deficiência. Ao longo das investigações, foram constatados 420 benefícios que geraram um prejuízo de cerca de R$ 60 milhões, em valores já sacados, ao INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social).

A Polícia Federal diz que o dinheiro obtido nas fraudes foi “lavado” de diversas formas, como agiotagem, movimentação em contas bancárias de terceiros, aquisição de bens em nome de “laranjas” e uso em atividades econômicas, como agronegócio, aluguel, venda e permuta de bens móveis e imóveis. Com a operação de hoje, levando em conta os valores que continuariam sendo pagos aos beneficiários, a Polícia Federal diz que o prejuízo evitado para os cofres públicos é de, aproximadamente, R$ 100 milhões.

Segundo a PF, a quadrilha tinha variados modos de agir para fraudar o INSS. Entre eles, com o aliciamento de idosos, se passando por pessoas que poderiam ajudá-los a ter direito aos benefícios, além do fornecimento de documentos falsos para esses idosos e da instrução de processos administrativos de concessão de benefícios com documentos falsificados e a orientação para que idosos comparecessem nos bancos para efetuar os saques.

Durantes as investigações, foi constatado que uma idosa, integrante da organização criminosa, utilizou 31 documentos falsos de identidade para receber 31 Benefícios de Prestação Continuada. Os envolvidos estão sendo investigados por suposta prática dos crimes de estelionato majorado, uso de documento falso, falsidade ideológica, “agiotagem” e lavagem de capitais. Se forem condenados, as penas podem chegar a 28 anos de prisão.

VIXE❗ Foi uma votação polêmica na Câmara de Vereadores de Itabuna, nesta quarta, dia 16 de fevereiro

Leia em: 3 minutos

Em sessão ordinária realizada na Câmara de Vereadores de Itabuna nesta 4ª feira (16.fevereiro), os edis votaram a favor da revisão salarial de 10,06% para os servidores da Casa. Além dos 21 vereadores, os demais funcionários efetivos e comissionados vão ser contemplados com o aumento que, segundo a Câmara, é constitucional.

A votação de hoje foi a primeira e o projeto volta para tramitação dentro do prazo de 10 a 18 dias.

Clique abaixo e ouça como foi a votação desta quarta ⤵️

SEGUE A OPINIÃO DO EMPRESÁRIO JUNIOR CARQUEJA 🔽

Prezados
Boa tarde

Acompanhei hoje a sessão da Câmara de Vereadores.

O último tema da pauta foi o “recomposição” dos salários dos servidores e vereadores.

O vereador Pancadinha foi o único voto contrário. Em sua justificativa disse que não era contrário a recomposição aos servidores, mas não aceitava o reajuste aos vereadores. Como a proposta era de uma recomposição para todos (servidores, vereadores e comissionados) ele manifestava voto contrário.

O Presidente da Câmara, e outros vereadores, disseram que realizar essa votação separadamente era inconstitucional e que seguiam as orientações da secretaria parlamentar.

Pesquisei um pouco e busquei ajuda de alguns especialistas no assunto.
Entendo que é possível sim a separação da pauta e ainda mais, é possível até mesmo a redução dos salários dos vereadores, tratado pela Lei como subsídio.

No artigo 29 da CF deixa clara essa possibilidade.

Mesmo que o reajuste tenha impacto pequeno nos proventos dos vereadores entendo que essa “recomposição” é descabida tendo em consideração o momento que vivemos.

Durante toda esse período de pandemia os nossos mandatários pediram a população que ficassem em casa. Garçons, manicures, motoristas de transporte escolar, artistas e outras categorias tiveram redução em seus ganhos. Empresários de vários setores não puderam abrir suas loja.

A Câmara Municipal perde mais uma chance de demonstrar alinhamento com a realidade que vivemos.

O sentimento da população é que os vereadores estão preocupados com os seus interesses, distantes da necessidade da população. A propósito, muitos vereadores “rasgaram a seda” para o prefeito quando sabemos que a nossa cidade está estagnada. Muita propaganda e pouca ação.

Nada justifica essa “recomposição”. A população, os empresários, o cidadão comum fazem a sua cota de sacrifícios. Não percebemos o mesmo dos vereadores.

“A palavra convence, mas o exemplo arrasta”

É o meu sentimento.

JUNIOR CARQUEJA É O ATUAL VICE-PRESIDENTE DA ACI (Associação Comercial de Itabuna)

*A posição do empresário não reflete, necessariamente, a opinião de Pauta.blog.br

Leia em: 2 minutos

A reunião com o secretário de Agricultura Moacir Smith e o diretor da Cooperast (Cooperativa de Desenvolvimento Territorial) Vinicius Monteiro teve como objetivo o levantamento de demandas para a ativação de crédito para os agricultores familiares de Itabuna, na oportunidade foi apresentado ao secretário o Instituto Conexões Sustentáveis, Conexsus empresa parceira da Cooperast, com atuação em todos os biomas brasileiros, através de soluções financeiras inovadoras para os agricultores.

Vinicius Monteiro explicou que o objetivo desta parceria é buscar mapear os agricultores do município de Itabuna, com o apoio da secretaria de Agricultura do município juntamente com a equipe de técnicos da Cooperast, no intuito de ofertar a esses agricultores novas linhas de crédito para seus negócios com o apoio da Conexsus. “Uma organização que trabalha para ativar o ecossistema de negócios comunitários rurais e florestais para aumentar a renda dos pequenos produtores e fortalecer a conservação dos ecossistemas naturais”, pontuou Monteiro ao concluir que a reunião foi muito proveitosa e que a parceria irá fortalecer ainda mais a agricultura do município.

Na Caloi Henrique Avancini Racing, Ulan Bastos Galinski, hoje, treina no time de Henrique Avancini

Leia em: < 1 minuto

A Sudesb (Superintendência dos Desportos da Bahia) divulgou, na edição do Diário Oficial do Estado do último sábado (12.fevereiro), a lista com o resultado provisório dos atletas aprovados pelo edital 02/2021 do Programa Estadual para Apoio à Prática do Esporte – Bolsa Esporte.

Com base nos critérios estabelecidos pelo edital, a lista reúne 53 classificados e contempla nomes de baianos como os de Ulan Bastos, campeão brasileiro de ciclismo maratona elite; Renê Pereira, atleta do remo paralímpico; e Paola Oliveira, do bicicross.

Atletas radicados no estado, desde a iniciação até o alto rendimento, puderam concorrer ao incentivo. Foram disponibilizadas, neste segundo edital, vagas para 39 modalidades, além de 12 classificadas como modalidades reconhecidas e vinculadas distribuídas entre as categorias Internacional, Nacional e Talento Esportivo.

A Sudesb está disponibilizando cerca de R$ 500 mil para o Bolsa Esporte, num investimento em apoio direto aos atletas baianos. Somados os dois editais em 2021, o Governo do Estado está investindo R$ 1,3 milhão.

Pela primeira vez, em sete edições, o programa Bolsa Esporte oferece dois chamamentos públicos no mesmo ano. Os atletas beneficiados terão bolsa de até R$ 2 mil por mês. O valor é concedido mensalmente, pelo prazo de um ano, podendo ser renovado por igual período.

📷 Foto de Pedro Cury

"Nós pegamos uma gestão completamente desorganizada do ponto de vista fiscal", declara prefeito Augusto sobre atual situação da prefeitura // Fotos de Pedro Augusto

Leia em: 4 minutos

Em conversa com o Pauta Blog nesta 3ª feira (15.fevereiro), o prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), fez um balanço dos 14 meses de governo, se defendeu das críticas feitas pela oposição recentemente e garantiu que tem trabalhado para trazer o melhor para a cidade.

De acordo com o gestor, o grande problema do andamento das ações é a burocracia: “Na gestão, tem um pouco de tudo, mas o que preocupa qualquer gestor é a estrutura de qualquer máquina, seja ela municipal, estadual ou federal. A burocracia da máquina pública, em função da legislação e dos órgãos de controle, é muito forte. O que muda a realidade das pessoas é entrega de obras, o povo gosta de entregas”.

Questionado sobre o porquê Ilhéus tem recebido mais investimentos que Itabuna, ele declarou que o município caminha para obter grandes vitórias: “Ilhéus tem um apelo turístico muito grande e os investimentos que Ilhéus recebeu foram muito importantes, como a ponte e o investimento no trecho da zona sul. Estamos trabalhando com projetos e investimentos necessários para Itabuna. Nós vamos fazer investimentos necessários para o crescimento da cidade”.

Augusto, declarou, também, que tem feito mudanças na administração municipal e que o cenário encontrado por ele quando assumiu era caótico: “Nós pegamos uma gestão completamente desorganizada do ponto de vista fiscal. A prefeitura de Itabuna, hoje, tem uma organização financeira e um planejamento financeiro. Nós pagamos as nossas obrigações, rigorosamente, em dia. A prefeitura paga fornecedores e tributos em dia. Nós planejamos a ação para chegar no momento dos investimentos”.

Sobre as obras que já deveriam ter sido entregues pela gestão, o prefeito destacou que o planejamento existe e a máquina pública tem trabalhado: “Tudo tem que ter planejamento financeiro. A Avenida Manoel Chaves, vamos entregar a qualquer momento porque é uma obra do governo da Bahia com a prefeitura de Itabuna. Já está pronta a obra, estamos fazendo ciclovia e ciclofaixa e repondo o que foi furtado. Estamos aguardando a confirmação da agenda do governador. A rotatória do São Caetano, precisamos fazer intervenções para dar mobilidade e vamos inaugurar dentro desse mês. Vamos inaugurar a Praça do Jardim do O até a próxima semana. Vamos entregar a Praça do Maria Pinheiro e tem mais dois postos de saúde, um deles vai ser inaugurado nesta semana e, na próxima semana, vamos entregar outro posto”.

O gestor, ressaltou, inclusive, que a grande preocupação do atual governo é com a saúde e a área social: “Nesse momento de pandemia, a preocupação maior foi montar a estrutura para salvar vidas e assim foi feito com o Hospital de Campanha, assim foi feito com o gripário e com as unidades de saúde. Outra preocupação que a população sente hoje é com a área social e, neste ano e no ano passado, nós investimos muito na área social. Se pegar os últimos 8 anos de gestão, de 2013 a 2016 e 2017 a 2020, faça um comparativo do investimento da prefeitura na área social. O Auxílio Emergencial para 3 mil pessoas, a abertura do CRAS que está prevista para agora, o Restaurante Popular que está com obras no processo final, o CRAM que foi instalado e está funcionando, o peixe da Semana Santa e cestas básicas, além do Natal Social. Tudo isso ajudou muito! Além do Auxílio Recomeço, que chamou a atenção das autoridades, como o ministro João Roma e o governador Rui Costa”.

Sobre a perspectiva para os próximos meses, Augusto Castro disse que está confiante nos planos que tem traçado para a cidade: “Primeiro, eu tenho muita confiança e sou muito perseverante no que procuro fazer. Estou muito confiante neste ano, primeiro, pela organização do nosso município se encontra hoje. Nós conseguimos elevar o município junto ao Tesouro. Isso vai ajudar gente com empréstimos junto ao Governo Federal. Nós estamos com vários projetos de infraestrutura, mobilidade, novas vias, pavimentação dos bairros de toda a cidade, principalmente da periferia. Entregar os bairros pavimentados e com esgotamento sanitário, entregar novas praças porque, quando se constrói uma praça, você dá ambiente de humanização”.

QUANTO AS CRÍTICAS FEITAS À GESTÃO, ESCUTE O ÁUDIO 🔈

 

O Pauta Blog quis saber, também, como o prefeito tem recebido as críticas feitas à gestão, mas disse encarar essa questão com tranquilidade: “Avalio as críticas com muita naturalidade. É a coisa da política! Isso faz parte do ambiente político. Quem não tem oposição, acaba procurando despertar a atenção pra gestão. Isso é muito bom porque são críticas que vão ajudar. Eu não esquento com essas críticas. O governo está no caminho bom de investimentos para a cidade. (…) A oposição não tem o que falar porque a prefeitura, hoje, é organizada e que tem compromisso pontual com o servidor, com fornecedores, tem crédito na praça e isso acaba incomodando muito os adversários. Eles têm que esperar o momento certo e esperar a eleição municipal porque, agora, é eleição do governo”.

LEIA TAMBÉM NO PAUTA BLOG ⤵️

EXCLUSIVO❗ Pela primeira vez, prefeito Augusto Castro confirma pré-candidatura de Andrea Castro à deputada estadual

Marcone Amaral deve concorrer a uma vaga na Alba pelo PSD

Leia em: 2 minutos

De acordo com informações repassadas por uma fonte ligada ao Pauta Blog, o atual prefeito de Itajuípe e presidente da Amurc, Marcone Amaral (PSD), deve concorrer a uma vaga na Alba (Assembleia Legislativa do Estado da Bahia). Quanto à legenda escolhida, tudo indica que vai ser pelo PSD do senador Otto Alencar.

Em entrevista concedida recentemente ao nosso blog, Marcone Amaral evitou confirmar a pré-candidatura, mas também não descartou a possibilidade. Está no segundo mandato como prefeito da terra dos lagos e foi prudente ao dizer que tem compromisso, acima de tudo, com o município de Itajuípe.

Até agora, a região sul do estado corre para ter quatro nomes no páreo disputando uma cadeira na Alba. Além do prefeito Marcone, estão na disputa a primeira-dama de Ilhéus e secretária de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Soane Galvão, a primeira-dama de Itabuna e secretária de Promoção Social e Combate à Pobreza, Andrea Castro, e o vereador de Itabuna, Fabrício Pancadinha (PMN).

Dos nomes ventilados, três são da base do senador e pré-candidato ao governo da Bahia, Jaques Wagner (PT) e apenas um é do grupo ligado ao ex-prefeito de Salvador e também pré-candidato ao governo do estado, ACM Neto (União Brasil).

Por enquanto, as peças ainda estão se movimentando no tabuleiro e, a qualquer momento, novos nomes podem aparecer para compor as chapas e ameaçar os concorrentes.

Quem viver, verá. E haja articulações.

LEIA TAMBÉM NO PAUTA BLOG ⤵️

EXCLUSIVO❗ Pela primeira vez, prefeito Augusto Castro confirma pré-candidatura de Andrea Castro à deputada estadual

Porfírio garante que viagem pretende conseguir recursos para municípios onde ele atua

Leia em: < 1 minuto

O vereador de Itabuna e líder do governo na Câmara de Vereadores, Manoel Porfírio (PT), está em Brasília para tentar angariar recursos para o município. Em contato com o Pauta Blog nesta 3ª feira (15.fevereiro), o edil garantiu que a viagem é para buscar melhorias para a cidade, mas também para a região sul do estado.

De acordo com Porfírio, a viagem a Brasília também faz parte de uma articulação política com membros da Câmara Federal: “Estou indo ver algumas emendas minhas porque, amanhã, é o último dia do prazo. Vou encontrar o deputado federal Paulo Teixeira, que é o líder nacional da nossa corrente, nosso grupo interno do PT”.

Ainda segundo o vereador, essa não é a primeira vez que ele busca recursos para Itabuna e região: “Estou garimpando recursos porque, amanhã, é o último dia para colocar emendas no município. Já coloquei R$ 1 milhão de reais, mas minha atuação não é só em Itabuna. Agora, a dura missão é conseguir recursos para Itabuna e região, municípios onde tenho atuação”.

"Primeiro, essa conversa passa, necessariamente, pelo senador Otto Alencar", declara Augusto sobre disputa de Andrea Castro por uma vaga na Alba

Leia em: < 1 minuto

Nesta 3ª feira (15.fevereiro), o prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), confirmou ao Pauta Blog, com exclusividade, que a primeira-dama e secretária de Promoção Social e Combate à Pobreza, Andrea Castro, será candidata à deputada estadual nas eleições de outubro deste ano.

De acordo com Augusto, quem vai decidir pela candidatura de forma definitiva é o alido político e senador Otto Alencar (PSD): 📌 “O nosso foco agora é, primeiro, finalizar e ela se desincompatibilizar. O prazo é até dia 5 de abril pra ir tanto ela quanto Enderson Guinho. A partir daí, vamos pensar na possibilidade ativa de pensar a eleição de 2022. Eu vou ter uma conversa com o senador Otto Alencar para tratar desse assunto com relação às eleições e o nome de Andrea para deputada estadual, que é uma coisa natural que aconteceu dentro do processo de 14 meses de governo. Até porque eu tenho várias cidades na Bahia em que fui deputado e tenho representação, relações e amigos. Mas, primeiro, essa conversa passa, necessariamente, pelo senador Otto Alencar”.

Câmara tem 187 servidores, entre efetivos, comissionados e vereadores

Leia em: < 1 minuto

Os vereadores de Itabuna estão apreciando um projeto que pretende aumentar os salários dos edis em 10,06%. O quadro de 187 servidores da Câmara, entre efetivos, comissionados e vereadores, vai ser contemplado caso o projeto seja aprovado.

A proposta passou pela relatoria do vereador Sivaldo Reis (PL), responsável por elaborar pareceres para a Comissão de Legislação e de Finanças. O parecer do edil se respalda no artigo 37, inciso X da Constituição Federal, que assegura revisão geral anual dos vencimentos.

Ao todo, a Câmara de Itabuna tem 50 servidores efetivos, 84 assessores parlamentares de gabinete, 32 cargos de chefia e 21 vereadores.

REVISÃO
As comissões técnicas da Câmara de Itabuna apreciaram o projeto da mesa-diretora (09/2022), que assegura revisão anual dos vencimentos de servidores do Poder Legislativo. E a primeira votação será na sessão de hoje (16.fevereiro), às 15 horas.

ATUALIZAÇÃO ÀS 9H49MIN DESTA QUARTA (16) PARA ACRESCENTAR O TÓPICO “REVISÃO”.

"Se Alckmin me ajudar a governar, não vejo nenhum problema dele ser meu vice", declara Lula sobre o antigo rival político

Leia em: < 1 minuto

Nesta 3ª feira (15.fevereiro), o ex-presidente Lula (PT) utilizou as redes sociais para confirmar a possibilidade de fazer uma aliança com o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, na disputa pela Presidência em outubro deste ano.

De acordo com Lula, só falta ele se definir como candidato e Alckmin escolher um partido para que eles se unam em uma chapa para disputar as eleições gerais. Ainda segundo o ex-presidente, o desafio maior que ganhar as eleições é consertar o país.

//

Leia em: 2 minutos

Crianças e adolescentes de baixa renda, na faixa etária de 8 a 14 anos e que residem nos municípios da região, serão contemplados com a prática de atividades esportivas que serão coordenadas pelo Comando de Policiamento da Região Sul (CPR-SUL). A parceria foi firmada nesta terça-feira, 15, entre o presidente da Amurc e prefeito de Itajuípe, Marcone Amaral e o Comandante, Vanderval Menezes.

Atualmente, os jovens de comunidades carentes estão cada vez mais sendo inseridos no mundo da criminalidade, e, na maioria das vezes, não teve a oportunidade de estar envolvido em uma atividade social ou recreativa que ajude na sua socialização.

Nesse sentido, o Comandante da CPR-Sul explicou que a ideia do projeto é desenvolver atividades esportivas, como judô, jiu jitsu, capoeira, futebol, natação, voleibol, além de cursinhos preparatórios para concursos, voltado para esses jovens.

“Nós temos uma relação de policiais militares, da reserva e da ativa, habilitados e capacitados para atuarem nessas áreas. Com isso, a gente vai ajudando as comunidades dos municípios a se desenvolverem, ocupar esses jovens e essas crianças com atividades em segurança”, destacou o Comandante.

A proposta foi prontamente atendida pelo presidente Marcone Amaral, e estará sendo implementada, inicialmente, no município de Itajuípe, ao tempo em que será compartilhada entre os gestores dos municípios associados. “Iniciativa de suma importância que a Amurc abraça nesse momento e vai impactar na segurança das nossas cidades”, concluiu o gestor.

Teatro Municipal Candinha Dória será palco da abertura da Pré-Jornada Pedagógica // Foto de Pedro Augusto

Leia em: 2 minutos

Com o objetivo de socializar e coletar dados técnico-pedagógicos relativos ao início do ano letivo 2022, a Secretaria Municipal de Educação, por meio do Departamento de Educação Básica (DEB), abre nesta 4ª feira (16.fevereiro), às 8 da manhã, no Teatro Candinha Dórea, a pré- jornada pedagógica reunindo diretores, vices e coordenadores da Rede Municipal de Ensino de Itabuna.

Durante a realização do evento, inicialmente será feita uma avaliação escolar do continuum letivo 2020/2021, seguida de discussão sobre diretrizes e estratégias para garantir ao estudante o direito de aprender. Ainda pela manhã, dentre os pontos a serem trabalhados, estão blocos de atividades, currículo mínimo, avaliação e aprovação dos alunos.

O DEB apresentará na pré-jornada dados da avaliação, bem como número de matrícula, índice de aprovados, reprovados do ano passado e a lista de desistentes. O evento continua na 5ª feira na UniFTC.

VESPERTINO
Alunos da Educação Especial farão uma apresentação de dança para abrir a programação no turno vespertino, seguida da discussão sobre o Plano Municipal de Educação (PME), as metas e estratégias e orientações para a eleição do Conselho Escolar de 2022.

Na 5ª feira (17.janeiro), também na UniFTC, o evento acontece para o mesmo público, mas divididos por grupos, sendo dois com a participação de diretores e vice-diretores e outros quatro  formados pelos coordenadores por etapa de ensino.

Na pauta, o protocolo de biossegurança e a participação de nutricionistas que abordarão temas relativos à alimentação saudável, armazenamento de alimentos, cardápio e orientações legais.

Também haverá informações para a formação dos Comitês Intersetoriais das unidades escolares, tendo como público-alvo os coordenadores pedagógicos da Educação Infantil, Anos Iniciais, Anos Finais e Educação para Jovens e Adultos (EJA).

A pré-jornada se encerrará com a apresentação e análise de documento de orientações pedagógicas do ano letivo de 2022, que incluem períodos letivos, avaliação e recuperação da aprendizagem, currículo, matriz curricular e avaliações internas da Rede Municipal de Ensino.

A diretora do Departamento de Educação Básica, professora Elisângela Melo, adianta que a pré-jornada é a preparatória para a XXXIV Jornada Pedagógica 2022 que será realizada na próxima 2ª feira (21.fevereiro), no teatro.

“Os dois eventos serão importantes para esse início do ano letivo, pela troca de experiência, aprendizados, discussões, reflexões e atualizações de dados que vão nortear a vida da escola e, por extensão, dos estudantes da Rede Municipal de Ensino”, afirma a diretora do DEB. Na abertura, da pré-jornada a orquestra da Guarda Civil Municipal fará uma exibição musical.

//

Leia em: 2 minutos

A Associação dos Agropecuaristas do Sul da Bahia (ADASB) se uniu a várias entidades representativas da lavoura cacaueira na Região Sul da Bahia para formular um documento em que apresenta as principais demandas do setor. A intenção é entregar o documento ao Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro.

O documento assinado pelos representantes dos Sindicatos Rurais de Uruçuca e Ilhéus, além das entidades Somos Todos Cacau e ADASB. O presidente da ADASB Pablo Nascimento e vice-presidente Antônio Mário, se reuniram com o presidente do Sindicato Rural de Uruçuca, Águido Muniz, para discutir o assunto.

“Nosso objetivo é sensibilizar o presidente Jair Bolsonaro para a necessidade de recuperar a Lavoura Cacaueira da Região do Sul da Bahia, que há cerca de 30 anos vive uma crise decorrente de um crime biológico e de uma ação equivocada da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac)”, reforçou Antônio Mário.

E informa que a proposta é que seja elaborado um novo programa de Recuperação da Lavoura Cacaueira do Sul da Bahia por meio da participação direta de representantes dos Ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; Economia e Meio Ambiente, além é claro, de produtores rurais da região.

“Também queremos a reabertura da Sindicância interna no Ministério da Agricultura de nº 21000.012117/2006-18, com a instauração do respectivo processo administrativo, para apurar e responsabilizar a Ceplac que errou nas recomendações para o controle da vassoura-de-bruxa, culminando num desastre econômico em toda a região”, encerra.

A integração entre as forças de segurança pública, com efetivos da PM e da Guarda Civil Municipal, visa coibir os delitos e contribuir para a diminuição dos índices de criminalidade em Ilhéus

Leia em: < 1 minuto

A Secretaria Municipal de Ordem Pública e a Polícia Militar, em parceria com a Administração da Central de Abastecimento do Malhado, realizaram no último domingo (13) operações pontuais, dando ênfase à segurança dos feirantes e das pessoas que frequentam o comércio na localidade. A integração entre as forças de segurança pública, com efetivos da PM e da Guarda Civil Municipal (GCM), visa coibir os delitos e contribuir para a diminuição dos índices de criminalidade em Ilhéus.

A operação foi coordenada pelo Major Wesley Siqueira, comandante da 68ª Companhia Independente de Polícia Militar, e pelo Subtenente Ricardo, comandante do 2° Pelotão do Malhado. As ações atendem às necessidades de cada comunidade, principalmente aquelas que registram maiores ocorrências.

A GCM também realizou o patrulhamento preventivo na Central de Abastecimento da Urbis, no Hernani Sá. O trabalho dispõe ainda de equipe embarcada em viatura, com o objetivo de dar todo suporte necessário.

Em caso de denúncia, o cidadão pode acionar a Polícia Militar, através do 190.

"O ataque direto ao comando Estadual, bem como a conduta do parlamentar adotada, põe em risco seu mandato, pois o desalinhamento com as diretrizes da agremiação do Partido Liberal, explícito em sua declaração, caracteriza verdadeira Infidelidade Partidária, capaz de destituí-lo do mandato", diz nota do partido

Leia em: 2 minutos

O que estava ruim, ficou ainda pior. Em nota divulgada pelo Partido Liberal (PL) nesta 2ª feira (14.fevereiro), a sigla informou que a postura adotada pelo vereador de Itabuna, Sivaldo Reis (PL), pode custar caro demais. De acordo com a legenda, as declarações do edil sobre o presidente estadual do partido, José Carlos Araújo, “põem em risco o mandato, pois o desalinhamento com as diretrizes da agremiação caracterizam infidelidade partidária”.

Só para relembrar, o Pauta Blog entrevistou o ex-deputado e presidente do PL na Bahia e, na ocasião, o experiente político criticou, veementemente, a gestão do prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD). Logo depois, o vereador Sivaldo rebateu as críticas ao gestor municipal e disse que José Carlos Araújo “não conhece os problemas da cidade porque só aparece em Itabuna de ano em ano”.

Pegou mal! Ao se opor ao posicionamento da maior autoridade da legenda no estado, Sivaldo provou que não compartilha do mesmo pensamento. Até aí, tudo bem! O problema é que ele desafiou o comandante do PL e pôs em risco o próprio destino na política. Inexperiência ou impulsividade, o político precisa rever as ações antes de sair falando por aí.

Em nota emitida pelo PL, o partido discorda da postura adotada pelo edil e declara: “O ataque direto ao comando Estadual, bem como a conduta do parlamentar adotada, põe em risco seu mandato, pois o desalinhamento com as diretrizes da agremiação do Partido Liberal, explícito em sua declaração, caracteriza verdadeira Infidelidade Partidária, capaz de destituí-lo do mandato. (…) Somos observadores da política local e, também, dos nossos candidatos, os quais foram eleitos pelo partido e possuem compromisso com as diretrizes da nossa agremiação, de modo que não aceitaremos condutas antagônicas com o que nossa coletividade partidária defende”.

O OUTRO LADO
O Pauta Blog tentou manter contato com o vereador Sivaldo Reis, mas, até o fechamento dessa edição, nossa ligação não foi atendida. Deixamos o espaço aberto, caso o edil queira se pronunciar sobre o assunto.

VEJA A NOTA COMPLETA AQUI ⤵️

Prefeito Augusto Castro orando por dias melhores para Nossa Senhora da Imaculada Conceição

Leia em: 3 minutos

Augusto Castro (PSD) dormiu. Sonhou. Acordou e assumiu a glamorosa Prefeitura de Itabuna. Logo, passaram-se quase 14 meses (com 29% de tempo da gestão dos 4 anos) e a falta de paciência veio em forma de ataques declarados em entrevistas na última semana. Ora ataques certeiros, ora sem respostas. Até o exato momento, o excelentíssimo não ‘acordou’ para rebatê-los e/ou ainda está digerindo as “broncas” recebidas. Calou-se.

A primeira entrevista que veio para torpedear o ex-carlista Augusto Castro foi do ex-deputado e atual presidente do PL na Bahia, José Carlos Araújo. O Pauta Blog entrevistou o cinquentenário político durante a passagem pelas terras grapiúnas e o curioso é que a intenção não era pautar a avaliação da gestão de Augusto. Mais curioso ainda é que, ao pedir que o ex-parlamentar fizesse as considerações finais, veio o bombardeio em forma de “largou o doce pra valer!”.

Araújo disse tudo o que estava enchendo o coração e lançou: “Eu estou achando que ela [a gestão de Itabuna] está andando com os olhos fechados, não está enxergando o que está acontecendo na cidade. A venda só deixa ele [prefeito Augusto Castro] ver a campanha para eleger a mulher dele como deputada. Prefeito, a campanha está longe!”.

Já o ex-prefeito de Itabuna, Geraldo Simões (PT), também resolveu abrir a caixa de ferramentas. Estrondou dizendo ao Pauta Blog que “essa falta de transparência em nossa cidade é muito grave e cheira mal”. Por ser ex-prefeito, sabe onde meter o dedo para doer e esbravejou contra a gestão de Augusto. Na capital do estado, as declarações ecoaram fortemente.

O líder do governo de Rui Costa (PT) na Alba, Rosemberg Pinto (PT), disse, na rádio Interativa, que “tinha uma expectativa mais positiva porque ajudou na construção do governo e qualquer crítica é no intuito de contribuir e não de destruir”. Pinto não entrou de sola, mas, como quem entende de política, quis deixar claro que o barco não está bem e precisa conversar (pessoalmente) com o piloto municipal. Falou em tom de urgência.

Vamos aos possíveis pontos que levaram o prefeito Augusto Castro a ficar surdo e mudo diante do combo de declarações:

1) Faltam argumentos, ações e ENTREGAS para rebater os medalhões da política;

2) Sabe que responder as entrevistas é um campo minado e pode sofrer fraturas ainda piores;

3) Não teve tempo de ler ou ficar sabendo das entrevistas, afinal, passou dias fora da cidade. O prefeito estava de férias?;

4) Rebater José Carlos Araújo pode fechar as portas caso haja uma eventual vitória de ACM Neto já que o presidente do PL é muito ligado ao ex-prefeito de Salvador. Nesse sentido, é melhor incorporar a humildade, se calar e consentir;

5) O presidente do PSD em Itabuna e atual secretário da gestão, Alcântara Pelegrini, saiu em defesa de Castro e levou uma “voadora” em um grupo de mensagens. Soltaram uma bomba-relógio nas mãos de Pelegrini que, até agora, está manso. Foram tantos adjetivos negativos que muitos ficaram de olhos esbugalhados;

6) O vereador Sivaldo Reis (PL) tomou as dores para dizer que é fidelíssimo ao prefeito e pode levar um revés político nas costas por atropelar o presidente estadual. Só o tempo dirá!;

7) Não respondeu Geraldo Simões por saber que o ex-prefeito (possivelmente) recebeu aval de Salvador ou por temer que mais informações venham à tona. Simões disse tudo o que uma oposição não fez;

8) Já Rosemberg Pinto não tirou uma vírgula das opiniões críticas do colega de partido, Geraldo Simões. Ficou claro que o ruído vindo de Salvador não está bom para o prefeito;

9) Não teve tempo de “planejar” um discurso de duas horas igual ao proferido na abertura dos trabalhados do Legislativo itabunense;

10) Preferiu escalar o grupo político na defesa a ficar “nervosinho” rebatendo declarações;

11) Passou dias fora da cidade para estudar a dança das cadeiras e antecipar as mudanças no secretariado. Vem aí um paliativo ou vai arrancar o mal pela raiz?

Fato é que o prefeito Augusto Castro vive política 24 horas por dia, consequentemente, uma atitude inteligente é renovar o convívio de interlocutores e buscar pessoas que possam, realmente, vitaminá-lo no meio. Se ele “pegar a visão” para enxergar os torpedos como críticas construtivas, pode avançar (e muito ainda).

Só depende do “querer”, aliás, um dos entrevistados declarou de forma certeira que “querer é poder”.

Por enquanto, o grande poder do Chefe do Executivo Municipal é se ausentar do município. A dica é: quem muito diz até logo, pode ir se preparando para o adeus.

O sonho da reeleição, inclusive, já pode ir deixando para depois.

P.S.: A parte dois vem já.

Matheus Vital é editor de Política do Pauta Blog.

E-mail: matheus@pauta.blog.br

Segundo empresário, burocracia dificultou o processo e muitos empresários não conseguem saber se crédito foi liberado ou não

Leia em: 2 minutos

O empresário e presidente da ACI (Associação Comercial de Itabuna), Mauro Ribeiro, concedeu entrevista ao Programa do Bené e falou sobre a morosidade do Desenbahia em liberar o crédito emergencial para comerciantes afetados pela enchente do Rio Cachoeira em dezembro do ano passado. Segundo Mauro, há reclamações de empresários de vários segmentos sobre a demora para receber os valores liberados pela instituição.

De acordo com o presidente da ACI, a burocracia dificultou bastante o processo de solicitação do empréstimo: “As queixas dos comerciantes vem desde o início. O número de documentos solicitados foi muito grande e a gente sabe que as empresas sofreram com as enchentes e muitas delas perderam documentações. Isso dificultou para que muitas empresas dessem entrada. 330 empresas conseguiram dar entrada, mas existe um número muito maior de empresas prejudicadas, mas nem todo mundo conseguiu dar entrada por conta dessa burocracia”.

Além disso, o empresário questiona a demora para que os empresários obtenham uma resposta positiva ou negativa do Desenbahia: “Quem deu entrada, precisa do empréstimo. O que a gente está cobrando e eu acho que é justo é a morosidade. O nome do empréstimo é emergencial, mas, pela demora, já não é mais emergencial porque já está com o prazo de um banco comum. O que as pessoas precisam é de informação e transparência no sentido de informar quem vai poder e quem não vai poder. É melhor você dizer um não do que ficar nessa incógnita”.

Questionado sobre o papel da Associação Comercial nesse processo de acolhimento dos comerciantes, Mauro salientou que, desde o início, o órgão vem trabalhando para orientar essas pessoas: “Desde o início, a gente tem orientado e incentivado. Eu mesmo levei alguns comerciantes no SAC para dar entrada e auxiliamos mesmo porque havia desencontro de informações. A partir do momento em que o comerciante deu entrada no Desenbahia, a gente não tem mais nada a fazer. Após dar entrada, nem protocolo fica”.

Ao falar sobre a demora para que o dinheiro seja disponibilizado, o empresário salientou que muitas empresas não têm como esperar mais ainda: “Se demorar mais, esse empréstimo não faz mais sentido. Diante da dificuldade, as empresas vão suportar dois meses, três meses, aguardando uma resposta de um empréstimo?”.

Notícias mais lidas

Outros assuntos