//

Até o momento, foram aplicadas 29.110 doses correspondentes ao primeiro ciclo e 11.252 doses de reforço

Leia em: < 1 minuto

Ilhéus aplicou 40.362 doses da vacina contra a Covid-19 até o momento, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau). Desse total, 29.110 doses correspondem ao primeiro ciclo (D1) e 11.252 referem-se ao segundo ciclo (D2) do esquema vacinal das pessoas que integram os grupos prioritários. Os dados são divulgados diariamente no painel de acompanhamento da cobertura vacinal Covid-19 da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

BALANÇO
Conforme a Sesau, dos dias 12 a 16 de abril, foram aplicadas 1.360 unidades da vacina referentes à primeira dose e 2.640 doses de reforço, relativas ao segundo ciclo do esquema vacinal dos grupos prioritários da primeira fase da campanha. No total, foram imunizadas 4 mil pessoas, entre trabalhadores da saúde, idosos, indígenas e profissionais das forças de segurança e salvamento.

A Sesau reitera que mesmo com o início da vacinação de parcela da população, é necessário manter as medidas de prevenção à Covid-19, com uso de máscara de proteção, higienização das mãos e distanciamento físico (social).

Depois de alcançar resultados positivos em diversos municípios, a iniciativa quer atender mais de 1.150 cidades neste ano

Leia em: 2 minutos

Redução do tempo e simplificação dos processos de abertura de empresas e emissão de alvará, aumento da participação dos donos de pequenos negócios e produtores da agricultura familiar nas compras públicas, bem como crescimento no número de empresas com impacto na arrecadação e na geração de empregos. Esses são alguns dos resultados positivos que o Programa Cidade Empreendedora alcançou nos 510 munícipios onde a iniciativa já foi aplicada nos últimos anos. A partir de agora, o programa se prepara para expandir suas ações gradualmente para todo o país. Somente neste ano, a estimativa prevista é levar programa para mais de 1.150 cidades, de forma adaptada de acordo com o perfil, vocação e interesse de cada localidade.

De acordo com gestor do programa no Sebrae, Mauricio Tedeschi, para isso acontecer foi feito um intenso trabalho para estabelecer as bases do programa, a partir do nivelamento conceitual, passando pela construção de um portifólio de soluções, até a definição de indicadores de desempenho padronizados. Ele explica que o sucesso do programa por onde passou é resultado de uma atuação sistêmica. “Primeiro junto ao poder público para que ele seja mais eficiente ágil e atue como agente facilitador e fomentador da atividade econômica; segundo junto ao mercado para que ele seja equilibrado, inclusivo, cooperativo e ao mesmo tempo competitivo, e por último junto à sociedade para estimular a formação do capital social, que é fundamental para dar sustentação ao processo de desenvolvimento”, ressaltou.

Mesmo diante do cenário da segunda onda da pandemia da Covid-19 e do início de novos ciclos de gestão nas prefeituras, ele explica que o momento é favorável. “Nosso foco tem sido a abordagem e apresentação do programa aos novos prefeitos e a recepção tem sido bastante positiva porque não apenas os prefeitos, mas também os secretários municipais conseguem ver no Cidade Empreendedora um programa que responde muito bem aos desafios que toda cidade vem enfrentando atualmente”, contou.

ENTENDA
O Cidade Empreendedora foi criado pelo Sebrae para a apoiar a transformação econômica dos municípios por meio da implementação de um conjunto de ações estratégicas voltadas para a melhoria do ambiente de negócios, promovendo e fortalecendo as micro e pequenas empresas, e consequentemente, gerando renda e empregos para as cidades.

O programa se organiza em 10 eixos de atuação definidos para contemplar todas as temáticas que de alguma maneira influenciam o desenvolvimento dos territórios e para cada um desses eixos foram criadas ferramentas e soluções que visam o planejamento e melhoria da eficiência da gestão municipal.

“O caminho para nós é muito claro e o Cidade Empreendedora é bastante pragmático nesse sentido de contribuir para a retomada econômica dos municípios brasileiros e ao mesmo tempo apoiar os pequenos negócios que enfrentam este momento de crise. O programa é abrangente em suas estratégias, mas todas elas apontam para a direção da melhoria do ambiente de negócios, incentivo à atividade econômica e a valorização das MPE locais, com a geração de ocupação, emprego e renda” destacou Mauricio.

//

O toque de recolher passa a vigorar das 20h às 5h de 18 a 26 de abril

Leia em: 4 minutos

Em 208 municípios baianos (ver lista abaixo), o toque de recolher passa a vigorar das 20h às 5h de 18 a 26 de abril. Nos demais municípios, fica restrita a locomoção noturna, vedados a qualquer indivíduo a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas, das 21h às 05h, de 18 de abril até 26 de abril. A medida foi publicada neste domingo (18.abril), na versão on-line do Diário Oficial do Estado (DOE).

Os estabelecimentos comerciais que funcionem como restaurantes, bares e congêneres, localizados nos municípios do Anexo I deverão encerrar o atendimento presencial às 19h, permitidos os serviços de entrega em domicílio (delivery) de alimentação até as 24h.

Fica vedada em todo o estado a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por delivery, no período das 18h do dia 23 até as 5h de 26 de abril. Excepcionalmente, essa medida não se aplicará aos municípios listados abaixo em que a taxa de ocupação de leitos de UTI se mantenha, por cinco dias consecutivos, igual ou inferior a 75%.

TRANSPORTE
A circulação dos meios de transporte metropolitanos deverá ser suspensa das 21h30 às 05h de 18 de abril até 26 de abril de 2021. A circulação dos ferry boats deverá ser suspensa das 21h30 da segunda-feira (19) às 05h do dia 23 de abril de 2021, ficando vedado o seu funcionamento nos dias 24 e 25 de abril.

A circulação das lanchinhas deverá ser suspensa das 21h30 às 05h de 19 de abril a 26 de abril de 2021, limitada a ocupação ao máximo de 50% da capacidade da embarcação, nos dias 24 e 25 de abril.

AULAS E EVENTOS
As atividades letivas, nas unidades de ensino públicas e particulares, poderão ocorrer de maneira semipresencial, conforme disposições editadas pela Secretaria da Educação, nos municípios listados no Anexo 2 abaixo, em que a taxa de ocupação de leitos de UTI se mantenha, por cinco dias consecutivos, igual ou inferior a 75%. A realização das atividades letivas semipresenciais fica condicionada à ocupação máxima de 50% da capacidade de cada sala de aula e ao atendimento dos protocolos sanitários estabelecidos. No restante do estado, continuam suspensas, até 26 de abril, as aulas presenciais nas unidades de ensino, públicas e particulares.

Permanecem proibidos até o dia 26 de abril os eventos e atividades, independentemente do número de participantes, ainda que previamente autorizados, que envolvam aglomeração de pessoas, como eventos desportivos coletivos e amadores, cerimônias de casamento, eventos recreativos em logradouros públicos ou privados, circos, eventos científicos, solenidades de formatura, passeatas e afins, bem como aulas em academias de dança e ginástica. Apenas eventos científicos, corporativos e reuniões continuam liberados, com público máximo de 50 pessoas, exceto para os municípios (veja abaixo).

Segue proibida ainda, em todo o território baiano, a prática de quaisquer atividades esportivas coletivas amadoras até 26 de abril, sendo permitidas as práticas individuais, desde que não gerem aglomerações. Continua autorizado o funcionamento de academias e estabelecimentos voltados para a realização de atividades físicas, desde que limitada a ocupação ao máximo de 50% da capacidade do local, observados os protocolos sanitários estabelecidos. Continuam permitidos os atos religiosos litúrgicos, com limitação da ocupação ao máximo de 25% da capacidade do local.

MUNICÍPIOS INTEGRANTES
Abaíra, Acajutiba, Adustina, Alagoinhas, Alcobaça, América Dourada, Anagé,Andaraí, Angical, Antas, Aporá, Araçás, Aracatu, Aramari, Baianópolis, Banzaê, Barra, Barra do Mendes, Barreiras, Barro Alto, Belmonte, Belo Campo, Boa Vista do Tupim, Bom Jesus da Lapa, Bom Jesus da Serra, Boninal, Bonito, Boquira, Botuporã, Brejolândia, Brotas de Macaúbas, Brumado, Buritirama, Caatiba, Caculé, Caetanos, Caetité, Cafarnaum, Canápolis, Canarana, Candiba, Cândido Sales, Caraíbas, Caravelas, Cardeal da Silva, Carinhanha, Catolândia, Catu, Caturama, Central, Cícero Dantas, Cipó, Cocos, Condeúba, Contendas do Sincorá, Cordeiros, Coribe, Coronel João Sá, Correntina, Cotegipe, Crisópolis, Cristópolis, Dom Basílio, Encruzilhada, Entre Rios, Érico Cardoso, Esplanada, Eunápolis, Fátima, Feira da Mata, Firmino Alves, Formosa do Rio Preto, Gentio do Ouro, Guajeru, Guanambi, Guaratinga , Heliópolis, Iaçu, Ibiassucê, Ibicoara, Ibicuí, Ibipeba, Ibipitanga, Ibiquera, Ibirapuã, Ibitiara, Ibititá, Ibotirama, Igaporã, Iguaí, Inhambupe, Ipupiara, Iraquara, Irecê, Itabela, Itaberaba, Itaetê, Itagimirim, Itaguaçu da Bahia, Itamaraju, Itambé, Itanagra, Itanhém, Itapebi, Itapetinga, Itapicuru, Itarantim, Itororó, Ituaçu, Iuiu, Jaborandi, Jacaraci, Jandaíra, João Dourado, Jucuruçu, Jussara, Jussiape, Lagoa Real, Lajedão, Lajedinho, Lapão, Lençóis, Licínio de Almeida, Livramento de Nossa Senhora, Luís Eduardo Magalhães, Macajuba, Macarani, Macaúbas, Maetinga, Maiquinique, Malhada, Malhada de Pedras, Mansidão, Marcionílio Souza, Matina, Medeiros Neto, Mirante, Morpará, Mortugaba, Mucugê, Mucuri, Mulungu do Morro, Muquém do São Francisco, Nova Canaã, Nova Redenção, Nova Soure, Nova Viçosa, Novo Horizonte Novo Triunfo, Olindina, Oliveira dos Brejinhos, Ouriçangas, Palmas de Monte Alto, Palmeiras, Paramirim, Paratinga, Paripiranga, Pedrão, Piatã, Pindaí, Piripá, Planalto, Poções, Porto Seguro, Potiraguá, Prado, Presidente Dutra, Presidente Jânio Quadros, Riachão das Neves, Riacho de Santana, Ribeira do Amparo, Ribeira do Pombal, Ribeirão do Largo, Rio de Contas, Rio do Antônio, Rio do Pires, Rio Real, Ruy Barbosa, Santa Cruz Cabrália, Santa Maria da Vitória, Santa Rita de Cássia, Santana, São Desidério, São Félix do Coribe, São Gabriel, Sátiro Dias, Seabra, Sebastião Laranjeiras, Serra do Ramalho, Serra Dourada, Sítio do Mato, Sítio do Quinto, Souto Soares, Tabocas do Brejo Velho, Tanhaçu, Tanque Novo, Teixeira de Freitas, Tremedal, Uibaí, Urandi, Utinga, Vereda, Vitória da Conquista, Wagner, Wanderley e Xique-Xique.

EXCEÇÃO
Caém, Caldeirão Grande, Capim Grosso, Jacobina, Mairi, Miguel Calmon, Mirangaba, Morro do Chapéu, Ourolândia, Piritiba, Quixabeira, São José do Jacuípe, Saúde, Serrolândia, Tapiramutá, Umburanas, Várzea da Roça, Várzea do Poço e Várzea Nova.

Major Oliva Jr. comandava a 77ª Companhia de Policiamento Militar

Leia em: < 1 minuto

O Major PM Nivaldo Góes Oliva Júnior, de 48 anos, comandante da 77ª Companhia Independente de Polícia Militar de Vitória da Conquista, morreu em acidente automobilístico na BR-116, próximo ao município de Cândido Sales, quando pilotava uma motocicleta em sentido Conquista.

Desde 2019, Major Oliva Jr. comandava a 77ª Companhia de Policiamento Militar. Antes, atuou na 80ª CIPM de Cândido Sales.

Segundo o secretário, Thales Silva, esse é o primeiro curso de muitos: "A atual gestão do prefeito Augusto Castro e nós da secretaria temos como preocupação básica a capacitação e aperfeiçoamento dos nossos agentes, por isso estamos ofertando esses cursos para que promovam uma melhoria em nosso trabalho."

Leia em: 2 minutos

A Secretaria de Transporte e Trânsito de Itabuna (Settran) promoveu no fim de semana (17 e 18.abril), pela primeira vez o curso de Capacitação e Aperfeiçoamento para os Agentes de Trânsito. A formação foi ministrada pelo Soldado da Polícia Militar Clodinaldo integrante do grupamento da TOR/PRE e aconteceu nas imediações da Secretaria.

Participaram 14 agentes da capacitação e treinamento que visa o frequente aperfeiçoamento dos profissionais em sua função além de explorar novas habilidades e testar a aptidão não só dos agentes mas também dos veículos em uma simulação de ocorrência.

O curso está sendo a primeira ação para posteriormente ser implementado o Primeiro Grupamento de Ações Rápidas de Trânsito (GART) em Itabuna. O projeto foi idealizado pelo secretário Thales Silva, a fim de que se tenha maior mobilidade e velocidade dos agentes nas vias de trânsito e deslocamento para as ocorrências “Esse grupamento especializado visa a otimização do tempo dos nossos agentes além de facilitar o acesso dos mesmos em vias com pouca mobilidade”, enfatizou o secretário Thales.

O curso foi divido em etapas. A primeira é composta por aulas teóricas e de atualizações do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), identificação veicular, noções básicas de mecânica e funcionamento de motocicletas. Já a segunda abrange aulas de aperfeiçoamento de pilotagem, maneabilidade da motocicleta, pilotagem ostensiva, escolta e acompanhamento, prática da doutrina do motopatrulhamento, abordagem, conduta na motocicleta e fiscalização ostensiva.

Segundo um dos agentes a vontade de realizar cursos de aperfeiçoamento era um desejo antigo da categoria e que só agora com a atual gestão tornou-se concreto: “Os cursos de capacitação é um desejo da categoria que hoje se transforma em realidade. E através da capacitação continuada que vamos ter a capacidade de prestar um serviço de qualidade e excelência a população”, mencionou o agente Ricardo Reis

Conforme o Coordenador do Curso, Jorge Teles, a formação está sendo aplicada para agentes voluntários a compor essa unidade “Estamos formando, treinando, capacitando a primeira turma do estágio de fiscalização ostensivas com apoio de motocicletas, para melhorar ainda mais a mobilidade urbana de Itabuna”.

//

A restrição de locomoção noturna vale das 20h às 5h

Leia em: 3 minutos

O Governo do Estado decidiu prorrogar as medidas restritivas em toda a Bahia. O toque de recolher noturno e a suspensão de shows, festas e atividades esportivas coletivas continuam até o dia 26 de abril. A prorrogação das medidas, que têm o objetivo de conter a disseminação da Covid-19, será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (17).

A restrição de locomoção noturna vale das 20h às 5h, sendo vedado a qualquer indivíduo a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas. Os shows e as festas, públicas ou privadas, continuam proibidos, independentemente do número de participantes, em todo território baiano.

Excepcionalmente, desde que respeitados os protocolos sanitários, os eventos exclusivamente científicos e profissionais podem ocorrer com público limitado a 50 pessoas. A exceção fica por conta de 99 municípios, onde permanecem suspensos eventos e atividades independentemente do número de participantes, ainda que previamente autorizados, que envolvam aglomeração de pessoas.

Também fica proibida a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por delivery, das 18h de 23 de abril até as 5h de 26 de abril, em toda a Bahia.

TRANSPORTE
A circulação dos meios de transporte metropolitanos segue suspensa das 20h30 às 5h, até 26 de abril. A circulação dos ferry boats deve ser suspensa das 20h30 às 5h de 19 de abril a 23 de abril, ficando vedado o funcionamento nos dias 24 e 25 de abril.

Já a circulação das lanchinhas permanece suspensa das 20h30 às 5h, até 26 de abril, limitada a ocupação ao máximo de 50% da capacidade da embarcação nos dias 17, 18, 24 e 25 de abril.

REGIÃO DE IRECÊ
Por conta do alto índice de contaminação da Covid-19, o Governo do Estado também decidiu prorrogar as restrições na região de Irecê. O toque de recolher permanece das 18h às 5h, em 23 municípios, até 26 de abril: América Dourada, Barra do Mendes, Barro Alto, Bonito, Cafarnaum, Canarana, Central, Gentio do Ouro, Ibipeba, Ibititá, Irecê, Itaguaçu da Bahia, João Dourado, Jussara, Lapão, Morro do Chapéu, Mulungu do Morro, Presidente Dutra, São Gabriel, Souto Soares, Tapiramutá, Uibaí e Xique-Xique.

Fica vedada ainda, nesses municípios, a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por delivery, até as 5h do dia 26 de abril.

EVENTOS PROIBIDOS
Ao todo, 99 municípios não podem realizar qualquer tipo de evento, independentemente da quantidade de pessoas. São eles: América Dourada, Angical, Baianópolis, Barra, Barra da Estiva, Barra dos Mendes, Barreiras, Barro Alto, Bom Jesus da Lapa, Bonito, Boquira, Botuporã, Brejolândia, Brotas de Macaúbas, Brumado, Buritirama, Caculé, Caetité, Cafarnaum, Canápolis, Canarana, Candiba, Carinhanha, Catolândia, Caturama, Central, Cocos, Contendas do Sincorá, Coribe, Correntina, Cotegipe, Cristópolis, Dom Basílio, Érico Cardoso, Feira da Mata, Formosa do Rio Preto, Gentio do Ouro e Guanambi.

Os eventos estão proibidos ainda em Ibiassucê, Ibicoara, Ibipeba, Ibipitanga, Ibititá, Ibotirama, Igaporã, Ipupiara, Irecê, Itaguaçu da Bahia, Ituaçu, Iuiu, Jaborandi, Jacaraci, João Dourado, Jussara, Jussiape, Lagoa Real, Lapão, Licínio de Almeida, Livramento de Nossa Senhora, Luís Eduardo Magalhães, Macaúbas, Malhada, Mansidão, Matina, Morporá, Morro do Chapéu, Mortugaba, Mulungu do Morro, Muquém do São Francisco, Oliveira dos Brejinhos, Palmas de Monte Alto, Paramirim, Paratinga, Pindaí, Presidente Dutra, Riachão das Neves e Riacho de Santana.

Completam a lista os municípios de Rio de Contas, Rio do Antônio, Rio do Pires, Santa Maria da Vitória, Santa Rita de Cássia, Santana, São Desidério, São Felix do Coribe, São Gabriel, Sebastião Laranjeiras, Serra do Ramalho, Serra Dourada, Sítio do Mato, Souto Soares, Tabocas do Brejo Velho, Tanhaçu, Tanque Novo, Tapiramutá, Uibaí, Urandi, Wanderley e Xique-Xique.

As secretarias municipais de Educação e Saúde, com 1740 e 1286 pessoas

Leia em: 2 minutos

A Secretaria de Gestão e Inovação entregou o relatório final do recadastramento de servidores municipais efetivos, ativos e inativos, e pensionistas. O procedimento online aconteceu entre os dias 22 de fevereiro a 26 de março mobilizando todas as repartições públicas municipais.

Atualmente, Prefeitura de Itabuna tem um total de 3.941 funcionários efetivos, ativos e inativos, e pensionistas, 203 são considerados ausentes e 29 estão com o cadastramento incompleto.

As secretarias municipais de Educação e Saúde, com 1740 e 1286 pessoas, respectivamente, concentram o maior número de servidores. A Secretaria de Gestão e Inovação conta com 792, enquanto a Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza com 123 funcionários públicos.

No relatório, a Comissão de Recadastramento, criada pelo secretário José Alberto Lima Filho, destaca que o trabalho desenvolvido pelo Departamento de Recursos Humanos teve o objetivo de identificar todos os servidores efetivos, inativos e pensionistas e sua lotação atual, usando o ambiente digital para evitar contato físico entre os servidores diante da pandemia do Covid-19.

Nesse trabalho os sindicatos dos servidores públicos (Sindserv) e dos professores (Simpi) foram convidados para difundir a necessidade do processo, bem como auxiliar àqueles que possuíam dificuldades com o ambiente digital.

O prazo para o cadastramento dos servidores inativos e pensionistas foi prorrogado até o dia 9 de abril, de acordo com o secretário de Gestão e Inovação, José Alberto Filho, abrangendo também, servidores efetivos que não o fizeram dentro do prazo e que, por conta do atraso, teriam que justificar o motivo para posterior avaliação.

Os dados coletados agora serão remetidos para a empresa gestora da folha de pagamento para atualização ao mesmo tempo em que será desenvolvido um sistema para a pesquisa de informações digitalizadas no auxílio das atividades do Departamento de Recursos Humanos da Secretaria de Gestão e Inovação.

//

Leia em: 3 minutos

A situação do presidente Jair Messias Bolsonaro, no que diz respeito à reeleição, está ficando cada vez mais complicada e já provocando um nítido começo de desânimo.

A insatisfação com o governo, principalmente com a irresponsabilidade diante da crise sanitária e humana provocada pela pandemia do novo coronavírus, cresce em projeção geométrica. São milhares de eleitores se dizendo arrependidos por terem votado no “mito”.

O chefe do Palácio do Planalto só conta hoje com o chamado bolsonarismo de raiz, com alguns influentes segmentos evangélicos e uma parte do antipetismo, cuja grande maioria caminha em direção ao movimento “Nem Lula, Nem Bolsonaro”, buscando uma opção que possa quebrar a polarização do lulopetismo versus bolsonarismo. Esse gigantesco eleitorado não quer a volta de um passado marcado por escândalos de corrupção e a continuação de um presidente que o Brasil não merece.

No tocante ao chamado bolsonarismo de raiz, não à toa que Bolsonaro é arredio com os conselhos de que é preciso mudar. Qualquer desvio de comportamento pode provocar rachaduras na parede desse eleitorado que lhe é cegamente fiel. É Deus no céu, Bolsonaro na terra.

O inferno astral que toma conta do governo se espalha para todos os lados. O diretor executivo da Organização Mundial de Saúde (OMS), Mike Ryan, disse na última quarta,14, que o Brasil é exemplo maior da “perda de controle” na luta contra a Covid-19. Lá fora, o Brasil já é conhecido como o “cemitério do mundo”.

A impressão que se tem é que o governo subiu no ringue para enfrentar o cruel vírus e, ao perceber que a Covid-19 não era uma “gripezinha” e nem um “resfriadinho”, jogou a toalha.

O presidente Bolsonaro vive a agonia do dia a dia. O fantasma do impeachment não deixa de rondar o Palácio do Planalto. Por enquanto sem mostrar a cara, mas já se preparando para fazer o que mais sabe: afastar o presidente da República de plantão, sem dó e piedade.

Em decorrência da CPI da Covid-19, que tem como relator o senador lulista Renan Calheiros (MDB-AL), principal protagonista do impeachment de Dilma Rousseff (PT), outros pedidos de afastamento, agora mais consistentes por se tratar de vidas humanas, serão protocolados no Congresso Nacional.

Para aumentar a dor de cabeça da maior autoridade do Poder Executivo, tem o imbróglio da aprovação do orçamento, que segundo Paulo Guedes, ministro da Economia, se for aprovado como se encontra é crime de responsabilidade e, como consequência, mais um pedido de impeachment.

No entanto, o problema mais grave do governo Bolsonaro é a cada vez mais dependência com o toma lá, dá cá. O chefe do Executivo é hoje um refém do Centrão, assim como foi Dilma e Michel Temer. Deu no que deu: traição e impeachment.

Digo sempre que a sorte de Bolsonaro é ter um Hamilton Mourão como vice. O general fica na dele. É o ponto de equilíbrio do governo. Já pensou se o vice de Bolsonaro fosse um Michel Temer?

O segundo mandato do presidente Bolsonaro, que já foi dado como favas contadas pelo bolsonarismo, é hoje incerto. Até mesmo sua ausência em um segundo turno já não é mais uma opinião sem pé e cabeça, que pode ser literalmente descartada.

Um nome da terceira via, se não houver uma reviravolta no governo Bolsonaro, mais especificamente em relação à pandemia, pode disputar a segunda etapa eleitoral com o candidato do PT, obviamente o ex-presidente Lula.

Como o processo político lembra o formato das nuvens, como dizia o já falecido Magalhães Pinto, a torcida do bolsonarismo é para que a terceira via não se entenda em torno de uma candidatura de consenso.

Concluo dizendo que se houver um só candidato representando o movimento “Nem Lula, Nem Bolsonaro”, o presidente pode ficar fora do segundo turno.

PS – Uma eventual disputa de segundo turno entre Lula e o candidato da terceira via vai ser acirrada. O lulopetismo precisa entender que esse “já ganhou” é desaconselhável. O antipetismo, além de gigantesco, está enraizado e parece irreversível, corresponde a mais de 60% do eleitorado. 

___________
Marco Wense é Analista Político

*A análise do colunista não reflete, necessariamente, a opinião de Pauta.blog.br

A recomendação continua sendo manter o distanciamento social, a higiene pessoal lavando as mãos com água e sabão ou álcool 70%, uso de máscara e sair às ruas somente se for estritamente necessário

Leia em: 2 minutos

Neste sábado (17.abril), a partir das 9h, a Secretaria de Saúde de Itabuna vai dar continuidade à vacinação de idosos acamados.

As doses serão aplicadas em domicílio por equipes das Unidades Básicas de Saúde, Simão Fitermann, no São Pedro, e Roberto Santos, que atualmente fica no Centro de Saúde José Maria de Magalhães Neto (antigo Seps), mas que está atende a moradores do Santo Antônio.

Itabuna tem 32 Unidades Básicas de Saúde e a grande maioria já realizou visitas domiciliares para imunização de pessoas acamadas. Segundo a coordenadora da Rede de Frio, Camila Brito, até a ontem já tinha vacinados na cidade 10.360 idosos.

VACINAÇÃO
Na segunda-feira (19.abril), a Secretaria de Saúde vai aplicar a primeira dose em pessoas com 65 anos e a segunda dose naqueles de 70 anos de idade ou mais nas Unidades Básicas e de Saúde da Família. Amanhã, o município receberá 3.450 doses.

As pessoas só devem se dirigir às UBS e USF depois das 10 horas, já que mais cedo a Rede de Frio vai fazer a distribuição das doses. Mas, a vacinação acontecerá entre 10 e 11 e das 13 às 16 horas.

Na terça-feira (20.abril), será aplicado a primeira dose nas pessoas com 64 e 63 anos e a segunda dose naquelas com 70 anos de idade ou mais. A vacinação será das 8 às 11 e de 13 às 16 horas.

A Secretaria de Saúde orienta que as pessoas estejam munidas de Carteira de Identidade (RG), Cartão SUS, CPF e comprovante de residência.

//

Atualmente, os jornalistas já podem constituir microempresas ou pequenas empresas e se enquadrar no Simples Nacional

Leia em: < 1 minuto

O Senado aprovou o projeto que permite a jornalistas serem incluídos no Simples Nacional como microempreendedores individuais (MEI). Foram 71 votos favoráveis e 3 contrários ao texto-base. Sem acordo entre as lideranças, a análise dos três destaques apresentados ao projeto foi adiada para a próxima sessão deliberativa. O Projeto de Lei Complementar é do senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB) teve parecer favorável do senador Carlos Viana (PSD-MG), com emenda de redação.

Atualmente, os jornalistas já podem constituir microempresas ou pequenas empresas e se enquadrar no Simples Nacional. Contudo, eles não fazem parte das categorias dos microempreendedores individuais, que têm acesso a regras mais benéficas do que as do Simples, como enquadramento simplificado e carga tributária reduzida.

O Simples Nacional é um regime compartilhado de arrecadação, cobrança e fiscalização de tributos aplicável às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, previsto na Lei Complementar 123, de 2006.

No entanto, segundo Veneziano, a realidade do mercado de trabalho mostra que a maior parte dos jornalistas tem rendimentos equivalentes aos de microempreendedores individuais, com receita anual de até 81 mil reais. Os microempreendedores individuais fazem um recolhimento de impostos de forma simplificada, em valores fixos, hoje em torno de R$ 50. Também estão isentos de tributos federais, como Imposto sobre Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ), Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) e Contribuição para o PIS/Pasep. 

 

Suspeito do crime flagrado pela câmera de segurança ainda não foi localizado

Leia em: < 1 minuto

A Polícia Militar recuperou na noite desta quinta-feira (15) o carro roubado na Avenida Itajuípe em Itabuna. O Strada Branco de placa PJW 5909 foi localizado na Roça do Povo após denúncia anônima.

O veículo havia sido roubado na manhã de ontem (15) por um homem ainda não localizado pela polícia. A ação do criminoso foi registrada por uma câmera de segurança e foi amplamente divulgada pelos veículos de comunicação, bem como nas redes sociais. Não há informações se foram retiradas peças do carro ou o que foi feito com ele enquanto estava sob posse do bandido.  

➡️ Dê play e assista o momento do assalto.

Aos policiais, o motorista relatou que estava levando o veículo para fazer serviços de chaparia

Leia em: < 1 minuto

Uma situação inusitada chamou a atenção dos policiais rodoviários federais quando a equipe de plantão flagrou um motorista dirigindo um Toyota/Bandeirante ano 1981 sem os bancos. A ação foi registrada em Feira de Santana.

Os policiais patrulhavam a rodovia com foco na prevenção de acidentes quando visualizaram o veículo sem os requisitos de segurança viária e em situação completamente irregular para o tráfego.

Ao se aproximarem para os procedimentos de abordagem, a equipe ficou surpresa ao flagrar o condutor dirigindo o Bandeirante sentado em uma cadeira de bar. Além disso, o veículo estava sem as portas.

Diante do cenário apresentado, o motorista foi autuado pela infração de Conduzir o veículo em mau estado de conservação, comprometendo a segurança (inciso XVIII, do art 230 CTB). A multa é de natureza grave no valor de R$195,23, sendo este tipo de infração de responsabilidade do proprietário do veículo, além disso gera 5 pontos na carteira de habilitação.  

Casal foi conduzido para Jequié com 58 embalagens de maconha e 2 embalagens de cocaína

Leia em: < 1 minuto

Um casal foi preso pela Polícia Militar, do 3º Pelotão de Jequié, por estarem portando uma grande quantidade de droga. A prisão aconteceu na manhã desta quinta-feira (15), momento em que a dupla trafegava pela BA-130, KM-441, em Itajuru, em uma motocicleta CG 125 e foi parada pelo pelotão de policiais.

Com o casal foi encontrado 58 embalagens de maconha, 2 pequenas embalagens de cocaína, um celular e R$ 148,00 (cento e quarenta e oito reais) em espécie. A droga, que estava dentro de uma mochila, foi apresentada juntamente com os suspeitos à Delegacia Territorial de Jequié, onde a autoridade policial lavrou o flagrante.

Hidrante instalado no calçadão da Rui Barbosa

Leia em: 2 minutos

Uma parceria entre a Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa) e o 4º Grupamento de Bombeiros Militares está possibilitando a instalação de novos hidrantes em Itabuna para auxiliar o socorro a incêndios. Foram adquiridas 15 unidades que serão colocados em pontos estratégicos pré-definidos pela corporação e Emasa.

Segundo o diretor técnico da Emasa, Bruno Mendonça, além da aquisição dos novos equipamentos, passaram por manutenção aqueles já existentes. “Os dez hidrantes que haviam na cidade, passaram por uma minuciosa vistoria e serviço de manutenção. Dentro da programação estabelecida com o comando do Corpo de Bombeiros, a cada mês vamos instalar dois novos hidrantes em pontos que foram definidos”, informa Mendonça.

A aquisição dos novos equipamentos de segurança, significa um aumento de 150% na rede de hidrantes de Itabuna. “Nos últimos anos não houve cidade na Bahia que tenha viabilizado uma ampliação desse tamanho em sua rede de hidrantes”, afirma o comandante do 4º Grupamento de Bombeiros Militares tenente-coronel Manfredo Silva Santana.

O comandante destaca que Itabuna é uma cidade extremamente verticalizada e uma rede de hidrantes bem planejada e bem instalada, com distribuição de água em sua maior parte do tempo, ajuda o trabalho dos bombeiros. “Uma boa rede minimiza a propagação maior e mais rápida do sinistro fazendo com que o tempo resposta em um eventual incêndio seja facilitado”, salienta Santana.

O tenente-coronel Manfredo cita como exemplos a rede hospitalar e o bairro Jardim Vitória que praticamente é verticalizado e outros mais periféricos como Califórnia e São Caetano, que contam com grandes comércios e fluxo de pessoas.

“Nesses locais não havia previsão de instalação de hidrantes públicos. Mas, agora passarão a contar com esses equipamentos de segurança”, garante o comandante do 4º GBM. Outro ponto importante é que o município conta com uma rede de hidrantes com plenas condições de uso.

A presença de um grupamento do Corpo de Bombeiros serve como atrativo para instalação de empresas. Uma vez que existe a redução no valor da apólice cobrada pelas companhias seguradoras, quando a cidade conta com esses recursos logísticos.

Os novos hidrantes de auxílio no combate a incêndio serão instalados nos seguintes locais: Avenida Juracy Magalhães (próximo ao colégio Ciso), no Fátima; cruzamento das ruas São José com a Benigno Alves (Califórnia); Avenida Félix Mendonça, esquina da Igreja de Nossa Senhora da Conceição, no Conceição.

Na Rua Antônio Muniz, no Pontalzinho; cruzamento das ruas Campo Santo com União Operária, no Jardim Italamar; avenida Amélia Amado, em frente ao Terminal Rodoviário e entre o Hospital de Base e a Maternidade Ester Gomes; cruzamento das ruas Amazonas com Pernambuco, no Jardim Vitória; e avenida José Soares Pinheiro (próximo a Unime). O primeiro foi instalado no calçadão da Rui Barbosa, no centro.  

Cotações de sexta-feira, 16 de abril de 2021

Leia em: < 1 minuto

🍫 Cotação do Cacau 
Ilhéus > R$ 228,00 (comum > arroba)
Nova York > R$ 2.466,50 (futuro > tonelada)

☕ Cotação do Café Conillon (60 kg) 
Café Tipo 7/8 > R$ 425,00
Café Tipo 7 > R$ 430,00

🐂 Cotação do Boi Gordo @ arroba 
Jequié > R$ 285,00
Barreiras > R$ 285,00
Feira de Santana > R$ 285,00
Santo Antônio de Jesus > R$ 295,00
Itapetinga > R$ 290,00
Salvador > R$ 286,00

//

Leia em: < 1 minuto

Mais 396 mil doses de vacinas contra a Covid-19 chegaram à Bahia nesta sexta-feira (16). Do total, 239 mil foram produzidas pela Fiocruz/Astrazeneca/Oxford e 157 mil pelo Butantan/Sinovac. Com esta carga, que chegou ao aeroporto de Salvador por volta das 9h30, o estado totaliza 3.670.000 doses recebidas, entre Coronavac e Oxford, desde o dia 18 de janeiro, quando chegou a primeira remessa. Este é o décimo terceiro envio que chega à Bahia.

Segundo a coordenadora estadual de Imunização, Vânia Vanden Broucke, as vacinas serão imediatamente conferidas e separadas para todas as regionais de Saúde e também para todos os municípios da região metropolitana.

“Quando as vacinas chegam lá nas regionais de Saúde, elas também são distribuídas para todos os seus municípios de abrangência, completando assim a entrega para os 417 municípios do estado da Bahia”, afirmou Vânia. 

CEO da BAMIN, Eduardo Ledsham e o presidente da ACB e do Lide-BA, Mário Dantas

Leia em: 2 minutos

O CEO da Bahia Mineração (BAMIN), Eduardo Ledsham, e empresários baianos estiveram reunidos em um evento online promovido pela Associação Comercial da Bahia (ACB) em parceria com o Grupo de Líderes do estado da Bahia (LIDE-BA), para discutir a atuação da empresa em importantes projetos do estado. As entidades se ofereceram para auxiliar a Bamin na integração com a economia local, especialmente na cadeia de fornecimento. A sugestão foi acolhida por Ledsham, que além de contar com este apoio, agradeceu pelo empenho dos dois grupos.

Com 537 quilômetros de extensão entre as cidades de Ilhéus e Caetité, o trecho da Ferrovia de Integração Oeste-Leste – FIOL, adquirido pela BAMIN, é um importante corredor de escoamento de minério de ferro do sudoeste da Bahia. Nele, foram depositados mais de três bilhões de reais em investimentos, e a obra será responsável por uma alta formação de mão de obra local.

O Presidente da ACB e do Lide-BA, Mário Dantas, analisou o momento como muito positivo para os presentes, por permitir a avaliação dos investimentos previstos para a Bahia. “O associativismo empresarial é fundamental. Empresário precisa ajudar empresário. A força de circulação da economia e a cadeia produtiva são extremamente importantes para o desenvolvimento do nosso estado”, aponta Dantas.

Um dos pontos levantados por Ledsham é a questão da transparência, sobretudo com os 20 municípios que serão cruzados pela Ferrovia e o cuidado com as questões ambientais. “A FIOL consegue maximizar a nossa operação e vamos chegar rapidamente aos 60 milhões de volume que está desenhado para a ferrovia. Nesse primeiro momento, onde ainda acontecerá a assinatura de contrato, analisaremos toda necessidade de investimentos”, detalha.

Manoel Chaves Neto, diretor do Shopping Jequitibá participou da live, buscando conhecer e entender quais oportunidades de investimentos, perspectivas geração de empregos e renda para Ilhéus e Sul da Bahia, Neto destacou o aumento da atratividade para investimentos da cidade e região, incentivados pela implantação da FIOL e Porto Sul.  

//

Leia em: < 1 minuto

Proposta aprovada ontem (15.abril) inclui doadores de sangue entre as pessoas com direito a atendimento preferencial, assim como já previsto para as pessoas com deficiência, idosos, gestantes, lactantes, indivíduos com crianças de colo e obesos.

Pelo projeto, os doadores de sangue também terão direito a atendimento prioritário nas filas em repartições públicas, bancos, rodoviárias, hospitais, correios, entre outros locais.  

Notícias mais lidas

Outros assuntos