As aulas presenciais foram retomadas na Escola Lourival Oliveira Soares

Leia em: 2 minutos

A Secretaria Municipal da Educação de Itabuna comemora o retorno de mais quatro unidades escolares da Rede Municipal de Ensino com aulas presenciais. As escolas Lourival Oliveira Soares e Ana Francisca Messias, em Ferradas, Betel, no Fátima e Eduardo Fonseca, no Vale do Sol, começaram a funcionar desde a semana passada, subindo para 85,55% o número das que já estão em pleno funcionamento.

“A proposta é chegar a 100%, em poucos dias, tão logo as obras de reforma nas poucas unidades que ainda faltam estejam concluídas”, afirma o secretário Júnior Brandão, acrescentando que o serviço já está bem adiantado.

Ele lembra que desde o início da atual gestão, sua secretaria desenvolve um grande projeto de requalificação e revitalização em todos os prédios escolares, muitos dos quais se encontravam, em péssimas condições de funcionamento. Além da melhoria de infraestrutura, a Secretaria de Educação também investe na compra de mobiliários, o que incluem as creches e as escolas da zona rural do município.

“É um investimento alto, mas necessário, pois atende uma demanda reprimida de longo tempo, e porque também é uma das principais preocupações do prefeito Augusto Castro, desde que assumiu o comando do executivo”. O secretário disse ainda que o investimento na educação pública como prioridade.

A diretora do Departamento de Educação Básica, Elioenai Farias, também ressalta o trabalho que o município tem feito em favor da educação pública em Itabuna. Ela informa que tanto a requalificação dos prédios escolares, quanto a melhoria da qualidade do ensino na rede pública são o resultado de um esforço conjunto de todos os departamentos que formam o corpo da Secretaria de Educação, com o aval de seu titular, o secretário municipal, professor Júnior Brandão.

Leia em: 2 minutos

A Faculdade de Ilhéus promove o II Simpósio de Gestão Empresarial nos dias 15 e 16, quinta e sexta-feira, de forma presencial, no auditório da sede da instituição. O evento é organizado pelos colegiados dos cursos de Administração e de Ciências Contábeis e tem como objetivo comemorar o Dia do Administrador e do Contador, além de promover um espaço para discussão de temas atuais e essenciais à formação profissional dos futuros gestores, através do compartilhamento de conhecimento e experiências de profissionais da área.

A abertura, no dia 15, às 19 horas, será marcada pela palestra sobre o tema “Empreendedorismo: possibilidade viável”, a ser proferida por Cláudio Brotto, que é administrador, mestre em Educação, consultor e professor do Instituto Federal de Educação do Espírito Santo (Ifes) em Administração, Economia e Empreendedorismo.

Em seguida, às 20 horas, o tema a ser abordado será “Inovação e oportunidades de negócios”, com o professor doutor Alfredo Dib Abdul Nour, graduado em Administração pela PUC/SP e pela Complutense de Madrid, mestre em Administração; doutor em Economia pela Universidade do Porto (Portugal) e doutor em Educação pela Universidade Complutense de Madrid (Espanha). Além disso, o palestrante possui pós-doutorado em Educação Matemática pela Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), é diretor do colegiado do curso de Administração da Uesc e coordenador do Espaço Colaborar de Ilhéus e da Incubadora INETI.

Na sexta-feira, dia 16, às 19 horas, a programação conta com o tema “Geração de Fluxo de Caixa: Cash is King”, cuja palestra será feita por Luciene Rangel, formada em Ciências Contábeis, pós-graduada em Auditoria e Mestra em Finanças e Controladoria. Atua como CFO (Chief Financial Officer) na unidade da DPA – Dairy Partners Americas da Nestlé.

Logo após, haverá um painel dobre “Curso e Carreira: desafios e oportunidades”, com a participação da administradora Sandy Santana, assistente de Qualidade na Daten Tecnologia Ltda. e pós-graduanda MBA em Compliance e Relações Governamentais, e do contador Maurício Kruschewsky, especialista em Controladoria e Finanças e Controlador Geral do município de Canavieiras.

As inscrições para o evento podem ser feitas no setor Financeiro da Faculdade de Ilhéus. Outras informações podem ser obtidas pelo e-mail.

Secretário Júnior Brandão e o pró-reitor da UFSB Sandro Augusto

Leia em: < 1 minuto

O pró-reitor de Ações Afirmativas da UFSB (Universidade Federal do Sul da Bahia), Professor Doutor Sandro Augusto Ferreira, anunciou que a instituição de ensino superior vai doar 14 novos microcomputadores para o Grupo Escolar Frederico Smith Lima, no Bairro Urbis IV, em Itabuna. Ele recebeu em audiência, o secretário municipal da Educação, professor Júnior Brandão, quinta (18.agosto).

A unidade escolar da Rede Municipal de Ensino sofreu as graves consequências das fortes chuvas e das enchentes do Rio Cachoeira que causaram destruição e inundações em cerca de 40% da zona urbana no final de dezembro do ano passado.

O Grupo Escolar Frederico Smith Lima, que foi requalificado e entregue à população pela Prefeitura de Itabuna, na semana passada, teve o seu Laboratório de Informática danificado.

Depois da tragédia que se abateu sobre o Sul e Extremo Sul da Bahia, no final de dezembro, a UFSB realizou uma mobilização em nível nacional para arrecadação de recursos, com o intuito de colaborar com a população itabunense e de outras cidades. Atualmente, a instituição tem sido parceira do município em diversos projetos.

Está em execução um programa de reforma e requalificação de creches e unidades escolares, a exemplo da Escola Flávio Simões, incluindo a construção da Escola Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco, que será a primeira unidade escolar do Sul da Bahia, e de uma escola no Bairro do Zizo, com 70 salas de aulas.

Escola Frederico Smith Lima, no Urbis IV // Fotos de Pedro Augusto

Leia em: < 1 minuto

Mais três escolas da Rede Municipal de Ensino que foram totalmente requalificadas pela Secretaria Municipal de Educação, sob o comando de Júnior Brandão, serão entregues nesta semana às comunidades dos bairros Lomanto, Urbis IV e Nova Ferradas. A entrega das revitalizações integram a programação oficial do mês em comemoração aos 112 anos de emancipação política e administrativa do município.

O secretário Júnior Brandão afirmou que 60 de um total de 89 escolas municipais já tiveram suas obras de revitalização concluídas e já estão funcionando com aulas presenciais.

Hoje (19.julho) foi inaugurado as novas instalações da Creche Ester Gomes, no Bairro Lomanto Júnior. Lá, houve troca de telhado, forro, reforma dos banheiros, pintura, dentre outras ações.

Nesta 4ª feira (20.julho), às 10h, será inaugurada a requalificação da Escola Florípedes Menezes Santos de Oliveira, Bairro Nova Ferradas, também requalificada pelo Departamento de Infraestrutura da Secretaria. Atualmente a unidade conta com 25 servidores e foi contemplada com mobiliário novo para alunos e professores.

Já na 5ª feira (21.julho), às 10h, o Grupo Escolar Frederico Smith Lima, na Urbis IV, também será inaugurada com novas instalações.

Escola Municipal de Nova Ferradas passou por reformas.

Júnior Brandão informa que cerca de 30% das unidades escolares ainda estão em reformas // 📷 Foto de Pedro Augusto

Leia em: 2 minutos

A Secretaria Municipal da Educação está programando o retorno às atividades presenciais em mais oito unidades da Rede Pública Municipal de Ensino nesta semana, depois do recesso junino. Com isto, ao todo 60 unidades escolares de um total de 89 retornam com 100% presencial, de acordo com o secretário Josué Brandão Junior.

De acordo com o planejamento do Departamento de Educação Básica (DEB) da Secretaria municipal da Educação, está programado o retorno do atendimento presencial para hoje 6ª feira (8.julho), das seguintes escolas: Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco (Califórnia), Três Irmãos (Pedro Jerônimo), Margarida Pereira (Maria Pinheiro), João Mangabinha Filho (Mangabinha), Luiz Viana Filho (Santo Antônio), Ewerton Chaloup (Zizo), Pedro Lemos (Lomanto Júnior) e Brasília Baraúna (São Roque).

A diretora de Educação Básica, Elioenai Farias, explica que para assegurar o retorno às atividades presenciais nestas unidades escolares foram eecutadas intervenções de revitalização pela equipe de manutenção da própria Secretaria bem como por meio da construtora contratada pela Prefeitura, priorizando reparos nos sistemas elétrico e hidráulico, além de telhados, em alguns casos.

A diretora acrescenta ainda que para o regresso de alunos e professores às salas de aula, estão sendo adotadas medidas para cumprimento dos protocolos de segurança sanitária, incluindo maior eficiência na higienização dos espaços escolares, respeitando as diretrizes estabelecidas pelo Conselho Municipal de Educação (CME).

Além das oito escolas que retornam durante esta semana, a Secretaria Municipal da Educação está transferindo provisoriamente o funcionamento da Escola Municipal Flávio Simões, no Bairro Califórnia, para as instalações do Colégio Ciso, onde serão atendidos 1.400 alunos nos três turnos.

No Ciso, já estão instalados o Centro Psicossocial de Educação Inclusiva (CEPEI) e o Centro de Formação e Tecnologia Municipal (CFTM).  A pretensão da SEDUC é viabilizar o retorno 100% presencial em todas as escolas da Rede Pública Municipal ainda este semestre.

Para tanto, estão sendo feitas intervenções, requalificação e  revitalização de espaços educativos, incluindo a  locação de novos espaços para funcionamento provisório.

Leia em: 2 minutos

Mais de mil alunos estão de volta nesta 2ª feira (13.junho), às aulas presenciais em 14 escolas da rede municipal de ensino de Itabuna. Enquanto os prédios passaram por obras de requalificação executadas pela Prefeitura, eles tiveram blocos de atividades com aulas remotas.

Pela manhã, secretário de Educação, professor Júnior Brandão, visitou algumas unidades escolares, a exemplo do Educandário Isa Brito, no Banco Raso, e na Escola Professor Roberto Santos, no Jardim Primavera. “Com estas unidades hoje entregues chega a 50 o número de escolas já requalificadas e entregues à comunidade estudantil pela Prefeitura de Itabuna, num investimento de cerca de R$ 15 milhões, em recursos próprios”, afirma.

Os serviços nas escolas foram executados pela equipe de Infraestrutura da própria Secretaria Municipal de e Educação tanto em unidades escolares das áreas urbana e rural, além de creches. Incluíram a revisão de telhado, instalações elétrica e hidráulica, piso cerâmico e revestimento, além de limpeza de área e pintura nas paredes internas e externas.

O diretor de Infraestrutura da Secretaria, professor Eugênio Abreu, disse que ainda faltam 40 unidades escolares que já estão incluídas no cronograma de obras a serem executadas e entregues. Segundo ele, todas as 90 escolas da rede municipal de ensino não ofereciam a mínima condição de funcionamento tal a precariedade em que foram encontradas em janeiro do ano passado.

Júnior Brandão reforça o compromisso do prefeito Augusto Castro em garantir a melhoria da qualidade de ensino na rede pública. “Toda a atenção e investimentos tem sido direcionados para a requalificação dos espaços educativos, do mobiliário escolar que também estava bastante danificado, além da valorização do professor que hoje tem salários pago rigorosamente em dia e acima do piso nacional”, destacou o secretário.

Prefeitura entrega nesta segunda-feira mais 14 escolas reformadas em Itabuna

Jerônimo quer transferir "culpa" de má qualidade do ensino baiano aos governos estaduais passados e ao governo federal

Leia em: 2 minutos

O pré-candidato ao governo da Bahia e ex-secretário estadual de Educação, Jerônimo Rodrigues (PT), participou de uma sabatina do Uol/Folha de S. Paulo e fez declarações controversas a respeito do ensino público baiano. Questionado sobre uma pesquisa que aponta que a Bahia ficou em último lugar no ranking dos estados que ofertaram ensino remoto durante a pandemia da Covid-19, Jerônimo disse que as ações foram tomadas para “preservar as vidas dos professores”.

Em outro momento da sabatina, Jerônimo quis atribuir aos governos passados a situação do ensino público da Bahia. Pegou mal, né? Já faz 16 anos que o PT governa o estado – dois mandatos de Jaques Wagner e dois mandatos de Rui Costa – e ainda é capaz de dizer que não foi possível melhorar a qualidade do que é ofertado aos estudantes nas salas de aula? Além disso, jogou para o governo federal a “culpa” de não haver internet de qualidade para que os estudantes tenham acesso aos conteúdos.

Ao melhor estilo “falou, falou, mas não disse nada”, Jerônimo disparou: “Nós fizemos a opção de enviar material para os estudantes, mantivemos o contato com os estudantes, entramos com frentes de assistência. […] Naquele momento, nós estávamos preservando, priorizando a vida de professores e isso não quer dizer que a gente não poderia começar um sistema remoto. Mas como eu falei, a dificuldade de internet e de acesso a computadores dificultaria”.

Parece que o PT estava, realmente, desesperado quando resolveu colocar Jerônimo para ser pré-candidato a governador. Há certo despreparo nas declarações de alguém que já chefiou a pasta de Educação e, diga-se de passagem, não se destacou positivamente. Nos bastidores, comenta-se que ele é uma pessoa boa que aceitou “ir para o sacrifício” em nome dos correligionários.

LEIA TAMBÉM NO PAUTA BLOG ⤵️

Jabes Ribeiro e Nem Bahia, Humberto Mattos e Naeliton Pinto, Manoel Porfírio, Gilson da Oficina, Erasmo Ávila, Pancadinha, Augusto e Guinho, Jerbson Moraes, Soane Galvão, Pellegrini, Eduardo Carqueija

Professoras vão desenvolver atividades relacionadas ao ensino da Língua Inglesa por meio de cursos, palestras e oficinas

Leia em: < 1 minuto

A Uesc (Universidade Estadual de Santa Cruz) está recebendo duas professoras norte-americanas para um intercâmbio que deve durar até o mês de dezembro deste ano. Sarah Van Horn e Ana Almada Santos estão trabalhando no projeto “Identidades Interculturais na Formação Docente em Língua Inglesa na Uesc”, de autoria da professora Tatiany Pertel Sabaini Dalben.

As duas bolsistas estão atuando no Departamento de Letras e Artes (DLA) sob a supervisão da professora Luciana Audi. Elas pretendem desenvolver atividades relacionadas ao ensino da Língua Inglesa através de cursos de extensão, oficinas, palestras, participação e contribuição nas aulas tanto nos cursos de graduação quanto nas ações de extensão vinculadas ao projeto.

O reitor da Uesc, professor Alessandro Santana, elogiou a prática do intercâmbio ao classificar como essencial a modalidade para crescimento da instituição: “Qualquer universidade que queira produzir conhecimento e educar de maneira semelhante ao que se faz nas maiores universidades do mundo tem que ter um intercâmbio muito intenso. Atualmente, a nossa Universidade tem convênios com 37 instituições internacionais em 14 países recebendo e enviando alunos, pesquisadores e professores. O intercâmbio é uma dos caminhos eficientes para ampliação do volume e da qualidade do ensino e das pesquisas”.

Provas vão ser aplicadas em novembro deste ano e taxa de inscrição custa R$ 85

Leia em: < 1 minuto

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022 terminam amanhã (21.maio) às 23h59. O candidato que estiver interessado deve acessar a página www.enem.inep.gov.br e preencher os dados solicitados.

A taxa de inscrição custa R$ 85 e é possível efetuar o pagamento por meio do PIX, boleto ou cartão de crédito. O exame, que vai ser aplicado nos dias 13 e 20 de novembro, vai ter quatro provas objetivas com 45 questões de múltipla escolha cada e uma redação em Língua Portuguesa.

Boa sorte aos participantes!

Objetivo da paralisação é reabrir as negociações entre a categoria e o governo estadual

Leia em: < 1 minuto

Ontem (18.maio), os professores da Uesc (Universidade Estadual de Santa Cruz), realizaram uma assembleia e aprovaram uma nova paralisação das atividades acadêmicas. A data do ato ainda vai ser definida posteriormente, mas tem o objetivo de pressionar o governo estadual a retomar as negociações com os docentes.

A primeira paralisação aconteceu no dia 27 de abril para reivindicar reajuste salarial, reabertura da mesa de negociações, respeito aos direitos trabalhistas e autonomia universitária. Nesse novo manifesto, haverá uma mobilização na porta da instituição com café da manhã e fechamento dos portões.

Notícias mais lidas

Outros assuntos