//

O quadro do pastor Carlos Ubaldino é estável

Leia em: < 1 minuto

O deputado estadual pelo 4º mandato, o pastor Carlos Ubaldino, do PSD, sofreu um infarto na manhã de hoje, 6ª feira (17.setembro). E segundo informações, o quadro de saúde é estável.

Em nota, a assessoria informa: “Pedimos a orações dos queridos e amados irmãos. Cremos que Deus é poderoso para restaurar a saúde do seu servo, Ubaldino”.

Leia em: 3 minutos

Nos dias 17 e 18 de setembro, a Secretaria de saúde promoverá a Testagem SWAB dos convidados para o Evento Teste. A ação faz parte da organização e prevenção do projeto pioneiro no interior da Bahia.

O Evento Teste, cujo principal objetivo é desenhar os protocolos ideias para a retomada gradual de eventos na cidade, será amanhã, sábado (18.setembro), na Terceira Via Hall. Com o limite de 500 convidados, a testagem SWAB possibilita realizar um exame assertivo com o resultado em 15 minutos, garantindo os cuidados necessários para os participantes.

Hoje (17), a testagem será na Câmara Municipal de Vereadores, das 9h às 17h. Amanhã (18), a testagem terá início às 15h na Terceira Via Hall, local onde será realizado o evento.

Esse é mais um passo importante do nosso evento, que tem sido pensado com muita cautela para garantir a segurança dos participantes e voluntários. Essa é a primeira preocupação do Prefeito Augusto Castro que busca novos meios de iniciar a retomada gradual dos eventos para fortalecer o setor e, ainda assim, manter o decréscimo de casos ativos na cidade.

O PROTOCOLO
A capacidade máxima será de 500 pessoas que já foram selecionadas e cumprem uma série de requisitos, sendo eles: ter acima de 18 anos; ter tomado, pelo menos, a primeira dose no mínimo, 30 dias antes do evento e estar em dia com a segunda dose. Após o evento, os convidados estarão em contato, através de grupo do whatsapp, com o padrinho/madrinha e um profissional da saúde para monitorar as reações, pelo período de 10 dias.

Todos os profissionais envolvidos, equipe técnica, artistas e convidados deverão ser testados com o ANTÍGENO-PCR na véspera ou no dia do evento. A Secretaria de Saúde promoverá a testagem no dia 17, na Camara Municipal de Vereadores das 9h às 17h, e no dia 18, na entrada do evento, Terceira Via Hall, a partir das 15h.

Na entrada da Terceira Via, haverá um controle de filas para não gerar aglomerações, bem como aferição de temperatura e totens de álcool em gel. Todos os profissionais serão capacitados e paramentados para receber os convidados e realizar o evento com a segurança necessária.

AS ATRAÇÕES
O evento contará com as apresentações de Sinho Ferrary, Kokó Lordão, Kaio Oliveira e participações especiais. “Fortalecer a área cultural e artística de Itabuna, com todo o cuidado e respeito, é o nosso foco. Por isso, nada mais justo que tenhamos artistas da nossa terra para embalar esse momento de esperança para o setor. Acredito que com esse evento, junto à prefeitura, poderemos delinear os protocolos ideais para que todos retornem aos palcos com segurança.” completa o Presidente da FICC, Aldo Rebouças. 

Acompanhe o Pauta Blog pelo Instagram e/ou mande-nos uma mensagem pelo WhatsApp: (73) 8869-7877.

//

Leia em: 2 minutos

Após protocolar denúncia contra o secretário de Saúde, Marcelo Brito, na tarde desta quarta (15), na Polícia Federal, o presidente da Câmara Municipal, Fernando Torres (Foto), do PSD, anunciou que está sendo viabilizada uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar irregularidades financeiras na área de saúde. A iniciativa é do vereador Silvio Dias (PT) e o processo está na fase de coleta de assinaturas.

“Estivemos na Polícia Federal, junto com uma comissão de vereadores, e o delegado Fábio Marques acatou a nossa denúncia e prometeu apurar”, contou Fernando Torres, na sessão desta 5ª feira (16.setembro). Na PF, foram apresentadas notas fiscais que comprovam que a empresa GSM, supostamente pertencente ao secretário Marcelo Brito, recebeu dinheiro da pasta durante dois meses por serviços prestados.

De acordo com o presidente, a referida empresa, que segundo ele tem sede no Hospital de Traumatologia e Ortopedia (HTO), prestou serviços de consultoria para a UPA da Queimadinha por R$400 mil, quando o preço de mercado fica em torno de R$20 mil. “É um absurdo e parece que houve mais notas fiscais”, disse Torres, comparando a situação ao caso da prefeitura de Guarujá (SP), onde o prefeito Valter Suman foi preso.

“É uma nova forma de roubar, as UPAs precisam é de médicos, enfermeiros e remédios”, destacou Fernando Torres, ressaltando que, por meio da CPI, será pedida a prisão dos envolvidos. Ele criticou a justificativa de Marcelo Brito de que não era secretário quando ocorreu a prestação dos serviços. “É o rato tomando conta do queijo”, pontuou, lembrando que trata-se de recursos federais.

Acompanharam o presidente Fernando Torres na ida à Polícia Federal os vereadores Luiz da Feira (PROS), Eremita Mota (PSDB) e Paulão do Caldeirão (PSL). Eles também irão protocolar queixa no Ministério Público Federal e no Tribunal de Contas do Município (TCM).

//

A documentação exigida é o RG, CPF ou cartão do SUS e cartão de vacina com registro da primeira dose

Leia em: 2 minutos

Até amanhã, 6ª feira (17.setembro), a vacinação contra o Covid-19 será destinada à repescagem para as pessoas com idade a partir de 18 anos. Qualquer pessoa a partir dessa idade, poderá se vacinar com a primeira dose.

Além deste grupo, prossegue o esquema vacinal da primeira dose contra o Covid-19 em adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades. Foram incluídos os sem comorbidades, com idade a partir de 16 anos, cuja vacinação acontece gradativamente e escalonada.

Adolescentes de 12 a 17 anos deverão estar acompanhados por um responsável maior de 18 anos. Vale frisar que os postos funcionam até as 16 h, mas as ampolas com as doses de vacina são abertas apenas até as 15h devido à validade depois de abertura.

A documentação necessária é a Carteira de Identidade (RG), CPF ou Cartão do SUS e comprovante de residência que pode estar no nome dos pais. Para os que tem comorbidades, acrescentar o relatório médico atualizado dos últimos seis meses.

As gestantes e puérperas a partir de 12 anos também podem se vacinar. A documentação é o RG, CPF ou Cartão do SUS, comprovante de residência e relatório médico atestando a gravidez ou fotocópia da ultrassom ou cartão pré-natal, assinado e carimbado pelo médico ou enfermeiro; fotocópia da certidão de nascimento da criança.

2ª DOSE CORONAVAC / OXFORD / PFIZER
Nesta semana nas Unidades Básicas de Saúde das 8 às 11 e das 13 às 16 horas haverá aplicação das segundas doses das vacinas Oxford, Coronavac e Pfizer para aquelas pessoas que receberam a primeira dose das respectivas vacinas.

Para a Oxford, o grupo contemplado com a segunda aplicação é aquele que recebeu a primeira dose até 25 de junho. Já para a segunda dose da Coronavac, o público é aquele que recebeu a primeira dose da vacina até 13 de agosto.

Já na sexta serão vacinados com a segunda dose da vacina Pfizer trabalhadores da indústria que tomaram 1ª dose nos dias 23 a 26 de junho. Para este grupo a ação também será na UniFTC das 9 às 14 horas.

//

Leia em: 3 minutos

A sensibilidade e empatia de duas famílias no sul da Bahia vão beneficiar quatro pessoas que estão na fila de espera para o transplante de córneas. As doações aconteceram, nas últimas 24 horas, na Santa Casa de Misericórdia de Itabuna. Foi a quinta doação de córneas neste ano.

As córneas foram enviadas para o Banco de Olhos da Bahia, em Salvador, que no estado é responsável por receber doações autorizadas por familiares das pessoas falecidas. As córneas serão processadas e armazenadas no local até que a Central de Transplantes da Bahia autorize a liberação para pacientes inscritos na lista única de transplante.

De acordo com o Banco de Olhos, até o início do ano, havia no estado cerca de 900 pessoas na fila de espera do transplante de córnea. Outro dado que chama atenção é que 100% das doações e quase 90% dos transplantes são feitos pelo SUS (Sistema Único de Saúde). Em Itabuna, as córneas doadas na SCMI são enviadas para a capital pela empresa Águia Branca, que é parceira da instituição.

“O SIM PARA A DOAÇÃO”
A coordenadora da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgão e Tecidos para Transplante, a enfermeira Patrícia Betyar, explica que as doações recebidas neste ano possibilitaram que seis pessoas saíssem da fila de espera. “E nas próximas horas, outras quatro voltarão a enxergar. Imagine uma criança que sofreu um acidente e perdeu a visão. Agora, com esse ‘sim da doação’, ela voltará a enxergar seus pais, irmãos e primos. Poderá assistir aos seus desenhos e filmes, além de frequentar a escola com certa independência. Será uma felicidade imensa para toda a família”, afirma.

A enfermeira conta que, com a pandemia da Covid-19, aumentou o número de pessoas na fila de espera de transplante de órgãos e tecidos. “Mas a Santa Casa vem trabalhando para sensibilizar a sociedade e profissionais de saúde para aumentar a adesão ao ‘Sim da Doação’, porque potenciais doadores existem em todas as instituições de saúde. O que ainda precisamos é que mais famílias aceitem a oportunidade da doação, e autorize que seu ente querido já falecido salve vidas ”, avalia a enfermeira.

Patrícia Betyar destaca que qualquer pessoa com idade entre dois e 70 anos pode ser doadora de córnea. A doação é feita em até seis horas após a parada do coração ou, se o corpo do doador for mantido refrigerado, em 12 horas.

O QUE É A CIRURGIA?
O transplante de córnea é uma cirurgia em que o tecido alterado é removido e substituído pela córnea do doador, conforme detalha o Banco de Olhos da Bahia. A retirada do globo ocular é feita com técnica que não deixa vestígios, ou seja, não há modificação na aparência do doador.

Na Bahia, muitas pessoas estão na fila de espera por causa de doenças como ceratocone e leucoma. Mas outras acabam entrando para a lista depois de sofrerem traumas causados por objetos pontiagudos, queimaduras por produtos químicos e outras lesões. A fila do transplante de córnea é gerenciada pelo Ministério da Saúde.

//

Segundo o doutor em biotecnologia, Filipe Benvenuto, a ideia é trazer o resultado dos testes o mais rápido possível para ajudar nas políticas públicas do país

Leia em: 3 minutos

Usamos a câmera do nosso smartphone para registros importantes da nossa vida. Uma festa em família, uma selfie com os amigos ou até mesmo aquela viagem inesquecível que precisa ser registrada para guardar para além das memórias do coração. Além dos registros fotográficos, o doutor em biotecnologia pela Universidade Federal da Bahia, Filipe Benvenuto, descobriu que uma simples câmera poderia ser utilizada para diagnosticar se uma pessoa está ou não com o coronavírus. O trabalho utiliza um sinal óptico de inteligência artificial para a detecção de agentes virais, adaptado ao SARS-CoV-2.

“Durante meu doutorado, fui aprovado em uma chamada de doutorado sanduíche e atuei no grupo do Dr. Hadi Shafiee, desenvolvendo pesquisa com saúde digital, através de uma parceria já estabelecida pelo meu orientador. Nesse período, ajudei a desenvolver um trabalho que utilizava uma tecnologia semelhante à de um sinal óptico e inteligência artificial para a detecção de vários agentes virais. Quando a pandemia do coronavírus começou, procuramos adaptar nossa pesquisa para a detecção do SARS-CoV-2, utilizando a tecnologia CRISPR/Cas12”, explicou o pesquisador.

No ano de 2020, duas cientistas, E. Charpentier and J. A. Doudna, ganharam o prêmio Nobel de química, pelo desenvolvimento de uma técnica de edição gênica utilizando Repetições Palindrômicas Curtas Agrupadas e Regularmente Interespaçadas (CRISPR). Essa descoberta, segundo Benvenuto, revolucionou a engenharia genética por causa da sua capacidade de reconhecer e modificar um alvo específico. “Recentemente, biossensores baseados em CRISPR surgiram como alternativas inovadoras e versáteis para a detecção molecular de agentes infecciosos e diferentes tecnologias dependentes de CRISPR foram desenvolvidas para a detecção do SARS-CoV-2. Alguns desses biossensores já possuem autorização de uso de emergencial do FDA dos EUA”, detalhou.

O trabalho feito por Filipe apresenta uma prova de conceito de um biossensor baseado na tecnologia com um sinal óptico simples (geração de bolhas), desenvolvido para a detecção do RNA do SARS-CoV-2. “Ao invés de utilizar um biossensor fluorescente, o nosso é uma sonda enzimática formada pela catalase e DNA fita simples (substrato da trans-clivagem da Cas12) imobilizado em beads magnéticas. O resultado desse teste é detectado usando a câmera de smartphone sem usar nenhum acessório de smartphone ou hardware óptico, utilizando um aplicativo de visão computacional”, contou o pesquisador, que garantiu que o resultado é dado um minuto depois do processamento da imagem pela câmera do celular.

De acordo com Benvenuto, outros métodos de diagnóstico por smartphone que usam essa mesma tecnologia, geralmente necessitam de uma etapa de amplificação de ácidos nucleicos, o que deixa tudo mais complexo. No projeto desenvolvido por ele, o RNA é detectado sem a necessidade desse processo e o sinal de bolha de gás oferece um sinal visual significante, mais simples e rápido. A pesquisa foi financiada pelo Instituto Nacional de Saúde dos EUA (NIH), pelo Brigham and Women’s Hospital e teve o apoio de uma bolsa de doutorado sanduíche do programa CAPES-PRINT durante o estágio doutoral.

“Durante a pandemia, percebemos a importância da rapidez dos testes para a identificação da doença nos primeiros dias da infecção. Esse teste é fundamental para guiar as políticas públicas para contenção do vírus no Brasil e no mundo. Nossa prova de conceito propõe uma forma de diagnóstico mais barata, que não requer amplificação de ácidos nucleicos, que não requer equipamentos para leitura e com execução simplificada, permitindo a democratização do acesso ao diagnóstico em áreas descentralizadas”, finalizou o biotecnólogo.

//

Leia em: 2 minutos

A Secretaria Municipal de Saúde iniciou as obras de requalificação de mais quatro postos de saúde por meio do convênio com a Faculdade Santo Agostinho de Itabuna (Fasa). As unidades serão entregues pela Prefeitura de Itabuna às comunidades até o fim do ano. Até agora, três unidades de saúde já forram reinauguradas de um total de 32 pelo prefeito Augusto Castro (PSD).

Desde a semana passada, as obras estão em andamento, a exemplo da USF Corbiniano Freire, no bairro Santa Inês. Desativada há anos por conta de destelhamento e falta de manutenção hidráulica, os serviços de atendimento médico ambulatorial da população do bairro estão direcionados à USF Alberto Teixeira Barreto, no Califórnia. A unidade do Santa Inês já se encontra com avanço de 10% nas obras.

Outra unidade em que já iniciou o processo de requalificação com a pintura é a Unidade Básica Fátima II, no bairro de Fátima. Com 15% da pintura já avançada, os serviços serão remanejados nesta semana para a Unidade Fátima I, na Rua São José, no mesmo bairro.

Além destas, a USF Dr. Mário Peixoto, no bairro Jorge Amado, está funcionando num espaço do Condomínio Residencial Itapoã por conta do início das obras de reforma daquela unidade. Nesta semana, a USF Lavignia Magalhães, no Conceição, também teve seus serviços remanejados para as obras de reforma. A comunidade do bairro passou a ser atendida no Centro de Memória da Igreja Batista Teosópolis, na Rua Santo André, no mesmo bairro.

A subsecretária municipal de Saúde, Lânia Peixoto, com a diretora do Departamento de Atenção Primária, Alessandra Lopes, e o engenheiro da Secretaria de Saúde, Tiago Silva, participaram de visita técnica nas unidades para fiscalização das obras que têm previsão de conclusão para 60 dias, sendo que a USF Fátima II deve ser entregue antes, em 40 dias.

A próxima unidade a ser entregue à população é a USF Amália Lessa, no Bairro Novo São Caetano, restando apenas últimos ajustes para reinauguração nos próximos dias. No total, a administração do prefeito Augusto Castro já entregou três postos reformados às comunidades: a USF João José Soares, no Vila das Dores, a USF Möise Hage, no Lomanto, e a UBS Roberto Santos, no Bairro Santo Antônio, que estava desativada há quase 2 anos e teve serviços ampliados no retorno.

//

Tom Araújo passará por cirurgia neste sábado, em São Paulo

Leia em: 2 minutos

O prefeito de Conceição do Coité, Marcelo Araújo (DEM), informou que seu irmão, o deputado estadual, Tom Araújo (DEM), foi diagnosticado com um câncer na região do intestino e será submetido a uma cirurgia de emergência nesse sábado (11.setembro), em São Paulo.

Inicialmente, o procedimento seria realizado nesta sexta, mas, devido à complexidade da cirurgia e pelo longo período de intervenção, os médicos optaram por fazer a cirurgia na manhã de sábado. A equipe médica mostrou-se confiante porque o resultado dos exames pré-operatórios foi positivo.

Segundo a publicação do prefeito Marcelo, nas redes sociais, ele está em São Paulo para acompanhar a cirurgia do irmão: “Tive que retornar a São Paulo para acompanhar a cirurgia de Tom. Infelizmente, ele foi diagnosticado com um tumor no intestino e vai precisar se submeter a uma cirurgia de emergência! Vamos todos orar para que Deus ilumine os médicos para que possam agir e fazer com que tudo corra bem. Tenho fé em Deus que tudo dará certo”.

Tom Araújo está no 3º mandato como deputado estadual pela Bahia. Ele também foi prefeito de Conceição do Coité, onde o irmão é gestor atualmente.

Acompanhe o Pauta Blog pelo Instagram e/ou mande-nos uma mensagem pelo WhatsApp: (73) 8869-7877.

//

Remédio terá uso exclusivo dentro de hospitais públicos e privados

Leia em: < 1 minuto

As 3,5 mil ampolas do medicamento coreano Regkirona (regdanvimabe) devem chegar ao Brasil nesta 6ª feira (3.setembro) e ajudar a tratar até 1,2 mil pacientes com casos leves e moderados da doença.

Esse é o quarto remédio autorizado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para o tratamento da Covid-19, mas não será vendido em farmácias e não funciona como tratamento precoce.

O anticorpo foi aprovado no dia 11 de agosto pela Anvisa para o uso emergencial contra o coronavírus e terá uso exclusivo dentro de hospitais públicos e privados. O responsável pelo medicamento é o laboratório sul-coreano Celltrion Healthcare.

Em testes de fase 3 realizados pela empresa com 1.315 pacientes, 72% deles não evoluíram para casos graves da doença e, aos que tiveram de ir ao hospital, tiveram o tempo de internação reduzido.

//

Leia em: 2 minutos

Referência para toda a região sul em cirurgia pediátrica e parto de alto risco, o Hospital Materno Infantil localizado município de Ilhéus, será gerido de forma direta e exclusiva pelo Governo do Estado. A unidade será inaugurada em breve pelo governador Rui Costa.

Um acordo firmado em 2019 previa que, após a conclusão das obras que tiveram um investimento de R$ 40 milhões, a unidade passaria a ser administrada pelo município de Ilhéus. Porém, análises dos custos de viabilização do processo apontaram que a gestão seria inviável.

Diante disso, de forma pactuada, o contrato de cessão foi suspenso, retomando a gestão e administração completa do hospital para o Governo do Estado. Ainda de acordo com a decisão, os servidores da Sesab (Secretaria de Saúde do Estado da Bahia) cedidos ao município de Ilhéus serão reincorporados ao quadro estadual e realocados para atuar na unidade.

POLO DE ENSINO
Com 105 leitos, unidades de Terapia Intensiva (UTIs) neonatal e pediátrica, além de centro cirúrgico e obstétrico, o Hospital Materno infantil de Ilhéus funcionará ainda como um polo de desenvolvimento de ensino, reunindo formação acadêmica, pesquisa e produção de conhecimento científico e tecnológico em saúde.

Notícias mais lidas

Outros assuntos