Bekos

//

O presidente Jerbson Moraes (PSD) disse que irá dialogar com o secretário de saúde, Geraldo Magela

Leia em: < 1 minuto

O presidente da Câmara de Ilhéus, o vereador Jerbson Moraes (PSD), manifestou nesta 3ª feira (15.junho) a sua preocupação pela não inclusão, até o momento, dos trabalhadores de supermercados na lista de prioridade de vacinação contra a Covid-19 no município.

Jerbson lembrou que a categoria foi uma das que mantiveram normalidade nas atividades de atendimento ao público e precisa ter um olhar especial das autoridades sanitárias locais.

O vereador lembrou que já há na Casa requerimentos dos vereadores Ederjúnior dos Anjos (PSL) e Alzimário Belmonte, o Gurita (PSD), reivindicando da Secretaria de Saúde de Ilhéus a inclusão destes trabalhadores e que é preciso agilizar o procedimento de imunização da categoria.

“A presidência reitera estes requerimentos e se preocupa com esta questão. Vamos dialogar com o secretário (Geraldo) Magela e pedir uma informação mais precisa para que possamos dar uma resposta a estes trabalhadores”, alertou. 

//

Vereador de Ilhéus, Ederjúnior dos Anjos (PSL)

Leia em: < 1 minuto

O drone como ferramenta auxiliar de fiscalização sanitária. Esta é a sugestão do vereador Ederjúnior dos Anjos (PSL), feita ao prefeito Mário Alexandre e o secretário municipal de Saúde, Geraldo Magela. Ele pede às autoridades do Executivo que seja viabilizado um estudo técnico para uso da ferramenta no combate a focos do mosquito Aedes Aegypti.

Segundo secretário da Câmara e agente de endemias, Ederjúnior explica no documento que esta tecnologia consiste em aeronaves remotamente tripuladas que ajudam na identificação de focos e criadouros de mosquitos em locais de difícil acesso ou até mesmo fechados, impossibilitando a entrada dos agentes comunitários de saúde.

O parlamentar acredita na eficiência do uso auxiliar de tecnologia no combate à dengue, zika, febre amarela e chikungunya.

//

O presidente do Sinjorba, Moacy Neves, é fundamental ampliar a idade do público vacinado

Leia em: 2 minutos

Em defesa de toda a categoria de jornalistas o Sinjorba enviou, nesta 3ª feira (15), ofício ao Secretário Estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, e a presidente do Conselho Estadual dos Secretários Municipais de Saúde, Stela Souza, em que solicita a ampliação da faixa etária dos profissionais de imprensa a serem vacinados contra a Covid-19.

Como consequência da ação conjunta do Sinjorba, ABI, Sinterp-BA e a ampla mobilização da categoria, a Comissão Intergestores Bipartite (CIB), em 18.maio, autorizou a vacinação dos profissionais de imprensa que atuam na linha de frente e possuem mais de 40 anos. A deliberação foi reforçada pelo Tribunal de Justiça da Bahia que, em 2.junho, posicionou-se contra o Ministério Público, que tentava impedir a vacinação. Agora, com o processo de imunização em curso tanto na capital quanto no interior, o Sinjorba solicitou que a CIB analise a redução da idade dos profissionais de imprensa, visto a grande quantidade de jovens vitimados pelas novas cepas da Covid-19.

Para o presidente do Sinjorba, Moacy Neves, é fundamental ampliar a idade do público vacinado. “A maior parte dos profissionais de imprensa que está em serviço presencial nas redações de rádio, TV, jornais, sites e assessorias encontra-se na faixa etária abaixo dos 40 anos. Para cada trabalhador vacinado pela resolução 085/2021 da CIB, outros dois ficaram de fora do direito e continuam arriscando suas vidas no trabalho cotidiano”, explicou Neves.

No ofício em questão, enviado aos representantes do governo estadual, o Sinjorba informou que a fim de garantir segurança jurídica ao pleito de imunização dos profissionais de imprensa, o sindicato, juntamente com a Fenaj e a ABI, entrou com ação judicial contra a União. O objetivo é solicitar a correção da tabela de categorias constantes no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação (PNO) e, assim, incluir aquelas dos serviços considerados essenciais, como é o caso da imprensa (Decreto 10.288 de 22/03/21).

O Sinjorba ainda agradeceu ao secretário da Sesab e a presidente do Cosems pelo empenho e coragem em encaminhar a aprovação da inclusão dos profissionais de imprensa da Bahia no rol das categorias de trabalhadores a serem imunizadas. “O acerto dessa decisão serviu de exemplo ao estado do Maranhão e algumas cidades do Mato Grosso, que também fizeram o mesmo. E agora, influenciou até o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que no último sábado (12), defendeu em coletiva a inclusão da categoria no PNO”, finalizou Moacy, o presidente do Sinjorba.

//

Legenda: A imunização é importante para profissionais de todas as idades // Foto: Bahiana Noticias

Leia em: < 1 minuto

O Vice-Diretor Regional Sul do Sindicato dos Jornalistas, Valério Magalhães, e o Presidente do Sindicato dos Radialistas de Ilhéus, Monoelito Puentes, informam que muito em breve serão vacinados contra a covid-19 os profissionais de comunicação com menos de 40 anos.

A campanha para vacinação desse público tem sido forte do Sindicato dos Jornalistas na Bahia, e como resultado, aqueles com mais de 40 anos já foram imunizados. Segundo Valério e Manoelito, o êxito da campanha de vacinação foi fruto da parceria entre Secretaria de Saúde de Ilhéus e representantes da classe.

E ainda explicou que inicialmente a campanha de vacinação para os profissionais de imprensa abordou o nível de acometimento da doença nesses trabalhadores. Contudo, em Ilhéus, os profissionais abaixo de 40 anos serão imunizados com a chegada de novas doses.

“São critérios estabelecidos, que nós entendemos e respeitamos perfeitamente. No entanto, o secretário Geraldo Magela já nos antecipou que ao depender da chegada de novas doses, ele irá baixar o nível de idade para os profissionais de imprensa serem vacinados”, disse. Da Bahiana Noticias

//

Leia em: 3 minutos

Uma das ações de relevância social mantida pela Faculdade de Ilhéus durante a pandemia está na oferta de atendimento gratuito em Psicologia aos alunos, pais, funcionários e professores da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) no município. A parceria é garantida desde 2015, através de assistência prestada por professores e alunos estagiários. E nesse período de pandemia da Covid-19, apesar dos obstáculos causados pelo distanciamento social, a relação do curso de Psicologia com a instituição foi ainda mais fortalecida a partir de esforços empreendidos por meio da tecnologia digital.

O curso adotou providências para dar continuidade às atividades direcionadas à clientela da Apae, com a realização de oficinas, vídeos psicoeducativos, cartilhas e atendimentos através do WhatsApp e da plataforma digital.

A professora Alba Mendonça Alves, coordenadora do Estágio de Psicologia da Faculdade de Ilhéus, avalia que desde o início da pandemia até o atual semestre, “essa parceria se fortaleceu ainda mais, uma vez que foi possível realizar acolhimentos e encaminhamentos para atendimentos psicológicos on-line, muitos deles de ordem de urgência e emergência, a fim de minimizar o sofrimento das pessoas.”

Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Ilhéus

INOVAÇÃO

Alba Alves explica que, assim, foi possível ampliar o campo de estágio com a oferta da disciplina Estágio Básico II, o que possibilitou realizar atividades de psicoeducação sobre estresse, ansiedade, autoestima, relações familiares em tempo de pandemia, psicopatologia da saúde mental e outros.

O trabalho tem evoluído bastante. A equipe do curso de Psicologia está criando e estruturando uma biblioteca virtual com os mais diversos livros, vídeos e documentários para serem adicionados ao site da APAE de Ilhéus, a fim de proporcionar mais informações psicoeducativas a todos que pertencem à instituição. Outra novidade é a produção de um vídeo institucional que demonstrará a importância da APAE e como a sociedade pode contribuir para a continuidade das suas atividades.

RECONHECIMENTO

Todo o esforço da Faculdade em prol da Apae tem sido reconhecido pela diretora da instituição, Vitória Penalva, em forma de agradecimento à “coordenação do colegiado de Psicologia, aos estagiários, funcionários da Clínica-Escola, aos diretores, queremos, de coração, agradecer à Faculdade de Ilhéus pelo grande trabalho e parceria que vem fazendo em nossa instituição. Desde que iniciei a gestão, tive a sorte de fazer essa parceria através do curso de Psicologia, e só tenho uma palavra a resumir tudo: gratidão”, declarou Penalva.

Ela acrescentou: “É um pessoal humano, dedicadíssimo, que se preocupa com o outro. São estagiários que têm ética profissional para entrar e para sair; eles entram respeitando todas as normas da instituição. Agradeço a todos em nome da professora Alba, que está com a gente nos últimos anos, sempre atenciosa, principalmente nessa época de pandemia, quando muitas famílias, alunos e os próprios funcionários são atendidos num contexto difícil, que mexe muito com o emocional.”

“E nesse momento pandêmico, a Faculdade de Ilhéus não deixou de garantir a parceria com a gente. Assim que entrei em contato, o retorno foi imediato, eles enviaram vídeos e realizaram lives falando sobre o trabalho que é desenvolvido na Apae. Deixo aqui nossa gratidão, em nome do presidente Vasco Luís, do vice, Genilton Galvão, de todo o corpo docente, equipe multidisciplinar, alunos e famílias apaeanas: muito obrigado Faculdade de Ilhéus, à coordenação, aos professores, a todos os estagiários do curso de Psicologia, Deus abençoe a vocês”, declarou a diretora Vitória Penalva.

Por sua vez, a professora Alba Alves ressalta o apoio e o acolhimento da APAE na representação da diretora Vitória, “que sempre favoreceu para que as atividades desenvolvidas fluíssem com êxito, se aproximando das necessidades do lugar e das demandas dos alunos, professores e cuidadores. A confiança que é depositada e a interação com os ideais do curso de Psicologia e as responsabilidades da APAE formam uma aliança de comprometimento, lealdade e principalmente de responsabilidade social.”

Na opinião de Alba Alves, o curso de Psicologia proporciona aos alunos uma formação de cidadão, “onde é possível perceber as limitações dos discentes, mas, principalmente, as potencialidades que os fazem seres dignos dos seus espaços sociais e valorização das suas habilidades e competências com autonomia. A cada estágio na APAE, percebemos construções e desconstruções enriquecedoras, que enaltecem a alma humana e nos convida a refletir sobre nossos fazeres, saberes e atitudes.”

//

O número de mortes em Itabuna perde apenas para Salvador e Feira de Santana

Leia em: < 1 minuto

Nas últimas 24 horas o Estado da Bahia registrou mais 3.070 casos provocadas pela Covid-19, sendo no acumulado desde o início da pandemia já somam mais de 21.749 mil óbitos.

Trazendo os dados para a nossa região, em especial Itabuna e Ilhéus, o acumulado de Itabuna soma 598 óbitos, e em Ilhéus, 489 mortes. Itabuna fica atrás apenas de Salvador 6.804 óbitos e Feira de Santana 832.

Segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), dos 1.035.524 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.000.142 já são considerados recuperados, 13.633 encontram-se ativos e 21.749 tiveram óbito confirmados.

DADOS DOS NÚMEROS DE LEITOS DE UTI’S COVID:

Itabuna tem 87% dos leitos da Covid ocupados; já em Ilhéus tem 72% dos leitos.

//

A documentação necessária é a carteira de identidade, CPF ou cartão do SUS e comprovante de residência. Para quem tem comorbidade também é necessário apresentar o relatório médico atualizado (6 meses) com CID

Leia em: 4 minutos

A Secretaria de Saúde de Itabuna divulgou calendário de vacinação contra Influenza e Covid-19 que contempla a semana dos dias 2ª feira (7.junho) a 6ª feira (11.junho), das 8 às 11 horas, prossegue a vacinação contra Influenza nas Unidades Básicas e de Saúde da Família, para os grupos prioritários.

Serão vacinados idosos acima de 60 anos, professores, profissionais de saúde da rede pública ou privada, criança de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes e puérperas. Aos profissionais é necessária a apresentação da carteira profissional ou crachá.

No período vespertino, continua a aplicação da primeira dose Oxford/Astrazenica contra a Covid-19. O horário será das 13 às 16 horas, nas Unidades de Básicas e de Saúde da Família.

Nesta 2ª feira (7.junho), serão vacinadas as pessoas com idade de 50 a 57 anos, nascidas entre janeiro a março. E ainda, pessoas a partir de 18 anos com comorbidades.

Nesta 3ª feira (8.junho), receberão a primeira dose pessoas com idade de 50 a 57 anos, nascidas entre abril a junho. E também, pessoas com idade a partir de 18 anos com comorbidades.

Nesta 4ª feira (9.junho), serão vacinadas pessoas com idade de 50 a 57 anos, nascidas entre julho a setembro. Também serão vacinadas pessoas com comorbidades a partir de 18 anos.

Nesta 5ª feira (10.junho), serão imunizadas com a primeira dose as pessoas com idade de 50 a 57 anos, nascidas entre outubro a dezembro. E também, aqueles que têm comorbidade a partir dos 18 anos de idade.

Nesta 6ª feira (11.junho), fica reservada para pessoas com idade de 50 a 57 anos, com nascimento de janeiro a dezembro, que não buscaram uma das unidades para receber o imunizante no dia programado pela Rede de Frio. E também, pessoas a partir de 18 anos com comorbidades.

LACTANTES
Vale ressaltar que no cronograma semanal da vacinação contra Covid-19, também no período vespertino das 13 às 16h nas unidades básicas de saúde e também nas unidades de saúde da família, estão inclusas as lactantes a partir de 60 dias após o parto e até 12 meses da criança. É necessário levar o RG, CPF, Cartão do SUS, comprovante de residência e certidão de nascimento da criança.

SEGUNDA DOSE OXFORD E INFLUENZA
6ª feira (11.junho) receberão a segunda dose contra Covid-19 Oxford-Astrazenica, e também a aplicação da vacina contra a Influenza, os trabalhadores da saúde dos hospitais de Base Luís Eduardo Magalhães (HBLEM), Manoel Novaes (HMN) e Calixto Midlej Filho (HCMF). A aplicação será das 8h30min às 14h30min na UniFTC.

Os profissionais de saúde dessas unidades hospitalares terão que apresentar o documento de identidade, CPF, cartão do SUS, cartão de vacina com registro da 1ª dose.

REPESCAGEM 2ª DOSE CORONAVAC e OXFORD
2ª feira (7.junho) das 8h30min às 12h e das 13h30min às 15h30min receberão a aplicação da segunda dose Coronavac e Oxford-Astrazenica aqueles que já receberam a primeira aplicação destes imunizantes. Estão inclusos neste momento, as pessoas com Síndrome de Down, trabalhadores da saúde que receberam a primeira dose em 05/03, indivíduos de grupos prioritários que utilizaram a primeira dose da lista da xepa.

O local de aplicação será na Rede de Frio, fundos do Centro de Saúde José Maria de Magalhães Neto, antigo Sesp, no centro da cidade. É necessário levar o RG, cartão do SUS, CPF, cartão de vacinação e comprovante de residência.

EDUCAÇÃO
No decorrer desta semana, terá seguimento a vacinação da primeira dose contra Covid-19, com a vacina Oxford-Astrazenica dos trabalhadores da educação.

3ª feira (8.junho) serão contemplados os profissionais da educação com idade de 18 a 29 anos das redes municipal e estadual, além dos servidores da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), no horário das 8h30min às 14 horas no IMEAM.

Os trabalhadores da educação terão que apresentar a carteira de identidade, CPF ou cartão do SUS, comprovante de residência, cópia do contracheque impresso ou fotocópia do registro de trabalho na carteira profissional.

SERVIÇOS DE SAÚDE
5ª feira (10.junho) a vacinação da primeira dose contra Covid-19, com o imunizante Oxford-Astrazenica, será destinada aos trabalhadores da saúde que enviaram e-mail para a Rede de Frio do dia 26/03 a 07/06.

Neste dia, também será aplicada a vacina nos atendentes de farmácia e de recepção de clínicas/consultórios, trabalhadores de serviços gerais de clínicas/consultórios e acadêmicos de cursos da área da saúde que estejam exercendo prática, estágio ou internato. O horário será das 8h30min às 14h30min na USEMI.

Todos desse grupo terão que levar a Carteira de Identidade, CPF ou cartão do SUS, contracheque impresso ou fotocopia do registro trabalhista da CTPS, cópia do e-mail enviado (para os trabalhadores da saúde) e comprovante de matrícula do semestre (para os acadêmicos).

IMPRENSA
Nesta semana tem inicio a vacinação com primeira dose Oxford-Astrazenica contra Covid-19 dos profissionais da imprensa com idade a partir de 40 anos e que estejam atuando em atividades externas, ambientes confinados, tais como redações e estúdios.

A aplicação será na 4ª feira (9.junho) das 8h30min às 14h30min na área interna da Rede de Frio, no Centro de Saúde José Maria de Magalhãe Neto, antigo Sesp, no centro da cidade. A documentação exigida é o RG, CPF, Cartão do SUS, Registro Profissional ou carta da empresa onde trabalha atestando os requisitos acima.

//

Todos os públicos devem estar munidos de documentos como RG, CPF, Cartão do SUS, comprovante de residência e Cartão de Vacina, deve levar a xerox da certidão de nascimento da criança

Leia em: 3 minutos

Com a disponibilização de novas doses, a Secretaria de Saúde de Ilhéus, divulgou o cronograma de vacina contra à Covid-19. Públicos como lactantes a partir de 30 anos, profissionais da Educação básica tanto do Município, quanto do Estado e da rede privada a partir de 30 anos, pessoas com mais de 50 anos, rodoviários e taxistas a partir de 30 anos, serão contemplados com a estratégia de imunização.

LACTANTES
De acordo com a Secretaria, e o plano nacional de vacinação, serão imunizadas as lactantes a partir de 30 anos, que amamentam crianças de 2 meses a 12 meses de vida, a partir de de hoje 2ª feira (7.junho), até enquanto durarem as doses da vacina nas unidades de saúde.

SEGUNDAS DOSES
De 2ª feira (7.junho), a 6ª feira (11.junho), estarão sendo ofertadas as segundas doses para o público vacinado com a primeira dose, tanto da vacina de Oxford quanto da Coronavac, de 8h às 12h, e das 12h às 15h, no Centro Municipal de Atendimento Especializado (CMAE), antigo Colégio Fênix, que fica na Avenida Canavieiras.

PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO
Os profissionais da Educação Básica Municipal e Estadual a partir de 30 anos, terão a chance de receber a vacina especificamente hoje 2ª feira (7.junho), na Escola Municipal Heitor Dias (Avenida Canavieiras), das 8h às 14h. Já os profissionais da Educação Básica da rede privada a partir de 30 anos, serão imunizados especificamente também nesta próxima segunda-feira, na Cruzada do Bem Pelo Bem, das 8h às 14h, que fica na Rua Teodoro Sampaio, Boa Vista (próximo ao Ginásio de Esportes Herval Soledade).

A PARTIR DE 50 ANOS
As pessoas a partir de 50 anos serão vacinadas na 3ª feira (8.junho), das 8h às 14h, por meio nos pontos das unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e drive-thrus, montados na Avenida Soares Lopes, próximo ao Centro de Convenções, e na Praça São João Batista, no Pontal.

RODOVIÁRIOS E TAXISTAS
Já os rodoviários e taxistas, ambos a partir de 30 anos, serão imunizados na 4ª feira (9.junho), nas respectivas sedes de seus sindicatos, das 8h às 14h.

CONFIRA DATAS E LOCAIS ESPECÍFICOS:

Público I: Lactantes a partir de 30 anos, que amamentam crianças de 2 meses a 12 meses de vida
Data: 07 de junho de 2021, segunda-feira.
Local: Unidades de Saúde como PSF Conquista; UBS Joaquim Sampaio; UBS Euler Ázaro; UBS Banco da Vitória; UBS Posto Sarah Kubitscheck; PSF Nelson Costa; UBS Hernani Sá; PSF Nossa Senhora da Vitoria; PSF Ilhéus II; e UBS Olivença.

Público II: Segunda Dose (Oxford ou Coronavac)
Data: Segunda-feira a sexta-feira, de 7 a 11 de junho de 2021.
Horário: 8h às 12h, 12h às 15h
Local: Centro Municipal de Atendimento Especializado (CMAE), antigo Colégio Fênix, Avenida Canavieiras.

Público III: Profissionais da Educação Básica Municipal e Estadual a partir de 30 anos
Data: 7 de junho de 2021, segunda-feira.
Local: Escola Municipal Heitor Dias (Avenida Canavieiras)
Horário: 8h às 14h.

Público IV: Profissionais da Educação Básica da rede privada a partir de 30 anos
Data: 7 de junho de 2021, segunda-feira.
Local: Cruzada do Bem Pelo Bem, Rua Teodoro Sampaio, Boa Vista (próximo ao Ginásio de Esportes Herval Soledade).
Horário: 8h às 14h.

Público V: Pessoas a partir de 50 anos
Data: 8 de junho de 2021, terça-feira.
Horário: 8h às 14h
Locais: Unidades do CRAS e Drive Thrus (Avenida Soares Lopes, próximo ao Centro de Convenções, e na Praça São João Batista, no Pontal).

Público VI: Rodoviários e taxistas, ambos a partir de 30 anos
Data: 9 de junho de 2021, quarta-feira.
Horário: 8h às 14h
Locais: Sede dos sindicatos

//

O Instituto Butantan iniciou as obras para a construção de uma nova fábrica de soros com linha de produção completa, na qual será possível elaborar inclusive soros em pó

Leia em: < 1 minuto

O Instituto Butantan iniciou as obras para a construção de uma nova fábrica de soros com linha de produção completa, na qual será possível elaborar inclusive soros em pó, e para a edificação do Museu da Vacina, novo espaço voltado à divulgação científica.

O Centro Avançado de Produção de Soros terá 6,6 mil metros quadrados e cinco pavimentos, e deve ficar pronto em 2023. Quando entrar em operação, a fábrica absorverá, em uma única planta, a produção de todos os 12 tipos de soros que o instituto produz, e fornece ao Ministério da Saúde, contra toxinas de animais peçonhentos e micro-organismos.

Com investimentos de R$ 34,5 milhões, a fábrica contemplará desde o processamento do plasma até o envasamento dos frascos e terá um liofilizador. O aparelho vai permitir que os produtos líquidos do Butantan sejam desidratados e transformados em pó, mantendo as propriedades neutralizantes mesmo sem refrigeração. “Isso fará com que os soros estejam mais acessíveis, principalmente em regiões inóspitas onde os acidentes com animais peçonhentos são muito comuns”, explica a gerente do Núcleo de Produção de Soros, Fan Hui Wen.

Os soros são produzidos a partir da inoculação dos antígenos do veneno, toxina ou vírus em cavalos, o que resulta na produção de anticorpos hiperimunes. O plasma onde estão esses anticorpos é coletado e submetido a processamento industrial, utilizando métodos físico-químicos, purificado, formulado e envasado.

//

Leia em: 2 minutos

O Ministério Público estadual ajuizou ontem, dia 1º, ação civil pública contra o Município e a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus, mantenedora da maternidade Santa Helena, para que retomem, imediatamente, o serviço de pediatria e neonatologia da unidade hospitalar até, pelo menos, a inauguração do Hospital de Referência Materno-Infantil da cidade, prevista para o fim deste mês. Segundo o promotor de Justiça Pedro Nogueira Coelho, um impasse quanto à destinação de verbas para pagamentos dos profissionais da maternidade levou à interrupção do serviço, a ponto de duas gestantes não terem sido atendidas nesta terça-feira em razão da falta de médicos.

Na ação, é solicitado à Justiça que determine, em decisão liminar, a retomada imediata do serviço, “com corpo clínico adequado, composto de ao menos um pediatra, um obstetra e um anestesista”, com envio à Justiça da escala de plantão no prazo de 72 horas. “Indubitável que a interrupção das atividades por parte dos médicos da maternidade, antes da inauguração do novo hospital, coloca sob risco de grave lesão a saúde pública, gerando inaceitável desassistência às parturientes e nascituros”, afirmou o promotor.

Segundo o documento, a Santa Casa alega que o atraso das verbas federais pelo Município tem impossibilitado o pagamento dos médicos. Já o Município, registra o promotor, nega ter pendências financeiras com a instituição e argumenta que houve redução dos valores dos repasses em razão da queda da produção da unidade hospitalar, o que teria gerado a redução do valor dos repasses efetuados. Pedro Nogueira destaca que uma solução judicial é urgente para não “impor às parturientes locais que aguardem por ainda mais tempo a boa vontade do Município de Ilhéus e da Santa Casa de Misericórdia na solução do impasse”.

Notícias mais lidas

Outros assuntos