//

Leia em: 2 minutos

A Secretaria Municipal de Saúde prossegue a vacinação para a vacinação do Covid-19, também no período matutino e vespertino, acontece a vacinação da primeira dose contra o Covid-19. De 2ª feira (27.setembro) a 6ª feira (1.outubro), a vacinação será destinada aos adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades, primeira dose.

A partir de hoje serão incluídos os adolescentes sem comorbidades, com idade a partir de 13 anos gradativa e escalonada por idade.

A documentação necessária é a Carteira de Identidade (RG), CPF ou cartão do SUS e comprovante de residência no nome dos pais. Para os que tem comorbidades, acrescentar o relatório médico atualizado (últimos seis meses).

Os adolescentes de 12 a 17 anos deverão estar acompanhados por um responsável maior de 18 anos. Vale frisar que os postos funcionam até às 16 h, mas as ampolas com as doses de vacina serão abertas apenas até às 15hs devido à validade.

Outro grupo incluído no cronograma desta semana são as gestantes e puérperas a partir de 12 anos. A documentação é o RG, CPF ou cartão do SUS, comprovante de residência e relatório médico atestando a gravidez ou fotocópia da ultrassom e cartão pré-natal (assinado e carimbado pelo médico ou enfermeiro); fotocópia da certidão de nascimento da criança.

A partir desta semana, nas terças-feiras e quintas-feiras, semanalmente, será a repescagem da primeira dose contra o Covid-19 de pessoas com idade maior que 18 anos nas Unidades Básicas e de Saúde da Família. A documentação é o RG, CPF ou cartão do SUS e comprovante de residência nominal.

Prefeito Augusto Castro e a primeira-dama Andrea Castro

Leia em: 2 minutos

Ao participar das festividades em comemoração aos 23 anos do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, o prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD) anunciou obras de requalificação, modernização e a consequente melhoria da qualidade dos serviços prestados na unidade hospitalar da Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (FASI). “Vamos investir na modernização. Com recursos próprios, vamos fazer com que o Hospital de Base seja o maior hospital ‘portas abertas’ de todo o interior da Bahia”, anunciou o prefeito.

Augusto aproveitou para lembrar a responsabilidade de Itabuna por ser um polo regional de saúde. “Esse hospital é um orgulho para a Bahia, porque tem uma estrutura que é financiada 100% pelo município. Por isso, a nossa responsabilidade é muito grande”.

“O Cemepi, por exemplo, com o apoio da Prefeitura de Itabuna, será reinaugurado em dezembro. O Hospital de Base recebeu um moderno arco-cirúrgico, adquirimos um equipamento de ponta para ressonância magnética, de modo a atender de forma satisfatória a demanda, além do retorno e ampliação dos procedimentos de cirurgias eletivas”, afirmou o prefeito.

Acompanhe o Pauta Blog pelo Instagram e/ou mande-nos uma mensagem pelo WhatsApp: (73) 8869-7877.

//

A Bahia tem ao todo 72 casos da variante, com dois óbitos

Leia em: 2 minutos

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia divulgou hoje (25.setembro), a detecção por meio de sequenciamento genético de mais 58 amostras da variante Delta da Covid-19, no estado. Com estes novos registros, a Bahia tem ao todo 72 casos da variante, com dois óbitos.

Estes novos casos foram identificados em pacientes residentes nos municípios de Aporá, Baixa Grande, Barrocas, Bonito, Brumado, Camaçari, Canavieiras, Cícero Dantas, Coribe, Entre Rios, Feira de Santana, Ilhéus, Itabuna, Lauro de Freitas, Maracás e Nilo Peçanha. , Maraú, Medeiros Neto, Muritiba, Nova Fátima, Pé de Serra, Prado, Riachão do Jacuípe, Salvador, São Gonçalo dos Campos, Simões Filho, Teixeira de Freitas e Vereda.

Anteriormente, 14 casos com a variante Delta foram notificados em residentes dos municípios de Conceição do Almeida, Feira de Santana, Medeiros Neto, Prado, Salvador, Sapeaçu, Senhor do Bonfim, Vereda, Vitória da Conquista,, além de um tripulante de um navio ancorado em Salvador.

A secretária estadual da Saúde em exercício, Tereza Paim, ressalta que “É importante que as pessoas busquem as unidades de saúde para se vacinarem contra a doença, incluindo também a dose de reforço. O esquema completo de vacinação dá uma maior garantia de defesa contra a Covid-19”, ressalta.

Reconhecido como a 3ª maior unidade de vigilância laboratorial do país e classificado na categoria máxima de qualidade pelo Ministério da Saúde, o Laboratório analisou amostras de mais de 200 municípios dos nove Núcleos Regionais de Saúde. O Laboratório já realizou cerca de 700 exames de sequenciamento genético do vírus da Covid-19.

//

Governador alerta que pandemia ainda não acabou e cuidados precisam ser mantidos

Leia em: < 1 minuto

O governador do estado, Rui Costa (PT), disse estar preocupado com a volta dos casos ativos da Covid-19 na Bahia. Segundo Rui, em menos de uma semana, foram constatados 700 novos casos ativos de coronavírus e esse não é um bom sinal.

Em publicação nas redes sociais, o petista defendeu, mais uma vez, o avanço da vacinação contra a doença: ‘’Estou preocupado porque, em uma semana, constatamos o aumento de 700 casos ativos de #coronavírus na Bahia. Isso não é um bom sinal. Não quero desanimar ninguém, mas o vírus ainda não foi embora. Precisamos acelerar a vacinação e continuar com a prevenção, usando máscaras’’.

De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), a Bahia tem 9.698.519 vacinados contra o coronavírus com a primeira dose ou a dose única, o que equivale a 76,67% da população com 12 anos ou mais, estimada em 12.732.254.

//

Aulas presenciais do 8º e 9º anos, além da 1º e 2º séries, foram suspensas temporariamente

Leia em: < 1 minuto

O Colégio Vitória de Ilhéus, suspendeu as aulas presenciais pelos próximos dez dias depois que uma das professoras foi diagnosticada com a Covid-19. As aulas do 8º e 9º anos, além da 1º e 2º séries, foram interrompidas preventivamente para que outras pessoas não fossem contaminadas pelo vírus.

Por meio de comunidade, a escola informou que é imprescindível que os estudantes que participaram de aulas com a professora realizem testes para detecção do vírus.

O Colégio Vitória tem duas unidades funcionando no município. A primeira fica na Avenida Tancredo Neves, rodovia Ilhéus/Olivença, e a segunda fica na Avenida Crispim Jorge Dias Carilo, no bairro da Conquista.

//

Dados foram apresentados em pesquisa realizada pela USP e Instituto Adolfo Lutz

Leia em: < 1 minuto

De acordo com informações da Agência Brasil, 95,2% dos casos da Covid-19 na cidade de São Paulos são causados pela variante Delta. O estudo foi feito pelo Instituto de Medicina Tropical da USP e pelo Instituto Adolfo Lutz.

A análise foi feita a partir do sequenciamento do vírus em novos casos durante a última semana, quando foram detectados 573 infectados com a variante delta. Desde julho, quando a variante começou a circular na cidade, já foram identificados 2.494 casos.

Já foram aplicadas 16,9 mil doses de vacinas contra o novo coronavírus na cidade, o que garantiu imunização completa (com duas doses ou dose única) para 71,4% da população com mais de 18 anos.

//

Leia em: < 1 minuto

A Sesab (Secretaria da Saúde do Estado) distribui hoje, 3ª feira (21.setembro), mais 625.100 doses de imunizantes dos fabricantes Pfizer/BioNtech, Oxford/ AstraZeneca e Janssen.

Os lotes contendo 168.000 doses de AstraZeneca e 800 doses de Janssen chegaram ontem (20), em Salvador. No domingo (19), foi recebida uma remessa do imunizante da Pfizer, com mais 456.300 doses.

Com estas novas cargas, a Bahia chegará ao total de 18.856.608 doses de vacinas recebidas, sendo 6.793.918 da Sinovac/Coronavac; 7.014.830 da Oxford/AstraZeneca; 4.785.960 da Pfizer e 261.900 da Janssen.

📷 Foto de Mateus Pereira/GOVBA

//

Hospital de Campanha dotado de equipamentos de alta tecnologia // Fotos de Pedro Augusto

Leia em: 2 minutos

Seis meses depois de atender mais de 400 pacientes acometidos por complicações do Covid-19, o Hospital de Campanha de Itabuna será fechado pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde. A decisão tem como parâmetro os baixos índices de ocupação de leitos UTI Covid.

A unidade que conta com 40 leitos, sendo 20 clínicos e 20 para Unidades de Terapia Intensiva (UTI), terá seus leitos desmobilizados em razão do progresso da vacinação e da melhora nos casos graves do novo coronavírus no município. Também, pelo fim do contrato com a empresa.

O Hospital de Campanha de Itabuna (HCI) foi inaugurado em 29 de março pelo prefeito Augusto Castro (PSD) quando a cidade vivia uma situação grave com relação ao Covid-19, iniciado com a segunda onda de casos.

Diretor-médico do Hospital de Campanha, Eric Ettinger Junior

Naquele período, as ocupações de leitos UTI  variavam de 70% a 100% de ocupação no Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (HBLEM) e no Hospital Calixto Midlej Filho (HCMF), acumulando filas de espera por uma vaga de leito. Nestes seis meses, 257 pacientes foram internados na enfermaria e 176 nos leitos de UTI.

Nos últimos 20 dias, o Censo de ocupação dos leitos UTI Covid-19 em Itabuna aponta uma média de 36% a 20% em todas as unidades. Deste percentual, apenas quatro ocupações são no Hospital de Campanha. Além disso, os custos com a manutenção da estrutura chegaram a R$ 400 mil mensais, a locação de equipamentos em torno de R$ 390 mil, enquanto  a gestão da unidade demandou investimentos de R$ 1,4 milhão.

Atualmente, Itabuna ainda conta com 28 leitos (8 enfermarias e 20 UTI) no HBLEM, 22 leitos (16 enfermarias e 6 UTI) no HCMF, duas Unidades de Referência para Pacientes com Síndromes Respiratórias Agudas (gripários) em Nova Ferradas e no antigo FSesp no Centro,  e uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA -24 Horas), no Monte Cristo, com capacidade para atender pacientes com sintomas do Covid-19 ou com síndrome respiratória aguda grave.

//

Leia em: < 1 minuto

A data de retorno de presença das torcidas nos estádios da Bahia ainda não está definida.

Nesta 2ª feira (20.setembro), o governador Rui Costa (PT) disse que segue monitorando a situação da pandemia da covid-19 no estado para tomar uma decisão.

Também destacou que, apesar de comemorar a queda dos números, é momento de ficar alerta porque os índices seguem estáveis por cerca de 15 dias.

//

Bahia já registrou 14 casos da variante Delta

Leia em: < 1 minuto

A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) confirmou, nesta 2ª feira (20.setembro), mais um óbito causado por infecção pela variante Delta no Estado.

Segundo o Laboratório Central (Lacen), o paciente era um homem de 45 anos de idade da cidade de Senhor do Bonfim.

A vítima, segundo a Secretaria, já havia tomado, ao menos, a primeira dose do imunizante contra a doença, mas foi infectada e não resistiu à evolução dos sintomas. Esse já é o segundo óbito causado pela variante na Bahia já que o primeiro foi registrado na capital no mês de agosto.

Atualmente, a Bahia tem 14 casos da variante Delta, o que preocupa as autoridades médicas já que essa mutação do vírus é mais agressiva e pode levar à morte mais facilmente. Mesmo assim, ainda de acordo com a SESAB, os casos da variante proveniente de Manaus ainda são responsáveis por 80% das infecções causadas pelo vírus.

Notícias mais lidas

Outros assuntos