//

Leia em: < 1 minuto

O Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães informa que estão temporariamente suspensas todas as visitas sociais aos pacientes internados na instituição.

A medida passou a valer desta 3ª feira (29.novembro), diante do aumento do número de casos de Covid-19 que vem sendo registrado em todo o Brasil nos últimos dias. O objetivo é conter a disseminação do coronavírus no ambiente hospitalar.

Estão liberados apenas acompanhantes para casos previstos em lei: pacientes internados nas UTIs, pacientes idosos, pacientes com deficiência física e comprometimento psíquico. Os acompanhantes devem apresentar cartão de vacina com no mínimo duas doses, conforme o Decreto nº 21.744, de 28 de novembro de 2022, do Governo do Estado da Bahia. O uso de máscaras de proteção dentro da unidade hospitalar permanece obrigatório.

//

As medidas contidas no decreto visam reduzir o avanço da Covid-19 no estado

Leia em: < 1 minuto

O uso de máscaras voltará a ser obrigatório em transportes públicos, tais como trens, metrô, ônibus, lanchas e ferry boat, e seus respectivos locais de acesso como estações de embarque; em salões de beleza e centros de estética; em bares, restaurantes, lanchonetes e demais estabelecimentos similares; em templos para atos religiosos litúrgicos; em escolas e universidades; em ambientes fechados, tais como teatros, cinemas, museus, parques de exposições e espaços congêneres. A medida vale partir desta 3ª feira (29.novembro) em toda a Bahia.

Continua a obrigatoriedade do uso de máscaras em hospitais e demais unidades de saúde, como clínicas, Unidades de Pronto Atendimentos e farmácias. Ainda como decisão, fica suspensa a visitação social aos hospitais e demais unidades de saúde.

Outra medida que volta a vigorar é a exigência de comprovação de vacinação, mediante apresentação do documento fornecido no momento da imunização ou do Certificado Covid, obtido através do aplicativo “CONECT SUS”, em eventos com venda de ingresso e nos demais com presença de público que contem com controle de acesso. A necessidade da demonstração de vacinação é válida também para o acesso a quaisquer prédios públicos, nos quais se situem órgãos, entidades e unidades administrativas.

Os atendimentos presenciais no Detran (Departamento Estadual de Trânsito) e no Sac (Serviço de Atendimento ao Cidadão) ficam condicionados à comprovação da vacinação e à obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção.

//

Sesab alerta sobre importância de completar esquema vacinal contra a doença

Leia em: < 1 minuto

O Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia) detectou a linhagem BQ.1 da Ômicron em amostras de SARS-CoV-2 de pessoas moradoras da Bahia em uma nova rodada de sequenciamento genético. Das 128 amostras coletadas em outubro e novembro, 32% são correspondentes à nova variante.

As identificações da linhagem BQ.1 foram em materiais provenientes dos municípios de Salvador, Candeias, Conceição do Coité, Dias D’Ávila, Euclides da Cunha, Ilhéus, Lauro de Freitas, Mairi, Porto Seguro, Ruy Barbosa, São Sebastião do Passé e Simões Filho.

A Sesab (Secretaria de Saúde do Estado da Bahia) alerta que esse é um cenário em que a população deve ter mais atenção e completar o esquema vacinal contra a doença. Até o momento, cerca de 7,8 milhões de baianos estão com a vacinação pendente e cerca de 1 milhão de pessoas sequer tomaram a primeira dose.

//

Antiga sede do Samu funciona das 8h às 14h para detecção da doença

Leia em: < 1 minuto

Após o aumento dos casos de Covid-19, a secretaria de Saúde de Itabuna decidiu retomar as testagens para detecção da doença no município. De acordo com o último boletim epidemiológico, a cidade tem, atualmente, 79 casos ativos.

A antiga sede do Samu, localizada na Avenida Nações Unidas, centro da cidade, vai funcionar como ponto de testagens para adultos e crianças das 8h às 14h. Nesse sentido, quem estiver com sintomas suspeitos deve se dirigir até esse ponto portando documento oficial com foto e cartão do SUS para ser testado e receber as orientações adequadas.

UPA NO MONTE CRISTO
Em relação à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) localizada no Bairro Monte Cristo, os atendimentos seguem sendo realizados para pessoas que apresentem sintomas gripais e precisem de auxílio médico. Nesses casos, a UPA também pode realizar testagem para confirmação do diagnóstico ou não da infecção pelo coronavírus.

A secretaria orienta, ainda, que a população adote os cuidados como o uso de máscaras de proteção em ambientais com aglomeração e unidades de saúde. É preciso, também, higienizar as mãos com frequência, manter o distanciamento social e, claro, tomar o imunizante e completar o esquema vacinal.

Medida passa a valer a partir da próxima sexta-feira, dia 25

Leia em: < 1 minuto

Após uma reunião realizada ontem (22.novembro), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decidiu retomar a obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção facial contra a Covid-19 em aeroportos e aviões. A medida passa a valer a partir da próxima sexta-feira (25.novembro).

A decisão foi adotada apor causa do atual cenário epidemiológico da doença no país, que aponta crescimentos dos casos da doença e surgimento de uma nova cepa da variante Ômicron. Além disso, a proximidade das festas de final de ano e férias escolares também foram colocadas como condicionantes pelo diretor da Anvisa.

Segundo a Anvisa, a obrigação do uso de máscaras vai ser dispensada no caso de pessoas com transtorno do espectro autista, com deficiência intelectual, com deficiências sensoriais ou com quaisquer outras deficiências que as impeçam de fazer o uso adequado de máscara de proteção facial, assim como no caso de crianças com menos de três anos de idade.

Itabuna começa a vacinação de crianças de seis meses a 3 anos // Foto de Divulgação/Ministério da Saúde

Leia em: < 1 minuto

Seguindo orientações do Ministério da Saúde e da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia, a partir desta 4ª feira (23.novembro), a Secretaria Municipal de Saúde iniciará a aplicação da primeira dose da vacina contra o Covid-19 em crianças com idade a partir de 6 meses a menores de 3 anos (2 anos, 11 meses e 29 dias). A vacina Pfizer Baby será aplicada inicialmente nas crianças com comorbidades.

O imunizante será administrado em duas doses em um intervalo de 30 dias. Já para a terceira dose, será necessário um intervalo de 60 dias para completar o esquema vacinal. A primeira dose será aplicada a partir de amanhã, 23, em ação especial para a vacinação infantil no pátio da Rede de Frio, anexo ao antigo Sesp, das 10 às 14h.

Neste primeiro momento, crianças portadoras de comorbidades serão acolhidas prioritariamente. Concluído este público, depois as vacinas serão disponibilizadas também para as demais crianças sem comorbidades nas Unidades Básicas e de Saúde da Família.

COMORBIDADES
São consideradas comorbidades doenças como Diabetes mellitus, Pneumopatias crônicas graves, Hipertensão Arterial Resistente, Hipertensão arterial estágio 3, Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo, Doenças cardiovasculares, Doenças neurológicas crônicas Doença cerebrovascular.

Ainda, Doença renal crônica, Imunocomprometidos, Hemoglobinopatias graves (Doença falciforme e talassemia), Obesidade mórbida, Síndrome de Down e Cirrose hepática.

Sesab está monitorando número de casos, mas situação é considerada estável

Leia em: < 1 minuto

Nesta 5ª feira (17.novembro), o governador do Estado, Rui Costa (PT), recomendou a utilização de máscaras de proteção facial contra a Covid-19 em locais fechados. A recomendação aconteceu por causa do aumento de casos da doença causados pelo surgimento de uma subvariante da Ômicron.

Apesar da recomendação, Rui descartou a possibilidade de voltar a ser obrigatório o uso do equipamento de proteção e disse, também, que a Sesab (Secretaria de Saúde do Estado) segue monitorando a situação. Além disso, o chefe do Executivo estadual comentou sobre a importância de completar o esquema vacinal e ficar protegido contra o coronavírus.

//

Surgimento de nova variante do coronavírus tem preocupado autoridades em Saúde

Leia em: < 1 minuto

Ontem (13.novembro), a secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde voltou a recomendar a utilização de máscaras faciais de proteção contra a Covid-19. A decisão foi tomada por causa do aumento de casos da doença, principalmente pela circulação da variante BQ.1.

A recomendação acontece, principalmente, para pessoas com fatores de risco para complicações da Covid-19, em especial imunossuprimidos, idosos, gestantes e pessoas com múltiplas comorbidades. Além disso, pessoas que tiveram contato com infectados e indivíduos em situações de maior risco de contaminação, como em locais fechados e mal ventilados, locais com aglomeração e serviços de saúde.

O Ministério da Saúde ressalta, ainda, a importância de completar o esquema vacinal com todas as doses de reforço necessárias e disponíveis para os públicos, lavagem das mãos com álcool 70% e água e sabão.

//

Amazonas, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo registram aumento de casos de Covid-19

Leia em: < 1 minuto

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) emitiu hoje (10.novembro) um comunicado que fala sobre o aumento de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) provocados pela Covid-19. No relatório, a Fiocruz aponta que os estados do Amazonas, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo estão entre os que mais registraram casos entre a população adulta.

Os dados chamam a atenção sobre a disseminação rápida da doença e apontam que, nas próximas semanas, a atualização dos números deve apontar um panorama mais concreto sobre o cenário da pandemia. De acordo com os pesquisadores, ainda é cedo para dizer que o aumentos dos casos está diretamente ligado ao surgimento de novas cepas do coronavírus.

//

Paciente tinha 72 anos de idade e várias comorbidades

Leia em: < 1 minuto

Uma mulher de 72 anos de idade morreu em São Paulo no dia 17 de outubro vítima da nova variante da Covid-19. De acordo com informações da secretaria de Saúde do estado, a paciente tinha várias comorbidades e ficou internada durante 7 dias até que foi a óbito.

Além dessa morte, a secretaria está monitorando o caso de um homem de 61 anos de idade que está infectado com a nova cepa da doença. O paciente cumpriu o isolamento necessário e evoluiu bem, mas continua sendo acompanhado.

Notícias mais lidas

Outros assuntos