Leia em: < 1 minuto

O ex-presidente Lula (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (PL) vão disputar o 2º turno das Eleições Presidenciais. Algumas pesquisas chegaram a divulgar que o petista tinha chances de vencer ainda no 1º turno, mas a diferença entre ele e Bolsonaro foi muito apertada e a dupla vai se enfrentar no próximo mês.

Inicialmente, Bolsonaro liderou a corrida presidencial, mas, quando as urnas da região Nordeste começaram a ser apuradas, Lula virou o jogo e saiu em primeiro lugar. Agora, começam as costuras para saber quem vai apoiar quem no 2º turno nessa briga entre direita e esquerda. Mais uma vez, o país está dividido!

A denúncia foi apresentada por Tauã Fernandes (à direta); Funcionários da clínica de Dr Mangabeira estavam distribuindo materiais de campanha para pacientes na recepção

Leia em: < 1 minuto

O médico e candidato a deputado federal, Dr Mangabeira (PL), foi punido pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) por propaganda eleitoral irregular. A denúncia foi apresentada ao TRE pelo também candidato a deputado federal, Tauã Fernandes (PT).

De acordo com o denunciante, funcionários da clínica de Dr Mangabeira estariam distribuindo santinhos e pedindo votos para o candidato na recepção do estabelecimento. Nas redes sociais, Tauã divulgou imagens que mostram uma mulher entregando folhetos do médico para os pacientes que aguardavam atendimento.

Na decisão, a Justiça Eleitoral diz que, em caso de descumprimento da decisão, vai ser aplicada multa diária no valor de R$ 1.000,00 ao candidato.

LEIA TAMBÉM NO PAUTA BLOG ⤵️

Geraldo Simões, Manoel Porfírio e Israel Cardoso, ACM Neto, Kátia Bacelar, Erasmo Ávila, Marcone Amaral, Almir Melo Júnior, Danilo da Nova Itabuna, Pancadinha, Capitão Azevedo, Guinho e Ricardo Xavier, Dr. Mangabeira

ACM Neto lidera em todos os cenários com grande vantagem em relação a Jerônimo Rodrigues

Leia em: < 1 minuto

Em novo levantamento realizado pelo instituto Paraná Pesquisas, o candidato a governador, ACM Neto (União Brasil), aparece na liderança absoluta para vencer as eleições ainda no primeiro turno. A pesquisa divulgada hoje (19.setembro) pelo Bahia Notícias aponta que o ex-prefeito de Salvador tem 51,2% da preferência do eleitorado.

O resultado de ACM Neto é o dobro em relação ao segundo colocado, Jerônimo Rodrigues (PT), que aparece com 24,5%, seguido de João Roma (PL) com 10,4%. Os demais postulantes, somados, têm 2,5%.

Levando em consideração apenas os votos válidos, a vantagem de Neto é ainda maior. Neste cenário, o candidato do União Brasil chega a, aproximadamente, 58% das intenções de voto enquanto o ex-secretário da Educação do estado aparece com 27,7%.

No cenário espontâneo, quando não são apresentados os nomes dos candidatos, a pesquisa mostra que ACM Neto mantém o dobro de vantagem sobre o candidato do PT. O ex-prefeito de Salvador aparece com 31,5% contra 14% de Jerônimo.

A pesquisa ouviu 1540 eleitores em 70 municípios baianos entre os dias 14 e 18 de setembro de 2022. O levantamento tem margem de erro de 2,5% e um intervalo de confiança de 95%. A pesquisa está registrada na Justiça Eleitoral com o número BA-02288/2022.

Candidato a governador, João Roma confirmou agenda política de Bolsonaro na Bahia

Leia em: < 1 minuto

O candidato a governador da Bahia, João Roma (PL), confirmou que o presidente Jair Bolsonaro (PL) vai estar em Vitória da Conquista no próximo sábado (27.agosto). A vinda do chefe do Executivo nacional faz parte das atividades de campanha na tentativa de conquistar a reeleição.

Durante entrevista à Rádio Povo FM, com sede em Jequié, Roma convidou a população para prestigiar a passagem do presidente pelo estado: “Aproveito a oportunidade para convidar a todos que possam para, no próximo sábado pela manhã, lá em Vitória da Conquista, receber o nosso presidente Bolsonaro e fazer um bonito evento para cada vez mais colocarmos a Bahia de mãos dadas com o Brasil”.

Deputado Jonga Bacelar discute cara a cara com agente da Transalvador

Leia em: 2 minutos

Na tarde de hoje (10.agosto), o site Política Livre teve acesso a um vídeo que mostra o deputado federal Jonga Bacelar (PL) se envolvendo em uma verdadeira confusão no aeroporto de Salvador. No registro, é possível ver o parlamentar discutindo com os agentes da Transalvador e, em determinado momento, tomando o celular de um deles para que o funcionário não filmasse a discussão.

Clique aqui e assista ao vídeo!

Jonga toma o celular do agente da Transalvador para que ele não filmasse a confusão.

Em uma atitude completamente questionável, Jonga grita para os agentes ‘’não vou dar’’ quando o grupo pede para que ele devolva o aparelho telefônico. Nesse momento, os agentes gritam que vão chamar a polícia para resolver o assunto já que o deputado está agindo de forma descontrolada.

De acordo com a apuração do site Política Livre, Jonga alegou que, ao chegar de Brasília, o espaço para desembarque estava lotado e, por esse motivo, o motorista dele encostou o veículo e, em seguida, foi surpreendido pelos agentes enquanto guardava as malas no carro. Ainda segundo o site, o parlamentar classificou a atitude dos funcionários da Transalvador como abuso de autoridade.

Até o momento, a Transalvador ainda não se pronunciou sobre o episódio.

Confusão generalizada no aeroporto de Salvador; Jonga Bacelar discute aos gritos com funcionários da Transalvador.

Jerônimo Rodrigues e João Roma // 📷 Foto de reprodução/Band Bahia

Leia em: 2 minutos

Ontem (7.agosto), aconteceu um debate eleitoral entre os candidatos a governadores da Bahia promovido pela TV Bandeirantes. Na ocasião, os candidatos Jerônimo Rodrigues (PT), João Roma (PL) e Kléber Rosa (Psol) discutiram vários temas relacionados ao estado enquanto o líder das pesquisas, ACM Neto (União Brasil), não compareceu.

Em determinado momento, o ex-secretário estadual de Educação questionou o ex-ministro da Cidadania sobre a ajuda dada pelo governo federal às vítimas da enchente em dezembro do ano passado. Jerônimo, no entanto, levou uma “invertida” porque Roma fez questão de criticar o atual governador, Rui Costa (PT), sobre a demora em entregar as 1.100 casas prometidas às pessoas afetadas pela enchente em Itabuna.

João Roma alfinetou: “Vai lá em Itabuna e pergunta ao prefeito, que é seu apoiador, quem foi que deu recursos para reconstruir as casas de Itabuna? As casas de Rui Costa ainda não chegaram em Itabuna. Já a do governo federal, que ele disse que ia demorar, já está aí assinado com o Ministério do Desenvolvimento Regional. Em muitas outras cidades, as pessoas estão sabendo disso. Quem sofreu lá na chuva naquele momento e pedia socorro, quem pede socorro, não escolhe a quem pedir socorro e nós estávamos lá para defender a nossa população”.

ASSISTA O DEBATE COMPLETO NA BAND BAHIA⬇️

ACM Neto, Jerônimo Rodrigues e João Roma

Leia em: 2 minutos

As eleições de outubro se aproximam e cada candidato busca se empenhar no jogo como pode para conquistar a tão sonhada vitória. Nesta etapa, ACM Neto, Jerônimo Rodrigues e João Roma mantêm o sinal amarelo aceso com o intuito de errar menos e lançar a melhor jogada.

ACM Neto (União Brasil), de acordo com as últimas pesquisas divulgadas, está na liderança e vem de duas gestões seguidas à frente da prefeitura de Salvador. Portanto, sabe jogar, é calculista e vem levantando a bandeira da neutralidade quando o assunto é a sucessão na Presidência da República. A senha desta tática, no entanto, deve se revelar após as eleições.

Jerônimo Rodrigues (PT) é ex-secretário de Educação na gestão do padrinho Rui Costa (PT) e corre para se aprumar diante de um jogo onde ainda é amador. O ex-presidente Lula (PT) chegou a dizer que não o conhecia na convenção partidária realizada em Salvador, mas Jerônimo busca a herança eleitoral de Rui e a alta aprovação de Lula nas pesquisas. O disco é o mesmo!

João Roma (PL) é atual deputado federal e ex-ministro da Cidadania do presidente Jair Bolsonaro (PL), além de fiel escudeiro dos bolsonaristas na Bahia e ex-aliado de ACM Neto. Roma caminha para inibir a oxigenação da rejeição do presidente além de eleger a esposa como deputada federal.

A primeira avaliação deste viés é que Jerônimo e Roma começaram muito tarde as pré-candidaturas. Neto vem percorrendo os municípios baianos desde o início do ano passado. Outra questão importante é que Jerônimo bate em Neto na tentativa de linkar o nome dele ao de Bolsonaro. Tática ineficaz, mas ainda utilizada.

Na última semana, surgiu a informação de que o União Brasil estaria negociando com Lula o apoio do partido. Com isso, o União retiraria a candidatura à Presidência e o PT recuaria com algumas candidaturas, inclusive a de Jerônimo na Bahia. Porém, o Partido dos Trabalhadores só estancou a sangria da informação depois de 24 horas com a divulgação de uma nota oficial.

Segundo os bastidores petistas, o grande esforço é para manter a base de prefeitos aliados sem dispersar. ACM sabe que o Governo do Estado é uma máquina importante com poder de causar uma explosão nuclear politicamente a qualquer momento e tirar o conforto de uma grande vantagem. Roma fica esperando o empenho dos bolsonaristas para propagar a campanha que, até agora, não chegou.

Não é exagero dizer que ACM Neto é quem vem errando menos e tem a maior possibilidade de ganhar no primeiro turno, mas é proibido criar expectativas. Lancem suas apostas, cruzem os dedos e até outubro!

Foto montagem 📷 com Foto de Ulisses Dumas e Foto de Max Haack
Leia em: < 1 minuto

A convenção estadual do Partido Pros está confirmada para a próxima 6ª feira (5.agosto), às 19h, no CEO Salvador Shopping, Torre Nova Iorque, auditório térreo, Caminho das Árvores, em Salvador.

Além de homologar as candidaturas a deputados estadual e federal do partido, o evento irá formalizar o ingresso do Partido na coligação “A Bahia de mãos dadas com o Brasil”, que da chapa do ex-ministro da Cidadania, João Roma (PL), ao governo, a médica Leonídia Umbelina (PMB), como vice, e Dra. Raíssa (PL) na disputa ao Senado.

Di Cardoso, gestor da cidade do Norte baiano, esteve com os pré-candidatos a governador e ao Senado nesta 4ª feira (20)

Leia em: < 1 minuto

O pré-candidato ao governo do estado ACM Neto (União Brasil) e o deputado federal Cacá Leão (PP), pré-candidato ao Senado, receberam nesta 4ª feira (20.julho) a adesão de mais um prefeito visando as eleições de outubro. Di Cardoso, filiado ao PL e gestor de João Dourado, na microrregião de Irecê, anunciou o seu apoio após encontro com a dupla.

“Vim aqui a pedido do povo de João Dourado. O nosso eleitor de lá pediu o nosso apoio a Neto, então vim aqui hoje seguindo o desejo do povo de João Dourado. Foi uma prosa muito produtiva, Neto se mostrou como sempre muito seguro. A gente já o conhece bem, trata-se de um homem muito preparado, um homem que tem condições de administrar bem a Bahia”, afirmou Di Cardoso após a reunião.

Di Cardoso afirmou que a onda de apoios a ACM Neto deve-se ao perfil do pré-candidato: “Hoje, o povo quer nomes novos, com condições e capacidade para poder desenvolver o estado e os municípios da Bahia. Acho que a política agora enxerga outro mundo, tem outra visão. Sem dúvida, toda a Bahia sabe que Neto é agora quem melhor reúne todas essas condições num candidato e que tem capacidade de fazer o melhor para todos nós”, disse.

Instituto Séculus aponta vitória de ACM Neto já no 1º turno com quase 40%; Jerônimo e Roma têm menos de 8% cada um

Leia em: < 1 minuto

A nova pesquisa de intenção de votos do Instituto Séculus, divulgada nesta 3ª feira (19.julho), aponta para a vitória do pré-candidato a governador ACM Neto (União Brasil) no primeiro turno nas eleições deste ano. Pelo levantamento, o ex-prefeito de Salvador aparece com 61,60% no cenário estimulado.

O segundo colocado, Jerônimo Rodrigues (PT), que aparece com 11,73%. Em terceiro está o deputado federal João Roma (PL) com 7,54%.

No cenário espontâneo, quando não são apresentados os nomes dos postulantes, ACM Neto pontua com 39,25%. Os demais pré-candidatos ficam abaixo dos 10%, de acordo com o levantamento.

Os números apontam para uma consolidação da liderança de ACM Neto na disputa pelo governo baiano. No levantamento anterior do instituto Séculus, em junho, Neto aparecia com 60,55%, enquanto em outra pesquisa, em abril, o ex-prefeito de Salvador pontuava com 61,54%.

A nova pesquisa entrevistou 1.526 pessoas com 16 anos ou mais de forma presencial, em 72 municípios baianos. A margem de erro da amostragem é de 2,5%, para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob nº BA-07852/2022.

Notícias mais lidas

Outros assuntos