Bekos

A entrega foi feita pelo vereador Aldemir Almeida por sugestão do presidente Jerbson Moraes

Leia em: 2 minutos

Um ato simbólico marcou hoje (27.julho) a abertura da sessão ordinária da Câmara de Ilhéus. O primeiro cartão do Ticket Alimentação, no valor de 500 reais, foi entregue à servidora Roseli Barnabé, que atua na Secretaria do Parlamento.

A entrega foi feita pelo vereador Aldemir Almeida (PP) por sugestão do presidente Jerbson Moraes (PSD). “Foi um gesto de reconhecimento com a servidora com mais tempo de serviço na instituição feito pelo vereador com mais mandatos na Casa”, justificou a escolha.

O ato oficial de entrega dos cartões a todos os servidores do Legislativo ocorrerá nas próximas quinta e sexta-feiras, nos turnos da manhã e da tarde, obedecendo ao critério de ordem alfabética dos beneficiados. A partir de julho este valor será disponibilizado mensalmente, sendo parte de uma política de valorização do servidor da Câmara de Ilhéus.

Ao anunciar o benefício, o presidente Jerbson Moraes esclareceu que a atual gestão vive um grande desafio à frente do legislativo ilheense, pois com um recurso de duodécimo inferior ao de legislaturas passadas, tem de administrar uma Câmara que passou de 19 para 21 vereadores.

“Este fato provocou não só o incremento da remuneração de dois edis como na necessidade de disponibilização de recursos do duodécimo para a manutenção dos gabinetes e cargos em comissão desses dois novos parlamentares, tudo sempre respeitando as normas de responsabilidade fiscal, o que justifica todas as medidas administrativas que foram adotadas no sentido de gerir os recursos do legislativo ilheense com maior responsabilidade, transparência e economia”, explica o presidente da Câmara.

Hoje a Câmara de Vereadores possui recursos em caixa que permitem de forma segura a implementação de novas ações em favor dos seus servidores. A partir de agora, inclusive, o benefício do ticket já não depende mais da vontade e disponibilidade de cada exercício administrativo da instituição já que, na atual legislatura, este direito do servidor foi instituído e regulamentado em lei municipal, proposta pela Mesa Diretora.

“Até então não existia lei que instituísse este benefício aos servidores, uma exigência do Ministério Público Estadual e somente após a edição desta norma pelo plenário, foi realizada nova licitação, com ampla publicidade, para contratação de empresa especializada no fornecimento de cartão alimentação”, finalizou Moraes.

//

Leia em: 2 minutos

Vou até deixar de lado o forte rugido do leão contra a soberba do lulopetismo baiano, adepto fervoroso de que o PT deve passar mais oito anos no comando do Palácio de Ondina.

Os lulominions querem Wagner eleito para o terceiro mandato como governador da Boa Terra. Se elegendo, será candidato à reeleição. Que coisa, hein! O engraçado é que o PT se queixava do domínio do PSDB no Estado de São Paulo. Agora faz a mesma coisa na Bahia. Não quer “largar o osso”, como diz a sabedoria popular.

Os dois integrantes mais rebeldes da base aliada, entusiasmados seguidores de que é hora do PT ceder, são João Leão (PP) e Angelo Coronel, respectivamente vice-governador e senador pelo PSD.

João e o Coronel, em toda entrevista, não perdem a oportunidade de dizer que o PT precisa calçar as sandálias da humildade e reconhecer que chegou o momento de recuar e aceitar um nome para encabeçar a majoritária de outra agremiação partidária.

O PT só enxerga o PT, o próprio umbigo. O petista-mor, ex-presidente Lula, assim que deixou a prisão, onde passou 580 dias, declarou que “o PT é partido de receber apoio e não de apoiar”.

E mais: ao sair da cadeia, se libertando do calvário, Lula condicionou as alianças com o PT à defesa do movimento “Lula Inocente”, que substituiu o “Lula Livre”. Lembro que o governador Rui Costa se posicionou contrário a vincular qualquer acordo político a tais exigências, o que terminou deixando o chefe irritado. Afinal, era uma afronta, um desafio ao “manda quem pode, obedece quem tem juízo”.

Leão e o Coronel parecem acreditar naquele ditado do povo que diz que “água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”.

Ledo engano. O lulopetismo só enxerga o seu lado. Os incomodados que procurem outro caminho, uma lavagem de roupa.

O que chama mais atenção nessa composição da chapa majoritária é o cruzar dos braços do PSB, aceitando ser uma mera peça decorativa na sucessão estadual. A legenda socialista sequer é citada nas articulações. A preocupação do petismo com a sigla é zero. É como se o PSB estivesse dominado.

O ano eleitoral de 2022 vai ser marcado por muito teatro, ingratidão, cinismo e traição. 


Marco Wense é Analista Político

*A análise do colunista não reflete, necessariamente, a opinião de Pauta.blog.br

//

O parlamentar alega a tradição cultural, a importância econômica para o setor e municípios e lista uma série de protocolos sanitários para serem adotados

Leia em: 2 minutos

O deputado Eduardo Salles (PP) protocolou, na Assembleia Legislativa, indicação ao governador Rui Costa solicitando a liberação da realização das vaquejadas no Estado. Autor da lei que regulamentou as vaquejadas e cavalgadas na Bahia, Eduardo Salles reconhece a preocupação do governador Rui Costa para a liberação de eventos, mas acredita que o avanço da vacinação na Bahia e a adoção de protocolos sanitários permitem a volta dos eventos, assim como tem ocorrido em outros estados nordestinos como Maranhão, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte, Alagoas e Pernambuco.

“Sei que vivemos nos últimos meses momentos difíceis, com a perda de milhares de pessoas em função da Covid-19. Mas acredito que podemos estabelecer um protocolo sanitário para regulamentar a volta desta importante tradição e fundamental pilar da economia para milhares de baianos”, destacou Eduardo Salles.

No indicativo elaborado pelo parlamentar, as vaquejadas aconteceriam sem a presença de público, com os vaqueiros tendo acesso ao parque apenas no momento de sua participação na pista, disponibilização de álcool em gel a 70%, obrigatoriedade do uso de máscara para competidores e organização, distanciamento de três metros entre os caminhões e cada veículo com apenas o tratador e seu auxiliar, proibição de qualquer aglomeração, inscrições pela internet, evento transmitido de forma virtual, locutor e juiz sozinhos em espaços distantes e diversas outras medidas sanitárias.

“A retomada das vaquejadas neste modelo enquanto durar a pandemia vai permitir a manutenção da tradição, a retomada de empregos e a geração de renda fundamental à economia de muitos municípios baianos”, reforça o deputado.

Neusa obteve a mesma quantidade de votos que a companheira de partido Noeli Ponktes Medeiros, segunda suplente, mas ficou com uma vaga por ter idade superior a concorrente

Leia em: < 1 minuto

Tomou posse como vereadora da Câmara Municipal de Dois Irmãos das Missões, município do Rio Grande do Sul, Neusa de Fatima Correa dos Santos (PP). Neusa assume a vaga, após o falecimento do vereador titular Édio Barbosa ocorrida neste mês, por complicações de Covid-19 ligada a doença pré-existente.

Nas eleições de 2020, a vereadora obteve 07 votos sendo a primeira suplente do partido. A dona de casa assumiu a vaga no início deste mês de junho, dia 7, durante sessão plenária. Neusa é filiada ao PP há mais de 20 anos e pela primeira vez concorreu ao cargo.

Conforme informações do site do Tribunal Superior Eleitoral, Neusa obteve a mesma quantidade de votos que a companheira de partido Noeli Ponktes Medeiros, segunda suplente, mas ficou com uma vaga por ter idade superior a concorrente. Neusa nasceu em 20 de agosto de 1967, enquanto que Noeli no dia 09 de dezembro de 1967. Foto e informações da Rádio Avenida.

Vice-governador da Bahia, João Leão e Hugo Góis

Leia em: < 1 minuto

O Movimento Jovens Progressistas da Bahia tem um novo presidente: Hugo Gois, jovem comprometido e atento às necessidades da juventude. O convite para comandar os Jovens Progressistas no estado veio do vice-governador João Leão e de Neto Carletto.

Hugo é natural de Itamaraju e sabe da importância do Movimento Jovens Progressistas. Quando Neto Carletto era o presidente na Bahia, o Movimento cresceu expressivamente e, como presidente nacional, ele continua levando importantes ações para a juventude baiana.

A gestão passada do Movimento Jovens foi tocada por Neto Carletto, atual presidente nacional do Movimento, e também, de Daniel Nascimento, agora vereador de Itamaraju.

Neste ano, Neto começou a levar para os municípios o Masterclass da Liderança, sempre focando na capacitação dos jovens. Daniel, sucessor de Neto na gestão da Bahia, fez questão de seguir o que já estava dando certo e beneficiando a juventude. E esse é o objetivo de Hugo Gois: dar continuidade ao trabalho de excelência que já vinha sendo realizado e contribuir cada vez mais com a melhoria da qualidade de vida dos jovens baianos.

Leia em: 6 minutos

Análise: o que levaria João Roma a desistir da cabeça de chapa na Bahia❓

Os nomes que já foram definidos para concorrer ao Governo da Bahia são: ACM Neto, ex-prefeito de Salvador e atual presidente nacional do DEM; e Jaques Wagner, do PT, senador e ex-governador por dois mandatos. Estes estão que nem “polvo”, garimpando aliados.

Enquanto isso, o representante do governo Bolsonaro, João Roma (Republicanos), ministro da Cidadania e ex-braço direito de ACM Neto vem aquecendo o seu nome em banho-maria. Porém, não deu a cartada final do sim (ainda).

Até agora, alguns fatos podem levar Roma a desistir da cabeça de chapa:

1️⃣ O bispo Márcio Marinho, presidente do Partido Republicanos na Bahia, disse que apoiará ACM Neto. Roma teria que mudar de sigla;

2️⃣ Roma “arriscaria” a concorrer ao Palácio de Ondina só para dar palanque a Bolsonaro. Mas perdendo, ficaria sem cargo de deputado ou senador. Aliás, ele vem caminhando para lançar a sua esposa, Roberta Roma, como deputada federal;

3️⃣ Recuaria para concorrer a uma possível vaga ao senado ou vice. Daí, a mais provável seria uma aliança com Neto. Logo, Roma teria que fazer as pazes com Neto pois andaram (ou andam) às turras desde que Roma assumiu o ministério. Esta é a mais difícil, mas não é impossível.

De fato, o que está decidido (mesmo!) é: Roma agirá conforme Bolsonaro mandar. Ou ele foi para o ministério à toa?

Enquanto o Capitão não define, Roma vem se movimentando com visitas de diversos prefeitos e deputados baianos em sua fazenda, localizada na região de Conceição da Feira.

⚠️ Prefeito de Itacaré pode se filiar ao PDT

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, deixou de ser o único prefeito do PT na região Sul da Bahia. O motivo da saída foi a sua insatisfação com o governador Rui Costa (PT).Fontes a par da política itacareense, dizem que Anízio pode se filiar ao PDT.

Ao que tudo indica, ele deve ser convidado oficialmente pelo partido. Vale lembrar que Antônio de Anízio foi vereador em 2004, pelo PRP, em 2008 se elegeu prefeito pelo PCdoB, em 2012 perdeu na reeleição para Jarbas Barbosa do PSB, e em 2016 voltou a prefeitura pelo PT, sendo reeleito também em 2020.

As pretensões políticas do prefeito ao se filiar a nova sigla estão movimentando os bastidores.

A ver.

💣 Tom Ribeiro ‘detona’ Marão 

Tom Ribeiro fez duras críticas ao prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre (PSD). Segundo ele, em seu programa de quinta-feira (10 de junho), Ilhéus estava há dois dias sem a coleta de lixo por conta da paralisação do profissionais da limpeza pública.

O apresentador também criticou o gestor pelos relatos de ônibus super lotados. Neste contexto, vale ressaltar que a Câmara de Ilhéus realizou uma audiência pública para tratar sobre os transportes, mas o relator, o vereador Augustão (PT), até hoje não conseguiu entregar o relatório ao prefeito. Dizem que ninguém consegue encontrar o prefeito no mapa.

Sem meias palavras, Tom detonou, perguntado: “Cadê o prefeito Marão?”

E, finalizou: “Vergonhoso!”.

Augusto Castro manda recado 👂

Com a proximidade do aniversário de Itabuna, no dia 28 de julho, o prefeito Augusto Castro (PSD) foi ao programa de Tom Riberio anunciar um pacote de obras. Ok, normal. Mas no fim da entrevista, mandou um recado: “Pouca conversa e mais ação”. A carapuça pegou em alguém…

👀 O propalador…

Toda vez que sai a notícia de uma sentença procedente a ação de vereadores cassados por fraude em cota feminina, prontamente o ex-vereador de Itabuna, Glaby Andrade (PDT), mais conhecido como Glebão, propala os links.

Se o mesmo acontecer em Itabuna, três vereadores podem perder o cargo na Câmara. Como quem não quer nada, Glebão fica de primeira classe, na espera.

Glebão perdeu a vaga para o vereador Dando Leone por uma diferença de 24 votos, nas últimas eleições de 2020. Por isso a ansiedade.

🚦 De vereador a prefeito ou deputado?

O presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus, Jerbson Moares (PSD), durante uma entrevista no Programa Tropa de Elite, na Gabriela FM, disse estar preparado para ser deputado estadual ou prefeito de Ilhéus. De concreto, por enquanto, é que a 🚦 luz amarela está acesa entre Jerbson e o prefeito Mário Alexandre, ambos do PSD.

  // O vereador Cosme Resolve (PMN) pediu aplausos dos colegas para ele mesmo. O fato ocorreu na última sessão da Câmara, quarta-feira (9 de junho). Dê play e escute! ⤵️

  // O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) estará na próxima semana no oeste da Bahia, segundo o site Bnews.

  // Ciro Gomes (PDT) cumpriu uma semana de agenda na Bahia. O ex-governador do Ceará passou pelo município de Euclides da Cunha. O presidente do PDT baiano, Félix Mendonça Júnior, e o marqueteiro João Santana, também estiveram presentes.

  // A secretária de Educação, Janaína Araújo, disse em entrevista ao Pauta.Blog que não teve uma experiência positiva no quesito das aulas on-lines com a filha. Realmente, as mães se desdobram na paciência para desempenhar o seu melhor como professora em tempos de pandemia. Clique e leia a entrevista completa👇

📌 Entrevista: “As brinquedotecas não se encaixam na modalidade de educação”, disse Janaína Araújo

  // O jovem vereador Israel Cardoso (PTC), disse em uma live com o jornalista e radialista Andreyver Lima, que sonha em ser um senador da República. Sem tergiversar, este jovem vai longe.

  // O empresário e fundador do partido Novo, João Amoêdo desiste de pré-candidatura à Presidência.

NOTA 🅾️

O presidente Bolsonaro se esforçou para influenciar na liberação de insumos do medicamento que ele gosta de receitar (cloroquina), mas não se empenha da mesma forma para usar máscaras. Usar? Agora quer dispensar o uso. Sim, enquanto somente 11% da população recebeu a segunda dose da vacina. Quem ‘entende’ de ciência é ele! (Só que não!)

NOTA 🔟

Os profissionais da imprensa (acima dos 40 anos) começaram a se vacinar esta semana.

Envie a sua sugestão de pauta: [email protected]

Atual prefeito de Candeias, Pitágoras Alves (PP); As investigações continuam sendo realizadas pela PF no município

Leia em: 2 minutos

Uma operação da Polícia Federal resultou na prisão do prefeito de Candeias, Pitágoras Alves (PP), região metropolitana de Salvador. Inicialmente os agentes investigavam desvios de verbas públicas de enfrentamento à Covid-19, mas terminaram encontrando uma pistola e uma espingarda na casa dele, onde mandados de busca e apreensão eram cumpridos.
No momento em que foi detido, Pitágoras não apresentou permissão para porte ou posse de armas, por isso ele foi detido em flagrante. Apesar disso, a prisão do prefeito não tem ligação direta com a operação. Por meio de nota, a prefeitura informou que Pitágoras deve ser liberado ainda nesta sexta, mediante pagamento de fiança.

Mandados de busca e apreensão também foram cumpridos na Secretaria de Saúde e na Superintendência de Gestão, além de apreendidos cerca de R$ 100 mil. A operação começou a investigar desvio de recursos públicos, após uma denúncia feita ao Ministério Público Federal (MPF), envolvendo a compra superfaturada de oito respiradores e máscaras sem licitação, em 2020.

Além da superfaturação dos equipamentos, outros indícios da fraude no processo de dispensa de licitação se destacaram, sendo um dele refere-se que o objeto social da empresa contratada não tem relação com o objeto contratado. Segundo a PF, a empresa é especializada na venda de automóveis novos e usados, e não de equipamentos médico-hospitalares.

O OUTRO LADO
Segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura de Candeias, o prefeito não é o alvo da operação de desvio de verbas públicas para enfrentamento da Covid-19, mas sim a primeira dama, que era secretária de Saúde na época. A Controladoria Geral da União (CGU), que também participou da operação, informou ainda que depois da compra dos equipamentos superfaturados, a prefeitura de Candeias emprestou sete dos oito respiradores para o governo do estado, o que demonstra que ausência de demanda iminente na cidade, que justificasse a contratação direta e sem licitação. Com informações do G1.

Reunião foi para tratar de novos projetos de infraestrutura em energias renováveis na Bahia

Leia em: < 1 minuto

O presidente da ALBA (Assembleia Legislativa da Bahia), deputado Adolfo Menezes (PSD), acompanhado do deputado Luiz Augusto (PP) esteve em audiência, hoje 4ª feira (9.junho), com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Nelson Leal.

“Campo Formoso, Guanambi e Caetité possuem hoje a maior bateria de torres eólicas da América Latina. Por isso, eu e Augusto, conversamos com o secretário Nelson Leal para colocar todo o apoio da ALBA à SDE para que mais investimentos em energias renováveis, eólica e solar, sejam realizados no interior da Bahia, contribuindo para a autosustentabilidade e para um meio ambiente saudável e sem poluição“, declarou Menezes.

A Bahia lidera a geração de energia eólica no país, com o Nordeste batendo sucessivos recordes de produção. Segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), a energia eólica produzida na região seria suficiente para atender 93,8% da demanda do Nordeste durante 30 dias.

Leia em: 6 minutos

🔨 O carpinteiro Jaques Wagner

O senador Jaques Wagner, no programa Frequência Política, disse aos radialistas Binho Shalon e João Matheus que a união em prol da corrida ao Palácio de Ondina com PT-PSD-PP já é “prego batido e ponta virada”.

É impressionante a lábia de Wagner, caso esta união seja selada (novamente), já que o senador Ângelo Coronel (PSD) vem levantando a bandeira do senador Otto Alencar (PSD) para concorrer ao Governo da Bahia.

Não vem sendo diferente com o vice-governador do estado, João Leão (PP), que já mandou o recado: “quero ser governador”.

Parece que o carpinteiro Wagner 🔨 bateu o prego, mas esqueceu de “virar a ponta” na lábia.

Wagner tenta um novo “front” contra o grupo de ACM, porém, desta vez, enfrentará o ex-prefeito de Salvador, ACM Neto.

Responsável pela derrota do carlismo na Bahia em 2006, Wagner terá a missão de conter a “exaustão” do PT, que já governa o estado há 15 anos.

🔍 Serpa “miou” como candidato a deputado

O ex-secretário de Trânsito de Itabuna, o tenente-coronel Serpa, estará assumindo a Superintendência de Trânsito de Ilhéus, a convite do prefeito Marão (PSD).

Com isso, deixará de concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa. E apoiará a primeira-dama de Ilhéus, Soane Galvão. E para federal, Serpa já firmou com a atual deputada e professora Dayane Pimentel.

O tenente-coronel chegou a ser convidado pelo Dr. Isaac Nery (pré-candidato a deputado federal) para fazer uma dobradinha pelo Partido Republicanos, mas Serpa “miou”🔍.

Bebeto está contando os dias 📆

Jaques Wagner, senador, vai concorrer ao Governo da Bahia. Com isso, abrem-se as portas do Senado para o vice-prefeito de Ilhéus, Bebeto Galvão (PSB).

Já imaginou o sul da Bahia com um senador da República, hein?

Bebeto está assim: dorme com a calculadora, contando os dias, e acorda sonhando.

👀 Cosme Resolve (ainda?) irado com o secretário Almir Melo

O prefeito Augusto Castro (PSD) ‘resolveu’ apagar o incêndio entre o vereador Cosme Resolve (PMN) e o secretário Almir Melo. O prefeito atendeu a alguns pedidos do vereador, mas o mesmo só agradeceu mesmo ao prefeito e à primeira-dama Andrea Castro.

Cosme chegou a se irar com o secretário Almir Melo em uma sessão na Câmara, no mês passado.

Relembre aqui ⤵️

Vereador Cosme Resolve dispara a “metralhadora” contra o secretário Almir Melo Jr.

👀 Sem firulas, ele corre para não perder a patente do “Resolve”.

💣 Fio desencapado na Câmara de Ilhéus

O vereador Luca Lima, do PSDB, está em vias de desencapar o fio de acusação. Três ex-servidoras do seu gabinete o acusam de praticar “rachadinha”.

Tá com cara de que vai dar curto-circuito.

Efeito ‘Barrichello’ ⏰

Após 6 dias de atraso, a Prefeitura de Arataca divulgou o resultado parcial dos candidatos aprovados no Processo Seletivo. Fez jus àquele ditado: demorou, mas saiu.

Deve voltar em 2022 📖

Quase dois anos sem aulas presenciais: tanto nas escolas particulares, quanto nas públicas. É triste, pois TUDO pode estar aberto, MENOS as escolas. Quem arcará com este ‘delay’ educacional? Como sempre…quem carrega o país nas costas: o povo e os jovens!

Bolsonaro no Patriota❓

Segundo o presidente do partido, Adilson Barroso: “Bolsonaro ficou de dar a resposta entre 10 e 15 dias”.

O nome “Patriota” foi dado pelo presidente Bolsonaro. Será que ele também dará as coordenadas no partido, caso se filie? Não duvide.

A conferir!

Ou leva, ou vai embora! 👂

Sobre o voto impresso, o Ministro Luís Roberto Barroso disse: “Já passou o tempo de golpes, quarteladas, quebras da legalidade constitucional. Ganhou, leva. Perdeu, vai embora”.

Charliane ‘beija a camisa’

A ex-vereadora pelo PTB de Itabuna, Charliane Sousa, e ex-candidata a prefeita pelo MDB, chegou chegando à nova sigla: o PCdoB.

Daí, um amigo que conhece a alma e as profundeza da legenda disse: “Tá no time, tem que beijar a camisa”. Diga aí, se não filosofou?!

O arranjo está montado: Charliane quer uma vaga na Assembleia Legislativa. Porém, esta música tá com cara de 2024.

Problemão para o prefeito de Buerarema

Vinícius Ibrann (DEM), prefeito de Buerarema, tem um problemão a resolver.

Isto porque o TCM determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual contra o prefeito. O “pepino” é para que seja apurada uma possível prática de ilícito na contratação da “Pousada Sulamérica” e do “Hotel Royal”, ambos localizados em Itabuna.

O Tribunal de Contas dos Municípios disse que as contratações ocorreram “sem apresentação de qualquer justificativa plausível para tanto”.

Foi gasto em 2017 uma ‘bagatela’ de R$ 73 mil em serviços de hospedagem. Ao prefeito Vinícius Ibrann, foi imputada uma multa de R$ 7 mil.

Procurado, o prefeito disse: “vou verificar aqui com a equipe de contabilidade e jurídico”.

💥 Colbert “sisudo” com o governador Rui Costa

Disse Colbert Martins (MDB): “Enquanto isso, lideranças políticas do Governo do Estado em Feira são cegas, surdas e mudas. Fazem de conta que tá tudo normal”. O prefeito de Feira de Santana tá “sisudo” com Rui.

  // Luiza Trajano e Dilma Rousseff são amigas e o PT tenta garimpar a empresária para formar a chapa com Lula. Ex-presidente, quer, porque quer, um/a empresário/a como vice. Porém, Trajano já descartou. Agora, estão correndo atrás do empresário Josué Gomes, dono do grupo têxtil Coteminas e candidato ao comando da Fiesp.

  // Um jornalista perguntou ao senador Otto Alencar: Bolsonaro tem feito duros ataques à CPI da Covid. É sinal de desespero? Otto respondeu: “Se ele ficar calado, está doente”. Que estocada!

  // Há quem diga que a faixa de capitão na Secretaria de Esportes de Itabuna poderá ter um novo dono. O certo até agora é: onde há fumaça, há fogo.

  // Exclusivo: nós, do Pauta.Blog, entrevistamos o ex-prefeito de Itabuna, Geraldo Simões (PT). Não perca, pois GS ‘jogou ácido’! Amanhã, aqui no blog.

Envie a sua sugestão de pauta: [email protected]

//

João Leão é a bola da vez. O netismo e o lulismo sabem da importância do PP na sucessão estadual

Leia em: 3 minutos

A evidência do momento, quem mais se destaca nas discussões sobre à sucessão estadual, tanto de um lado como do outro, governismo e oposição, é João Leão, vice-governador e dirigente-mor do PP baiano.

A preocupação com Leão tende a aumentar com a proximidade do pleito de 2022. O dilema fica cada vez mais intenso à medida que o vice não dá nenhuma pista ou indício de qual caminho pretende seguir. Se antes fazia alguma crítica a ACM Neto (DEM), hoje o silêncio passa a ser estratégico, já que uma composição com o ex-gestor soteropolitano, antes considerada difícil, não pode ser descartada.

Com efeito, o único ponto da disputa pelo Palácio de Ondina que não é questionado, dado como favas contadas, 2+2=4, são as candidaturas do senador Jaques Wagner (PT) e de ACM Neto (DEM) ao governo da Bahia. As outras duas vagas na composição da majoritária, a de vice e senador, giram em torno de especulações e disse-me-disse.

João Leão é a bola da vez porque é quem vem travando o andamento dos acordos. O grupo de Neto tem esperança de tê-lo como aliado. Reserva a vaga de senador para quem ele indicar. O de Wagner não confia em Leão no comando do governo do Estado em uma eventual desincompatibilização de Rui Costa para disputar o Senado da República.

João Leão vai passar seis meses como governador, com a caneta na mão. O lulismo, sob a batuta do ex-presidente Lula, teme que a tinta da esferográfica não seja vermelha. Outro detalhe, que não pode passar despercebido, é que o PP, sob o comando do vice-governador, tem 100 prefeitos e 766 vereadores.

Vale lembrar que o PP é a principal sigla do Centrão, hoje aliado do presidente Bolsonaro, que se encontra refém do toma lá, dá cá. O Centrão consegue o que quer porque intimida o chefe do Executivo com o impeachment. O presidente da Câmara dos Deputados, o progressista Arthur Lira, já sugeriu usar “remédio amargo” se o governo seguir errando. Até as freiras do convento das Carmelitas sabem que “remédio amargo” é o afastamento de Bolsonaro. Já são totalizados 116 pedidos de impeachment, 66 na então gestão de Rodrigo Maia e 50 na atual presidência da Casa Legislativa.

Nos bastidores do pepismo, a opinião de que Rui Costa será candidato ao Senado da República é unânime. Na Convenção Nacional dos Progressistas, realizada de forma remota na última quinta-feira (22), para definir o novo Diretório e a Comissão Executiva, João Leão foi saudado pelos convencionais como “o futuro governador da Bahia”.

Leão foi o destaque da convenção. Ciro Nogueira, reeleito presidente nacional da sigla, o escolheu para saudar os convencionais. O Leão político lembrou o leão rei da selva.

Essa desconfiança do PT em João Leão, com a grande maioria dos petistas achando que o hoje aliado pode ser um poderoso adversário amanhã, é que faz o ex-presidente Lula pressionar Rui Costa para que fique no Palácio de Ondina até o último dia de governo.

João Leão é a bola da vez. O netismo e o lulismo sabem da importância do PP na sucessão estadual.

PS – Aqui do sul da Bahia, o nome mais cotado para assumir uma secretaria em um eventual governo João Leão, é o do ex-prefeito de Ilhéus Jabes Ribeiro, atual secretário estadual do PP. 

___________
Marco Wense é Analista Político

*A análise do colunista não reflete, necessariamente, a opinião de Pauta.blog.br

Notícias mais lidas

Outros assuntos