Bekos

Jerbson Moraes tem conquistado a simpatia dos colegas vereadores de Ilhéus

Leia em: 2 minutos

O presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus, o advogado Jerbson Moraes (PSD), tem demonstrado que a alma de uma boa gestão é o equilíbrio e a seriedade diante do dinheiro público. Como resultado, ele tem conquistado a simpatia dos colegas, tanto da oposição como de situação.

Em discurso na sessão em que encerrou o semestre legislativo, o vereador de oposição Augusto (PT), fez questão de ressaltar o respeito imposto pelo presidente da Casa. “Esta Casa está no caminho certo porque temos um líder no comando, temos uma equipe de trabalho comprometida, e como resultado, estamos sendo respeitados. Essa legislatura está sendo diferenciada. Parabéns presidente, estamos fechando esse semestre com chave de outro”, disse o vereador Augustão. Dê play e assista!

Professor Gurita (PSD), que é líder do governo, também não poupou elogios. “Ainda essa semana escutei de um comunicador respeitado na cidade que essa Câmara de Vereadores está melhor do que as outras. E eu compartilho dessa ideia. E digo mais, está apresentado resultados, respostas à sociedade e vai apresentar muito mais”.

E completa: “Isso tudo é fruto da maturidade e comprometimento com o povo de Ilhéus. Na condição de líder do governo quero agradecer a Vossa Excelência porque não tem me decepcionado e estou feliz com a forma que tem conduzido essa casa”. Dê play e assista!

A relação de Rodrigo Maia com ACM Neto só está piorando

Leia em: 2 minutos

O ex-presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (RJ), foi expulso do quadro de filiados do DEM pela Executiva Nacional do partido. A justificativa foi o cometimento de infração disciplinar. Vale ressaltar que Maia segue como deputado federal e poderá se filiar a outra sigla e em maio ele já havia anunciado que apresentaria ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) um pedido de desfiliação do DEM, sob o argumento de sofria “grave discriminação” política.

Tudo começou após Rodrigo Maia se desentender com o presidente do DEM, ACM Neto, durante a campanha para presidência da Câmara. Enquanto Rodrigo Maia apoiou Baleia Rossi (MDB-SP), o DEM decidiu se manter neutro. Esse movimento foi visto por Maia como o motivo da derrota de Baleia e da vitória de Arthur Lira, aliado do presidente Jair Bolsonaro.

Maia disse que foi traído por ACM. Ao jornal “Valor Econômico”, afirmou que sua cabeça foi “entregue de bandeja” ao Planalto e chamou ACM de “oportunista”. Após sua expulsão, Maia disse em nota no Twitter que o responsável foi Neto de Torquemada, em referência a Tomás de Torquemada, o grande Inquisidor ou mesmo inquisidor-geral espanhol, descendente de conversos dos reinos de Castela e Aragão no século XV e confessor da rainha Isabel a Católica.

“O DEM decidiu me expulsar de seus quadros. O presidente Torquemada Neto, usando o seu poder para tentar calar as merecidas críticas à sua gestão, tomou essa decisão. É lamentável o caminho imposto pelo Torquemada para o partido.”

E completou: “Não só por isso, mas também pela sua deslealdade e falta de caráter, pedi a minha desfiliação. O partido diminuiu. Virou moeda de troca junto ao governo Bolsonaro. Agora é virar a página e juntar forças para um projeto de desenvolvimento do Brasil e em prol dos brasileiros.”

ALBA aprova seis projetos de lei em sessão virtual no plenário da Casa

Leia em: 2 minutos

Na tarde de hoje, 3ª feira (15.junho), o presidente da ALBA (Assembleia Legislativa da Bahia), deputado Adolfo Menezes (PSD), utilizou o plenário da casa para presidir a sessão extraordinária de forma online, que aprovou seis projetos de lei, sendo quatro deles do poder Executivo.

O primeiro projeto de nº 2.937/2021, relatado pela deputada Fátima Nunes (PT), renovou o estado de calamidade pública dos municípios de Ribeira do Amparo e Alagoinhas. Os parlamentares entenderam que as regiões continuam sendo afetadas pela pandemia da Covid-19.

O segundo projeto foi o de nº 141/2021, que altera a Lei Complementar 34, de 6 de fevereiro de 2009 e dispõe sobre transição de cargos da Procuradoria Geral do Estado. O projeto foi apreciado pelo deputado Tiago Correia (PSDB).

Tratado como sendo de grande importância pelo presidente da casa, o projeto 24.180/2021, do Poder Executivo foi o terceiro a ser aprovado de forma integral. A relatoria foi da deputada Fabíola Mansur (PSB), presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia. O projeto, dispõe sobre estímulos ao desenvolvimento científico, à pesquisa, à capacitação científica e tecnológica. De acordo com Mansur, “a nova lei vai fomentar, dar agilidade e flexibilizar as relações de parcerias com o setor produtivo e industrial da Bahia”.

Rosemberg Pinto (PT) como relator, do quarto PL 24.195/2021, do Executivo que autoriza o Estado a celebrar termos aditivos aos contratos com a União, explicou que, esse é um projeto de adequação ao governo federal feito anualmente.

O quinto Projeto de Lei 23.754/2020, relatado pelo deputado Marcelino Galo (PT), também de autoria do Poder Executivo, aprovou a alteração do Quadro Especial da Casa Civil.

Um dos momentos mais aguardados do dia, foi a votação das contas do governo do estado, referente ao exercício de 2017. Dos 53 deputados, 37 deram parecer favorável, 12 contra e 4 abstiveram. O Projeto 2.509/2019, da Comissão de Finanças, foi votado em primeiro e segundo turno, por meio de voto secreto.

“É uma emoção estar de volta ao plenário, por se tratar de uma votação secreta, tivemos que utilizar o aparato tecnológico aqui do plenário. Quero parabenizar todos os deputados, porque foram votados nesta tarde até o início da noite, projetos que mudam o marco da ciência e tecnologia, projeto que altera o quadro da PGE, da casa Civil, termo aditivo para que o Governo da Bahia possa celebrar contratos com o Governo Federal, entre vários projetos que beneficiam municípios em calamidade pública. E as contas do governador que também foram aprovadas”, destacou o presidente Adolfo Menezes.

O relator é o vereador Ronaldão (PL)

Leia em: < 1 minuto

A Comissão de Finanças do Legislativo itabunense emitiu parecer favorável à abertura de dois créditos adicionais (suplementar e especial) solicitados pelo Governo municipal. A realocação de dentro do Orçamento Anual envolve recursos de R$ 2,9 milhões que serão destinados a ações emergenciais de combate ao coronavírus, causador da Covid-19.

O relator Ronaldão (PL) frisou que, no caso do crédito especial, os recursos para suprir os gastos virão da anulação de outras despesas dentro da Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (FASI). “Ou seja, não implicará em aumento no montante do Orçamento 2021”. Na Comissão de Legislação, Solon Pinheiro (Solidariedade) já havia se manifestado a favor dos créditos.

A matéria agora será votada pelo Plenário.

O ex-governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel // Foto de Philippe Lima/Gov. Estado do Rio de Janeiro

Leia em: < 1 minuto

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da CPI da Pandemia, informou à Agência Senado na noite desta terça-feira (15) que o ex-governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel confirmou que vai depor à comissão nesta quarta-feira (16).

Segundo Randolfe, “mesmo tendo a liminar em HC [habeas corpus] deferida”, Witzel informou que irá depor.

Pouco antes, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Nunes Marques havia deferido um pedido de habeas corpus de Witzel, desobrigando o ex-governador de comparecer à CPI. De acordo com essa decisão, caso Witzel decida depor, ele poderá ficar calado e não precisa prestar juramento de dizer a verdade.

O Senado já recorreu de recente decisão similar da ministra Rosa Weber, que beneficiou o governador do Estado do Amazonas, Wilson Lima — ele acabou por não comparecer ao depoimento que estava agendado na semana passada.

Leia em: 2 minutos

Engenheiro eletricista, o deputado estadual Robinson Almeida (PT/BA) participou, na manhã desta 3ª feira (15.junho), de um ato na porta da sede da CHESF (Companhia Hidrelétrica do São Francisco), em Salvador, contra a privatização da Eletrobras.

O protesto foi organizado pelo Sindicato dos Eletricitários da Bahia. O parlamentar alertou que, além de ser “um crime de lesa-pátria” e comprometer a soberania energética brasileira, se a MP 1031, defendida pelo governo Bolsonaro, for aprovada, haverá aumento da conta de energia, risco de apagão e a indústria nacional também será prejudicada. Além disso, ele alertou para o risco de insegurança energética e desabastecimento durante a crise econômica e sanitária.

A Medida Provisória que prevê a entrega do sistema Eletrobrás ao capital internacional está prevista para ser votada pelo Senado Federal amanhã 4ª feira (16.junho). Em todo Brasil o dia hoje foi de protestos para alertar a sociedade dos riscos que a privatização oferece a sociedade. Trabalhadores do Sistema Eletrobras decidiram entrar em greve por 72 horas contra a MP.

O deputado Robinson Almeida alerta que privatização aumentará insegurança energética durante crise econômica e sanitária // Foto de Cecília Oliveira

“A privatização da Eletrobras é um crime contra o Brasil. Além disso, a MP usada para esse crime é inconstitucional”, alertou Robinson.

“Está em curso um processo de desindustrialização no Brasil pra atender interesses internacionais com esse governo ultraneoliberal comandado por Bolsonaro, que é um fantoche do capital internacional. Vamos nos mobilizar para impedir esse desmonte, esse crime absurdo contra nosso país que é a privatização do sistema elétrico brasileiro, da Eletrobras e da CHESF”, enfatizou o parlamentar.

João Roma não descarta reconciliação com ACM Neto // Foto montagem de Pauta

Leia em: < 1 minuto

O ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos), afirmou em entrevista ao Jornal Tribuna da Bahia, que a decisão de romper qualquer contato políticos e de amizade foi uma iniciativa do ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), e que existe sim a possibilidade de uma reconciliação. “Olha, nós não nos falamos desde o episódio, muitas coisas foram ditas naquele dia. Não vou ficar remoendo isso. O futuro a Deus pertence, já diz o ditado”, declarou.

Agora, segundo ele, a meta é trabalhar no Ministério da Cidadania, que é no momento a sua maior missão da vida pública. “Tenho me dedicado diuturnamente a esta missão e esse é o meu objetivo neste momento”, reforçou.

E lembra que quando foi escolhido ministro da Cidadania pelo presidente Bolsonaro, Neto rompeu contato. “Ele tomou um caminho diferente. Hoje, ele está alinhado com Ciro Gomes, enquanto eu e o meu partido, o Republicanos, estamos alinhados com o presidente Bolsonaro”.

Vice-governador da Bahia, João Leão e Hugo Góis

Leia em: < 1 minuto

O Movimento Jovens Progressistas da Bahia tem um novo presidente: Hugo Gois, jovem comprometido e atento às necessidades da juventude. O convite para comandar os Jovens Progressistas no estado veio do vice-governador João Leão e de Neto Carletto.

Hugo é natural de Itamaraju e sabe da importância do Movimento Jovens Progressistas. Quando Neto Carletto era o presidente na Bahia, o Movimento cresceu expressivamente e, como presidente nacional, ele continua levando importantes ações para a juventude baiana.

A gestão passada do Movimento Jovens foi tocada por Neto Carletto, atual presidente nacional do Movimento, e também, de Daniel Nascimento, agora vereador de Itamaraju.

Neste ano, Neto começou a levar para os municípios o Masterclass da Liderança, sempre focando na capacitação dos jovens. Daniel, sucessor de Neto na gestão da Bahia, fez questão de seguir o que já estava dando certo e beneficiando a juventude. E esse é o objetivo de Hugo Gois: dar continuidade ao trabalho de excelência que já vinha sendo realizado e contribuir cada vez mais com a melhoria da qualidade de vida dos jovens baianos.

Senador Otto Alencar e a primeira-dama de Ilhéus, Soane Galvão

Leia em: < 1 minuto

Uma representatividade feminina, com lastro político, de nome forte e leve para disputar as eleições de 2022 e ocupar uma cadeira na Assembleia Legislativa da Bahia. Foi com base nessas prerrogativas, que o senador da república, Otto Alencar, enalteceu o nome de Soane Galvão, engajada em trabalhos sociais e bem colocada no ambiente político, durante entrevista à Rádio Difusora, no último sábado.

“Espero que Soane realize o sonho de representar Ilhéus na Assembleia Legislativa”, disse Otto Alencar durante a entrevista, ao afirmar ser este um nome forte para disputar uma vaga na Alba, despontando como expressiva representatividade feminina para Ilhéus e a Bahia. O Senador projetou a boa governança de Ilhéus à capacidade de Soane para seguir o trilho da boa condução política, trazendo mais conquistas e melhorias para Ilhéus e região.

Correligionária do senador Otto Alencar, que é presidente do Partido Social Democrático da Bahia (PSD), Soane Galvão leva à sigla a suavidade e o poder da mulher, com ampla experiência em ações voltadas para os direitos mais básicos dos cidadãos, enquanto esteve secretária de Desenvolvimento Social promovendo políticas públicas bem sucedidas de assistência social na cidade.

Senador Otto Alencar (PSD) e o prefeito Mário Alexandre (Marão)

Leia em: < 1 minuto

Durante entrevista concedida na manhã do último sábado (12.junho) ao programa Frequência Política, apresentado por Binho Shalon e João Matheus, do Políticos do Sul da Bahia, na Rádio Difusora AM, o senador Otto Alencar (PSD) rasgou elogios ao prefeito Mário Alexandre (Marão), afirmando que Ilhéus está em pleno desenvolvimento devido ao grande poder de articulação junto ao governador Rui Costa (PT) e às conquistas obtidas para o município, por meio da interlocução do gestor ilheense.

O parlamentar atribui ao prefeito Marão o avanço em importantes áreas, o equilíbrio fiscal das contas públicas, a valorização dos servidores públicos e o boom na geração de emprego e renda, com contratação formal em diversos setores, que segundo ele há muitos anos não se via na cidade. “Ilhéus é a cidade do progresso, do desenvolvimento e do crescimento econômico, com grandes investimentos atraídos graças à seriedade da gestão atual, que é sinônimo de respeito e fidelidade aos ilheenses”, destacou o senador.

Ainda durante a entrevista, Otto frisou que a primeira-dama Soane Galvão é um nome forte para concorrer a uma vaga no legislativo baiano no próximo pleito eleitoral. Conforme ele, o povo de Ilhéus vai legitimar nas eleições “a desenvoltura e inteligência de Soane, que sem dúvida, contribuirá de maneira substancial para viabilizar novas conquistas para o município e toda a região sul da Bahia”, finalizou o senador.

Notícias mais lidas

Outros assuntos