Empresário tinha 76 anos e não resistiu às complicações da doença

Leia em: < 1 minuto

Morreu nesta quarta-feira (21.abril), em Vitória da Conquista, o empresário Neidivaldo dos Santos, conhecido como Nei Madeireira. Internado há alguns dias no Hospital Samur devido a Covid-19, Nei não resistiu às complicações e faleceu aos 76 anos.

O empresário era natural do Município de Meetinga, sendo considerado um dos maiores empreendedores de Vitória da Conquista. Além de atuar no ramo de madeireira, sendo um dos mais antigos empresários da Avenida Brumado (Zona Oeste de Conquista), ele também era proprietário do Opium Motel, situado no Bairro Remanso.

Técnicos da Emasa observam serviço de manutenção da lagoa

Leia em: < 1 minuto

A lagoa de decantação de esgoto da Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa), no Bairro São Judas Tadeu está passando por um completo trabalho de manutenção com o recolhimento de plantas aquática popularmente conhecidas como baronesa (Eichornia crassipes).

Há muitos anos, a lagoa que ocupa área total de 3,77 hectares não passava por um processo de conservação tão completo.

“A remoção da vegetação superficial melhora a eficiência do tratamento aeróbico. A melhoria se dá com maior incidência de raios solares e, consequentemente, uma maior redução da carga orgânica presente no efluente sanitário”, explica o diretor técnico da Emasa, Bruno Mendonça.

A eficácia de tratamento em lagoas de estabilização é de aproximadamente 80% para os sistemas bem operados, com as devidas manutenções. A lagoa do bairro São Judas, por exemplo, tem capacidade de tratar até 48 litros de defluentes por segundo. A água remanescente é devolvida integralmente tratada ao Rio Cachoeira.

O trabalho está sendo realizado com o auxílio de uma escavadeira hidráulica e um barco, com dois canoeiros, que puxam as plantas para a borda da lagoa. A máquina faz o serviço de retirada. A previsão é que os serviços sejam concluídos nos próximos 20 dias.

Cotações de quinta-feira, 22 de abril de 2021

Leia em: < 1 minuto

🍫 Cotação do Cacau 
Ilhéus > R$ 217,00 (comum > arroba)
Nova York > R$ 2.429,00 (futuro > tonelada)

☕ Cotação do Café Conillon (60 kg) 
Café Tipo 7/8 > R$ 425,00
Café Tipo 7 > R$ 430,00

🐂 Cotação do Boi Gordo @ arroba 
Jequié > R$ 285,00
Barreiras > R$ 285,00
Feira de Santana > R$ 285,00
Santo Antônio de Jesus > R$ 295,00
Itapetinga > R$ 290,00
Salvador > R$ 286,00

Governador Rui Costa, secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino, e o comandante-geral da PMBA, coronel Paulo Coutinho

Leia em: 2 minutos

O governador Rui Costa (PT) realizou a entrega de 50 novas viaturas, modelo S10, à Polícia Militar da Bahia (PMBA). O ato ocorreu na manhã desta quinta-feira (22.abril), no pátio da Secretaria da Segurança Pública (SSP), no Centro Administrativo. A ação representa um investimento de R$ 5,7 milhões na área de segurança do estado.

“São 50 viaturas. Todas de tamanho maior para reforçar, dar mais agilidade, segurança e rapidez à ação policial, aqui na capital e no interior do estado. Vamos seguir fazendo essa renovação. É um investimento bastante expressivo que nós temos feito na área da segurança pública e vamos continuar fazendo, apesar da adversidade do momento social e econômico que o Brasil atravessa. Vamos continuar apostando, acreditando e investindo na nossa Polícia Militar, na nossa Polícia Civil e no Corpo de Bombeiros”, afirmou Rui.

Dos veículos entregues, 24 viaturas servirão a unidades de policiamento da capital baiana e as outras 26 serão distribuídas entre os municípios de Alagoinhas, Almadina, Barreiras, Euclides da Cunha, Feira de Santana, Guanambi, Itaberaba, Itabuna, Juazeiro, Nova Fátima, Serrinha, Vitória da Conquista, Cândido Sales e Sapeaçu.

Também participaram da cerimônia de entrega das viaturas o secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino, e o comandante-geral da PMBA, coronel Paulo Coutinho.

//

O motorista de uma ambulância que passava na altura do pedágio em Simões Filho, BR-324, solicitou o apoio dos policiais

Leia em: < 1 minuto

A ambulância que seguia do município de Macajuba (BA) com destino a maternidade Tsylla Balbino, na capital baiana, apresentou um defeito mecânico e precisou ser imobilizada, momento em que os PRFs iniciaram a ação rápida de ajuda a parturiente.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou mais um auxílio ao usuário, reforçando seu compromisso inegociável com a sociedade de “polícia cidadã”. Desta vez, uma mulher em trabalho de parto foi conduzida com rapidez a maternidade e, graças à diligência dos policiais, mãe e bebê passam bem.

O motorista de uma ambulância que passava na altura do pedágio em Simões Filho, BR-324, solicitou o apoio dos policiais. Aflito, o motorista informou que estava transportando uma mulher em trabalho de parto e o veículo apresentou falha mecânica, fator que impossibilitaria sua chegada na maternidade.

Diante da situação, os PRFs colocaram a gestante no banco traseiro da viatura e com agilidade e precisão transportaram-na com segurança até a maternidade.

//

Benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375

Leia em: < 1 minuto

Trabalhadores informais nascidos em agosto começam a receber hoje (22.abril) a nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.

Também hoje, beneficiários do Bolsa Família com o Número de Inscrição Social (NIS) de dígito final 4 poderão sacar o benefício.

O pagamento será feito ainda a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos no mesmo mês. O dinheiro será depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a quatro semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta corrente.

O saque da primeira parcela foi antecipado em 15 dias. O calendário de retiradas, que iria de 4 de maio a 4 de junho, passou para 30 de abril a 17 de maio.

Ao todo, 45,6 milhões de brasileiros serão beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial. O calendário de pagamentos foi divulgado pelo governo no fim de março e atualizado na semana passada. Da Agência Brasil

O projeto é de autoria do presidente da Câmara, Jerbson Moraes (PSD)

Leia em: 2 minutos

A Câmara Municipal de Ilhéus aprovou e instituiu a Escola do Legislativo, cuja finalidade é aproximar o Poder Legislativo da comunidade e aperfeiçoar o seu funcionamento interno, visando fortalecer os processos democráticos por meio de ações educativas e promoção da participação popular. “A partir da publicação do projeto, será possível criar parcerias com universidades, organizações científicas, estabelecer promoção de cursos e capacitação de funcionários”, destaca o autor do Projeto de Resolução, Jerbson Moraes (PSD), presidente da Câmara. A aprovação foi por unanimidade dos vereadores presentes à sessão da última terça-feira (20.abril).

A Escola do Legislativo será subordinada à presidência da Câmara com atribuições de desenvolver e oferecer suporte conceitual de finalidade técnico-administrativa, assim como planejar, orientar, coordenar, controlar, promover e executar ações educativas. São objetivos da escola, desenvolver atividades pedagógicas voltadas ao desenvolvimento cultural, político-institucional e técnico de agentes políticos e servidores públicos, oferecer programas de formação e especialização técnica ou politica aos servidores da Câmara Municipal, voltados ao aperfeiçoamento das atividades administrativas, parlamentares e legislativas e realizar cursos, palestras, debates e seminários, inclusive em parceria com instituições cientificas e/ou educacionais.

DIMINUIR DISTÂNCIAS
De acordo com o autor do projeto, a iniciativa também vai estimular ações que visem aproximar a Câmara e a comunidade, por meio de projetos de educação politica e de mecanismos de participação popular, além de estimular e dar suporte ao desenvolvimento de projetos, estudos e atividades de pesquisa técnico-cientifica, voltados a Câmara Municipal, estabelecendo inclusive cooperação com outras instituições de ensino. A escola ainda vai poder editar publicações sobre temas de relevância do Poder Legislativo, bem como as atividades de ensino, pesquisa e extensão.

O projeto também reforça a promoção de intercâmbio de informações e experiências com instituições publicas e privadas, principalmente em torno dos campos temáticos das comissões permanentes, da atividade parlamentar e legislativa. Também integrará o Programa Interlegis, do Senado Federal, ou o que venha a substitui-lo, propiciando a participação de parlamentares, servidores e agentes políticos em videoconferências e treinamentos à distancia. A Escola Legislativa realizará projetos de visitação à Câmara Municipal e formação político-cidadã de jovens e adultos.

PROFESSORES
O Corpo Docente da Escola do Legislativo será integrado por professores visitantes e profissionais especializados, integrantes do Quadro de Pessoal do Legislativo ou de instituições parceiras. Os docentes deverão ter habilitação acadêmica ou profissional, com capacidade técnica e didática para a atividade do magistério. “A pretensão maior da Escola Legislativa é ser conhecida e, sobretudo, considerada, no cenário local e nacional, como uma competente instituição de ensino especializada em educação legislativa de excelência e direcionada à formação politica, cidadã e profissionalizante”, explica Jerbson Moraes.

Leia em: < 1 minuto

O Tribunal de Justiça negou recurso da empresa Expresso Brasileiro Transportes Ltda. e confirmou decisão liminar de primeiro grau que determinou, a pedido do Ministério Público do Estado da Bahia, a concessão de gratuidade a idosos, a partir de 65 anos, nas linhas de transporte do percurso entre os municípios de Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália. A solicitação do MP foi realizada em ação civil pública ajuizada pela promotora de Justiça Darrielle Aleixo. A liminar foi proferida em novembro do ano passado e a decisão do TJ publicada no último dia 7.

Na decisão, a juíza substituta de 2º grau Cassinelza Lopes, relatora do processo, refutou o argumento da empresa de que a gratuidade não poderia ser concedida por se tratar de linhas de ônibus intermunicipais, para as quais a lei não prevê obrigatoriedade de serviço gratuito a idosos. Segundo a magistrada, o MP demonstrou que, “embora entre municípios diferentes, as linhas de ônibus que ligam Porto Seguro à Santa Cruz Cabrália encaixam-se na modalidade urbana ou semiurbana, exatamente pelas características que compõem o serviço prestado”. Conforme a decisão, o MP apontou que as linhas em questão estão registradas como “transporte semiurbano”, “sistema de característica urbana” e “tipo de veículo: ônibus urbano convencional” no site da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transporte e Comunicações da Bahia (Agerba).

Ajude a polícia a achar estes dois suspeitos de ter cometido o assassinato de Seu Moura

Leia em: < 1 minuto

A Polícia Civil divulgou nesta noite de quarta-feira (21.abril) a imagem de dois suspeitos de ter cometido o assassinato do taxista Amintas Feitosa, de 71 anos, mais conhecido como Seu Moura.

As denúncias serão fundamentais para facilitar o trabalho da polícia. Caso saiba de alguma informação, entre em contato com a Polícia Militar ligando para o 190 e denuncie de forma anônima.

Seu Moura era taxista há mais de 20 anos e atualmente trabalhava na Praça 32, no Centro Comercial de Itabuna

Leia em: 2 minutos

 Confirmado! O corpo do taxista Amintas Feitosa, de 71 anos, mais conhecido como Seu Moura, foi encontrado próximo do entroncamento do município de Itajuípe, na tarde desta quarta-feira (21.abril).

Seu Moura estava desaparecido desde às 11h30min desta segunda-feira (19.abril), quando atendeu uma corrida com dois homens. E o carro que ele trabalhava era um Fiat Grand Siena com placa PKP-5028 e encontrado carbonizado, na zonal rural de Itapitanga, na madrugada desta quarta-feira (21). A polícia ainda não confirmou se o veículo é o de Seu Moura.

Que Deus console os familiares desta crueldade sem tamanho.

Atualização às 19h25min

Seu Moura foi encontrado amarrado em uma árvore e com uma espécie de capuz feita com sua próprio roupa e sinais de tortura. E a necropsia está marcada para ser realizada nesta quinta-feira (22.abril), às 8 horas da manhã.

A polícia também divulgou uma imagem dos possíveis autores do crime de Seu Moura.

Caso você saiba quem são estes dois suspeitos denunciem para a Polícia Militar ligando para o 190 ou 197.

Entenda o caso ⤵️

//

Com investimento estimado em R$ 1,2 milhão, as obras já foram iniciadas

Leia em: 2 minutos

O Sistema Integrado de Abastecimento de Água (SIAA) de Serrinha/Conceição do Coité, que abastece sete municípios na região (Barrocas, Biritinga, Conceição do Coité, Lamarão, Retirolândia, Serrinha e Teofilândia), está recebendo investimentos da Embasa em melhorias operacionais visando otimizar a distribuição e ampliar a oferta de água.

Atualmente, está em andamento a perfuração de mais um poço artesiano para reforçar a oferta de água tratada na região, somando-se aos outros 16 poços já em operação. O poço P34, no município de Biritinga, terá 400 metros de profundidade e, quando estiver em operação, deverá incrementar em mais 10% o volume distribuído no SIAA. Com investimento estimado em R$ 1,2 milhão, as obras já foram iniciadas, porém, por terem sido embargadas, a Embasa está adotando as medidas legais cabíveis para liberação e continuidade da perfuração do poço.

Outra frente de investimento em melhoria da prestação do serviço de abastecimento está voltada para o município de Serrinha cuja rede distribuidora será ampliada e receberá equipamentos de controle de perdas de água. O investimento é da ordem de R$ 5,7 milhões, sendo que a ordem de serviço para o início dos trabalhos será assinada ainda neste mês de abril e a previsão é que sejam concluídos em oito meses.

“O objetivo principal deste investimento é fazer uma melhor equalização das vazões distribuídas e melhorar o fornecimento da água entre os bairros da cidade”, explica o gerente de operações da Embasa, Vinícius Araújo. “Com os novos equipamentos que serão instalados na rede, conseguiremos medir a quantidade exata de água que está indo para cada região e identificar de maneira mais precisa os gargalhos na distribuição, trabalhando para corrigi-los”, afirma Araújo.

“Com estas duas frentes de atuação, acreditamos que será possível, no médio prazo, não somente dar maior segurança hídrica à operação do sistema integrado, como também aumentar a oferta de água para os municípios da região”, acredita Raimundo Bezerra Neto, superintendente de Operações Norte da Embasa.

//

Jorge Khoury entrou em contato com senadores e deputados da Bahia para votação que evitou derrubada de decisão do governo federal que impactaria pequenos negócios

Leia em: 2 minutos

Parlamentares baianos votaram pela manutenção do Veto nº 50/2020 da Lei 14.063, que extinguiu a obrigatoriedade da certificação digital para pessoas físicas e jurídicas. No total, o veto foi mantido pelo Congresso Nacional com 365 votos a favor, 17 contra e uma abstenção. A votação aconteceu na noite de segunda-feira (19). A manutenção da decisão do presidente da República, Jair Bolsonaro, favorece os donos de micro e pequenos negócios, pois reduz custos e a burocracia no empreendedorismo.

O Sebrae defendeu o veto à obrigatoriedade da certificação digital, como uma das formas de aumentar a competitividade e permitir que as micro e pequenas empresas continuem gerando emprego e renda e sendo o motor da economia. O superintendente do Sebrae Bahia, Jorge Khoury, buscou articular, diretamente com parlamentares da bancada baiana, para conseguir manter a decisão. Houve a mesma articulação do Sebrae em outros estados, com a liderança, em âmbito nacional, do presidente Carlos Melles.

Khoury destaca a importância dessa votação no Congresso Nacional, que impediu mais um impacto negativo aos pequenos negócios. “Os donos de micro e pequenas empresas vêm enfrentando muitas dificuldades em meio à crise gerada pela pandemia. O poder público, junto com o Sebrae, vem agindo no desenvolvimento de soluções para que essas empresas possam encarar os desafios desse momento. O veto em questão vai permitir que os pequenos continuem tendo fôlego para enfrentar esse período difícil, o que influencia positivamente também o ambiente de negócios no Brasil”, afirmou o superintendente.

Desde que a obrigatoriedade da certificação digital foi eliminada, o desempenho nas formalizações de empresas nas juntas comerciais melhorou. Segundo levantamento produzido pelo Sebrae, cresceu o número de assinaturas avançadas nos atos perante as juntas comerciais. Apenas nove juntas comerciais, que fazem parte do Projeto Empreendedor Digital e que foi implantado em março desse ano, formalizaram, em um curto espaço de tempo, mais de 100 mil atos por meio das assinaturas avançadas.

Se o veto tivesse sido derrubado, diversos serviços digitais lançados pelo governo federal e pelos governos estaduais nos últimos anos exigiriam que cidadãos e empresas tivessem que adquirir certificados digitais, acarretando em aumento de custos e de burocracia. “Nessa altura, precisamos encontrar formas de simplificar os processos para as micro e pequenas empresas. Nosso papel, enquanto Sebrae, é também atuar nessa articulação, para que possamos, em breve, retomar o caminho do crescimento econômico”, conclui Jorge Khoury.

DESBUROCRATIZAÇÃO
A desburocratização de processos e a redução de custos das empresas têm sido foco de várias ações do governo federal e do Sebrae em busca do aumento da competitividade brasileira e da maior atração de investidores para o país. No fim de março, o governo editou a MP 1.040, que visa melhorar o ambiente de negócios no Brasil e elevar em 20 posições a colocação do país no ranking Doing Business, do Banco Mundial.

O Sebrae tem apoiado e se mostrado parceiro em ações do governo federal que têm melhorado o acesso aos serviços pela internet e que deixam de exigir o certificado digital.

//

Estudo regional pode auxiliar nos diagnósticos e na prevenção dos casos graves entre os moradores locais

Leia em: 2 minutos

“Realizar uma caracterização global da infecção por Sars-Cov-2 no Oeste da Bahia poderia auxiliar na identificação de marcadores inflamatórios, genéticos e fisiológicos da doença para otimizar as técnicas de diagnóstico e avaliação das respostas antiviral e humoral”. É desta forma que o pesquisador Jonilson Lima destaca a importância do estudo realizado no Laboratório de Agentes Infecciosos e Vetores da Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob) sobre os diversos fatores relacionados a Covid-19 naquela região. De acordo com Jonilson, o trabalho permitirá aperfeiçoar a técnica de identificação do vírus, identificar correlatos de gravidade ou de proteção dentre as diferentes classes de anticorpos e os marcadores imunológicos, fisiopatológicos e genéticos, além de avaliar a resposta inflamatória dos casos leves, moderados e graves da Covid-19.

“De forma prática, nosso trabalho vai avaliar a predisposição genética dos indivíduos relacionado a diversos sintomas, como, por exemplo, a perda de olfato e paladar. Queremos descobrir se a expressão de alguns genes está relacionada a essas condições específicas, além de estudar padrões que indiquem a possibilidade de um paciente desenvolver um caso grave”. Para o pesquisador, os resultados obtidos permitiriam uma avaliação mais precisa do quadro clínico dos pacientes, determinando no início da infecção aqueles com mais chance de apresentar maior gravidade. “Poderemos identificar precocemente indivíduos com predisposição a desenvolver o quadro grave da doença e, dessa forma, orientar possíveis tratamentos e a utilização de um determinado fármaco”.

Jonilson afirma que diante da pandemia e com a implantação do Laboratório de Diagnóstico Molecular da Ufob, o grupo de pesquisadores, que tem expertise em diferentes áreas como bioquímica, imunologia, genética e biologia molecular, decidiu associar o serviço de testagem ao estudo da patologia Covid-19 na região Oeste da Bahia. “Nós, enquanto pesquisadores desta região, sentimos esta necessidade, uma vez que a maioria dos estudos estão restritos às capitais”. Segundo ele, o entendimento da dinâmica local do vírus permite suprir uma carência regional de pesquisas deste tipo, ao mesmo tempo que produz conhecimento com relevância e alcance para todo o país.

Além disso, o trabalho, que possui apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb) e já têm algumas etapas praticamente concluídas, possui um diferencial que é a pesquisa por marcadores biológicos que ainda não foram descritos como associados à gravidade da doença, a fim de correlacioná-los a outros marcadores já descritos. “Estamos criando um biobanco onde estão armazenadas amostras que permitirão a validação de outros marcadores inflamatórios, genéticos e sorológicas futuras. As amostras podem ser utilizadas para validar e desenvolver kits para diagnóstico através da quantificação de anticorpos ou ainda testes de biologia molecular”.

O taxista Amintas Feitosa, mais conhecido como Sr. Moura, tem 71 anos

Leia em: < 1 minuto

Após um dia do desaparecimento do taxista Amintas Feitosa, de 71 anos, mais conhecido como Sr. Moura, a família teve uma pista de onde ele possa ter passado.

Após circular informação nas redes sociais de que o corpo do taxista havia sido encontrado, o Pauta.blog apurou com pessoas próximas, e prontamente foi negada. Logo, não procede a informação que circula em grupos de WhatsApp.

Sr. Moura está desaparecido desde às 11h30min de ontem, segunda-feira (19.abril), quando atendeu uma corrida com dois homens. O carro que ele trabalha é um Fiat Grand Siena com placa PKP-5028.

A única pista que os familiares tem, até o momento, são de documentos que pertencem a Sr. Moura foram encontrados no entroncamento de Itajuípe. A polícia convocou os parentes e após confirmação dos pertences, iniciaram uma busca pelo município. Até o fechamento desta reportagem, nem Sr. Moura e nem o veículo, foram localizados.

Amigos, colegas e familiares do taxista seguem esperançosos de encontrá-lo.

DENUNCIE
As denúncias serão fundamentais para facilitar o trabalho da polícia. Caso saiba de alguma informação, entre em contato com a Polícia Militar ligando para o 190 e denuncie de forma anônima.

//

Acidente com jato ocorreu na tarde hoje; não há informações sobre estado das vítimas

Leia em: < 1 minuto

Um acidente com um avião de pequeno porte (de um modelo 35A, fabricado pela Learjet) no Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, na tarde desta terça-feira (20.abril).

De acordo com o Corpo de Bombeiros, equipes se deslocam para atender a ocorrência da queda de um jato.

Segundo o chefe das equipes que atuam no local, são três vítimas envolvidas. Duas delas, os pilotos na cabine, ainda estão presos às ferragens. Por volta das 15h, os militares tentavam acessar a parte frontal da aeronave para retirá-los. A outra vítima já se encontra fora do avião, apresentando escoriações.

A princípio, segundo os bombeiros, o trem de pouso da aeronave não abriu. Com informações do Correio Braziliense.

//

Leia em: < 1 minuto

O Tribunal de Justiça negou recurso da empresa Expresso Brasileiro Transportes Ltda. e confirmou decisão liminar de primeiro grau que determinou, a pedido do Ministério Público do Estado da Bahia, a concessão de gratuidade a idosos, a partir de 65 anos, nas linhas de transporte do percurso entre os municípios de Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália.

A solicitação do MP foi realizada em ação civil pública ajuizada pela promotora de Justiça Darrielle Aleixo. A liminar foi proferida em novembro do ano passado e a decisão do TJ publicada no último dia 7.

Na decisão, a juíza substituta de 2º grau Cassinelza Lopes, relatora do processo, refutou o argumento da empresa de que a gratuidade não poderia ser concedida por se tratar de linhas de ônibus intermunicipais, para as quais a lei não prevê obrigatoriedade de serviço gratuito a idosos.

Segundo a magistrada, o MP demonstrou que, “embora entre municípios diferentes, as linhas de ônibus que ligam Porto Seguro à Santa Cruz Cabrália encaixam-se na modalidade urbana ou semiurbana, exatamente pelas características que compõem o serviço prestado”. Conforme a decisão, o MP apontou que as linhas em questão estão registradas como “transporte semiurbano”, “sistema de característica urbana” e “tipo de veículo: ônibus urbano convencional” no site da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transporte e Comunicações da Bahia (Agerba).

//

O ex-prefeito João Henrique e o ex-secretário João Carlos Bacelar, terão que devolver – de forma solidária – aos cofres municipais, um total de R$ 47,7 milhões

Leia em: 2 minutos

O ex-prefeito de Salvador, João Henrique Barradas Carneiro e o ex-secretário de Educação, Cultura, Lazer e Turismo (Secult), João Carlos Bacelar Batista, terão que devolver – de forma solidária – aos cofres municipais, um total de R$ 47,7 milhões em razões de irregularidades e desvio de recursos em convênios celebrados com a ONG Fundação Pierre Bourdieu, nos anos de 2011 e 2012. Cada um deles terá que pagar, ainda, uma multa de R$50 mil. A decisão é do Tribunal de Contas dos Municípios, que julgou na sessão desta terça-feira (20.abril), por meio eletrônico, relatório de auditoria realizada sobre os quatro convênios que foram celebrados pela prefeitura com a fundação, envolvendo um total de R$ 115 milhões.

O conselheiro José Alfredo Rocha Dias, que relatou o processo de análise da auditoria, em seu voto – aprovado à unanimidade – determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual contra os gestores, de forma que possa o MPE avaliar a utilização dessas conclusões em ação civil de improbidade administrativa já ajuizada. Será encaminhada, ainda, cópia do processo à Polícia Federal e Polícia Civil do Estado da Bahia – que investigou o caso na Operação “Prometeus” – para informação e eventuais ações.

A auditoria foi instaurada pelo TCM diante da constatação de que os repasses oriundos dos convênios celebrados com a ONG apresentavam significativas diferenças entre os montantes declarados no Sistema SIGA, do tribunal, e os valores constantes da documentação que compunha as prestações de contas. Isto porque, embora a soma dos recursos previstos para a execução dos quatro convênios fosse da ordem de R$115.964.476,93, foram encaminhados para análise do tribunal documentos relativos ao emprego de apenas R$33.913.135,99.

O Ministério Público de Contas, através do procurador Danilo Diamantino, opinou pelo conhecimento e procedência das conclusões da auditoria, sugerindo a aplicação de multa e a penalidade de ressarcimento com recursos próprios dos dois gestores, do valor de R$ 47.728.542,43. Recomendou, ainda, a formulação de representação ao Ministério Público Estadual “para apurar eventuais atos enquadrados com crime ou improbidade administrativa”. Cabe recurso da decisão.

Notícias mais lidas

Outros assuntos