Jatobá foi preso após ser flagrado com armas, drogas, munições e explosivos dentro da própria casa

Leia em: < 1 minuto

O vice-prefeito de Itapé, André Jatobá (UB), foi solto segunda (22.janeiro) após pagar uma fiança no valor de R$ 15 mil. O político havia sido preso no início do mês após ser flagrado com armas, drogas, munições e explosivos dentro da própria casa, localizada no Bairro Jardim Vitória, em Itabuna.

A decisão judicial que libertou Jatobá levou em consideração o fato dele ser réu primário e ter colaborado com as investigações. Além do pagamento da fiança, Jatobá vai ter que seguir algumas restrições, como não frequentar bares e deixar a cidade sem autorização prévia, estar em casa a partir das 21h e acatar as medidas protetivas concedidas à ex-companheira.

Jerônimo vai visitar obras e participar de inaugurações em Itapé e Ubaitaba

Leia em: < 1 minuto

O governador do estado, Jerônimo Rodrigues (PT), vai visitar a região Sul da Bahia amanhã (28.dezembro). Por volta das 9h, Jerônimo vai até Itapé para visitar a obra do Estádio Municipal, as obras de requalificação da Praça Fenelon Santos, além da construção da ponte sobre o Rio Cachoeira na altura da BA-120. Jerônimo também vai entregar a pavimentação em paralelepípedo de algumas ruas da cidade e receber o título de Cidadão Itapeense.

Por volta das 14h, em Ubaitaba, o governador vai inaugurar a nova sede da delegacia de Polícia Civil e entregar a pavimentação em paralelepípedos dos bairros Armandão e Ruinha 2.

André Jatobá foi conduzido à delegacia em 2019 por porte ilegal de arma, pagou fiança e foi liberado

Leia em: 2 minutos

Nesta quinta-feira (14.dezembro), o vice-prefeito de Itapé, André Jatobá, teve a prisão preventiva decretada pela 1ª Vara Criminal de Ipiaú. No documento, é dito que o pedido do Ministério Público estadual foi acatado porque houve quebra de fiança.

Em contato com este Pauta Blog, Jatobá disse que, em 2019, foi flagrado com uma arma de fogo e autuado por porte ilegal em Ipiaú. Na ocasião, ele foi conduzido à delegacia, foi arbitrada uma fiança de R$ 1.000,00 e, em seguida, ele foi liberado.

Ainda segundo o vice-prefeito, na época do ocorrido, ele morava em Itabuna e esse é o endereço que constava nos registros judiciais. Quando ele foi eleito em Itapé em 2020, passou a residir na cidade, mas o endereço não foi atualizado no sistema judiciário.

Neste ano, o processo foi desarquivado e houve algumas atualizações, no entanto, as três notificações foram encaminhadas para o endereço de Itabuna, e não para Itapé. Jatobá alega, então, que não foi encontrado pelos oficiais da Justiça e, portanto, passou a ser considerado foragido, o que, segundo ele, não é verdade.

A quebra de fiança refere-se ao fato de que o valor, anteriormente pago de R$ 1 mil, foi atualizado para R$ 5 mil e Jatobá precisava pagar a diferença de R$ 4 mil: “Já está protocolada a defesa, já paguei a diferença da fiança, já atualizei meu endereço e, agora, a juíza precisa despachar o relaxamento da prisão. Essa prisão é arbitrária porque eu não fui notificado que estava foragido!”.

Para o vice-prefeito, o ocorrido faz parte de mais uma jogada política mirando as eleições de 2024: “Não estou foragido! Estou à disposição da Justiça! A podridão da política é tamanha que ninguém chuta cachorro morto. Isso foi feito com fins políticos, mas meus eleitores têm ciência disso é tanto que, em 2020, eu fui eleito vice-prefeito. Todo mundo tem um passado!”.

Após reunião na última segunda-feira, Jatobá bateu o martelo sobre pré-candidatura

Leia em: < 1 minuto

O vice-prefeito de Itapé, André Jatobá (UB), bateu o martelo e decidiu que vai ser candidato a prefeito do município nas eleições de 2024. Após uma reunião com líderes políticos na última segunda-feira (27.novembro), Jatobá decidiu colocar o nome à disposição e anunciar que vai encarar esse novo desafio.

Para o político, essa é uma oportunidade de contribuir com a cidade onde nasceu: “É um sonho de criança. Em Itapé, nasci, cresci, evoluí, vivi histórias inesquecíveis e tenho amigos que são para sempre. Aliás, alguns destes amigos estão comigo neste grupo e me ajudarão a cuidar desta linda cidade”.

O jovem pré-candidato assegurou que pretende caminhar ao lado de pessoas que pensem no desenvolvimento de Itapé: “Itapé merece mais e, com a ajuda de aliados estratégicos, estarei pronto para oferecer o melhor para a cidade”.

PM prendeu homicida pouco tempo depois do crime

Leia em: < 1 minuto

Na tarde desta terça-feira (3.outubro), um homem foi assassinado a golpes de facão na cidade de Itapé. A vítima foi decapitada após receber um dos golpes.

Pouco tempo depois, a Polícia Militar do município conseguiu prender, em flagrante, o suspeito de cometer o crime. Com ele, foi apreendida a arma utilizada no homicídio.

O suspeito foi apresentado na delegacia de Polícia Civil de Itabuna para adoção das medidas cabíveis.

Humberto Mattos apoiou a candidatura de ACM Neto a governador do estado nas eleições de 2022

Leia em: 2 minutos

Em entrevista à Rádio Interativa FM no último sábado (12.agosto), o secretário de Segurança e Ordem Pública de Itabuna, Humberto Mattos (PSD), afirmou que apoiou ACM Neto (UB) nas eleições de 2022: “Eu não apoiei Bolsonaro, mas apoiei ACM Neto por uma questão local da cidade de Itapé”.

O que desperta a atenção é que o PSD, liderado na Bahia pelo senador Otto Alencar, compõe a base do governador Jerônimo Rodrigues (PT). Sendo assim, como é que um “aliado” tem a liberdade para apoiar o candidato adversário? A situação é, no mínimo, estranha.

Humberto Mattos vem de cinco derrotas seguidas na disputa pela prefeitura de Itapé e já lançou a pré-candidatura pela sexta vez. A pergunta que não quer calar é se, no próximo ano, ele vai abraçar ACM Neto ou Jerônimo?

LEIA TAMBÉM NO PAUTA BLOG ⤵️

Augusto Castro, Major Fábio, Vane do Renascer, Mauro Ribeiro, Zé Alberto, Júnior Brandão, Lucio Vieira, Guinho, Pancadinha, Marcone Amaral e Léo da Capoeira, Jabes Ribeiro, Valério Aguiar, Moacyr Leite, Serpa

Rosemberg deu a letra e disse que Humberto apoiou os adversários da base aliada, nas eleições de 2022

Leia em: 2 minutos

O deputado estadual Rosemberg Pinto (PT) declarou que o delegado aposentado e secretário de Segurança e Ordem Pública de Itabuna, Humberto Mattos (PSD), apoiou as candidaturas de Jair Bolsonaro (PL) e ACM Neto (UB), nas eleições de 2022.

A afirmação foi dada durante entrevista à Rádio Interativa FM, mas Humberto negou e rebateu o líder do PT na Alba: “Eu não apoiei Bolsonaro, mas apoiei ACM Neto por uma questão local da cidade de Itapé”.

Em entrevista ao Pauta Blog (clique aqui e escute o áudio), Mattos declarou que iria apoiar Neto em Itapé e Jerônimo Rodrigues (PT) em Itabuna caso o prefeito Augusto Castro (PSD) solicitasse. É o famoso jogador “lá e cá” a qualquer custo! E em 2024, será que Mattos vai abraçar Neto ou Jerônimo?

Vale ressaltar que o secretário vem de cinco derrotas seguidas na disputa pela prefeitura de Itapé. É muito fôlego para concorrer pela sexta vez! 

Fica a pergunta: nas eleições de 2024, Humberto Mattos (centro), vai abraçar ACM Neto ou o governador Jerônimo Rodrigues?

LEIA TAMBÉM NO PAUTA BLOG ⤵️

Augusto Castro, Major Fábio, Vane do Renascer, Mauro Ribeiro, Zé Alberto, Júnior Brandão, Lucio Vieira, Guinho, Pancadinha, Marcone Amaral e Léo da Capoeira, Jabes Ribeiro, Valério Aguiar, Moacyr Leite, Serpa

//

Aproveite e compre o seu ingresso!

Leia em: < 1 minuto

No dia 2 de setembro, acontece o Encontro de Cavaleiros e Amazonas de Itapé. A saída é do Bar de Chan na Baixada e o trajeto termina no Sítio da Mudinha.

O evento vai ter a participação dos artistas Xamego a Mais e Frank e Alex, além da locução inesquecível de Jô França.

Os ingressos antecipados custam R$ 20. Como adquirir? Compre pelo WhatsApp: 73 98822-9974

//

Vítimas eram de Brasília e estavam seguindo para Itacaré quando acidente aconteceu

Leia em: < 1 minuto

Na noite de ontem (31.julho), um gravíssimo acidente tirou a vida de dois homens na BR-415, trecho entre Itabuna e Itapé. Segundo a polícia, o carro em que eles estavam caiu em uma ribanceira e as vítimas já foram encontradas sem vida no interior do veículo.

As vítimas foram identificadas como José Pedro Pereira Messias, de 65 anos, e José Ivaldo Cabral da Silva, de 71 anos. Eles são de Brasília e estavam seguindo para Itacaré quando a tragédia aconteceu, mas a polícia não divulgou informações sobre o que pode ter provocado o acidente.

Os corpos foram levados para o Departamento de Polícia Técnica de Itabuna e serão encaminhados para Brasília.

Áudio em que delegado afirma que pode apoiar os dois candidatos está gravado pelo Pauta Blog

Leia em: 2 minutos

Parece que bateu arrependimento no delegado de Polícia Civil e atual secretário de Segurança e Ordem Pública de Itabuna, Humberto Mattos (PSD), a respeito da declaração dada ao Pauta Blog sobre o cenário de sucessão estadual. Na semana passada, nós divulgamos uma entrevista em que ele disse claramente que apoia ACM Neto (União Brasil) em Itapé e, em Itabuna, está disposto a apoiar Jerônimo Rodrigues (PT) se o prefeito Augusto Castro (PSD) solicitar.

Talvez os aliados políticos não tenham ficado felizes com o posicionamento do pré-candidato a prefeito de Itapé e, por isso, ele soltou o seguinte comentário na rede social do Pauta: “Não há dois posicionamentos! Eu tenho lado e todos sabem. Há um só! O resto é sensacionalismo”. Interpretações à parte, não há porquê criarmos uma hipótese a partir de uma entrevista que, inclusive, está gravada.

É claro que a afirmação do secretário é, no mínimo, curiosa. Como pode apoiar dois rivais políticos em duas cidades? Enfim, o Pauta fez uma enquete na rede social Instagram e os leitores pediram para escutar o áudio em que o delegado faz a afirmação. Vamos atender ao pedido e mostrar que não houve nenhum sensacionalismo e, sim, a transcrição da verdade.

DÊ PLAY E ESCUTE O ÁUDIO ⬇️

Notícias mais lidas

Outros assuntos