O novo complexo educacional será viabilizado pelo Governo do Estado, promovendo parceria com o município, com investimentos previstos de até R$ 50 milhões. A proposta é implantar uma moderna estrutura de ensino integrado no bairro São Caetano, estruturada com equipamentos pedagógicos, esportivos e culturais para promover ações inovadoras em conteúdo, método e gestão, focados na melhoria da qualidade do ensino

Leia em: < 1 minuto

A secretária municipal da Educação, professora Janaína Araújo, foi recebida em audiência ontem, quarta-feira (24), pelo secretário estadual de Educação, Jerônimo Rodrigues Souza. No encontro, que aconteceu no Gabinete da Secretaria Estadual da Educação (SEC), no Centro Administrativo da Bahia, foram tratadas diversas demandas ligadas ao setor educacional de Itabuna.

Dentre as pautas abordadas, a secretária Janaína Araújo destacou questões relacionadas ao Plano de Ação para início do ano leito na rede estadual, com atividades remotas e, posteriormente, de forma híbrida e presencial, apresentação do trabalho pedagógico referente ao ano letivo de 2020 que acontece em nossa cidade desde em 14 de setembro, bem como sobre matrículas de alunos advindos de escolas municipais para a rede estadual de ensino.

Na audiência com secretário Jerônimo Rodrigues, a titular da Educação de Itabuna também tratou sobre possível cessão e municipalização de unidades escolares estaduais para uso pelo município, com o intuito de atender a alunos do ensino fundamental anos finais.

Janaína Araújo destacou ainda tratativas feitas acerca da construção e implementação do Campus Integrado de Educação Básica, Profissional e Tecnológica Anísio Teixeira, que integrará o Complexo Integrado de Educação, Colégio Estadual de Itabuna, Centro de Apoio Pedagógico, Centro Juvenil de Ciência e Cultura e o Centro Territorial de Educação Profissional Litoral Sul.

//

Leia em: < 1 minuto

O Brasil ultrapassa a marca de 250 mil mortes causadas pela Covid-19, segundo boletim extra do consórcio de veículos de imprensa divulgado nesta quarta-feira (24). O país está prestes a completar um ano de pandemia. Nesta quarta-feira (24) foram registradas 1.390 mortes até 18h18 e 250.036 óbitos desde o começo da pandemia.

Foram 22 estados e o Distrito Federal que divulgaram dados até 18h18: Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Paraná, Rio de janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe São Paulo e Tocantins.

Especialistas apontam um ritmo acelerado de transmissão e de mortes, consequência da falta de medidas de isolamento e de restrições impostas pelo estado. O ritmo das mortes deve continuar acelerando. O país pode atingir 300 mil mortes ainda no mês de março.

//

Texto define cumprimente de metas e de qualidade dos serviços // Foto de Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Leia em: 2 minutos

O presidente Jair Bolsonaro entregou nesta quarta-feira (24) ao presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), o projeto de lei que possibilita a privatização dos Correios.

Chamado de Marco Regulatório para o setor postal, o texto também define a obrigatoriedade do cumprimento de metas de universalização e qualidade dos serviços e estabelece que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) será a Agência Reguladora dos serviços postais.

Segundo o Palácio do Planalto, além do PL entregue ao Congresso, serão realizados debates e estudos para a definição do melhor modelo de desestatização, que pode ser, por exemplo, a venda direta, a venda do controle majoritário ou de apenas parte da empresa. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) contratou a Accenture, empresa de consultoria que estuda o melhor modelo de negócio para a privatização da empresa estatal.

O edital será remetido ao Tribunal de Contas da União (TCU) e, assim que liberado pela Corte, será liberado para a realização do leilão. O PL estabelece a nova organização e a manutenção do Sistema Nacional de Serviços Postais, para que sejam explorados em regime privado, “respeitando, porém, a Constituição Federal em seu Artigo 21, que estabelece à União manter o serviço postal, o que será delegado ao Operador Postal Designado no decorrer do processo de privatização dos Correios”.

O texto do PL determina que a União mantenha o Serviço Postal Universal em todo território nacional, de modo contínuo e com modicidade de preços. A proposta prevê ainda a criação da Agência Nacional de Comunicações, em substituição à atual Agência Nacional de Telecomunicações, que passará a regular também os serviços do Sistema Nacional de Serviços Postais, alterando a Lei nº 9.472 de julho de 1997.

Ao justificar a medida, o Ministério das Comunicações argumenta que a transformação digital do setor postal no Brasil e no mundo demandam elevados investimentos por parte dos Correios.

“Todavia, os esforços empreendidos não têm sido suficientes para que a empresa se atualize na velocidade requerida. Por ser uma empresa pública, ela não conta com o dinamismo que o setor demanda atualmente, tampouco a União tem capacidade fiscal para suportar os investimentos por meio de aportes”, disse o ministro das Comunicações, Fábio Faria.

DECISÃO COLETIVA
Ao receber a proposta elaborada pelo Poder Executivo, o deputado Arthur Lira afirmou que haverá uma discussão do projeto e a decisão será coletiva dos congressistas.

“O relacionamento das duas Casas [Câmara e Senado], continua com muito diálogo e vamos cumprir o que prometemos ao povo brasileiro”, disse.

//

"Não fique BATENDO PERNA na rua. É importante saber que quanto mais você circular, mais terá chance de adquirir o VÍRUS", enfatiza Arnold Coelho

Leia em: 2 minutos

Precisamos deixar um pouco a política-ideológica de lado e começar a assumir que não estamos fazendo a nossa parte. É fato que os governos – nas três esferas – precisam acelerar o processo de vacinação, mas não adianta cobrar tanto dos políticos os nossos DIREITOS se não estamos fazendo os nossos DEVERES. Precisamos começar a AJUDAR no combate ao VÍRUS.

Os JOVENS perceberam que são – em sua ampla maioria – imunes aos efeitos da contaminação do VÍRUS e, de forma IRRESPONSÁVEL, estão levando o VÍRUS para dentro de CASA, infectando os mais VELHOS. Depois são os primeiros a correrem para a INTERNET para culpar os POLÍTICOS, a POLÍTICA e o SISTEMA DE SAÚDE. Ou os JOVENS mudam a rotina nos próximos meses ou iremos enterrar muita gente até o fim da vacinação.

Precisamos adotar medidas simples para SALVAR VIDAS! Mais quais medidas? USANDO MÁSCARA ao sair, mantendo uma distância mínima de 1,5 metro do seu semelhante, usando ÁLCOOL GEL e sempre que voltar para casa higienizando o que trouxe da rua e LAVANDO AS MÃOS.

Outra ação simples que você precisa fazer é lavar a roupa que usou ao sair. Lave sua máscara (se for de tecido) e coloque no sol o sapato que usou. Deixe sempre um pano limpo e úmido na entrada de casa, com desinfetante e alguma substância à base de cloro.

Receba poucas pessoas e em caso de visita cobre a máscara e o uso do álcool gel. Visite pouco os parentes e amigos (para isso, use telefone, o Whatsapp, vídeo chamada, etc), só visite em caso de extrema necessidade. Vá ao comércio se for para TRABALHAR, pagar conta ou comprar alimentos ou remédios.

Não fique BATENDO PERNA na rua. É importante saber que quanto mais você circular, mais terá chance de adquirir o VÍRUS. No caso dos JOVENS que gostam de sair, o ideal seria ficar em casa ou só sair seguindo essas recomendações. Se um parente seu (PAI, MÃE ou AVÓS) pegar esse vírus, a CULPA poderá ser SUA.

Por último é importante que você saiba como está o seu sistema imunológico. Como você anda de Vitaminas C, D, E e Zinco? Procure um médico no seu posto (é de graça), solicite dele exames e se preciso for, peça que ele indique um polivitamínico. E o mais importante: faça alguma atividade física, tome SOL pela manhã, se alimente e durma bem e FIQUE EM CASA.

Tenho seguido esse cronograma desde o início da pandemia e até o momento eu e minha família (graças a Deus) não pegamos COVID.

_____________
Arnold Coelho
Em casa

//

Andrea Castro, Secretária de Promoção Social e Combate à Pobreza

Leia em: 2 minutos

Ao destacar a importância do Conselho Municipal de Assistência Social de Itabuna, a secretária de Promoção Social e Combate à Pobreza parabenizou os novos membros daquele colegiado. “O CMAS tem o papel de fiscalizar os programas assistenciais, o controle social em nosso meio, assegurando direitos previstos em lei, para que possamos dar dignidade a todos itabunenses”, afirmou Andrea Castro.

A secretária municipal de Promoção Social ressaltou “a relevância da participação social em diversas áreas como, por exemplo, a atuação para a garantia dos direitos e a manutenção dos benefícios socioassistenciais”. Ela lembrou que nesta terça-feira, dia 23, o prefeito Augusto Castro nomeou, por meio do decreto n.º 14.301, os novos membros do Conselho Municipal de Assistência Social de Itabuna. Representantes de nove órgãos públicos e nove entidades civis compõem o quadro de conselheiros.

“No momento, o foco de todos os técnicos e funcionários da nossa Secretaria é a promoção de ações de combate à fome e segurança alimentar dos itabunenses menos favorecidos, ainda mais durante este período de pandemia que estamos sofrendo. Para isso, é essencial a participação de todos os segmentos da sociedade. O Conselho Municipal de Assistência Social é a presença da população de Itabuna, junto com a Secretaria de Promoção Social, construindo uma cidade melhor”, disse a secretária Andrea Castro.

O Conselho Municipal de Assistência Social é um órgão que reúne representantes do Governo e da sociedade civil para discutir, estabelecer normas e fiscalizar a prestação de serviços sociais públicos e privados no município. A sua criação está definida na Lei 8.742, de 1993, da Orgânica da Assistência Social. O CMAS tem o objetivo de avaliar e deliberar sobre a política de assistência social, por meio de debates, estabelecimento de normas e fiscalização da prestação dos serviços sociais no âmbito municipal.

Edylene Ferreira, presidente reeleita da UVB Bahia e Gilson Conzatti, presidente da União dos Vereadores do Brasil (UVB)

Leia em: 2 minutos

A presidência, conquistada na manhã de quarta-feira (24), durante o Encontro Nacional de Legislativos Municipais, em Brasília, reforça ainda mais o compromisso da presidente reeleita da UVB Bahia, Edylene Ferreira, com o fortalecimento do Poder Legislativo Municipal e com a participação da mulher na política.

A vereadora serrinhense era a vice-presidente do Fórum. Para o presidente da União dos Vereadores do Brasil, Gilson Conzatti, a presença de Edylene traz um novo vigor e motivação para todas as mulheres brasileiras, nordestinas: “Edylene vem fortalecer ainda mais esse espaço. Ela será empossada em abril durante a Marcha dos Vereadores, aqui em Brasília”, expressou. Além dele, dezenas de vereadores participam do Encontro.

Desde que chegou em Brasília, na última terça-feira (23), a líder dos vereadores baianos tem dialogado com diversas lideranças do Brasil, da Bahia, buscando criar consciência a respeito da necessidade do fortalecimento do Poder Legislativo Municipal através da União dos Vereadores da Bahia (UVB-Ba).

A exemplo do vereador Geremias Mascarenhas, da cidade de Wanderley, que postou em suas redes sociais: “Junto com a nossa presidente Edylene Ferreira, fiquei muito contente com a nossa conversa hoje sobre o fortalecimento da UVB-Bahia na região Oeste. Uma pessoa muito acessível e com muita disposição pra trabalhar! Avante pela luta Municipalista!”.

Outro contato expressivo foi com a Secretária Nacional de Políticas Públicas para as Mulheres, baiana de Candeias, Cristiane Britto. Ao lado de Edylene, ela reforçou a força da mulher brasileira e baiana a frente das políticas públicas.

“Esses contatos nos animam diante do desafio de melhorar a política, fortalecer os municípios e melhorar a qualidade de vida do povo, ainda mais nesse tempo tão difícil. A gente vai construindo a nossa história aos poucos. Agradeço a todos pela confiança, principalmente ao presidente da UVB Brasil, Gilson Conzatti”, expressou Edylene Ferreira.

A vereança é o maior exército da política brasileira. É com essa consciência que a presidente da UVB-Ba continua com a sua missão. Suas atitudes demonstram o esforço para superar os desafios e fazer essa união acontecer, de forma especial, na Bahia e agora, exemplo para as mulheres parlamentares do Brasil.

“Onde era para ser realizado uma caixa para receber a manilha e isso não foi feito. A fuga de material pela manilha provocou a erosão do piso”, explicou Bitencourt

Leia em: < 1 minuto

Equipes da Emasa e da Prefeitura de Itabuna concluíram nesta quarta-feira, dia 24, o fechamento de uma cratera que surgiu na noite de ontem na Praça Camacan esquina com a rua Paulino Vieira, depois que foi isolada e sinalizada por preposto.

Segundo o gerente técnico da Emasa João Bitencourt, o problema foi causado na rede antiga de drenagem pluvial, devido à falta de entroncamento.

Para os serviços de reparo o trânsito que foi parcialmente interrompido no local, sendo liberado logo em seguida para o tráfego de veículos. O gerente técnico da Emasa também informa que esse tipo de evento não tem nenhuma relação com o abastecimento de água, que não sofreu interrupção.

Prefeitura de Itapetinga confirma variante do Coronavírus no município

Leia em: < 1 minuto

A Secretaria de Saúde de Itapetinga confirma, por meio de nota, que as novas variantes do coronavírus estão circulando na cidade. A constatação foi feita com base em informações repassadas pelo CIEVS – Centro de Informações Estratégicas e Resposta em Vigilância em Saúde – com a notificação da variante SARS-CoV-2 (VOC 202012/01), da Linhagem B.1.1.7, (Reino Unido), de uma amostra de RT PCR coletada por um Laboratório da rede privada.

O paciente é jovem, do sexo masculino e passa bem em sua residência.

Essa variante tem importância epidemiológica, foi identificada pelas autoridades de saúde do Reino Unido em 14 de dezembro do ano passado e notificada em mais de 62 países. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), ela foi responsável por um aumento significativo da transmissibilidade, incidência, hospitalizações e pressão sobre o sistema de saúde desde a sua identificação.

O município registrou até o momento 3.356 infectados pelo novo coronavírus. Na vacinação, a cidade aplicou imunizante para 2.240 pessoas.

O prefeito Rodrigo Hagge (MDB), espera acelerar o processo de imunização. “Estamos sem vacina. O governo da Bahia recebeu hoje cerca de 200 mil doses da Oxford e vai fazer o repasse para os municípios, mas ainda não informou o quantitativo”, declarou o prefeito.

Vereador Francisco Gomes (PSD); o 1º secretário, Israel Cardoso (PTC); ministro João Roma Neto o presidente da Câmara de Itabuna, Erasmo Ávila (PSD)

Leia em: 2 minutos

Logo na véspera de tomar posse, em Brasília, o novo ministro da Cidadania, João Roma Neto, participou de jantar com três vereadores de Itabuna, entre outros representantes políticos dos municípios. Já nesse primeiro contato, o presidente da Câmara, Erasmo Ávila (PSD); o segundo vice-presidente, Francisco Gomes (PSD), e o primeiro secretário, Israel Cardoso (PTC), aproveitaram para entregar reivindicações.

O ministro, que toma posse nesta quarta-feira (24), recebeu uma pauta sobretudo em favor de mais investimentos na área social – ainda mais crucial neste momento de pandemia. De antemão, mostrou-se disponível para atender aos pedidos e/ou sugestões que forem encaminhadas à pasta.

“Ele foi muito solícito e se colocou à disposição para ajudar o município. Conversamos sobre a possibilidade de o Ministério enviar recursos para Itabuna. A conversa foi bastante produtiva”, avaliou o presidente da Casa.

MAIS ASSISTÊNCIA
Assistente social por formação, o vereador Israel Cardoso pontuou sobre demandas da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza. Entre elas, a necessidade de serem abertas mais unidades do CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) na cidade. Hoje, são três; mas Itabuna tem extensão para sete.

“A implementação de mais CRAS é para assistir e levar os programas sociais ainda mais perto da população”, disse o edil, que reconhece no titular da pasta “uma importante liderança da política baiana, atuando na esfera federal para o desenvolvimento do país”.

Francisco Gomes, com trajetória como comerciário e também no movimento sindical, considerou positivo o resultado da conversa com o próximo representante da Cidadania. “Fomos bem recebidos, o ministro foi muito solícito aos nossos pedidos. Estamos esperançosos de que ele olhe de fato para nossa cidade e possa ajudá-la”, declarou, no mesmo tom otimista dos colegas.

A previsão para entrega da obra é de aproximadamente 10 dias

Leia em: < 1 minuto

O município de Nazaré, localizada no Recôncavo Baiano, inicia operação de alta complexidade para troca de Passarela: equipamento é um dos 3 meios de ligação entre os dois lados da cidade.

A obra, que é uma solicitação antiga dos moradores da região, iniciou-se no último sábado (20), com a interdição da antiga passarela deteriorada. Há mais de 20 anos, desde a sua instalação, apenas recebia manutenções de pintura e pequenas soldagens, chegando a causar acidentes aos usuários.

A nova passarela, que chegou ao município em novembro de 2020. Passou por preparação, pintura e já está sendo içada para o posicionamento na estrutura que se loocaliza nas margens do Rio Jaguaripe, entre os bairros da Muritiba e Camamu.

Durante a operação, que conta com guindastes e automóveis de apoio, além, da guarda municipal, a travessia entre os bairros que são ligados pela passarela está sendo realizada por barco disponibilizado pela Prefeitura Municipal de Nazaré.

//

Trinta cidades receberão as vacinas ainda hoje noite

Leia em: < 1 minuto

Seis aeronaves da Polícia Militar e da Casa Militar do Governador retomaram, na tarde de hoje, quarta-feira (24), o transporte de vacinas contra a covid-19. Trinta cidades receberão os imunizantes até o início da noite.

Assim que os quatro aviões e dois helicopteros pousarem com as doses nos municípios, a Polícia Militar realizará escoltas até locais determinados pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). Com apoio da Polícia Civil, os pontos de armazenamento contarão com reforço das patrulhas ostensivas e de ações de inteligência.

“Vamos novamente com força total para garantir que as vacinas contra o novo coronavírus cheguem de forma rápida e segura a todas as cidades baianas”, enfatizou o secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino.

Secretário de Governo de Arataca, Renato Freitas; prefeito de Arataca, Ferlú Mansur; secretário Davidson Magalhães e o Luiz Brantes, Sudesb

Leia em: 2 minutos

O prefeito de Arataca, Fernando Mansur (PSD), ou Ferlú como é mais conhecido, viajou em busca de mais obras para o município, e colhe bons frutos.

Desta vez, ele se reuniu com Davidson Magalhães, secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), quando na oportunidade foi assinada a ordem de serviço para o Estádio de Futebol de Arataca.

“Precisamos valorizar o esporte e inserir nossos jovens nesse meio. Para isso, estamos contando com o apoio do Governo do Estado”, disse o prefeito Ferlú.

As obras do Estádio Municipal de Futebol de Arataca, vinha há mais de dez anos se alongando sem execução, onde a origem desta obra é parte de uma emenda do deputado Federal Valmir Assunção e com a complementação do estado com mais 50% do valor por conta do tempo que durou essa emenda de ser executada, e hoje será realizada no valor de R$ 890.735,31.

 

Ato da assinatura do prefeito Ferlú Mansur e o secretário Davidson Magalhães

A previsão de entrega do novo estádio de Arataca será ainda para este ano.

Também se reuniu com o coordenador de Obras da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), Luiz Brantes. O secretário de Governo de Arataca, Renato Freitas, acompanhou Ferlú nessa passagem pela capital baiana.

▶️ Assista o vídeo com mais detalhes:

A Republicana Tia Eron assume a vaga do deputado João Roma

Leia em: < 1 minuto

Com o licenciamento do deputado João Roma para assumir o Ministério da Cidadania, a suplente imediata é a ex-deputada Republicana Tia Eron.

Tia Eron foi também secretária de Promoção Social e Combate à Pobreza na prefeitura de Salvador, durante a gestão do ex-prefeito ACM Neto.

 

As apostas podem ser feitas até as 19h, no horário de Brasília

Leia em: < 1 minuto

As seis dezenas do concurso 2.347 serão sorteadas, a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet. A aposta mínima, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.

De acordo com a Caixa, caso apenas um apostador leve o prêmio principal e aplique todo o valor na poupança, receberá no primeiro mês um rendimento de R$ 48,6 mil.

Por indicação do Republicanos, o novo ministro toma posse em cerimônia no Palácio do Planalto nesta quarta-feira, às 18h

Leia em: < 1 minuto

O republicano João Roma toma posse, nesta quarta-feira (24), como novo ministro da Cidadania. A cerimônia está marcada para às 18h, no segundo andar do Palácio do Planalto, em Brasília.

João Roma foi indicado pela bancada do Republicanos na Câmara dos Deputados. A nomeação já foi publicada na edição extra do Diário Oficial da União no último dia 12.

“A missão maior é não deixar ninguém para trás e garantir direitos e benefícios para aqueles que mais precisam. Agradeço ao presidente Jair Messias Bolsonaro pela confiança e ao meu partido, Republicanos, na pessoa do presidente Marcos Pereira, pelo total apoio e incentivo”, frisou Roma.

Na pasta, Roma será responsável pela gestão do Bolsa Família, programa de transferência direta de renda, direcionado às famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o país, de modo que consigam superar a situação de vulnerabilidade e pobreza.

Deputado federal em seu primeiro mandato pelo estado da Bahia, João Inácio Roma Neto é Bacharel em Direito, possui vasta experiência na administração pública, é conhecido como um gestor do consenso e que prioriza sempre as boas relações no ambiente político.

Quem assume a vaga deixada pelo deputado é a republicana Tia Eron (BA), que reforça a bancada feminina do Republicanos na Câmara. Com isso, o partido contará com quatro deputadas federais – Aline Gurgel (AP), Rosangela Gomes (RJ) e Maria Rosas (SP).

A operação foi batizada de Mão dupla e tem o apoio da Coordenação de combate à corrupção e Lavagem de Dinheiro e do Centro de Operações Especiais, ambos da Polícia Civil

Leia em: < 1 minuto

A Polícia Civil cumpriu hoje, quarta-feira (24), 11 mandados de busca e apreensão em uma operação contra fraudes em licitações no Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA), em Salvador.

O esquema criminoso envolvia a Escola Pública de Trânsito (Eptran). A polícia investiga fraudes em licitações para contratar uma fundação prestadora de serviço para a Eptran. A estimativa é de que essas fraudes geraram prejuízo de cerca de R$ 19 milhões aos cofres públicos.

Em nota, Detran-BA informou que colabora com a investigação da Polícia Civil. Disse ainda que suspendeu o funcionamento da Eptran em março de 2019, “após recomendação do Ministério Público da Bahia (MP-BA) e parecer da Procuradoria Geral do Estado (PGE), que se manifestaram contrários à realização dos cursos oferecidos pela escola, para a formação e capacitação de condutores”.

São investigados ex-dirigentes do Detran, que seriam os responsáveis pelas fraudes nos processos licitatórios. Também são investigados empresários, funcionários do Detran e duas fundações de direito privado que teriam participado do esquema criminoso.

Os mandados estão sendo cumpridos na própria sede do Detran, em empresas privadas e nas duas fundações envolvidas. Os nomes dos suspeitos e das empresas não foram divulgados pela polícia. Do G1

//

Cintia Alves perdeu o bebê no Hospital Geral de Coaraci // Foto reprodução da Rede Portal

Leia em: 3 minutos

Mais uma grávida perdeu o bebê por falta de bom atendimento no Hospital Geral de Coaraci, município no sul da Bahia. Na quarta-feira (17 de fevereiro), Cintia Alves perdeu o filho durante um parto de risco, após agentes de saúde informarem que não havia vaga em hospital especializado para gravidez de alto risco, em Itabuna.

De acordo com a gestante Cintia Alves, horas antes de sentir as contrações ela teria ido a Itabuna marcar a cirurgia de cesárea. Ao retornar para Coaraci, onde reside, começou a sentir dores, dando início ao trabalho de parto.

Após ser levada ao Hospital Geral de Coaraci, enfermeiros tentaram uma vaga de emergência em um Hospital de Itabuna, via regulação, mas sem sucesso. Ainda segundo a mulher, os médicos informaram que não se tratava de uma gravidez de risco e que o parto poderia ser feito em Coaraci.

O pai da criança relatou ter ficado extremamente chocado ao ver o corpo do bebê, que nasceu com cerca 4kg. Pais, amigos e familiares se encontram em estado de choque.

O OUTRO LADO
De acordo com a Secretária de Saúde de Coaraci, Maria Luísa, a paciente apresentava histórico de dois partos feitos por meio de cesárea, e 42 anos, o que foi suficiente para considerar gravidez de risco.

“Na madrugada do último dia 17 essa gestante de 42 anos e com 39 semanas de gestação deu entrada no Hospital Geral de Coaraci, se queixando de dor lombar e contrações. Ela foi avaliada pela equipe plantonista, que verificou o seu vínculo para parto de alto risco com a unidade pactuada no vizinho município de Itabuna”.

E completa: “Após avaliação a médica plantonista solicitou que a paciente fosse inserida no Sistema de Regulação de Vagas de Urgência e Emergência, SUREM, disparando o pleito para todas as instituições vinculadas aptas a proceder com a demanda, sendo que essas negaram vaga para a paciente”.

E esclarece que já no dia 18 de fevereiro, a equipe local assim como os profissionais de plantão na Central Estadual de Regulação mantiveram o empenho na busca por solução e acolhimento ideal para a mulher, naquele momento já em evolução para o parto. “Infelizmente o trabalho de parto normal evoluiu sem que tivesse sido alcançado a autorização para a transferência da paciente e o bebê veio a óbito”.

E finaliza salientando que o HGC é uma unidade de pequeno porte, sem suporte para a realização de partos cesarianos. “Por essa condição a Atenção Básica do município prioriza o acompanhamento pré-natal de suas gestantes que são devidamente vinculadas a unidade pactuada, sempre que há o entendimento da necessidade do acolhimento de alto risco”.

▶️ ASSISTA O VÍDEO
O vídeo foi exibido no Programa Revista da Cidade, da Rede Portal de Coaraci.

//

Leia em: 2 minutos

A situação em relação à pandemia do novo coronavírus caminha a passos largos para ficar incontrolável se nada for feito para conter o avanço devastador da covid-19.

O amanhã é hoje, é agora pela manhã. Não há mais tempo para indefinições, de deixar para o outro dia, sob pena do caos, das pessoas infectadas, por falta de vagas nos hospitais, ficarem “internadas” em casa e, como consequência, só Deus na causa, como dizem os religiosos.

O prefeito Augusto Castro sabe – e como sabe, já que quase foi para outra vida em decorrência do cruel vírus – da gravidade da doença, do sofrimento que ela provoca. Castro, salvo engano, passou mais de 45 dias de agonia, muitos deles na UTI.

O alcaide não pode é se deixar levar por pressões de quem quer que seja ou de qualquer segmento da sociedade. Esses que hoje pressionam para que o chefe do Executivo não tomem medidas duras para combater a proliferação da covid-19, serão os primeiros a criticá-los lá na frente. Vão dizer que o prefeito foi irresponsável, que cruzou os braços diante do avanço da maldita enfermidade.

Vale lembrar que o Supremo Tribunal Federal (STF), instância máxima do Poder Judiciário, deu aos estados e municípios autonomia para tomar decisões de acordo com suas peculiaridades no tocante ao avanço do vírus, até mesmo uma medida extrema como a decretação de lockdown.

“O lockdown é mais ou menos como desligar a chave geral. Quando você afasta as pessoas por, pelo menos, duas semanas, que é o período médio de incubação da doença, você tem uma calma na doença. Com isso, consegue se planejar e ganhar um fôlego”, diz Evaldo Stanislau, infectologista do Hospital das Clínicas, em São Paulo.

Concluo dizendo que são nos momentos difíceis, cuja tomada de posição tem que ser urgente, que se conhece o verdadeiro “homem público”, que não fica na indecisão em decorrência de pressões, mais especificamente de setores organizados da sociedade.

Sei que não vai ser fácil. Mas alguma coisa precisa ser feita. Não dar para fechar os olhos como se nada estivesse acontecendo, com vidas humanas sendo ceifadas pelo maldito vírus.

O prefeito Augusto Castro já começa a viver seu pior momento no comando do centro administrativo Firmino Alves. 

___________
Marco Wense é Analista Político

*A análise do colunista não reflete, necessariamente, a opinião de Pauta.blog.br

//

Tanto no Calixto Midlej Filho quanto no Hospital Manoel Novaes, estão todos ocupados e com fila de espera

Leia em: 2 minutos

A Santa Casa de Itabuna já contabiliza, neste mês de fevereiro, o maior número de atendimentos a pacientes com suspeitas e positivados para o novo coronavírus nas unidades do Hospital Calixto Midlej Filho (HCMF), desde o início da pandemia. O mês ainda não acabou e 1.029 pacientes com os sintomas ou com diagnóstico confirmado da doença passaram pela unidade hospitalar. Uma quantidade muito maior que no pico da pandemia ano passado, quando cerca de 900 pessoas buscaram atendimento em outubro.

Para os médicos e diretores da SCMI, a situação hoje é muito mais preocupante por causa do número maior de pessoas infectadas com a Covid-19 e que têm evoluído para o estado grave. Para os especialistas, o comportamento da população será fundamental para vencer essa fase delicada da pandemia.

O diretor administrativo da SCMI, Wagner Alves, alerta que corre-se o risco de se chegar a um momento em que o município não terá condições de ofertar atendimento para população local, principalmente porque os leitos são regulados pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), o que significa que pacientes de todas as regiões são enviados para os hospitais de Itabuna. “Não temos estrutura para atender tanta gente ao mesmo, pois os leitos existentes não são somente para o novo coronavírus, mas também para pacientes com outras enfermidades”, ressalta.

OCUPAÇÃO DE 100%
Wagner Alves destaca que hoje os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), tanto no Calixto Midlej Filho quanto no Hospital Manoel Novaes, estão todos ocupados e com fila de espera. São 15 leitos de UTI exclusivos para Covid-19 nas duas unidades hospitalares e 31 leitos clínicos, distribuídos entre particulares e SUS. “Hoje há, pelo menos, três pacientes em estado grave precisando de uma vaga de UTI e não temos”, reforça.

A diretora técnica do HCMF, a médica Maria Carolina Reis, lembra que o colapso no sistema de saúde está ocorrendo em quase todo o país. A médica esclarece que, embora muitas vagas exclusivas para pacientes Covid-19 estejam sendo abertas no estado, há limitação nesse processo porque faltam médicos, enfermeiros e fisioterapeutas intensivistas no país. “Não é um processo tão simples como boa parte da população imagina”, observa.

Diante do quadro de grande procura pelos serviços (particular/convênios) no Pronto Atendimento do Calixto Midlej, a médica apela à população para somente comparecer à unidade se realmente precisar de atendimento com urgência. “A orientação é para que os pacientes assintomáticos ou com os sintomas leves da doença utilizem outros meios de atendimento. Como a rede ambulatorial para realização de consultas e exames ou teleatendimento, além de acionarem o Departamento de Vigilância Epidemiológica”.

Maria Carolina Reis ressalta que o PA, neste momento de grande fluxo, deve ser procurado pelas pessoas em situação com estado de saúde que demande atendimento de urgência como os pacientes que estão sofrendo com uma tosse persistente, desconforto respiratório, febre e dor torácica.

“Isso deve ser feito para que o atendimento seja assegurado às pessoas que realmente necessitem de assistência intra-hospitalar. Assim será mantida a qualidade no atendimento e evita-se, inclusive, aglomeração na unidade e o risco dos assintomáticos contaminarem quem não está infectado”.

//

Itabuna abre edital para novos serviços funerários

Leia em: 2 minutos

A cidade Itabuna deu abertura para aquisições de mais urnas funerárias, ou seja, caixões, e também serviços funerários para o município. O edital foi publicado na edição de ontem, segunda-feira (22). As propostas de preços e negociações devem ser enviadas até o dia 5 de março, às 8h55min.

A abertura deste edital revela a preocupação do município com o aumento do número óbitos por Covid-19, em Itabuna. Com isso, a quantidade de caixões podem não ser suficientes nas próximas semanas.

Vale lembrar: nos últimos 7 dias, o número de mortes por Covid-19 em Itabuna, passou de 386 para 399, ou seja, 13 vidas perdidas em decorrência do vírus.

Conferir o edital através do link.

Segundo a secretaria de Relações Institucionais e Comunicação:
1. Não há correlação entre as mortes por Covid-19 e a aquisição de urnas funerárias.
2. O procedimento é recorrente, acontece todos os anos.
3. As urnas se destinam à Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza. São usadas por famílias de baixa renda, cujo parente tenha falecido e não tenham condições de custear o funeral.
4. A morte pode ser em quaisquer circunstâncias ou enfermidades.

Atualizada às 21h57, de 23/fev/2021

Notícias mais lidas

Outros assuntos