//

Ferlú Mansur (PSD), prefeito de Arataca e o governador da Bahia, Rui Costa (PT)

Leia em: < 1 minuto

Ordem de serviço para obras de abastecimento de água e novos projetos serão autorizados.

O prefeito de Arataca, Ferlú Mansur (PSD) irá recepcionar, nesta 4ª feira (2.fevereiro), às 9h, o governador Rui Costa (PT) no município de Arataca. Costa vai autorizar uma série de obras e projetos, dentre eles, vai assinar ordem de serviço para construção de sistemas simplificados de abastecimento de água nas localidades de Assentamento Rio Aliança e Assentamento Grupo Santo Antônio. O trabalho será realizado pela Cerb (Companhia de Engenharia Hídrica e Saneamento da Bahia).

O governador também vai liberar a Secretaria de Educação do Estado a dar início a processo de licitação para construção de nova unidade escolar que vai abrigar o Colégio Estadual Bráulio Xavier, com implantação de bloco com dez salas, refeitório, auditório, biblioteca, quadra poliesportiva coberta e campo society.

Já a Conder, empresa vinculada à Sedur (Secretaria de Desenvolvimento Urbano), será autorizada a firmar convênio com a Prefeitura de Arataca para revitalização e urbanização do entorno do Mercado Municipal.

Leia em: 2 minutos

O Partido dos Trabalhadores da Bahia discutiu a tática eleitoral de 2022 em reunião extraordinária com a presença do senador Jaques Wagner, deputados estaduais e federais, prefeitos, vereadores e dirigentes na tarde desta 2ª feira (28.fevereiro). Na ocasião, Wagner anunciou às lideranças sua decisão política de não concorrer ao Governo do Estado. A partir de agora, o Diretório Estadual passará a debater a nova tática eleitoral.

“A retirada da minha candidatura não implica na retirada da candidatura do PT. Quem decidirá se terá candidatura ou não, não sou eu, será o Partido”, afirmou Wagner, que falou sobre a importância da união dos partidos na Bahia para as eleições deste ano.

O presidente do PT Bahia, Éden Valadares, comentou a reunião: “É claro que respeitamos a decisão do companheiro Wagner, mas não a recebemos com alegria. Nossas instâncias se reunirão intensamente nos próximos dias para atualizar nossa posição”.

Os dirigentes petistas reafirmaram decisão do sétimo Congresso do PT que aponta para a presença do Partido encabeçando a chapa majoritária. “Nossa decisão será fruto do debate interno, mas também do imprescindível diálogo com os demais partidos e lideranças da base, como Otto, Leão, Lídice e PCdoB”, ressaltou Éden.

LEIA TAMBÉM NO PAUTA BLOG ⤵️

ANÁLISE❗ Jaques Wagner pode ser responsável pela “morte” do PT na Bahia; caprichos de Rui Costa também são prejudiciais

Segundo Davidson Magalhães, disse também, que o PCdoB foi pego de surpresa com a notícia da reunião realizada com a presença do ex-presidente Lula (PT)

Leia em: 2 minutos

O ex-deputado estadual, Davidson Magalhães (PCdoB), pegou ar na manhã deste sábado (26.fevereiro), em nota publicada nas redes sociais sobre definição das candidaturas majoritárias da base do governo do Estado. “Não é admissível que os partidos do campo do governo não sejam consultados e só tenham conhecimento de articulações e supostas definições tāo importantes pela imprensa”.

Magalhães é aliado e secretário do governador Rui Costa (PT), porém, já havia declarado, em entrevista ao site O Tabuleiro, que a candidatura do senador Jaques Wagner (PT) ao governo da Bahia estava com os dias contados. “Acho difícil a manutenção da candidatura de Jaques Wagner”, pontuou ao saber da reunião, da base, com o ex-presidente Lula. Profetizou?

A construção da chapa-tripé PT-PSD-PP para corrida eleitoral até o Palácio de Ondina parece mais uma novela. Enquanto isto, vai ‘dando pano para manga’ sem previsão para o término.

LEIA A NOTA NA ÍNTEGRA ⤵️

Nota do PCdoB sobre a definição da candidatura da base do governo 👇

1 – Primeiramente registramos considerar equivocado o processo em curso de discussão e definição das candidaturas majoritárias da base do governo estadual. Não é admissível que os partidos do campo do governo não sejam consultados e só tenham conhecimento de articulações e supostas definições tāo importantes, pela imprensa.

2 – O PCdoB não teve participação nas soluções especuladas que vieram a público. Consideramos fundamental o envolvimento de todos os partidos do bloco do governo para as decisões, o que vai ajudar na construção da unidade necessária para a batalha eleitoral que se avizinha.

3 – Achamos inadequado que o debate sobre a sucessão seja feito pela imprensa, quando o caminho mais correto seria a convocação do Conselho Político das forças que alcançaram vitórias sucessivas no passado recente.

4 – Esclarecemos que o partido não tomou posição ainda sobre a composição da chapa majoritária conforme divulgado por alguns meios de comunicação, e que só o fará após diálogos com os partidos e debate interno na nossa direção estadual, ao tempo que afirmamos não ter veto aos
nomes levantados para a disputa.

5 – Por fim, conclamamos a base aliada a debater o processo em curso nos fóruns adequados, forma mais correta de alcançarmos mais uma vitória contra as forças do atraso.

Salvador, 26/02/2022

Comissão Executiva Estadual
Davidson Magalhães – Presidente 

LEIA TAMBÉM NO PAUTA BLOG ⤵️

ANÁLISE❗ Jaques Wagner pode ser responsável pela “morte” do PT na Bahia; caprichos de Rui Costa também são prejudiciais

"Acredito que a Bahia precisa passar por uma renovação", disse Enderson Guinho declarando apoio a ACM Neto

Leia em: 2 minutos

O vice-prefeito de Itabuna, Enderson Guinho (União Brasil) é um grande aliado do pré-candidato ao governo da Bahia, ACM Neto (UB), e sabe usar muito bem as redes sociais.

Neste sábado (26.fevereiro), em uma postagem no seu Instagram, disse: “A galera tá quebrando cabeça, tô achando que 2022 vai ser W.O!”, provocou o vice-prefeito à respeito das candidaturas majoritárias da base do governo do Estado. Uma referência a desistência do ex-governador Jaques Wagner (PT) e a possível candidatura do senador Otto Alencar (PSD) rumo ao Palácio de Ondina, nas eleições de outubro.

Em entrevista ao Pauta Blog no início de fevereiro, Guinho que também é pré-candidato a deputado federal, fez questão de reiterar que, mesmo após a sondagem de outros partidos políticos, vai marchar ao lado de ACM Neto na tentativa de se tornar governador da Bahia.

Para o vice-prefeito, a parceria entre ele e o ex-prefeito de Salvador é uma questão de honra: “Eu dei a minha palavra a ACM Neto que estaria com ele e não volto atrás. Aconteça o que acontecer, estou com ele. Acredito que a Bahia precisa passar por uma renovação, independente do resultado, ele vai ter a certeza de que tem um apoiador e alguém que vai fazer a campanha dele em Itabuna. Vou para 2022, até o dia 2 de outubro, ao lado de ACM Neto para que, com fé em Deus, ele seja o governador dessa Bahia”.

Com pouso certo na chapa de Neto, e para quem conhece o perfil do ex-vereador Guinho, sabe que ele é de manter a palavra. A conferir!

LEIA TAMBÉM NO PAUTA BLOG ⤵️

ANÁLISE❗ Jaques Wagner pode ser responsável pela “morte” do PT na Bahia; caprichos de Rui Costa também são prejudiciais

Jaques Wagner e Rui Costa: do lado esquerdo, o Fujão e à direita, o vaidoso Correria

Leia em: 4 minutos

Um bate-cabeça que vai ficar registrado na história do petismo e da política baiana. Para começar, o senador Jaques Wagner (PT) é o principal responsável pelo pedestal onde o atual governador Rui Costa (PT) está, tanto pelo poder alcançado como pela situação no partido.

Wagner, mais conhecido pelos íntimos como Galego, era o maior líder do PT no estado até Rui entrar em cena. Costa foi eleito com o apoio e o empurrão do senador, mas conseguiu a reeleição com folga e, para não sair desmoralizado por não ir à eleição em outubro, resolveu mostrar as garras e deu a senha: “Quero concorrer ao Senado!”. Mesmo mentindo que iria até o fim da gestão como governador, resistiu até que Wagner não aguentasse e, daí, veio o recuo. Estratégia certeira!

Já dizia Maquiavel: “Dê o poder ao homem e descobrirá quem ele realmente é”. Papo reto: Wagner ajudou a construir o poder de Rui e, agora, levou a bolada nas costas. Ou será que fugiu da pressão? De certo, a imposição veio por meio de uma brecada, mas parece ter sido providencial já que os mais ligados ao senador dizem que ele não queria concorrer ao Governo.

O petista Rui Costa, que não é bobo, quer garantir uma imunidade ao ser eleito em outubro. O seguro morreu de velho e a história de que ele pode ser ministro de Lula conta, ainda, com o SE. E SE Lula não levar? Ora, uma vez estando no Senado, a posição significa uma sobrevida de mais 8 anos na vida pública, asas e fôlego para alçar novos voos. Quem sabe, ser candidato a prefeito de Salvador já que a candidatura da Major Denice Santiago foi pífia e ele pode querer uma revanche com o grupo carlista.

O cenário atual pressupõe que Wagner está fragilizado e vai carregar o peso de quem acabou com a história do PT na Bahia. No auge do turbilhão (pré-campanha), o fato dele pedir para sair significa colocar o partido na berlinda, além, é claro, de todo o grupo. A militância do PT, dificilmente, vai aderir à campanha e o ex-presidente Lula (PT) não vai marchar com o mesmo empenho pela eleição do senador Otto Alencar (PSD).

A lição tirada dessa confusão na construção da chapa-tripé PT-PSD-PP é que Wagner sabia que ia ser difícil derrotar ACM Neto (União Brasil) porque, até agora, o ex-prefeito de Salvador desponta como líder nas pesquisas de intenção de voto. Ou você acha que, se a eleição estivesse garantida, Wagner recuaria?

Vamos resumir a ópera:

Com isso (1): Rui demonstrou, mais uma vez, que o jeito de governar a Bahia é sisudo e unilateral. Isso agrada alguns petistas enquanto outros não querem ver a cara dele.

Com isso (2): Otto vai para o sacrifício porque, se perder, pode ficar sem mandato e sem apito. Líder do PSD no Brasil, Gilberto Kassab atribuiu a candidatura como “uma punição” ao senador, mas o partido pode ficar robusto com um acréscimo na bancada da Alba e da Câmara Federal.

Com isso (3): Wagner deve entrar de cabeça na campanha de Lula para massagear o próprio ego. De quebra, ganhou o apelido de Fujão.

Com isso (4): João Leão está comprando fogos e preparando a caneta com uma tinta especial para governar a Bahia por nove meses. Ele pode, inclusive, jogar o deputado federal Ronaldo Carletto (PP) para ser o vice de Otto.

Com isso (5): Os deputados petistas estaduais e/ou federais vão ter bastante dificuldades.

Com essa definição e o enredo montado, do anúncio da chapa governista à sucessão estadual, tendo o senador Otto Alencar como candidato ao governo da Bahia, por ora, podemos dizer “bye-bye, confusão”.

Que se iniciem os jogos de outubro, mas já foi decretada a “morte” do Partido dos Trabalhadores na Bahia. Os “coveiros” são Jaques Wagner, o Galego, e Rui Costa, o Correria.

Um petista ‘da gema’ relatou, recentemente, que esse é ‘um momento delicado para o partido’ ou, no linguajar esquerdista, “adeus, companheiros e companheiras!”.

STATUS sobre a candidatura ao Governo da Bahia do senador Otto Alencar: “Probabilidade grande!”, disse uma fonte renomada de Salvador. A apuração foi realizada às 16h51min desta 6ª feira (25.fevereiro) pelo Pauta Blog.

Matheus Vital é editor de Política do Pauta Blog.

E-mail: matheus@pauta.blog.br

//

Retorno das cirurgias é uma parceria entre prefeitura, Santa Casa e Instituto de Cirurgia Bariátrica Metabólica

Leia em: < 1 minuto

As cirurgias bariátricas voltaram a ser feitas pelo SUS (Sistema Único de Saúde) na Santa Casa de Misericórdia de Itabuna. O retorno do serviço, suspenso desde 2016, ocorre com 15 procedimentos agendados para hoje (25.fevereiro) e amanhã (26.fevereiro) e realizados por uma equipe coordenada pelo médico-cirurgião do aparelho digestivo, Fabrício Messias.

A partir de agora, os procedimentos vão ser custeados com recursos do Fundo Municipal de Saúde em uma parceria entre a prefeitura, o Instituto de Cirurgia Bariátrica Metabólica e a SCMI. Os procedimentos cirúrgicos, que vão acontecer no Hospital Calixto Midlej Filho, já estão agendados para o mês de março também.

De acordo com Dr Fabrício, para ser submetido ao procedimento cirúrgico, o paciente deve se enquadrar em alguns critérios de saúde, observando a situação em que a obesidade tem causado doenças. Geralmente, os selecionados são pessoas que estão com comorbidades, como hipertensão, diabetes e obesidade grave.

//

Prefeito de Madre de Deus, Dailton Filho; Exonerações devem acontecer até o dia 22 de abril e, em caso de descumprimento, será aplicada uma multa mensal

Leia em: < 1 minuto

O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) recomendou ao prefeito de Madre de Deus, na região metropolitana de Salvador, Dailton Filho (PSB), que o gestor anule as nomeações de todos os ocupantes de cargo em comissão, função de confiança ou contratados de forma temporária que estejam inseridos na prática de nepotismo. O MP estipulou que as exonerações aconteçam até o dia 22 de abril e, em caso de descumprimento, a multa aplicada vai ser de R$ 500 por mês.

A partir de agora, o prefeito Dailton não pode contratar familiares até o terceiro grau ou de servidor investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento a quem deva estar subordinado com exceção para os casos de servidores que comprovem qualificação acadêmica e capacidade técnica para exercer as atribuições do cargo.

O MP determinou, também, a proibição da prestação de serviços por familiares de agente público vinculado ao município, que se enquadre nas situações enunciadas na súmula vinculante nº 13, por intermédio de empresa contratada ou conveniada com a administração pública municipal.

Diante do cenário de dispensa de funcionários, o Ministério Público recomendou que a prefeitura rescinda os contratos temporários e realize concurso público ou processo seletivo simplificado para admissão de pessoal.

//

"O médico defensor da vida" e "o professor defensor da ciência" diz o vídeo publicado no Instagram de Otto Alencar

Leia em: < 1 minuto

Nesta 6ª feira (25.fevereiro), uma postagem na rede social do senador Otto Alencar (PSD) acendeu ainda mais indícios de que ele deve ser candidato ao governo da Bahia nas eleições de outubro. No vídeo publicado no Instagram, uma retrospectiva da atuação de Otto durante a CPI da Covid relembra os momentos e falas marcantes do político em defesa da ciência.

Há quem diga que a estratégia é começar a trazer à tona a imagem de um homem experiente e comprometido, principalmente, com a saúde das pessoas. Pesa o fato do senador ser médico e ter dedicado boa parte da vida a salvar vidas, então o posicionamento diante da pandemia não poderia ser outro.

Mesmo sem a confirmação oficial do partido e do senador, muitos já tratam Otto como candidato ao Palácio de Ondina. A reviravolta vem sendo delineada desde a semana passada, mas, até então, panos quentes abafavam a situação, que ficou insustentável com a confissão de Jaques Wagner (PT) a aliados de que não gostaria de concorrer ao governo e do desejo de Rui Costa (PT) de concorrer ao Senado.

"Antes de dizer, tem que chegar com os benefícios, que nunca chegaram", dispara Alcântara sobre críticas dos adversários

Leia em: 4 minutos

O presidente do PSD de Itabuna e secretário de Relações Institucionais e Comunicação, Alcântara Pellegrini, concedeu entrevista ao Pauta Blog nesta 6ª feira (25.fevereiro). Por telefone, Alcântara falou sobre as mudanças no cenário da sucessão estadual e sobre as críticas feitas ao governo do prefeito Augusto Castro (PSD).

Em relação às notícias divulgadas nas últimas horas sobre a reviravolta no cenário da chapa majoritária da Bahia, Alcântara elogiou a visão do PT e disse que é importante que haja uma mudança depois de tantos anos: 📌 “O que eu observo é que o PT sinaliza uma ampliação, um fortalecimento da base aliada aqui na Bahia. Sinal de que, realmente, o PT tem essa avaliação de que é necessário que se fortaleça essa união que já vão mais de 16 anos que governa a Bahia. Foi uma atitude muito diplomática do PT e que nós temos, na verdade, é que ampliar isso para o município. Nós temos alguns problemas de aliados nos municípios, principalmente aqui em Itabuna, onde o PSD vem sofrendo sérias críticas e ataques do diretório do PT. A gente tem que buscar alinhar esse discurso, nós estamos no mesmo barco. Pra você tentar destruir quem comanda um barco, esquece que estamos dentro dele. No caso, o PT está no mesmo barco que o PSD na Bahia. Não só o PT, o PSD, o PCdoB, todo que estão aliados no estado, temos que trazer essa força porque, só assim, podemos fortalecer a candidatura ao governo da Bahia, ao Senado e ao governo Federal, isso perpassa pelos municípios”.

Mesmo com os indicativos de que o senador Otto Alencar (PSD) vai concorrer ao governo da Bahia, o líder do PSD itabunense disse que a decisão definitiva ainda não foi tomada: 📌 “É o que está posto, mas a decisão ainda não foi tomada em tempo certo. A gente só vai saber disso quando Otto declarar. Ele ainda não disse claramente nem oficialmente que aceitará o desafio. Conversei com ele há 15 dias e ele demonstrava a vontade de ir ao Senado, mas, com essa nova perspectiva de Rui ir ao Senado, Otto cedendo esse passo, automaticamente, encabeça a majoritária. Ele ainda não discutiu isso com os filiados aqui no sul do Estado”.

Alcântara avaliou, também, que a estratégia do grupo é eficaz porque atrai votos de pessoas desfavoráveis ao PT que, anteriormente, votariam nos adversários da base: 📌 “Wagner já veio de uma gestão de 8 anos e está no Senado com uma grande força do partido no Senado. Na Bahia, nós temos um grupo que não vota no PT por questões de domínio dos 16 anos na política baiana e isso causa, automaticamente, uma rejeição natural. Com a vinda de Otto e do PSD, nós desmistificamos isso, sinalizamos para o eleitor que há uma mudança na condução do governo da Bahia. Nós trazemos a ala do PT, que é muito forte na Bahia, e dos seus aliados, e trazemos, também, uma grande parte do eleitorado dos adversários, que votariam em Neto, Roma, e pegaríamos uma fatia grande desses eleitores”.

Questionado sobre as críticas que o prefeito Augusto Castro vem recebendo de rivais políticos, o secretário declarou que considera comuns os posicionamentos negativos. Mas, segundo Alcântara, antes de criticar, é preciso ajudar o município: 📌 “Eu acho natural. Eu sou respeitador de todas as opiniões, mas, algumas vezes, elas extrapolam. É política e o adversário tem que buscar o combate. O que eu digo sempre é que eu sou favorável ao bom combate porque, aqui em Itabuna, teve a situação de um líder, o José Carlos, que, infelizmente, chegou detonando a cidade e dizendo que a cidade estava horrível, feia e precisava de melhorias. Todo mundo acha, mas, primeiro, antes de dizer, tem que chegar com os benefícios, que nunca chegaram. (…) Nós estamos trabalhando para melhorar, mas nós não vamos entregar um projeto de quatro anos em apenas um ano. É impossível! (…) É uma pessoa que eu respeito muito pela trajetória dele na Bahia e na política baiana, mas ele tinha que chegar aqui trazendo recursos para a nossa cidade e entregando para a população ter menos sofrimento e não atacando a cidade”.

Sobre as alfinetadas recebidas dos aliados políticos, ele foi breve ao dizer que isso também contribui para o crescimento da gestão: 📌 “A gente também faz as críticas junto ao governo. O prefeito ouve e tenha certeza de que Rosemberg está muito preocupado com Itabuna também. A crítica que ele faz é sempre positiva e é um parceiro muito forte”.

LEIA TAMBÉM NO PAUTA BLOG ⤵️

REVIRAVOLTA❗ Empresário Alipinho e Adriano Meireles deixam PMN e migram para o Solidariedade mirando eleições de outubro; nova estratégia envolve ACM Neto, Luciano Araújo e Pancadinha

//

Leia em: < 1 minuto

Nesta sexta-feira (25.fevereiro), o diretor-geral da Polícia Federal, Paulo Maiurino, foi exonerado depois de menos de um ano ocupando o cargo. A exoneração foi publicada no Diário Oficial da União, assim como o nome do delegado Márcio Nunes de Oliveira para ocupar a função.

A partir de agora, Paulo Maiurino passa a comandar a Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas. Já o novo diretor, Márcio Nunes, atuava como secretário-executivo do Ministério da Justiça.

Desde o início do governo de Jair Bolsonaro (PL), o cargo de diretor-geral da PF parece estar sendo rifado. O primeiro conflito ocorreu em abril de 2020 quando Maurício Valeixo, muito ligado ao então ministro da Justiça, Sérgio Moro, foi deposto. Desde então, ocuparam a função Alexandre Ramagem e Rolando Alexandre de Souza.

Programa oferece bolsas integrais e parciais para estudantes de baixa renda

Leia em: < 1 minuto

As inscrições para o Prouni (Programa Universidade para Todos) terminam nesta 6ª feira (25.fevereiro), às 23h59. O programa oferece bolsas de estudo integrais ou parciais em faculdades particulares para estudantes de baixa renda.

Para ter acesso à bolsa integral, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal de até 1,5 salário mínimo por pessoa. Para a bolsa parcial, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa. É necessário, também, que o aluno tenha cursado o Ensino Médio Completo em escola da rede pública ou da rede privada com bolsa integral ou parcial.

Neste ano, a pré-seleção dos estudantes inscritos no Prouni considera as duas últimas edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para ingresso em cursos de graduação ou sequencial de formação específica. No Enem, o candidato deve ter alcançado, no mínimo, 450 pontos de média das notas e não pode ter tirado nota 0 na redação.

Leia em: 2 minutos

Representantes da ACI, CDL e Sindicom estiveram reunidos nesta 5ª feira (24.fevereiro), com o diretor de Desenvolvimento de Negócios do Desenbahia, Agenor Martinelli e o gerente comercial do órgão em Salvador, Marko Svec, para tratar do empréstimo emergencial destinado aos comerciantes de Itabuna que foram atingidos pela enchente no mês de dezembro de 2021. Na oportunidade, foi entregue um ofício solicitando a brevidade no atendimento do referido crédito, entre outras demandas.

De acordo com o vice-presidente da ACI, Franklin Bastos, os representantes do órgão se comprometeram em dar celeridade aos processos de avaliação do empréstimo, tendo em vista que os empresários itabunenses estão tendo muitas dificuldades para retomar seus negócios em função do grande prejuízo financeiro causado pela enchente.

A reunião contou também com a presença do presidente da CDL, Carlos Leahy e do vice-presidente do Sindicom, José Adauto. Leahy ressaltou a importância da liberação do recurso para a retomada dos negócios e solicitou que a comunicação entre as entidades e o Desenbahia fosse mais assertiva e alinhada.

Ainda foi solicitada a inclusão do setor de eventos na consecução do crédito ou a criação de uma linha específica para o setor, devido aos danos que sofreram e sofrem desde o início da pandemia e que foram agravados pela enchente.

No final, os empresários pediram que sejam adotadas medidas especiais para garantir o bom funcionamento do Banco do Povo, que atende, principalmente, microempreendedores formais e informais. Adauto esclareceu que estes também foram bastante atingidos, e devido às excessivas burocracias, se vêem restringidos, e tem a instituição como a única alternativa para solicitar créditos.

//

Fachin fica no cargo até agosto deste ano, quando vai completar o segundo biênio como integrante efetivo do tribunal

Leia em: < 1 minuto

Na última 3ª feira (22.fevereiro), o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Edson Fachin, tomou posse como presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O vice-presidente é o também ministro do STF, Alexandre de Moraes.

Fachin vai conduzir o TSE até o dia 17 de agosto, quando completará o segundo biênio como integrante efetivo do Tribunal. Nesses seis meses, a gestão vai dar continuidade ao processo de preparação do pleito deste ano, iniciado com o “Ciclo de Transparência Democrática – Eleições 2022”, realizado em outubro do ano passado a partir da abertura dos códigos-fonte do sistema eletrônico de votação.

Ministro do STF desde 2015, Fachin é natural de Rondinha, no Rio Grande do Sul, e integrante titular do TSE desde 16 de agosto de 2018, mas atuou como ministro substituto desde junho de 2016. É doutor em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e tem pós-doutorado no Canadá, além de ser autor de diversos livros e artigos publicados.

O TSE é integrado por, no mínimo, sete ministros. Três ministros são do STF, um dos quais é o presidente da Corte, dois ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ), um dos quais é o corregedor-geral da Justiça Eleitoral, e dois juristas são provenientes da classe dos advogados, nomeados pelo presidente da República.

Leia em: 2 minutos

A Prefeitura de Itabuna continua com a política de valorização do servidor público, um dos referenciais da gestão do prefeito Augusto Castro (PSD). Nesta 6ª feira (25.fevereiro), todo o funcionalismo teve creditado nas contas bancárias o salário referente ao mês de fevereiro, pago antecipadamente.

“Assumimos o compromisso de respeito e valorização do servidor do município. Desde o primeiro mês de nossa gestão, pagamos o quadro funcional dentro do mês e, em alguns períodos como agora, com antecipação”, destaca o prefeito Augusto Castro.

O pagamento do funcionalismo municipal injeta todos os meses mais de R$ 23 milhões na economia de Itabuna. “No passado, a vida financeira dos servidores municipais era uma loucura. Houve gestores que não respeitavam datas”, disse o prefeito.

Segundo o Augusto, havia atrasos e os contratados sofriam até dois meses para ter o crédito salarial. “Hoje, os colaboradores efetivos, comissionados e contratados de todas as secretarias, fundações e empresas recebem no mesmo dia”, afirma.

Com o pagamento do funcionalismo público municipal em dia, a Prefeitura de Itabuna ajuda a movimentar o comércio, a indústria e o setor de serviços do município. Além disso, neste ano, houve a circulação de mais recursos financeiros  em decorrência do pagamento a desabrigados das enchentes do Auxílio Recomeço, que injetou R$ 10,5 milhões na economia local.

Leia em: < 1 minuto

O prefeito Marão (Mário Alexandre) mantém o compromisso firmado com o servidor público de Ilhéus e antecipa mais uma vez o salário, com pagamento da folha referente ao mês de fevereiro efetuado na manhã desta 6ª feira (25.fevereiro). O salário dos mais de cinco mil colaboradores gera uma movimentação financeira e aquece a economia do município.

“O servidor é o nosso maior patrimônio. Valorizamos o trabalho desempenhado por cada pai e mãe de família, para que se sintam mais motivados e garantam a excelência no atendimento prestado à população”, destacou Marão.

Desde 2017, os servidores recebem o salário em dia. O pagamento antecipado ratifica o reconhecimento do serviço, sendo um dos compromissos assumidos pela atual gestão.

Leia em: < 1 minuto

A Câmara de Vereadores de Ilhéus aprovou os requerimentos do Presidente da Casa Legislativa, Jerbson Moraes (PSD), que solicitam melhorias para o Bairro Salobrinho. Além disso, o vereador também apresentou solicitações de reparos de esgoto e pavimentação na ladeira do Alto da Esperança, uma vez que o local possui grande fluxo veículos e pessoas diariamente.

Entre os pedidos realizados pelo vereador ao Chefe do Poder Executivo Municipal, o prefeito Mário Alexandre, está a instalação de Rede de Esgoto na Rua Jaqueira, localizada no Salobrinho. Jerbson explicou que o local possui uma quantidade expressiva de moradores e “a falta de rede de esgoto adequada interfere na saúde da população local, além deste ser um pedido que vem sendo requisitado há muito tempo”, declarou.

Outra solicitação feita pelo parlamentar, trata da instalação de postes de iluminação pública ao longo de toda a Rua São José, também localizada no Bairro Salobrinho. “A falta de iluminação apropriada no local interfere diretamente na segurança dos moradores”, justificou Jerbson Moraes, que explicou que este pedido também já foi apresentado anteriormente.

Leia em: < 1 minuto

O projeto Verão Costa a Costa segue para a 6ª etapa em mais um município da Costa do Cacau. Ilhéus recebe a programação nos dias 26 e 27 de fevereiro, na Praia do Malhado, com atividades das 8h às 17h. O projeto, que foi reestruturado para atender aos protocolos sanitários em combate ao avanço da Covid-19, oferece, com acesso gratuito, atividades e oficinas esportivas de lazer e cultura.

O público ilheense poderá se divertir com equipamentos de esportes radicais como arvorismo, bungee trampolim, escalada indoor, full pipi e giromaster. Haverá ainda a Tenda da Economia Solidária, uma oportunidade de geração de trabalho e renda para artesãos e produtores familiares que poderão expor e comercializar seus produtos.

O acesso à arena será realizado mediante cadastro prévio com apresentação do cartão de vacinação atualizado – na entrada do evento – e uso obrigatório da máscara de proteção individual. O evento é promovido pela Secretaria o Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e pela Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb),

 

Matheus Vital é editor de Política do Pauta Blog.

Leia em: 7 minutos

Dupla de mestres

O diretor da Faculdade Santo Agostinho de Itabuna, graduado em Direito, Mestre, Doutor e Pós-Doutor em Direitos Humanos, Luciano Tourinho, se reuniu com o advogado especialista em Direito Eleitoral, Alah Góes, para discutir a preceptoria na carreira médica. O Pauta Blog acompanhou esse encontro e podemos adiantar que vem coisa boa por aí!

Está confirmadíssimo

Uma fonte confidenciou ao Pauta Blog que o atual prefeito de Itajuípe e presidente da Associação dos Municípios da Região Cacaueira da Bahia (Amurc), Marcone Amaral (PSD), está confirmadíssimo como candidato a uma vaga na Alba (Assembleia Legislativa da Bahia). Outra fonte que presenciou uma ligação do prefeito em Salvador também confirmou: “Marcone é pré-candidato pelo PSD”. Se a dança das cadeiras se confirmar e o senador Otto Alencar (PSD) sair como candidato a governador da Bahia, o nome de Marcone Amaral vai ganhar muita força.

Não é prioridade (1)

O prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), deixou passar a oportunidade de cumprimentar os ministros Tarcísio de Freitas (Infraestrutura) e João Roma (Cidadania) na última 2ª feira (21.fevereiro). Na ocasião, os ministros vistoriaram as obras de ampliação da BR-415, trecho entre Itabuna e Ilhéus. Não podemos afirmar se a decisão foi uma “ordem” de Salvador, mas não pegou bem a falta de diplomacia do gestor itabunense. O gesto, inclusive, pode ser interpretado como falta de interesse do prefeito.

Não é prioridade (2)

Não sabemos, também, se a ausência se deu pelos pedidos não atendidos ou pelo afunilamento político do ano eleitoral.

Também ausente

O prefeito de Ilhéus, Marão (PSD), coincidentemente, também não foi ao evento com os ministros de Bolsonaro (PL). Segundo apuração da Coluna Balão, está(va) em viagem. O gestor ilheense é bastante ligado a Salvador, muito mais que Augusto, por sinal. Será que o recado chegou para ele também?

Modo mineiro

Marão, que é uma águia nas articulações políticas, tem trabalhado no modo mineiro para conseguir apoios. Um drone informou ao Pauta Blog que o deputado federal Bacelar (de saída do Podemos) vai fazer uma dobradinha com a primeira-dama e secretária de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Soane Galvão. Além disso, ele vai garimpar na região de Salvador e ela em Ilhéus. Parceria de peso, hein?!

Rifou legal (1)

O burburinho é que o governador Rui Costa (PT) quer ser candidato ao Senado Federal custe o que custar. Com essa decisão, ninguém sabe como fica o xadrez entre o PP-PSD-PT. Isso porque a saída de Rui para concorrer ao Senado rifa o então pré-candidato ao governo, Jaques Wagner (PT), e “obriga” Otto Alencar (PSD) a desistir da reeleição como senador para concorrer ao governo da Bahia.

Rifou legal (2)

O presidente do PSD Nacional, Gilberto Kassab, disse, em entrevista ao programa Canal Livre, da Band News, que a candidatura de Otto ao governo seria “uma punição” ao senador. Que rifada, hein?!

Pesquisa

Chegou ao conhecimento da Coluna Balão a existência de uma pesquisa eleitoral na região. Inclusive, tem um vereador que está decolando na intenção de votos para outubro. Se os números perdurarem, aparentemente, vai ser difícil pegá-lo. O jogo de outubro começou a ficar intenso para todos os lados!

Jogando parado

O ex-prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo (PL), vem jogando parado e sem dizer para que veio em 2022. Imaginem o capitão com recursos e correndo pra cima e pra baixo em busca de votos? Assim, poderia se tornar uma grande peça para abalar alguns candidatos em outubro.

Menção

Na semana passada, a presença de Edmilson Silva, ex-PL e, agora, secretário-geral do PDT de Itabuna, foi bastante mencionada pelo vereadores na Câmara.

Marcaram presença

O empresário e ex-vice-candidato a prefeito de Itabuna, Harrisson Nobre, marcou presença na Câmara ao lado do ex-candidato a vereador, Thiago Meira. Harrisson, que é assíduo em diversos grupos de mensagens e não tem papas na língua para tecer críticas ao Executivo, foi elogiado pelo líder do Governo, vereador Manoel Porfírio (PT). Só quem viveu até agora, pode ver um bolsonarista e um petista trocando figurinhas pacificamente.

Pós-holofotes

Depois que o prefeito de Itabuna foi duramente criticado pela oposição (Geraldo Simões e José Carlos Araújo), ficou nítido que Augusto Castro não possui um secretário de Relações Institucionais e Comunicação preparado ou, minimamente interessado, para o front do ARGUMENTO. Complicado!

Aumento sim, mas não recebo (1)

Se dependesse da vontade da maioria dos vereadores de Itabuna, o reajuste dos salários deles seria de R$ 1.247,81. Uma simples gorjeta, né? Mas, diante da Constituição Federal, os vereadores de municípios com 100 a 300 mil habitantes só podem receber a metade da remuneração paga a deputados estaduais, ou seja, eles vão abocanhar o teto máximo de R$ 12.661,12. Resumindo, o aumento só pode ser, claro, a contragosto, de R$ 257,43.

Aumento sim, mas não recebo (2)

Muitos deles ainda gargantam que vão doar o valor do aumento para alguma instituição da cidade. No gogó, é fácil. Cadê o Projeto de Lei para debitar, automaticamente, o valor do salário? Para aumentar o vencimento, é facinho, mas, para mexer no próprio bolso, é DIFÍCIL.

Aumento sim, mas não recebo (3)

Só para deixar claro, estamos criticando o aumento dos salários do vereadores. O reajuste nos vencimentos dos servidores efetivos e comissionados, é louvável e justo.

Cadê a preocupação? (1)

Onde está a preocupação dos vereadores de Itabuna para acelerar a volta às aulas? Talvez, essa cobrança não seja convertida em votos lá na frente, né?

P.S.: Apenas 13 escolas municipais tiveram condições de retornar às aulas de forma presencial na última 4ª feira (23.fevereiro). Enquanto isso, a educação vai sendo deixada de lado no governo municipal.

Cadê a preocupação? (2)

A Câmara de Itabuna vem se mostrando, a cada dia, uma extensão do Poder Executivo. Sejamos honestos, ou não há fiscalização ou o governo está blindado.

Cadê a preocupação? (3)

Onde mora a preocupação dos vereadores em cobrar a finalização da obra da Avenida Manoel Chaves?

Rolo compressor (1)

O vereador Ronaldão (PL) disse, na última sessão da Câmara, que é “um rolo compressor”. Se realmente é, prove. Ou é do lado do povo ou não é.

Rolo compressor (2)

O experiente Ronaldão não dá ponto sem nó e declarou que “tem outras secretarias que não querem nada com Itabuna”. O que ainda falta para o rolo compressor abrir a caixa preta?

Morde e assopra?

Solon Pinheiro (Solidariedade) declarou, em entrevista ao Pauta Blog, que a tolerância acabou em relação ao governo Augusto Castro. Interessante é que, na última sessão da Câmara, elogiou a secretaria de Promoção Social. Será que ele não estava na cidade quando aconteceram várias manifestações cobrando a entrega do cartão do Auxílio Recomeço? Ou foi um morde e assopra?

Aniversário de 90 anos

A vereadora Wilmaci (PCdoB) utilizou o espaço destinado a ela durante sessão realizada na Câmara de Vereadores ontem (23.fevereiro) para lembrar do dia 24 de fevereiro, quando se completam 90 anos da instituição do voto feminino no Brasil. Segundo a vereadora, a data merece ser lembrada como grande avanço, mas é preciso lutar por ainda mais direitos.

Time em campo

A ex-vereadora Charliane Sousa (PCdoB) está se preparando para colocar o time em campo rumo às eleições de outubro. Ela foi candidata à prefeita de Itabuna em 2020 e vai voltar a subir e descer os morros em busca de apoio popular. À priori, as energias vão ser concentradas em solo grapiúna rumo a uma cadeira na Alba (Assembleia Legislativa da Bahia).

O prefeito viajante

Uma fonte do Pauta Blog no extremo sul do estado contou que o prefeito de Porto Seguro, Jânio Natal (PL), passa mais tempo na capital baiana que na Terra do Descobrimento. A fonte foi além e disse que, quando está na cidade, Jânio prefere despachar da própria mansão a pisar no gabinete oficial. Será que vai se candidatar a algum cargo em Salvador?

Jus à justiça

O deputado federal Otto Filho (PSD), em visita ao distrito de Anuri ao lado do prefeito de Arataca, Ferlú Mansur (PSD), e da deputada estadual Fabíola Mansur (PSB), recebeu um pedido de um morador. Uma atitude louvável de Otto Filho foi afirmar ao cidadão “que não sabia mentir” e que “não tinha mais verba”. Além disso, disse ao homem que vai fazer um ofício e tentar ajudar dessa forma ao melhor estilo “quem propaga a verdade, só colhe bons frutos”.

LEIA TAMBÉM NO PAUTA BLOG ⤵️

REVIRAVOLTA❗ Empresário Alipinho e Adriano Meireles deixam PMN e migram para o Solidariedade mirando eleições de outubro; nova estratégia envolve ACM Neto, Luciano Araújo e Pancadinha

Empresário Alipinho da Doce Mel e ex-vereador de Salvador e pré-candidato a deputado estadual, Adriano Meireles

Leia em: 2 minutos

Uma fonte ligada ao Pauta Blog revelou, com exclusividade, que o cenário das eleições de outubro ainda pode mudar bastante. Isso porque lideranças que estavam marchando no PMN estão migrando para o Solidariedade para formar uma grande legenda que pretende abocanhar até cinco vagas na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) e três na Câmara Federal.

A palavra que melhor descreve esse cenário é reviravolta. Por exemplo, o empresário Alipinho da Doce Mel, que é pré-candidato a deputado federal, e o ex-vereador de Salvador e pré-candidato a deputado estadual, Adriano Meireles, já fecharam com Luciano Araújo, presidente do Solidariedade, para montar uma estratégia vitoriosa rumo ao pleito.

O mais interessante é que essa grande legenda que começa a se delinear não pretende abraçar nenhum político de mandato. Mais interessante ainda é que a fonte do Pauta Blog, completamente inteirada das negociações, afirma que a linha de corte para deputado federal pode ficar entre 45 e 50 mil votos e entre 25 e 30 mil para deputado estadual.

Pré-candidato a governador, ACM Neto, e empresário Alipinho.

ACM NETO NO JOGO ⬇️

Pré-candidato a governador, ACM Neto, e presidente do Solidariedade, Luciano Araújo.

Em relação à sucessão estadual, em setembro do ano passado, Luciano Araújo se reuniu com o pré-candidato ao governo da Bahia, ACM Neto (União Brasil). Se nada tiver se desmanchado entre eles, tudo indica que o Solidariedade vai marchar ao lado do ex-prefeito de Salvador rumo ao Palácio de Ondina.

POLÍTICA GRAPIÚNA ⬇️

Vereador de Itabuna e pré-candidato a deputado estadual, Pancadinha, e empresário e pré-candidato a deputado federal, Alipinho.

Em Itabuna, o vereador pelo PMN, Fabrício Pancadinha, pretende ser candidato a deputado estadual e, possivelmente, vai fazer dobradinha com Alipinho da Doce Mel e seguir para o Solidariedade também.

LEIA TAMBÉM NO PAUTA BLOG ⤵️

Luciano Tourinho, Alah Góes, Marcone Amaral, Soane Galvão e Bacelar, Rui Costa e Otto Alencar, Capitão Azevedo, Câmara de Itabuna, Ronaldão, Charliane Sousa, Jânio Natal

//

Witzel sofreu impeachment em abril de 2021

Leia em: < 1 minuto

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro negou o pedido feito pelo ex-governador do estado, Wilson Witzel, para suspender a condenação imposta pelo Tribunal Especial Misto e retornar ao cargo. O juiz nem chegou a analisar o mérito por considerar extinto, ou seja, foi apresentado fora do prazo previsto na legislação.

No pedido, a defesa do ex-governador alegava suspeição e incompetência do juiz da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, Marcelo Bretas. O juiz foi afastado da condução de processos investigatórios que levaram ao impeachment de Wiltzel, no entanto, o desembargador entendeu que não houve violação aos paradigmas de controles.

Em abril do ano passado, o ex-governador foi acusado de corrupção na área da saúde no combate à pandemia da Covid-19. Além de ser retirado do cargo de governador do Rio após o Tribunal Misto votar pela condenação por 10 votos a 0, ele perdeu os poderes políticos por cinco anos.

Notícias mais lidas

Outros assuntos