Homem agride companheira e filha do casal presencia cena de violência

Leia em: 2 minutos

Um vídeo chocante viralizou nas redes sociais 5ª feira (24.novembro) e mostra uma mulher sendo violentamente agredida pelo próprio companheiro dentro de um quarto. A vítima relatou que essa não foi a primeira vez que o homem cometeu as agressões e o mais grave é que a filha do casal presenciava as cenas de violência.

Depois que as imagens foram divulgadas publicamente, a Polícia Militar foi até a casa do casal, localizada no Bairro Santiago, em Arraial D’ajuda, distrito de Porto Seguro, e resgatou a mulher. Ela foi levada para casa dos familiares para se recuperar do trauma.

O suspeito foi identificado e está sendo procurado pelas forças de segurança. De acordo com a vítima, o caso mostrado no vídeo aconteceu há alguns meses, mas, após outros episódios de agressão, ela resolveu divulgar as imagens para pedir socorro.

DÊ PLAY E ASSISTA ⤵️

//

Idoso de 67 anos e mãe dele, de 91, morreram ainda no local do acidente

Leia em: 2 minutos

Na noite de ontem (15.novembro), uma batida envolvendo dois carros de passeio e um ônibus escolar deixou duas pessoas mortas e outras seis feridas na BR-367, trecho de Porto Seguro, no extremo sul baiano. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, o motorista de um dos veículos menores tentou ultrapassar o ônibus, não conseguiu, invadiu a pista contrária e colidiu em outro carro.

Eustáquio Vespasiano de Souza, de 67 anos, era quem conduzia o carro e não resistiu aos ferimentos. A mãe dele, identificada como Julia Maria de Jesus, de 91 anos de idade, também morreu no local do acidente. A esposa e a filha do motorista tiveram ferimentos graves e foram levadas para o hospital.

No outro carro, viajavam um casal de turistas de Minas Gerais, juntamente com os dois filhos, que também foram socorridos até o hospital. Já o ônibus, que prestava serviço para a prefeitura de Porto Seguro, tinha apenas o motorista que, felizmente, não ficou ferido.

O trânsito na rodovia ficou completamente interditado por cerca de quatro horas após a batida. A PRF, juntamente com equipes do Corpo de Bombeiros Militar, permaneceu no local até o completo restabelecimento do tráfego.

Nossos sentimentos aos familiares e amigos.

Denúncia dizia que houve contratos sem licitação no São João Elétrico de 2013

Leia em: < 1 minuto

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) atendeu a um recurso apresentado pela defesa da ex-prefeita de Porto Seguro e candidata a deputada estadual, Cláudia Oliveira (PSD), por uma denúncia sobre contratações irregulares no São João Elétrico de 2013. A denúncia diz que houve contratos sem licitação e sem reconhecimento por crítica especializada ou público, contrariando a Lei de Licitações.

Na época, Cláudia teve as contas reprovadas pelos conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA), mas reverteu a situação porque os vereadores decidiram aprovar as contas. Agora, a defesa apresentou um recurso sobre o caso e o TJ resolveu acatar.

//

Leia em: < 1 minuto

As vítimas foram identificadas como Lucival de Jesus Conceição, de 40 anos, e Sandro da Cruz Regis, de 29 anos. Eles são de Salvador e estavam em Arraial D’Ajuda, distrito de Porto Seguro, trabalhando na colocação de manilhas quando a tragédia aconteceu.

Os corpos foram encontrados horas depois cerca de 7 metros abaixo do solo após um intenso trabalho do Corpo de Bombeiros Militar.

📷 Fotos são reprodução redes sociais

4 pessoas foram presas e automóveis de luxo, computadores e documentos foram apreendidos

Leia em: < 1 minuto

Nesta terça-feira (21.junho), policiais civis cumpriram 6 mandados de busca e apreensão e 4 de prisão temporária nos municípios de Eunápolis e Porto Seguro, no extremo sul baiano, em uma ação nacional de combate à pirataria virtual. Essa é a quarta fase da Operação 404, que acontece nos estados de Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo.

Na Bahia, 4 pessoas foram presas e vários bens como automóveis de luxo, computadores e documentos foram apreendidos para averiguação. A Operação 404 faz referência ao código de resposta do protocolo HTTP que indica que a página não foi encontrada ou não está disponível.

A operação deflagrada hoje faz parte de uma mobilização internacional que é coordenada pela Secretaria de Operações Integradas (Ministério da Justiça e Segurança Pública), Polícia Civil e Agências de Aplicação da Lei dos Estados Unidos e Reino Unido.

Motorista alegou que não tinha documentação de origem nem autorização para transportar a carga de madeira

Leia em: < 1 minuto

Na tarde de ontem (24.maio), equipes da Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (CIPPA) apreenderam uma carga de madeira nativa transportada irregularmente. A abordagem aconteceu no Bairro Porto Alegre, em Porto Seguro, no extremo sul baiano.

O motorista do caminhão disse à polícia que não tinha nenhuma documentação de origem nem autorização do transporte dos 540m³ de madeira. Ele foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil, onde assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e teve o veículo, juntamente com a carga, apreendidos.

//

Valor era R$ 3,90 e passa a ser R$ 4,50

Leia em: < 1 minuto

A Câmara de Vereadores de Porto Seguro aprovou, nessa 4ª feira (6.abril), o reajuste no valor da tarifa do transporte público coletivo municipal. Foram 12 votos favoráveis ao reajuste e apenas 2 contrários e, dessa forma, o preço sai de R$ 3,90 e passa a ser R$ 4,50.

O reajuste causa polêmica na cidade já que, para a população, o aumento pesa no bolso e é injustificado uma vez que a qualidade do serviço prestado pela Viação Porto Seguro não é das melhores. Algumas pessoas, inclusive, protestaram em frente à Casa Legislativa no momento em que o reajuste era votado para pedir melhorias no serviço já que o contrato com a empresa vigora até 2031.

O homem foi levado para a sede do 8º BPM e entregue, junto com os materiais, para uma guarnição da PMMG, que já estava em Porto Seguro

Leia em: < 1 minuto

Fuzis, metralhadoras, carabinas, pistolas, carregadores, granadas e munições. Todos esses materiais foram apreendidos por equipes da Polícia Militar de Porto Seguro), após serem furtados de diversas unidades da PM de Minas Gerais (MG) por um dos integrantes da corporação, no sábado (19.março).

As informações sobre a fuga do policial com os armamentos foram repassadas pela polícia mineira durante a manhã, alertando as equipes que atuam no Extremo-Sul do estado. Ao longo do dia outros informes davam conta de que o veículo que ele usava, um Volkswagen Virtus, de cor prata e placa QWR 8744, havia passado pelo município de Teixeira de Freitas e seguia sentido Porto Seguro.

Conforme explicou o comandante do 8º BPM, tenente-coronel Alexandre Costa, contatos com equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) também foram realizados para que o veículo fosse acompanhado e localizado.

As guarnições esperaram o momento em que o homem retornava para veículo quando foi abordado sem nenhuma reação ou tentativa de fuga.

Foram encontrados dois fuzis calibres 7,62, uma metralhadora, duas carabinas de numeração 5,56, mesma quantidade de espingardas e pistolas, calibres 12 e 40, respectivamente, 20 carregadores de diversas numerações, 309 munições para as armas e do tipo de impacto controlado, 10 granadas, um colete balístico, seis algemas, R$ 1,5 mil, câmera GO-PRO, notebook e binóculo.

//

Uso da máscara continua sendo obrigatório em locais fechados

Leia em: < 1 minuto

A prefeitura de Porto Seguro, no extremo sul baiano, publicou um decreto nesta 6ª feira (11.março) em que retira a obrigatoriedade da utilização de máscaras de proteção contra a Covid-19 em ambientes abertos. Continua sendo obrigatório, no entanto, o uso dos equipamentos em locais fechados, a exemplo do transporte coletivo e de espaços de trabalho com mais de uma pessoa.

De acordo com a prefeitura, a decisão foi tomada com base na diminuição dos casos da doença no município, assim como o alto índice de pessoas imunizadas contra o coronavírus. Ainda segundo o poder público, o protocolo de retirada do uso do equipamento já está sendo seguido em outras partes do país.

//

Leia em: < 1 minuto

Nesta 5ª feira (17.fevereiro), o Ministério Público Estadual deflagrou uma nova fase da Operação Saneamento e cumpriu dois mandados de prisão preventiva em Porto Seguro, região extremo sul do estado. O Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) denunciou dois fiscais ambientais e mais três pessoas envolvidas em um esquema de propina para licenças ambientais.

O Gaeco requer que a Justiça decrete a indisponibilidade de ativos no valor de R$ 500 mil dos denunciados em razão da prática de crimes de corrupção passiva na Secretaria de Obras e de Meio Ambiente de Porto Seguro, além da manutenção cautelar de afastamento do cargo de um deles.

De acordo com a denúncia, foram coletadas evidências da existência de um esquema de corrupção na Secretaria de Obras e Meio Ambiente desde as gestões de 2016 e 2017. Além disso, foi identificada uma associação criminosa que pode ser dividida em um núcleo público, formado pelos dois fiscais ambientais e mais um antigo secretário municipal, e um núcleo privado, formado por duas pessoas que se associaram no intuito de angariar, de forma ilícita, vantagens pecuniárias decorrentes da atividade de fiscalização ambiental.

Para o MP, houve recebimento de vantagens indevidas para a concessão de licenças ambientais e de implantação para instalação de empreendimentos imobiliários na região. O esquema foi denunciado por empresários do ramo de construção civil, que apresentaram documentos que evidenciam a negociação do valor da propina.

Notícias mais lidas

Outros assuntos