//

Presidente da Amurc e prefeito de Itajuípe, Marcone Amaral (PSD)

Leia em: < 1 minuto

Fruto de uma campanha articulada em conjunto com os prefeitos da região, os municípios associados alcançaram a meta de vacinação estabelecida pelo Ministério da Saúde, no combate a Covid-19. O presidente da Amurc e prefeito de Itajuípe, Marcone Amaral (PSD), destacou o empenho de todos os gestores municipais.

“Parabenizamos o empenho das prefeituras, tendo em vista que a ação bem sucedida partiu de um alinhamento que a Amurc tem promovido junto aos gestores, levando o debate sobre a vacinação. Todos estão de parabéns pela rápida imunização de seus munícipes”, concluiu o gestor.

O presidente Associação Comercial de Itabuna, Mauro Ribeiro, disse que o prefeito garantiu o retorno do sistema de Zona Azul em Itabuna

Leia em: < 1 minuto

Empresários da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI) estiveram reunidos com o prefeito de Itabuna, Augusto Castro, nesta 2ª feira (28.junho), com o objetivo de alinhar as ações de fortalecimento do comércio da cidade.

De acordo com o presidente Mauro Ribeiro, o prefeito garantiu o retorno, em breve, do sistema de Zona Azul no centro da cidade, a reorganização do comércio informal na avenida principal e nas imediações, com o apoio das secretarias municipais.

Alinhado a isso, o gestor anunciou investimentos para a reforma de 11 praças da cidade e a realização do projeto Natal Luz em Itabuna, visando promover a maior decoração temática do interior baiano. “A cidade só tem a ganhar com ações planejadas, tornando o comércio mais atrativo para quem vai comprar”, declarou o presidente da ACI.

//

Leia em: < 1 minuto

Itabuna, 29 de junho de 2021

O Conselho Municipal de Saúde de Itabuna-CMSI, informa que remeteu pedido de informações à Secretaria Municipal de Saúde de Itabuna, diante da notícia veiculada em redes sociais e comunicada a esse Conselho via questionamentos de usuários do SUS, de ação de vacinação contra a COVID-19 em uma determinada empresa privada da cidade.

É público que o problema central é a escassez de vacinas. O que exige que a disponibilidade para a população seja sob a égide do mais rigoroso planejamento e controle, além de, sobretudo, transparência na condução da vacinação.

Considerando também que em reunião do dia 17/06/2021 da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), instância deliberativa que reúne gestores de saúde municipais e do Estado, que define, dentre outras, a inclusão de grupos prioritários no cronograma de vacinação, determinou que o critério a ser adotado doravante seria feita apenas por
critérios etários.

O CMSI julga o exposto de extrema relevância, visto que vivenciamos gravíssima crise sanitária e social em que passa toda a municipalidade, o Estado e a Nação, com altos índices de infestação da COVID-19, acarretando alta pressão no sistema de saúde e, sobretudo, ceifando vidas e vitimizando as famílias.

Atenciosamente,

Paulo Eduardo Silva
Coord. da Comissão de Comunicação do CMSI

Ex-prefeito de Salvador ACM Neto

Leia em: < 1 minuto

Ex-prefeito de Salvador e presidente nacional do Democratas, ACM Neto, lamentou a morte do professor Jayme Barros, ex-diretor do Colégio Módulo. “Tive o privilégio de ser aluno do professor Jayme, um dos maiores educadores da Bahia. Muito culto e com enorme capacidade para ensinar, ele contribuiu para a formação de diversas gerações de estudantes”, afirmou ACM Neto.

O ex-prefeito disse ainda que Jayme Barros, além do Módulo, também foi professor de outros estabelecimentos tradicionais, sempre com a mesma dedicação. “Os alunos tinham prazer em acompanhar suas aulas porque sabiam que Jayme Barros tinha muita criatividade e inovava sempre. Que Deus dê muita força aos amigos e familiares do professor neste momento de profunda tristeza”, concluiu ACM Neto.

Andrea Castro estava acompanhada do prefeito de Itabuna, Augusto Castro, e do secretário Almir Melo, além dos ministro Gilson Machado (Turismo) e João Roma (Cidadania)

Leia em: < 1 minuto

Na manhã desta 3ª feira (29.junho), a secretária municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza, Andrea Castro, recepcionou o Ministro da Cidadania, João Roma, na cidade de Ilhéus, juntamente com a equipe de diretores da SEMPS. A visita reforça o reconhecimento por parte do ministro do importante trabalho que a secretária tem desenvolvido no munícipio de Itabuna.

“Essa visita do ministro da cidadania, João Roma, à nossa região é muito importante. Pois, além de ser a pasta que envolve a todos os benefícios sociais para a população, como Bolsa Família, Auxílio Emergencial, BPC e outros, o ministro está realmente preocupado em melhorar a condição das famílias em situação de pobreza e extrema pobreza”, declarou a secretária Andrea Castro.

Na comitiva estavam presentes também o ministro do Turismo, Gilson Machado, além do secretário especial de Cultura, Mário Frias. Vale destacar que a SEMPS tem atuado de maneira efetiva na região e já recebeu, inclusive, o reconhecimento do ministro que destacou a “sensibilidade e dedicação” da secretária Andrea Castro, frente à pasta.

Não serão aceitos comprovantes em nome de terceiros

Leia em: < 1 minuto

Novo drive-thru para a vacinação de pessoas com idade acima de 40 anos acontece nesta 4ª feira (30.junho), a partir das 16 horas, no Teatro Candinha Dórea. As senhas serão distribuídas por ordem de chegada na ordem da fila antes do início da vacinação, para garantir a otimização do procedimento e melhor organização. Serão disponibilizadas 500 senhas.

No ato da distribuição das senhas, será realizado o cadastramento das pessoas. Por isso, é preciso que estejam munidas com os seguintes documentos: Carteira de Identidade (RG), CPF ou Cartão SUS e comprovante de residência.

Atenção: para comprovação da residência a conta de serviços de energia elétrica, telefone ou água deve estar no nome da pessoa que será vacinada. Não serão aceitos comprovantes em nome de terceiros. Serão válidos quaisquer documentos que atestem a residência, a exemplo de contratos de locação de imóveis.

Após o cadastramento na fila e recebimento da senha, os servidores da Saúde farão a entrega do cartão de vacinação para a segunda dose, que será o comprovante na hora da vacinação. É imprescindível a apresentação do mesmo para garantir a aplicação da dose. A vacinação acontecerá até acabar as doses disponibilizadas conforme as fichas/senhas distribuídas.

//

Chefe do Legislativo criticou declaração do presidente de “que não sabe o que se passa nos ministérios”

Leia em: 2 minutos

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), deputado Adolfo Menezes (PSD), criticou, hoje (28.junho), a declaração do presidente Jair Bolsonaro, dizendo que “não tem como saber o que acontece nos ministérios”, ao comentar sobre o escândalo da compra de, no valor total de 300 milhões de dólares, da vacina indiana Covaxin. “Se não sabia, passou a saber há muito tempo. E que providências tomou?”, questiona Menezes.

“Esse escândalo, que a mídia internacional chama de ‘CovaxinGate’, precisa ser bem apurado e explicado. E o presidente Bolsonaro não pode dizer que não sabe o que se passa nos seus ministérios. Ele tem que saber, sim. Vacina é assunto de segurança nacional e envolve valores astronômicos, de mais de R$ 1 bilhão e meio. Ele, que tanto desdenhou das vacinas, recebeu a informação de um deputado aliado dele, não informou à Polícia Federal, e agora vem dizer que não tem nada com isso? Não só a CPI, mas o MP e o TCU têm que apurar tudo isso”, defende o chefe do Legislativo estadual.

Um fatura de 45 milhões de dólares por três milhões de doses da vacina Covaxin, do laboratório indiano Bharat Biotech, chegou no dia 18 de março à mesa de Luis Ricardo Miranda, responsável do departamento de importação de medicamentos do Ministério da Saúde. Ele se recusou a autorizar o pagamento porque o contrato original de US$ 300 milhões não mencionava a Madison Biotech, que enviou a fatura, e seria apenas uma empresa de fachada, com sede em Singapura.

//

Leia em: 3 minutos

O Grupo Adaptalia é uma das empresas líderes quando se trata da Proteção de Dados Pessoais, um setor de extrema importância no cenário mundial atual. Com sede em Madrid, na Espanha, o Grupo vem ampliando sua área de atuação para países como Portugal, México e Bolívia e, em outubro de 2020, iniciou suas atividades em Salvador, na Bahia, com a proposta de atender o mercado brasileiro.

Focada na assessoria de pequenas e médias empresas no processo de adequação à LGPD, possui uma metodologia descomplicada e ágil, que contempla todos os requisitos exigidos pela Lei, tais como a nomeação de Encarregado de Tratamento (“Data Protection Officer” – DPO, em inglês), coleta do consentimento, formação para funcionários, elaboração do Registro de Operações de Tratamento, entre outros.

Possui, hoje, uma carteira internacional com mais de 8.000 clientes. Na Bahia, conta com clientes como hospitais, administradoras de condomínio, shopping center, clínicas médicas e, recentemente, firmou um convênio com a Associação Baiana dos Notários e Registradores (ABNR) para a adequação dos cartórios associados.

LEI GERAL DE PROTEÇÃO DE DADOS PESSOAIS
Em Setembro de 2020 entrou em vigor a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (Lei nº 13.709/2018), que estabelece diversas regras quanto à coleta, uso, armazenamento e compartilhamento, por parte das empresas públicas e privadas, dos dados pessoais dos seus clientes/usuários.

A consultora sênior do Grupo Adaptalia no Brasil, Larissa Aguiar, destaca que a LGPD foi inspirada no Regulamento Geral de Proteção de Dados da União Europeia, também conhecido pela sigla GDPR, em inglês.

“Com a entrada em vigor da LGPD, o Brasil passa a integrar a relação dos países que se preocupam e valorizam a proteção de dados pessoais”.

Com a nova legislação, os titulares, identificados como as pessoas naturais que cedem os seus dados pessoais para tratamento, passam a ter diversos direitos, garantindo mais transparência e segurança quando da utilização dos seus dados pelas empresas. Larissa Aguiar cita, como exemplo, o direito de acesso aos dados – ou seja, as empresas passam a ter de informar quais dados possui daquele cidadão, bem como para qual finalidade são coletados.

A LGPD faz parte do nosso cotidiano e podemos observar sua utilização com a necessidade de aceitação da Política de Privacidade e a Política de Cookies ao ingressar em diversos websites ou aplicativos.

MARCO LEGAL
Larissa Aguiar aponta ainda que a entrada em vigor da LGPD cria um marco legal para o desenvolvimento das novas tecnologias no Brasil.

“Os novos produtos, especialmente aqueles que possuem inteligência artificial, têm como base a coleta de inúmeros dados pessoais – incluídos o IP de um celular ou computador, imagens coletadas por câmeras e identificadores biométricos”, afirma.

A coleta de dados pessoais deverá crescer exponencialmente com a implementação do 5G, o que exigirá maior transparência, segurança e privacidade para os seus usuários, obrigando às empresas que possuam processos de gestão muito bem estabelecidos quanto à LGPD.

“Neste sentido, é importante relembrar que a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais dá grande importância e atenção às transferências internacionais de dados, exigindo que os países possuam legislação sobre o seu tratamento, sendo indiscutível o aumento destas transferências com o advento da rede de 5G”, diz Larissa.

Leia em: 2 minutos

Para a alegria de muitos e tristeza de poucos…pouquíssimos, o programa Conexão ON Na Boca do Povo, líder incontestável de audiência, volta para a grade de programação da Rádio Cacau FM. O programa teve sua reestreia nesta 2ª feira (28.junho), com novo horário, das 13:30 às 15h, de segunda a sexta-feira.

O Conexão tem o comando de Otaviano Neto, diretor da Cacau FM e Master Coach e conta com a participação do jornalista Roberto Silva e reportagens de Cláudio Oliveira e Juarez Santos. O programa tem parceria com a Rádio Bahiana de Ilhéus, que retransmite para Ilhéus e região.

Durante 90 minutos Otaviano e equipe falaram de política, economia, atualidades e cotidiano. Diversos ouvintes participaram com ligações, mensagens de áudio e muitos recados via WhatsApp. O apresentador voltou a salientar que o programa continuará seguindo a mesma linha e terá o povo como personagem principal e deixou claro que o programa será independente e defenderá os interesses da população local e regional.

Por último o âncora avisou que irá sortear brindes e um prêmio de 50 reais para o ouvinte que participar com mensagem ou áudio. O sorteio acontecerá na próxima sexta-feira, dia 2 de julho, durante o programa.

Nos acompanhe pelas redes sociais: Facebook e Instagram

Baixe o aplicativo no Google Play.

Leia em: 2 minutos

Os ministros da Cidadania, João Roma, e do Turismo, Gilson Machado, além do secretário especial de Cultura, Mário Frias, visitam nesta 3ª feira (29.junho) o município de Uruçuca, no sul da Bahia. Eles serão recebidos pelo deputado federal João Bacelar e a suplente Kátia Bacelar, ambos do PL. O objetivo da visita é estudar caminhos para fortalecer o turismo na região.

Em entrevista ao jornalista Oziel Aragão, Kátia Bacelar adianta que a vinda dos ministros para o sul do estado é para chamar a atenção para o potencial do turismo local. Além da tão reconhecida beleza das praias, apresentar a cacauicultura, zona rural com estradas igualmente belíssimas e apropriadas para trilhas e esportes radicais.

“Uma verba de R$ 25 milhões está sendo viabilizada e será destinada para o turismo de Ilhéus; novos pleitos serão apresentados aos ministros e mais verbas federais virão para alavancar a economia sul baiana”, exemplifica.

Prefeitos do sul e extremo-sul baiano receberão os representantes do governo federal.

FAZENDA INDEPENDÊNCIA
Na ocasião, os ministros e o secretário vão conhecer uma das belezas naturais de Uruçuca, a centenária Fazenda Independência, localizada na Estrada do Chocolate, ambiente propício para o turismo rural.

Lázaro Barbosa foi preso em Goiás

Leia em: < 1 minuto

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), acabou de confirmar em sua rede sociail de que Lázaro Barbosa Sousa, 32, suspeito investigado de assassinar uma família em Ceilândia Norte, balear quatro pessoas — entre elas um policial — e manter reféns, foi preso na região do Itamaracá, na zona rural de Águas Lindas de Goiás, Entorno do DF.

Uma caçada que durou 20 dias.

“Como eu disse, era questão de tempo até que a nossa polícia, a mais preparada do País, capturasse o assassino Lázaro Barbosa. Parabéns para as nossas forças de segurança. Vocês são motivo de muito orgulho para a nossa gente! Goiás não é Disneylândia de bandido”, disse o governador Ronaldo Caiado.

Atualização às 10h03minutos

Criminoso Lázaro Barbosa é morto durante buscas em Goiás. 

A informação foi confirmada pelo o Jornal O Globo.

Leia em: 7 minutos

Análise: Dobradinha entre Guinho 🤜 e 🤛 Andrea Castro

Enderson Guinho assumiu o DEM este ano em Itabuna, saiu de ex-vereador para vice-prefeito de Itabuna e também virou secretário. Em entrevista ao Pauta.Blog, disse que há possibilidade de formar uma dobradinha com a secretária Andrea Castro.

Duvidei e cheguei a perguntar novamente: – você pode dobrar para deputado com a secretária em Itabuna? Guinho respondeu: – pelo menos da minha parte, sim.

Ele para Câmara Federal, ela para Assembleia Legislativa.
Ele foi peça fundamental na vitória da eleição municipal de 2020, que a colocou como primeira-dama.
E ambos têm interessantes prós e contras.

Para Guinho.
Pró: agregar os votos do prefeito Augusto Castro (PSD) vindo por meio de Andrea.
Contra: Andrea provavelmente sairá pelo PSD e Guinho pelo DEM. Pode isso? Calma! Como dizem por aí: nunca diga nunca na política. Política não é uma ciência exata.

Para Andrea Castro.
Pró: capturar os votos de Guinho. Ele já foi vereador e pode surpreender nesta eleição, como foi na passada. Guinho ficou em terceiro lugar e obteve 8.444 votos em Itabuna para deputado estadual.
Contra: tem um ‘sinal’ da capital, onde espera-se que o prefeito Augusto Castro repasse uma GRANDE votação para o deputado federal Paulo Magalhães (PSD). Neste quesito, Magalhães pode ‘torcer o bico’, pois na eleição passada, o então gestor conseguiu apenas 468 votos em Itabuna para ele.

Caso esta dobradinha se torne frutífera, vai ficar aquela dúvida: Repartir para ganhar ou repartir para perder?

Estrategicamente, é uma decisão escalafobética (como diz Mução), contudo, quem vai montar este xadrez eleitoral não deve ser nenhum café com leite.

Portanto, o único cenário solidificado, até então, é que ambos marcham firmes para disputar uma vaga daqui a um ano e quatro meses. Isso na política pode até ser uma eternidade, mas nas arestas das articulações, tem que ser pra ontem.

Por fim, fica um recado para quem ‘barbeirar’: “caso ele/a não queira, tem quem queira”.

Charliane saiu do MDB sem dar “tchau”…😉

O ex-deputado Lúcio Vieira Lima (MDB) disse aos radialistas Binho Salon e João Mateus que ficou sabendo da saída da ex-vereadora de Itabuna, Charliane Sousa, do MDB, pelos os blogs.

Vieira frisou que, embora tenha garantido o partido e apoio financeiro para a candidatura dela, a ex-candidata a prefeita de Itabuna saiu sem dar “tchau”. E mandou uma mensagem (somente) depois que já havia saído.

Lúcio desejou sorte, apesar da forma como Charliane descortinou sua ida para o PCdoB. 😉

Entrou água na aposta 🚰

Mauro Ribeiro, presidente da ACI (Associação Comercial e Empresarial de Itabuna) e diretor das Lojas Buriti, entrou em contato com a coluna Balão e ‘jogou água’ em nossa aposta de que ele poderia entrar na política. Segue o recado: “Se eu conseguir colocar em prática o que eu tenho em ideia para ACI nesses 2 anos, ficarei muito feliz. Mas a política não faz parte dos meus planos”.

O certo é que nem sempre acertamos na ‘leitura’. Falhamos na avaliação de uma conjuntura de futuro, mas seria um grande nome. Aguardemos!

De bem com o gueto 🎨

O vereador mais votado de Itabuna, Pancadinha (PMN), convidou o deputado federal Bacelar (Podemos) para a inauguração da rua Epitácio Pessoa, no bairro São Pedro. A revitalização da rua contou com escadaria e corrimão, pintura e pavimentação. Ok, o gueto agradece.

Porém, seguem alguns pontos a serem observados. Um: o deputado Bacelar é o líder do Podemos na Bahia. Dois: Pancadinha é muito próximo do vice-prefeito de Itapé, o empresário André Jatobá (Podemos). Três: Bacelar obteve 267 votos em Itabuna na eleição para deputado. Quatro: já é/foi uma movimentação rumo a 2022?

Colbert trava briga com Câmara de Feira de Santana

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins (MDB), vem travando o maior pé de guerra com o Legislativo.

Primeiro: a Câmara tentou criar a CPI das Cooperativas (para investigar as organizações para terceirização de mão de obra), mas a CPI foi suspensa por determinação da Justiça. Placar: um a zero para o prefeito.

Segundo: o novo Fundeb exige que os municípios adequem suas legislações para garantir os investimentos, que foi aprovado em janeiro pelo Congresso. Pois bem. O projeto foi para votação na Câmara de Feira e o prefeito foi derrotado. Empate no placar.

“O posicionamento dos 11 vereadores que votaram contra o projeto é um golpe mortal na educação pública de Feira de Santana e nos 51 mil estudantes que dela dependem”, disse Colbert.

Em resposta ao G11, o prefeito ‘sacou a caneta’ e vem usando na iminência de exonerar os aliados do grupo.

Daí, o placar, nesta queda-de-braço, que vinha empatado, virou para o prefeito.

Aguardemos os próximos ‘jogos’.

  ✅ Líder de audiência por onde passa nas rádios de Itabuna, o apresentador Oziel Aragão já, já, estará de volta ao rádio. Tudo indica que será em uma rádio FM. E enquanto isso, vem tocando o seu projeto inovador, a OziTV, tudo on-line e com uma equipe de grandes profissionais na captura de imagens, edição de vídeo e na redação. Acesse e confira: Instagram e YouTube.

⤴️ A presidente do PSB da Bahia e deputada federal, Lídice da Mata, festejou as novas filiações ao seu partido: do deputado federal Marcelo Freixo (RJ) e do governador do Maranhão, Flávio Dino. Freixo quer ser candidato ao governo do Rio. Já Dino quer convencer Lula para compor a sua chapa na vice-presidência.

💉 Diversos profissionais dos meios de comunicação de Itabuna: rádios, agências de propagandas, jornais, blogs, televisão, entre outros, receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19. A esperança veio por meio da Vacina Oxford/AstraZeneca.

✏️ Os ônibus do transporte coletivo em Itabuna já voltaram a circular, né? Idem para o comércio. Eventos, e um deles com mais de 800 pessoas, foi top, até. Bares, ok. Shopping aberto de feriado a feriado também entra no checklist. E as escolas estão que nem as notas de três reais, ou seja, não existem. Parênteses: há quase 500 dias e nada… Parece que o prefeito Augusto Castro vai ‘dar a letra’ do retorno às aulas.

🧱 Marcelo Nilo, deputado federal pelo PSB, ora ameaça que pode sair candadito a governo da Bahia, ora elogia a gestão da pandemia por Rui Costa (PT). Ora em cima do muro!

🐄 Fernando Gomes (PTC) parece que vem levando a vida em stand-by da política. A última postagem em sua rede social foi: “Mais um dia de trabalho finalizado. Sextou! #fazenda #boi #pecuária #agro #rural”. Fernando completará, no próximo dia 30, 83 anos.

SOBE ⬆️

✔️ O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em uma chamada de vídeo com o ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos), deu a entender que Roma vai concorrer ao governo da Bahia em 2022. E o presidente deixou claro que o apoiará.

DESCE ⬇️

✔️ O Capitão Azevedo se mantém camuflado na política, apesar de só andar à paisana.

NOTA 🅾️

✔️ Brasil ultrapassa 500 mil mortes por Covid-19. Segundo os dados do Our World In Data, do 16/06/2021, os EUA tinha 601.571. Com a gestão atual, a meta notória do Brasil é ultrapassar esta triste marca.

NOTA 🔟

✔️ Brasil aplicou mais de 2,56 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 em apenas um dia, na semana passada. Pergunta-se: por que não permanece assim diariamente, até vacinar todo mundo?

POLÍTICA EM UMA FRASE:

📌 Ronaldo Abude, diretor administrativo e financeiro da Fasi (Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna), organização responsável pela gestão do Hospital de Base, disse que permanece filiado ao partido Novo.

📌 A boiada passou e o ministro Ricardo Salles pediu para sair.

📌 ACM Neto luta (com ligações diariamente) para manter Rodrigo Pacheco no DEM.

LEIA A ENTREVISYA DO VICE-PREFEITO DE ITABUNA, ENDERSON GUINHO (DEM) ⤵️

📌 Entrevista: “Acredito muito que podemos formar uma dobradinha itabunense: Guinho & Andrea”, enfatizou o vice-prefeito de Itabuna

Envie a sua sugestão de pauta: [email protected]

Enderson Guinho tem mostrado bastante desenvoltura e experiência política

Leia em: 8 minutos

O vice-prefeito e Secretário Municipal de Esportes e de Lazer, Enderson Guinho (DEM), fala nessa entrevista bombástica sobre a sua caminhada política junto ao prefeito Augusto Castro, avalia a sua gestão, além de falar sobre a sua pré-candidatura a deputado federal, inclusive com uma possível dobradinha com a primeira-dama e Secretária Municipal de Combate à Pobreza, Andrea Castro. “Hoje, Andréa Castro é um nome que está sendo conversado”.

Também comenta sobre a sua filiação ao DEM e o compromisso de articular em Itabuna a candidatura de ACM Neto junto ao Governo da Bahia, bem como sobre sua relação política com a presidente do Cidadania, Mariana Alcântara. Confira os principais trechos.

Pauta.Blog // Enderson Bruno dos Santos. De onde vem o nome Guinho?
Guinho // Meu irmão se chama Gleidston e o apelido Gueu. Quando nasci meu pai Emerson escolheu Enderson, mas uma tia, para combinar com o meu irmão me chamou de Guinho e pegou. Com o passar do tempo ficou Guinho e pouco uso Enderson, é tanto que quando fui candidato a vereador usei “Enderson Guinho”.

Pauta.Blog // De onde vem o DNA de sua ascensão na política?
Guinho // Desde adolescente que trabalho com juventude na Igreja Católica, fui coordenador do grupo de adolescentes, depois grupo de jovens da Diocese de Itabuna que tem outras 18 cidades, e nessa luta quando via muitos jovens envolvidos no mundo das drogas sempre existia um desejo de discutir política pública para juventude, dando opções de emprego e lazer para a juventude. Nós sabemos que não se combate a criminalidade aumentando o número de viaturas e policiais, mas também com oportunidades. Quando você tem o esporte funcionando, educação, cultura e lazer dentro das comunidades, é dada a oportunidade para os jovens estarem distante da marginalidade.

No Brasil tem existido uma ascensão de novos nomes em busca de uma política mais transparente, mais limpa, e desde o início do meu mandato como vereador estive muito próximo das pessoas e elas perceberam que dentro de Itabuna existia um político jovem que era acessível para construir essa política. Com apenas dois anos de mandato coloquei meu nome como deputado estadual, as pessoas achavam ser loucura, mas eu estava analisando como era a política de Itabuna. E o resultado é que dentro da política que fiz enquanto vereador, a população teve um olhar diferente para o meu mandato, que me consagrou o terceiro candidato a deputado estadual mais votado em Itabuna, e dois anos depois sendo o vice-prefeito da cidade em uma chapa vitoriosa.

Pauta.Blog // Dos cargos já ocupados de vereador, vice-prefeito e secretário, qual foi ou tem sido o mais desafiador?
Guinho // Eu acredito que o de vereador porque é preciso atuar com 20 vereadores e se destacar entre todos é muito difícil. O resultado do seu trabalho é o voto, então se sobressair dentro de um colegiado, é preciso realmente atender as expectativas da população. Ser vereador é um desafio gigantesco. Para ser eleito você concorre com a cidade toda, é muito difícil chegar ao Parlamento Municipal, e ao chegar lá é preciso mostrar a população qual é a função do vereador, depois executar essa função com maestria e isso não é fácil!

Ser vice-prefeito também não é fácil, apesar das demandas do Poder Executivo recair sobre o prefeito, mas é muita coisa também com o vice-prefeito, principalmente pelo fato da nossa campanha ter sido muito casada e assim tem sido no mandato. Enquanto Secretário de Esportes também não tem sido fácil, porque pegamos um esporte falido e precisamos mudar essa situação.

Pauta.Blog // Como você avalia a cidade após Augusto e Guinho assumirem a Prefeitura de Itabuna?
Guinho // O que está sendo diferente na nossa gestão é que ela está sendo extremamente participativa. A comunidade está tendo a oportunidade de dialogar com o prefeito e as coisas serem construídas com a participação popular e de representações. Eu recebo em meu gabinete inúmeras pessoas dos bairros e de representações, e nós temos tentado atender as demandas do povo e isso cria uma aprovação popular.

O dia a dia também mostra essa aprovação com o atendimento de cobranças das gestões anteriores, como a retomada do atendimento portas abertas SUS no Hospital Manoel Novaes, a reabertura do Cemepi que ocorrerá no próximo mês, hospital de campanha que era o desejo da população, ações mais efetivas no combate à Covid-19, operação oxigênio funcionando diariamente, obras estruturantes como a da avenida Manoel Chaves, atração de empregos, temos o Atakarejo que será instalado a cidade, entre outras ações.

Pauta.Blog // Qual a nota você daria, hoje, para a sua relação com o prefeito Augusto Castro?
Guinho // Eu tenho uma relação muito boa. E me ouso a dar um dez. Eu e o prefeito dialogamos sempre, não existe nenhum tipo de problema, e isso tem sido importante para a cidade. Ele tem dado condições para que eu possa contribuir com a gestão. Tenho tido condições de trabalhar dentro da minha pasta e também em outras pastas, o que não acontecia em gestões anteriores e agora com Augusto tem sido desta forma. Sou grato a ele porque tenho conseguido mostrar também meu trabalho dentro do Executivo.

Pauta.Blog // Fala-se que o prefeito Augusto Castro irá fazer alguns ajustes na equipe de secretários. Você se sente seguro?
Guinho // Tenho conversado muito com o prefeito e tenho dito que as secretarias são de responsabilidade dele, a livre nomeação ou exoneração, então se eu tiver que ser substituído enquanto secretários nós vamos dialogar, assim como eu já disse que nós temos dialogado muito. O meu trabalho tem sido feito e o prefeito como gestor tem avaliado. Eu estou tranquilo em relação a isso. As secretarias são de responsabilidade dele e ele fará o que for melhor para a gestão.

Pauta.Blog // Procede a informação de que sua relação está em pane com Mariana Alcântara atual presidente do Cidadania, partido o qual você foi eleito como vice-prefeito?
Guinho // Da minha parte está tudo tranquilo. Conversei com ela desde quando decidir mudar em razão inicial da minha candidatura para deputado estadual e depois deputado federal, porque o partido tem perspectiva de eleger um deputado e o presidente [Joceval Rodrigues] tem essa candidatura [a federal] já declarada. Então optei por estar em um partido que tivesse maiores condições de ser eleito. A troca de partido foi necessária [recebeu um convite de ACM Neto]. Itabuna é carente de representação na Câmara dos Deputados e na Assembleia Legislativa, e a minha disponibilidade em colocar meu nome é legítima, é democrática, mas é claro que a população que vai analisar.

Pauta.Blog // Joceval Rodrigues disse que você esteve em Salvador para conversar quando estava saindo do PDT para ir para o Cidadania, mas o mesmo não ocorreu quando você optou por deixar o partido. O que o levou a não procurá-lo mais?
Guinho // Como a tratativa foi feita por aqui, aqui mesmo eu conversei com Mariana, e também em razão da situação de pandemia optei por resolver tudo por aqui, além disso, ACM Neto pediu celeridade na minha decisão porque havia outras pessoas também com interesse no partido, mas por eu já ter sinalizado interesse Neto optou por essa disponibilidade de me entregar o partido…

Pauta.Blog // …então Guinho que comanda o DEM em Itabuna?
Guinho // Com esse convite de ACM Neto eu me senti muito lisonjeado porque ele sempre foi avaliado como um dos melhores prefeitos do Brasil, fez um excelente trabalho em Salvador, e tem uma boa projeção para as próximas eleições. Então assumir o DEM em Itabuna, que é a quinta maior cidade do estado, é uma responsabilidade muito grande. Nunca estive na base do governador Rui Costa, somente quando era PDT, quando deixei o PDT fui para um partido que não era aliado ao Governo do Estado, era oposição, então hoje eu mantenho minha posição, não estando na base do Governo do Estado, só que indo para o DEM e assumindo em Itabuna essa articulação da candidatura de Neto junto ao Governo da Bahia.

Pauta.Blog // O deputado Rosemberg concedeu recente entrevista em relação a gestão do prefeito Augusto Castro, dizendo existir um problema que ele terá que enfrentar, que seria a sua candidatura porque Augusto é parceiro de Rui e consequentemente apoiará a candidatura de Jaques Wagner… Você acredita que essa situação poderá gerar uma fissura entre Augusto e Guinho?
Guinho // Esse comentário é visto por ele como um problema, para mim nunca foi, pelo fato de quando Augusto era candidato eu acreditei na sua candidatura e me coloquei vice, enquanto Rosemberg tinha outro candidato que era Geraldo Simões. O projeto de Augusto foi Guinho, quem acreditou e pediu voto para ele foi Guinho, não foi Rosemberg, que apoiou um candidato que teve quase quatro mil votos e foi derrotado.

Eu acredito é que é um privilégio para o Governo do Estado ter o apoio de Augusto, porque Rui Costa também não apoiou Augusto na sua candidatura, e eu me coloquei contrário ao Governo do Estado porque eu era oposição a Fernando Gomes, com denúncias gravíssimas da administração dele, Itabuna reprovava Fernando, e o Governo do Estado o apoiava. Eu não poderia dividir palanque com uma pessoa que estive durante todo meu mandato denunciando irregularidades. Não vou mudar meus princípios, meu jeito de pensar por conta de um cargo político.

Ninguém viu até aqui postura minha contrária ao governo do Estado, que venha prejudicar o prefeito. Eu e Augusto fomos parceiros na eleição, ganhamos e até aqui eu tenho sido parceiro, foi com quem eu fiz compromisso na eleição e tenho compromisso até aqui.

Pauta.Blog // Qual a sua eficaz estratégia para se eleger deputado federal?
Guinho // Visualizando essa real necessidade de representação da região Sul da Bahia, nós vamos levar esse discurso da representatividade. A região tem necessidade de uma maior atenção do governo federal, pois infelizmente pereceu nos últimos anos por falta de ações mais efetivas e de um político que possa lutar pela região. Nós temos condições de levar o Sul da Bahia para o Congresso Nacional e buscar recursos para a região.

Pauta.Blog // Já fechou com quem fará dobradinha em Itabuna?
Guinho // Hoje, Andréa Castro é um nome que está sendo conversado. Nós temos consciência da necessidade de dentro da nossa gestão ter um candidato a deputado estadual e federal, sabendo que o prefeito tem compromisso com Paulo Magalhães, que tem contribuído muito com a nossa cidade, então eu não vou colocar o prefeito contra a parede, jamais. Desde quando eu coloquei meu nome à disposição como federal, eu sabia que o prefeito tinha um compromisso partidário com o Paulo. Andréa Castro como deputada estadual dobra com muita gente [riso], inclusive com Paulo Magalhães, mas acredito muito que podemos formar uma dobradinha itabunense.

Pauta.Blog // Jovem, aos 28 anos, a meta de Guinho é ser prefeito de Itabuna?
Guinho // Confesso que tinha esse sonho, não vou dizer que tinha porque parece não querer mais, mas ao chegar aqui agente se depara com muitas situações que precisa mudar muita coisa, mas confesso que ao chegar aqui bate aquela insegurança, mas estarei sempre à disposição da população. Augusto tem feito uma gestão muito boa, acredito que Itabuna terá pela primeira vez um prefeito reeleito, e quem sabe num futuro agente pode representar Itabuna nesse Centro Administrativo.

LEIA TAMBÉM A COLUNA BALÃO DA POLÍTICA⤵️

Andrea Castro, Enderson Guinho, Pancadinha, Charliane, Colbert, Fernando Gomes, Ronaldo Abude e Oziel Aragão

O projeto virá ao Senado após ter sido aprovado nesta quinta-feira na Câmara dos Deputados // Roberto Jayme/Ascom/TSE

Leia em: 2 minutos

O Senado vai analisar o projeto que garante o direito de se candidatar ao gestor público que tenha tido suas contas julgadas irregulares, mas que tenha sido punido apenas com multa. Isso está previsto PLP 9/2021, projeto de lei complementar que foi aprovado nesta 5ª feira (24.junho) pela Câmara dos Deputados.

O autor do projeto é o deputado federal Lúcio Mosquini (MDB-RO).

De acordo com a legislação atual, fica inelegível por oito anos o gestor que tiver contas rejeitadas por irregularidade insanável que configure ato doloso de improbidade administrativa, e por decisão irrecorrível do órgão competente, salvo se esta houver sido suspensa ou anulada pelo Poder Judiciário.

Já o texto aprovado na Câmara determina que a pena não cabe aos responsáveis que tenham tido suas contas julgadas irregulares, sem imputação de débito, e tenham sido sancionados exclusivamente com o pagamento de multa.

O deputado argumenta que a inelegibilidade é “a pena de morte” para o político.

“A pena máxima, para quem faz da política uma militância, é a inelegibilidade. E esse projeto tira a inelegibilidade apenas para aqueles que não cometeram ato doloso, não tem dano ao erário, não tem enriquecimento ilícito e tem apenas uma sanção de multa”, declarou ele, acrescentando que a lei atual aplica a pena máxima de forma muito genérica.

O relator da matéria na Câmara, deputado federal Enrico Misasi (PV-SP), afirmou que é necessário tornar a Lei Complementar 64/1990 (também chamada de Lei da Inelegibilidade) compatível com a jurisprudência dos tribunais eleitorais.

“Ao analisarem as contas, os tribunais veem que a pena é desproporcional. São casos de omissão parcial na prestação de contas, divergência com tribunal de contas acerca de dispensa de licitação para a realização de algum show, situações de baixíssimo potencial ofensivo em que não há dano ao erário”, justificou. 

//

Leia em: 3 minutos

Podemos dizer que a votação apontada nas pesquisas para João Roma, do Republicanos, sigla ligada a Igreja Universal do Reino de Deus, aqui na Bahia sob a batuta do deputado federal e bispo Márcio Marinho, corresponde a 80% de eleitores bolsonaristas.

Outro fato incontestável é que a pré-candidatura do ministro da Cidadania na sucessão do governador Rui Costa (PT) ainda é uma tentativa de levá-lo a ser vice de ACM Neto, que além de ocupar a primeira posição nas consultas de intenções de voto, é o presidente nacional do Partido do Democratas (DEM).

Roma na chapa majoritária encabeçada pelo ex-prefeito de Salvador, que realizou duas boas gestões no comando do Palácio Thomé de Souza, é o maior desejo do bolsonarismo. Se a missão de reaproximá-los falhar, o plano B entra em ação, que é a candidatura de verdade de Roma ao governo do Estado, o que significa um importante palanque para o segundo mandato de Bolsonaro (reeleição).

De agora em diante, tudo que vier do governo federal para a Bahia será creditado a Roma. Vale lembrar que o programa Bolsa Família, vinculado a pasta da Cidadania, terá um aumento e, obviamente, que será atribuído a um esforço, a uma iniciativa do ex-aliado de Neto.

Outro ponto é que não interessa a cria política do ex-alcaide soteropolitano postular o Senado. Ou a vice de Neto ou sair candidato a governador. Nos bastidores do romismo, é dado como certo, favas contadas, que a vaga para o Senado da República não tem como não ser do grupo político do lulopetismo, seja com Rui Costa ou Otto Alencar, dirigente-mor estadual do PSD, buscando sua reeleição.

O cenário, até mesmo em decorrência de que as eleições vão acontecer em 2022, se encontra envolto por um grande e denso nevoeiro, que só vai começar a dissipar, tornando-o mais transparente, depois das águas de março fechando o verão de 2022, como costumo dizer.

Daqui para o início da efervescência do pleito, na hora da onça beber água, como diz a sabedoria popular, muita água para passar debaixo da ponte do emaranhado jogo político ou, se o caro leitor preferir, muita poeira para assentar no chão da sucessão estadual.

O que salta aos olhos, e aí não se tem nenhuma dúvida, é que João Roma saindo candidato ajuda o petista Jaques Wagner. Assim como qualquer rebeldia na base aliada de Rui Costa, principalmente com o PP do vice-governador João Leão, termina beneficiando ACM Neto.

Dessa, digamos, labiríntica e empolgante disputa pelo cobiçado comando do Palácio de Ondina, só se tem uma única certeza: que o próximo governador não tem como não ser ACM Neto, Jaques Wagner ou até mesmo João Roma. É mais fácil encontrar uma pequenina agulha em um gigantesco palheiro do que aparecer outra opção com viabilidade eleitoral e força política para desbancar o trio.

O traiçoeiro e movediço mundo da política, através de seus representantes, uns dignos outros não, uns com espírito público, mas a grande maioria visando os próprios interesses, costuma dizer que na política tudo é possível. Mas é impossível que o substituto de Rui Costa não saia dessa “lista tríplice” pelo voto popular. 


Marco Wense é Analista Político

*A análise do colunista não reflete, necessariamente, a opinião de Pauta.blog.br

A prefeita Sheila Lemos (DEM) marcou a próxima reunião já está marcada para daqui 30 dias.

Leia em: 2 minutos

A prefeita Sheila Lemos (DEM) cobrou de cada membro do primeiro escalão a apresentação de metas para 30, 60 e 90 dias. Segundo a gestora, as diversas secretarias estão comprometidas com a realização de uma gestão com grandes projetos para a cidade e para a zona rural, projetos que exigem tempo e muitos recursos, mas também tem o compromisso das ações mais imediatas, com as prioridades, por isso a estipulação de três prazos para essas metas.

“Estamos em um momento financeiro muito complicado, em que a arrecadação diminuiu e a despesa cresceu, daí a importância de termos bem definido o que podemos fazer no curto prazo, para atender às demandas da população”, explicou Sheila.

Ter boas ideias, projetos e colocar mãos à obra, esta foi, em resumo, a orientação que Sheila deu na reunião. E sempre chamando a atenção para a necessidade de utilização criteriosa dos recursos financeiros. “Vamos procurar fazer mais com menos. A redução na arrecadação. Incluindo repasses, exige de nós criatividade, evitar qualquer desperdício. Vamos analisar cada ação, ver a urgência e as condições para a sua realização. Podemos diminuir despesas, colocar o pé no freio dos gastos, sem parar de trabalhar, de realizar”, afirmou.

A prefeita fez questão de destacar a autonomia de cada membro do primeiro escalão em suas respectivas pastas, mas disse que sua orientação é a de que haja a máxima integração entras diversas secretarias.

Para Sheila, o diálogo e a integração entre as áreas do governo são fatores que possibilitarão o sucesso do conjunto. “A nossa meta é que o nosso trabalho obtenha a melhor aprovação possível, nosso esforço tem que ser nessa direção, mas, com consciência das dificuldades, sabemos que é melhor todo mundo ter nota oito do que um ter 10 e outro cinco. Trabalhando, ao máximo, a intersetorialidade, a cooperação interna podemos cumprir as prioridades que estão no nosso plano de governo”, avaliou a prefeita.

“Ainda há muito a ser feito. Estamos todos sendo avaliados, por isso, vamos ser ainda mais exigentes com nós mesmos, por isso estipulamos as metas e a necessidade de economizar para poder fazer ainda mais pelas pessoas”, alertou Sheila e finalizou reafirmando a importância da unidade interna. “O governo está sendo avaliado em conjunto. Se um setor não está bem, não é um problema do setor, mas de todos. Somos um só organismo atuando em favor de uma comunidade e o que cabe a um cabe a todos”.

A próxima reunião já está marcada para daqui 30 dias.

//

Os voos serão operados por aeronaves Airbus A320

Leia em: < 1 minuto

Salvador e Porto Seguro estão entre as oito cidades brasileiras incluídas no início das operações da ITA Transportes Aéreos, companhia do Grupo Itapemirim, que estreia no mercado doméstico no dia 1º de julho. A capital baiana receberá nessa data voo de Guarulhos (SP), rota que também abrange a cidade de Porto Seguro (Costa do Descobrimento) como escala.

A coordenadora de Parcerias da companhia, Patrícia Gomes, reuniu-se virtualmente com o secretário de Turismo da Bahia, Maurício Bacelar, para conversar sobre o voo inaugural para Salvador, projetos da ITA para o Estado e possíveis parcerias na divulgação dos destinos baianos.

Um receptivo do Governo do Estado, com mulheres caracterizadas de baianas distribuindo fitinhas do Senhor do Bonfim e cocadas, aguardará os convidados do primeiro voo no portão de desembarque do aeroporto de Salvador. Segundo Patrícia, um porta-voz da empresa concederá entrevista coletiva no local para falar do início das operações da ITA e planos de expansão para o futuro.

As passagens estão à venda no site da companhia, www.voeita.com.br, e em agências de viagens, com tarifas especiais de lançamento.

//

Manchetes desta 5ª feira, 24 de junho/2021

Leia em: < 1 minuto

// VALOR ECONÔMICO: Salles deixa Meio Ambiente e temor é de continuidade

// CORREIO DA BAHIA: Bahia tem 2 mil denúncias de violência contra criança

// O GLOBO: Servidor diz ter levado suspeita na compra da Covaxin a Bolsonaro

// O ESTADO DE S.PAULO: Aliado diz que avisou Bolsonaro de compra suspeita de vacina

// FOLHA DE S.PAULO: Cai Salles, que conduziu agenda antiambiental no Meio Ambiente

//

Mauro Ribeiro, presidente da ACI

Leia em: < 1 minuto

O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI), Mauro Ribeiro, parabenizou a atuação da Secretaria Municipal de Saúde pela implementação de estratégias visando o avanço na vacinação contra a Covid-19 no município. O empresário lembrou ainda que a demanda foi abordada em reunião com representantes da classe empresarial e a secretária Lívia Mendes.

Dentre as solicitações, os empresários comemoram o horário estendido para a imunização e o Drive Noturno para o atendimento às pessoas com idade acima de 40 anos. Ao mesmo tempo, a secretaria atendeu ao pedido de não paralisar a vacinação nas semanas com feriado, tendo em vista a grande quantidade de pessoas que aguardam a primeira dose.

Segundo a prefeitura municipal, mais de 90 mil pessoas vacinadas em Itabuna e isso significa mais de 40% da população acima dos 18 anos. “O avanço da vacinação nos deixa esperança e expectativa para que possamos no segundo semestre virar a página do Covid-19, das restrições e pensar num plano de retomada da economia, no pós-pandemia”, concluiu Mauro.

Notícias mais lidas

Outros assuntos