Ednaldo Ribeiro elogiou o trabalho desempenhado pelo presidente e pelo pré-candidato a governador da Bahia

Leia em: < 1 minuto

O prefeito da cidade de Cruz das Almas, Ednaldo Ribeiro (Republicanos), esteve em Brasília e posou ao lado do presidente Jair Bolsonaro (PL) e do ministro da Cidadania e, possivelmente, pré-candidato a governador da Bahia, João Roma (PL).

Nas redes sociais, o prefeito elogiou o trabalho desempenhado pela dupla: “Na Presidência da República com o nosso presidente Jair Bolsonaro, que tem feito muito pelo Brasil, e também com o nosso brilhante ministro da Cidadania João Roma, que se afasta hoje do ministério, com vistas a concorrer às eleições deste ano. Meu amigo João Roma representou tão bem os baianos no governo federal e nos orgulha muito”.

Operários da Emasa recuperam rede de esgoto no Centro de Itabuna

Leia em: < 1 minuto

A Gerência de Saneamento da Emasa (Empresa Municipal de Águas e Saneamento) realizou reparo em uma galeria da rede de esgotamento sanitário da Rua Mariá Ferreira em frente à Praça Otávio Mangabeira (Camacan).

Houve a conexão indevida da rede de drenagem pluvial com a rede de esgoto que sai da Avenida Fernando Cordier, passa por um pequeno trecho da Mariá Ferreira e entronca na rede geral da Avenida do Cinquentenário, o que provocou ao rompimento e levou o pavimento a sucumbir.

A equipe de operários da Emasa reconstituiu a rede de esgoto, refazendo a conexão entre os poços de visita (PV) e desfazendo a interligação com a galeria de drenagem, deixando a vala pronta para que a Prefeitura possa construir um poço de visita. Segundo o gerente de Saneamento da Emasa, Tauan Sampaio, as ligações mistas, sistema sanitário de drenagem e esgoto, terminam por comprometer a infraestrutura de saneamento da cidade.

“O lançamento indevido de água de chuva na rede de esgoto sanitário pode causar extravasamentos, já que a mesma não comporta está vazão. Parte da população costuma confundir as redes de coleta de esgoto com as redes de drenagem pluvial. Por essa razão, utilizam os sistemas de forma inapropriada”, adverte o engenheiro civil, sanitário e ambiental, Tauan Sampaio.

Renata Pinto Santana Nilo está grávida de 8 meses e estava afastada do serviço sob atestado médico

Leia em: 2 minutos

A veterinária Renata Pinto Santana Nilo, filha do deputado federal Marcelo Nilo (Republicanos), foi exonerada do cargo que exercia na secretaria estadual de Saúde da Bahia. Renata está grávida de 8 meses e estava afastada do serviço, temporariamente, sob força de um atestado médico.

De acordo com a Constituição Federal, a gestante deve ter estabilidade no emprego desde a confirmação da gravidez até cinco meses após o parto, não importa se ela é funcionária do regime celetista ou servidora comissionada. Após o anúncio da exoneração, Renata afirmou que pretende acionar o governo do Estado na Justiça para lutar pelo direito de permanecer no cargo.

Desde que o pai de Renata, Marcelo Nilo, anunciou o rompimento com a base aliada do governo estadual, aliados e familiares do deputado têm sido retirados dos cargos comissionados. Isso porque Nilo decidiu apoiar a pré-candidatura de ACM Neto (União Brasil) a governador e, por esse motivo, rompeu com os líderes da atual administração.

Ao site Política Livre, Marcelo Nilo (Republicanos) desabafou: “O governador Rui Costa não gosta de servidor público e não respeita os direitos trabalhistas assegurados pela Constituição”.

ATUALIZAÇÃO ÀS 9H07MIN DE 4ª FEIRA (6.ABRIL) ⤵️

Renata Pinto Santana Nilo foi mantida pelo governador Rui Costa (PT) no cargo de assessora especial do gabinete da secretária Márcia Cristina Telles de Araújo Lima, titular da pasta de Meio Ambiente do governo do Estado, conforme publicação no Diário Oficial do Estado desta 4ª feira (6). Com informações do Bnews.

"Procede que eu recebi o convite, mas não fui", afirma Diego Pitanga ao Pauta Blog

Leia em: < 1 minuto

O Pauta Blog obteve, com exclusividade, a informação de que o primeiro suplente de vereador de Itabuna, Diego Pitanga, teria trocado o PT pelo MDB. Prontamente, nossa equipe manteve contato com Pitanga para obter mais detalhes sobre a situação, mas ele negou que tenha trocado de partido.

O suplente confirmou que recebeu o convite, mas que permanece filiado ao Partido dos Trabalhadores: “Recebi um convite de Lúcio lá atrás, mas não voltei, não. Procede que eu recebi o convite, mas não fui”.

Ainda de acordo com Pitanga, o foco atual é apoiar os pré-candidatos a deputado federal e estadual: “Eu tô com Alberto [Lima Filho] para deputado e, em breve, sai o federal que vai trazer algo para Itabuna. Vai ter novidade em breve!”.

//

Jesulino de Souza Porto, prefeito de Maiquinique

Leia em: 2 minutos

Na sessão desta 3ª feira (5.abril), os conselheiros do TCM (Tribunal de Contas dos Municípios) da Bahia emitiram parecer prévio recomendando a rejeição das contas das prefeitura de Maiquinique, de responsabilidade do prefeito Jesulino de Souza Porto.

As contas são relativas ao exercício de 2020. Essas contas foram reprovadas em razão da ausência de recursos em caixa para pagamento das despesas com restos a pagar no último ano do mandato do gestor, em descumprimento ao artigo 42 da Lei de Responsabilidade Fiscal.

As contas de Maiquinique foram rejeitadas por desobediência ao artigo 42 da LRF, o conselheiro relator Nelson Pellegrino chamou a atenção também para a falta de ação do prefeito para a cobrança de 13 multas, que somam R$110.600,00 e de cinco ressarcimentos que foram impostos em decisões do TCM, que somam R$767.852,24.

A prefeitura, no mesmo período, teve uma receita arrecadada de R$28.529.589,40, enquanto as despesas foram de R$37.287.243,89, revelando um déficit de R$8.757.645,49. Sobre os restos a pagar, o saldo a descoberto foi de R$4.815.703,64.

Em relação às obrigações constitucionais, o gestor aplicou 26,20% da receita resultante de impostos, compreendida a proveniente de transferências, na manutenção e desenvolvimento do ensino no município, superando o mínimo exigido de 25%, e investiu nas ações e serviços públicos de saúde 22,87% do produto da arrecadação dos impostos, sendo o mínimo previsto de 15%. Na remuneração dos profissionais do magistério foram investidos 64,01% dos recursos do Fundeb, também atendendo ao mínimo de 60%. Cabe recurso das decisões.

Leia em: 2 minutos

Empresários, contadores, advogados e demais integrantes da sociedade itabunense participaram da Reunião Ordinária da ACI (Associação Comercial de Itabuna), ontem 2ª feira (4.abril), que marcou o lançamento da linha de empréstimo para empresas e produtores rurais que direta ou indiretamente foram afetados pelas fortes chuvas no mês de dezembro do ano passado.

Segundo o gerente geral do Banco do Nordeste em Itabuna, Esdras Ribeiro dos Santos, o crédito tem uma taxa de 3,5 % ao ano, com a disponibilidade de R$ 100 mil para capital de giro e R$ 200 mil para investimento. Para ter acesso ao crédito, as empresas poderão realizar o cadastro no site do BNB a partir da aba de serviços.

Dentre os requisitos para ter acesso ao crédito, o representante da instituição destacou a necessidade de comprovação de perda de materiais e equipamentos, decorrente da enchente. “As provas são fotos, declaração da defesa civil que identifica os bairros atingidos, uma carta justificando as perdas, o decreto emergencial do município, dentre outros documentos”, declarou Esdras.

Segundo o presidente da ACI, Mauro Ribeiro, “essa linha de crédito vem no momento importante por que tem muita gente precisando de empréstimo para se reerguer nas suas atividades”. De acordo com o presidente da CDL, Carlos Leahy, ao todo, 330 empresas se inscreveram para ter acesso ao crédito do Desenbahia, e, até o momento 168 delas conseguiram o recurso.

A reunião contou ainda com a presença do presidente do Sindicom, José Adauto, representantes da Ampesba, Amurc, Sebrae, do gerente de relacionamento do BNB Itabuna, Thales Carvalho Messias e da equipe de especialistas que atendem na agência local.

//

Francisca Izaíra foi atingida quando estava dentro de um bar no Mercado Municipal de Terra Nova

Leia em: < 1 minuto

No último sábado (2.abril), uma mulher morreu depois de ser baleada na cabeça em Terra Nova, no interior baiano. Francisca Izaíra do Nascimento, de 51 anos de idade, era filha do ex-vereador de Feira de Santana, Antônio Francisco Neto, e foi atingida quando estava dentro de um bar no Mercado Municipal.

De acordo com a polícia, as investigações apontam que havia uma disputa entre facções criminosas rivais na área no momento em que Francisca foi baleada. Além de Francisca, duas mulheres e um homem também foram baleados e socorridos para o Hospital Geral Clériston Andrade, mas apenas uma das mulheres permanece internada.

Ainda segundo a polícia, os suspeitos de efetuarem os disparos já foram identificados e as equipes trabalham para tentar localizá-los e prendê-los. Testemunhas já começaram a comparecer à delegacia para dar mais detalhes sobre o momento em que tudo aconteceu.

Francisca Izaíra do Nascimento deixa uma filha de 21 anos de idade. O corpo dela foi liberado pelo Departamento de Polícia Técnica de Santo Amaro ontem e o velório ocorreu na casa do ex-vereador e pai de Francisca em Feira de Santana.

Documento com propostas do partido foi entregue a Jerônimo Rodrigues, pré-candidato ao Governo do Estado pelo PT

Leia em: 2 minutos

Ao definir o seu retorno à base governista, com direito a indicar o pré-candidato a vice-governador, Geraldo Júnior, o MDB entregou a Jerônimo Rodrigues (PT), postulante ao Governo do Estado, um documento repleto de propostas. A iniciativa faz parte da nova postura do partido, que busca retomar o seu espaço na política baiana.

A saúde pública tem destaque entre as propostas entregues pela legenda. Trata-se de uma diretriz nacional do partido: o MDB, que já indicou diversos ministros para a pasta, quer retomar o protagonismo na saúde. Prova disso é a filiação de Fábio Vilas-Boas, que por sete anos foi secretário de saúde da Bahia e é pré-candidato a deputado federal.

“Descentralizar as ações de alta e média complexidades, ampliando a universalização dos serviços prestados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e fazendo com o que o atendimento chegue a mais cidades do interior. Ou seja, regionalizar a saúde, com a intenção de tornar as regiões autossuficientes”, diz o documento entregue a Jerônimo e à imprensa estadual.

O MDB, portanto, defende o aprofundamento da principal política de saúde do governo Rui Costa (PT), entendendo este como um dos principais legados deixados pelo petista. O documento, neste ponto, contou com colaboração de Fábio Vilas-Boas, que foi responsável por implantar essa política na Bahia.

“Precisamos fortalecer a capacidade resolutiva dos municípios, levando pequenas cirurgias para seus hospitais, pois elas correspondem ao grosso dos serviços demandados à rede estadual. Além disso, manter uma linha permanente de educação: investir em pessoas, pois são elas que vão proporcionar atendimento de qualidade”, completa o documento.

O documento do MDB também aponta caminhos para o mercado de trabalho, a agricultura e a educação. Todos os pontos foram elaborados junto a acadêmicos de universidades da Bahia e têm como base iniciativas já aplicadas com sucesso em outros estados.

O partido defende uma educação contextualizada com a era digital em que os jovens, afinal, estão inseridos. Ou seja, com a capacitação e imersão de alunos e professores nas novas tecnologias como salas de aula e bibliotecas virtuais, realização de provas e trabalhos por meio da internet e acompanhamento constante através das redes sociais.

Para o mercado de trabalho, o MDB defende o uso de aplicativos que ampliem a vitrine e facilitem a formalização de profissionais liberais. Ou seja, plataformas para que pintores, designers, cabeleireiros, músicos, entre outros trabalhadores possam ser encontrados por clientes e por meio delas diminuam a burocracia da prestação de serviços.

E para a agricultura, o partido propõe a produção sustentável de cacau em áreas de Mata Atlântica; ampliação dos programas de acesso a água e luz para produtores do Semiárido; e atenção aos resultados positivos que o agronegócio tem obtido no Cerrado baiano.

CLIQUE AQUI E LEIA OS DOCUMENTOS NA ÍNTEGRA ⤵️

👉 Comunicado do MDB.

👉 Propostas do MDB.

Leia em: 2 minutos

Na quinta e sexta-feira, dias 7 e 8 de abril, a Prefeitura de Itabuna, através da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza, está cumprindo mais uma etapa do Programa Comida na Mesa, desta vez, promovendo para as famílias em situação de vulnerabilidade social, a Semana Santa com Peixe na mesa e com a entrega dos vouchers que dão direito ao recebimento do kit composto por peixe, arroz, dendê, leite de coco e uma caixa de bombons de chocolate.

Serão beneficiadas as famílias cadastradas no CADÚnico e no Programa “Auxílio Brasil”, já acompanhadas pelos Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) da localidade onde mora, mas não haverá cadastro para recebimentos do kit.

“Ao todo, serão distribuídos 40 mil quilos de peixe, mas não será feito nenhum cadastro específico para este recebimento. As famílias que já são beneficiárias dos programas de assistência devem ir até os CRAS nos dias 7 e 8, das 8 às 14 horas, com a folha resumo do CADÚnico e um documento de identificação com foto para receber o voucher”, orientou a secretária Andrea Castro.

A entrega dos vouchers acontecerá no CRAS I, no Bairro Jardim Grapiúna para as famílias dos seguintes bairros: Corbiniano Freire, Jardim Grapiúna, Monte Cristo, Novo Horizonte, Santo Antônio, São Lourenço, São Roque, Condomínio Pedro Fonte I e II, Condomínio Itabuna Parque, Mangabinha, Nossa Senhora das Graças, Jardim Alamar, Monte Líbano, Pontalzinho, Castália, Santa Catarina, Parque São João e Nova Mangabinha, além do Centro Comercial.

Já no CRAS Itinerante, que vai atender na quadra do colégio CISO, na Rua Francisco Ferreira da Silva, atenderá as famílias dos bairros Vila Zara, Conceição, Fátima, Califórnia, Nova Califórnia, Jardim América I e II, Santa Inês, Parque Boa Vista, Vila da Paz e Vila das Dores.

No CRAS II, com sede no Nova Ferradas, receberão cupons as famílias moradoras dos bairros: Fernando Gomes, Ferradas, Nova Ferradas, Rua de Palha, Itamaracá, Roça do Povo, condomínios residenciais Gabriela, Jubiabá e São José e fazendas Duas Barras e Boa Sentença.

No CRAS CEU, no Urbis IV, as famílias atendidos serão dos bairros: Brasil Novo, Jorge Amado, Morumbi, Nova Itabuna, Sinval Palmeira, Santa Clara, Odilon, Campo Formoso, Lomanto, Novo Lomanto, Urbis IV, Bananeira, Manoel Leão, Parque Santa Clara e condomínio residencial Itapuã.

E no CRAS IV, que vai atender no Colégio CAIC, no Jardim Primavera será a vez das famílias dos bairros: Maria Pinheiro, Gegeu Rocha, Fonseca, Jaçanã, Pedro Jerônimo, Daniel Gomes, São Caetano, Novo São Caetano, Banco Raso, Sarinha, Gogó da Ema, Novo Fonseca, Zizo, São Pedro, Vila Anália, Jardim Primavera, Centro, Alto da Conquista, Ribeirão Seco, Serrado, Vale do Sol e Núcleo Habitacional da Ceplac.

Leia em: 2 minutos

Foi aprovado pela Câmara de Vereadores o Projeto de Lei de autoria do Presidente da Casa Legislativa, o vereador Jerbson Moraes (PSD), que cria o programa “Jiu-Jitsu na Escola”, que institui a modalidade como atividade extracurricular obrigatória na Rede Municipal de Ensino de Ilhéus. O Projeto foi apresentado na última Sessão Ordinária e aprovado com unanimidade pelos parlamentares. Durante a apresentação, Jerbson lembrou e agradeceu aos seus Mestres Emílio China, Magrão, Alex Bacega, Douglas Bacega, Guilherme Fubuia e Rogério Marshal.

Para Jerbson Moraes, o esporte é um meio eficaz e reconhecido de resgate de vidas da criminalidade e iniciação nas drogas. “Quando a criança recebe a oportunidade de viver a arte marcial, com certeza ela se torna um adulto melhor, cognitivamente mais desenvolvido e comportamentalmente adequado aos desafios da vida”, explicou o vereador. “Além disso, no dia a dia, os benefícios da luta, que traz disciplina, evolução física, moral e psicológica, são percebidos e automaticamente agentes de transformação do ambiente escolar e da comunidade em geral”, continuou o parlamentar.

Outro ponto importante destacado pelo edil como benefício que o Programa trará para o município é a economia de gastos hospitalares com uma população fisicamente ativa, além dos ganhos futuros em segurança pública, “visto que estaremos formando uma sociedade mais saudável e honesta por influência da arte marcial”, explicou Moraes. O vereador também enfatizou sobre a geração de empregos, pois o projeto também abrirá portas para os profissionais da área.

De acordo com o Projeto de Lei, o profissional só estará capacitado para lecionar Jiu-Jitsu nas escolas se for devidamente graduado e registrado por uma Federação ou Associação oficial e regulamentadora do esporte. O profissional graduado a partir da faixa roxa está habilitado a ser instrutor auxiliar e o profissional graduado na faixa marrom ou preta poderá ser professor. Em relação à seleção, o profissional que se candidatar a trabalhar no projeto “Jiu Jitsu na Escola” terá prioridade se for graduado em Educação Física.

Vereador Pancadinha e ACM Neto, em Salvador

Leia em: < 1 minuto

O ex-prefeito de Salvador que é pré-candidato ao governo da Bahia, ACM Neto (União Brasil), estará em Itabuna no próximo mês, dia 14 de maio, para o lançamento da pré-candidatura do vereador Fabrício Pancadinha â Alba (Assembleia Legislativa do Estado da Bahia).

Em um vídeo publicado nas redes sociais do edil, ACM Neto afirmou: “Eu não tenho dúvida que ele [Pancadinha] será um dos mais votados de toda a Bahia e estará conosco construindo o futuro do nosso estado”.

Pancadinha assinou a sua ficha de filiação ao Partido Solidariedade na semana passada. Ele, também, foi eleito pelo PMN nas eleições de 2020 como o vereador mais votado de Itabuna.

"Vamos ter que tirar! Isso não pode ser motivo de bravata, tem que ser motivo de construção", assegura Lula sobre decisão de tirar militares do governo // Foto de Ricardo Stuckert

Leia em: < 1 minuto

Durante um encontro na sede da Central Única dos Trabalhadores nesta segunda-feira (4.abril), o ex-presidente Lula falou sobre a presença de quase 8 mil militares em cargos comissionados do governo e garantiu que vai precisar tirá-los das funções caso vença o pleito de outubro. Não é de agora que o petista critica a presença de militares em cargos que deveriam ser destinados às pessoas que prestam concursos.

Para Lula, essa é uma das maiores necessidades ao assumir a cadeira de presidente: “Nós vamos ter que começar o governo sabendo que vamos ter que tirar quase 8 mil militares que estão em cargos de pessoas que não prestaram concurso. Vamos ter que tirar! Isso não pode ser motivo de bravata, tem que ser motivo de construção”.

"A gente não queria perder o deputado João Roma, mas ele teria dificuldade de continuar por atender o pedido do presidente", explica Bispo Márcio Marinho

Leia em: < 1 minuto

O deputado federal e líder do Republicanos na Bahia, Bispo Márcio Marinho, concedeu entrevista ao jornal Tribuna e falou sobre a saída do ministro da Cidadania, João Roma, da legenda para se filiar ao PL. De acordo com Marinho, a decisão do ministro foi para atender a uma determinação do presidente Jair Bolsonaro (PL) para que ele se candidate ao governo da Bahia.

Ainda segundo Marinho, o Republicanos gostaria que Roma continuasse na sigla, mas a situação ficou insustentável: “Eu acho que ele foi muito pressionado pelo Governo Federal a ter uma candidatura e ele atendeu ao pedido do Presidente da República. Mas, em relação a nossa relação, tanto pessoal quanto parlamentar, ela é tranquila. A gente não queria perder o deputado João Roma. Gostaríamos muito que ele continuasse republicano. Mas, na análise que ele fez, ele teria uma dificuldade de estar no Republicanos por atender o pedido do presidente Bolsonaro. Ele achou por bem atender ao pedido do presidente e seguiu para o PL”.

Capitão Azevedo assinou a ficha de filiação ao PDT no dia 31 de março, mas, no dia 2 de abril, em entrevista à Rádio Interativa, negou que tivesse se filiado. Que "sina" de indecisão, hein?

Leia em: 2 minutos

O ex-prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo (ex-PL), concedeu uma entrevista à Rádio Interativa FM no último sábado (2.abril) e disse que ainda não tinha decidido sobre o partido ao qual iria se filiar. Acontece que essa declaração não pegou bem para o Capitão já que ele havia combinado com o pré-candidato a governador, ACM Neto (União Brasil), a filiação ao PDT e, inclusive, assinou a ficha de filiação à legenda na 5ª feira, dia 31 de março.

Ficha de filiação ao PDT assinada no dia 31 de março por José Nilton Azevedo Leal, mais conhecido como Capitão Azevedo, ex-prefeito de Itabuna. Mesmo com essa prova da ligação dele com a legenda, no dia 2 de abril, o político negou que tenha se filiado à sigla e disse que estava se decidindo entre outros partidos.

Diante da “trapalhada” do ex-prefeito, na manhã de hoje (4.abril), o Pauta Blog manteve contato com o presidente do PDT na Bahia, o deputado federal Félix Mendonça, e questionamos sobre a atual situação do Capitão. O deputado não só confirmou a informação, como também foi categórico sobre o posicionamento do político: “Capitão Azevedo está filiado, mas, se quiser se desfiliar, é opção dele”.

Já o ex-presidente do PL, José Carlos Araújo, amenizou a situação e disse que o Capitão havia “esquecido” da assinatura na ficha, além de confirmar que foi o padrinho no partido: “Fui eu sim! Ele esteve com Neto duas vezes, uma comigo e outra sozinho. Neto recomendou a ele que se filiasse ao PDT. (…) Talvez, ele não tenha se lembrado da ficha por alguma razão”.

Esquecimento ou não, Capitão Azevedo fez um tremendo papelão. Agora, será que vai assumir que está filiado ao partido e pedir votos para o pré-candidato à Presidência da República, Ciro Gomes, ou o espírito bolsonarista vai falar mais alto?

O Pauta Blog tentou contato com o ex-prefeito de Itabuna, mas, até o fechamento dessa edição, não obtivemos retorno. O espaço continua aberto para maiores esclarecimentos.

Félix Mendonça, presidente do PDT na Bahia, e o ex-deputado federal e ex-presidente do PL baiano, José Carlos Araújo. Ao Pauta Blog, José Carlos assegurou que, juntamente com ACM Neto, foi responsável por levar o Capitão para o PDT.

Prefeito Ferlú esteve na localidade ao lado dos secretários Hyan Victor e Renato Freitas

Leia em: 2 minutos

Ontem (3.abril), foi dia de muito trabalho em Arataca. As equipes da secretaria de Obras e Transportes estiveram na região São Joaquim, onde iniciaram as intervenções na estrada que dá acesso ao local.

O prefeito da cidade, Ferlú Mansur (PSD), juntamente com o secretário de Obras, Hyan Victor, e o secretário de Governo, Renato Freitas, conferiram de perto o início da realização de uma promessa feita ainda durante a campanha eleitoral de 2020. A população que mora naquela área demonstrou entusiasmo com a presença dos representantes do poder municipal já que os moradores se sentiam esquecidos há muito tempo.

De acordo com o prefeito, o objetivo é beneficiar o povo sem esquecer do que foi assegurado aos eleitores: “Nosso foco é conseguir dar dignidade às pessoas que confiaram em nosso trabalho e na força da nossa gestão. Vamos continuar priorizando a qualidade de vida da população durante o nosso governo”.

Prefeito Ferlú Mansur ouvindo as demandas da comunidade.

//

Leia em: 3 minutos

O MDB de Vitória da Conquista, no sudoeste baiano, emitiu uma nota para esclarecer a atual situação da legenda frente ao cenário de sucessão estadual na Bahia. Desde quando o MDB indicou o candidato a vice-governador da chapa do PT, Geraldo Júnior, os diretórios municipais de várias cidades começaram a se mobilizar até porque muitos deles não simpatizaram com a ideia de apoiar Jerônimo Rodrigues (PT) a governador.

Em Vitória da Conquista, especificamente, a sigla demonstrou que parecia estar alinhada com os interesses do pré-candidato ACM Neto (União Brasil) uma vez que a prefeita da cidade, Sheila Lemos, faz parte da legenda e tem proximidade com o ex-prefeito de Salvador. No entanto, na nota emitida pelo MDB e assinada pela presidente municipal, vereadora Lúcia Rocha, é explicitado que não houve acordo entre as partes.

De acordo com Lúcia, o grupo de ACM Neto teria exigido que ela se desfiliasse do MDB para se juntar a algum partido ligado ao União Brasil. Ainda na nota, a líder do partido afirma que essa condição é inaceitável porque o MDB tem história em Vitória da Conquista e não pode, simplesmente, deixar tudo para trás em nome das eleições de outubro.

A vereadora afirma, ainda, que a prefeita Sheila Lemos estaria exonerando pessoas ligadas ao MDB que faziam parte do governo municipal demonstrando, assim, que a decisão do partido em não aceitar as condições de ACM Neto promoveu retaliações. Dessa forma, o MDB de Vitória da Conquista decidiu seguir a decisão da Executiva estadual, ou seja, marchar ao lado do grupo do PT.

Deixamos o espaço aberto para a manifestação da prefeita Sheila Lemos.

CONFIRA A NOTA NA ÍNTEGRA ⤵️
Nota à Imprensa
É de conhecimento público que o MDB Estadual estava em franca negociação com o União Brasil e com o Partido dos Trabalhadores e ouvindo os Diretórios Municipais. Resultado das negociações, o MDB Estadual compôs com o Partido dos Trabalhadores para concorrer a eleição ao Governo do Estado, inclusive com indicação do pré-candidato a vice-governador da Bahia, o MDBista, edil e Presidente da Câmara de Vereadores de Salvador, Geraldo Júnior.

Neste sentido, a Executiva Estadual, em observância aos princípios norteadores do Estado Democrático de Direito, não vinculou a Executiva Municipal do MDB de Vitória da Conquista a seguir a orientação Estadual e concedeu total autonomia para que esta pudesse apoiar qualquer pré-canditato ao governo do Estado.

A Executiva do MDB de Conquista iniciou diálogo com o pré-candidato ao Governo do Estado ACM Neto, através da sua representante local a Prefeita Sheila Lemos, com o objetivo de firmar apoio. Contudo, apesar da disponibilidade do MDB de Conquista, não foi possível prosseguir, vez que foi colocado como condição inegociável para início das tratativas que a Presidente do MDB Conquista, Embaixadora Regional do MDB e Pré- Candidata à Assembleia Legislativa pelo MDB, a vereadora Lúcia Rocha se desfiliasse imediatamente do MDB e se filiasse em um partido ligado ao União Brasil.

Destarte, o MDB de Conquista não aceita tal imposição, uma vez que o MDB local possui trajetória, história e peso no nosso município. Sendo responsável, inclusive, pela reeleição da Chapa Herzem Gusmão e Sheila Lemos, com 97.364 mil votos, chapa esta que hoje tem Sheila Lemos como prefeita de Vitória da Conquista.

Resta destacar que após a partida prematura do nosso líder Herzem Gusmão, o partido sofreu perdas sobretudo em se tratando de membros do MDB que foram convidados a se desfiliarem do partido para migrarem a outro de interesse da gestão, conforme já amplamente divulgado pela mídia, além de exonerar técnicos MDBistas com relevante trabalho prestado, tudo isso gerando a diminuição da participação do partido no governo.
Mesmo assim, o partido se manteve fiel e em silêncio, tendo como escopo continuar fortalecendo o projeto político iniciado em 2017, visando a manutenção da atual gestão nos anos vindouros.

Recentemente, de forma repentina, a Prefeita exonerou cargos ligados a Executiva local do MDB, demonstrando de maneira contundente o desinteresse do governo de continuar recebendo o apoio do MDB.

Contudo, diante dos acontecimentos relatados e da opção que nos foi dada: ou abandona o MDB ou não compõe a base para as eleições 2022. O MDB de Conquista, partido que elegeu quatro vereadores e a atual gestão municipal, vem manifestar que seguirá firme e com unidade com o MDB Estadual. E que não aceitará qualquer exigência que tenha como objetivo sucumbir o MDB em Vitória da Conquista!

Vitória da Conquista-Ba, 02 de abril de 2022.

Maria Lúcia Santos Rocha
Presidente

//

Após 20 edições pelo Brasil, o maior evento de chocolate e cacau da América Latina desembarca na capital baiana

Leia em: < 1 minuto

O Chocolat Festival – Festival Internacional do Chocolate e Cacau chega a Salvador, pela primeira vez, entre os dias 09 e 12 de junho no Centro de Convenções.

O maior evento de chocolate e cacau da América Latina já passou, desde 2009, por diversas cidades do Brasil, entre elas, Ilhéus, Bahia, Belém do Pará e São Paulo.

A grande novidade da edição em Salvador é o lançamento de outros eventos, com conceitos parecidos e complementares, de outras cadeias produtivas: o Salão do Café, o Origem Brasil e o Bahia Descobre a Bahia, mostrando produtos e destinos turísticos aos soteropolitanos e turistas.

Este conjunto de eventos forma o Origem Week, projeto inovador, que fará parte do calendário de eventos da Bahia.

SOBRE O CHOCOLAT FESTIVAL
Voltado para consumidores e profissionais da área, o Chocolat Festival atrai anualmente milhares de visitantes. Durante os dias de evento, reúne diversas marcas de chocolate, derivados de cacau, confeiteiros e fornecedores do segmento, além de promover cursos de capacitação, debates sobre temas do setor, rodadas de negócios e palestras ministradas por especialistas nacionais e internacionais. Para mais informações, acesse!

//

Leia em: < 1 minuto

A Associação Comercial de Itabuna vai voltar a realizar o seminário que é referência em toda a região nordeste do Brasil, como uma oportunidade única de agregar conhecimento e buscar inspiração a partir da participação de grandes nomes do marketing.

O presidente da ACI, Mauro Ribeiro confirmou que pretende realizar a 25ª edição, nos dias 4 e 5 de agosto, no teatro Candinha Doria, em Itabuna. “Vamos fazer um grande seminário, reunindo renomados palestrantes e especialistas”.

O Seminário de MKT teve a sua última edição em 2016 e retorna agora, em 2022 em parceria com a M21, agência de Marco Lessa, especialista na realização de grandes eventos. 

Partido de Bolsonaro mais do que dobrou de tamanho; mais trocas já feitas na Justiça Eleitoral ainda poderão ser comunicadas à Câmara nos próximos dias

Leia em: 2 minutos

Com o fim da janela partidária, na 6ª feira (1º de abril), o PL se tornou a maior bancada da Câmara, com 73 deputados no momento. É mais do que o dobro do que o partido tinha na época da posse, quando contava com 33 deputados.

A janela partidária permite que deputados federais e estaduais mudem de partido sem correr o risco de perder o mandato. Mesmo com o fim do prazo, os números ainda podem mudar, já que filiações registradas no sistema do Tribunal Superior Eleitoral até sexta-feira podem ser comunicadas posteriormente à Secretaria-Geral da Mesa da Câmara dos Deputados.

Grande parte dos novos deputados do PL veio do União Brasil, partido criado com a fusão do PSL e DEM. Antes da janela partidária, o União contava com 81 deputados, mas agora está com 47, atrás do PT (com 56) e PP (50). Outros partidos que cresceram foram o Republicanos, atualmente com 45 deputados, e o PSD, com 43.

Desde o início da legislatura até o momento, 123 deputados trocaram de partido. O número é menor em comparação com a legislatura passada, quando 154 deputados mudaram de sigla no mesmo intervalo de tempo (entre 1º de fevereiro de 2015 e 1º de abril de 2018).

Fonte: Câmara dos Deputados

Tags: , , ,

//

A guia pode ser solicitada via WhatsApp, pelo número (73) 98825-6126, de segunda a sexta-feira, das 12h às 17h

Leia em: < 1 minuto

A Prefeitura de Ilhéus prorrogou o prazo para pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) até o dia 30 de abril, com desconto de 15% em cota única. Se optar pelo parcelamento, o contribuinte poderá fazê-lo, sem o desconto previsto, desde que a primeira parcela seja paga na mesma data da parcela única, e a última, não ultrapasse o exercício em curso.

A guia pode ser solicitada via WhatsApp, pelo número (73) 98825-6126, de segunda a sexta-feira, das 12h às 17h. O boleto também está disponível no site oficial da Prefeitura, na aba serviços ou pode ser retirado de forma presencial no setor de Tributos, localizado no Palácio Paranaguá, nos mesmos dias e horários.

O vencimento da Taxa de Coleta de Resíduos Sólidos foi prorrogado para a mesma data, cota única e parcelado, porém sem o desconto.

Notícias mais lidas

Outros assuntos