//

Presidente nacional do Democratas, ACM Neto

Leia em: 1 minuto

O presidente nacional do Democratas, ACM Neto, afirmou nesta quinta-feira (30) que é “absolutamente vergonhoso” que a Bahia seja líder no número de homicídios no país, em Valença, no Baixo Sul do estado. Em entrevista coletiva, Neto ainda falou sobre o potencial turístico da região e disse desejar que o estado seja palco dos grandes investimentos do Brasil.

Ao ser questionado sobre a segurança pública, ele ressaltou que houve avanços em muitos estados do Brasil, enquanto a Bahia regrediu. No primeiro semestre deste ano, o estado teve aumento de 7,1% no número de assassinatos, de acordo com o Monitor da Violência, do G1, e segue na liderança do ranking de homicídios. A Bahia foi um dos poucos estados que tiveram crescimento, enquanto o país teve redução de 8%.

“Somos o primeiro lugar (em homicídios) desde 2017. É um indicador absolutamente vergonhoso. Nós somos campeões de homicídio e último lugar na educação. Temos a rede pública estadual de todo o país, no ensino médio, com a pior avaliação. Éramos para ser primeiros em educação e último em violência. O que mostra que é preciso ter foco e prioridade”, disse.

Ele revelou que, nas viagens que tem feito pelo interior e nas conversas que tem mantido, prefeitos e lideranças contam que há municípios com apenas um policial. “Muitos municípios com um ou dois policiais. Como é que um ou dois policiais vão dar conta de fazer a segurança de um município?”, questionou.

//

O Hospital Heitor Guedes passa a ter 20 leitos de UTI's e 20 clínicos

Leia em: < 1 minuto

Foram abertos hoje (9.abril), 20 novos leitos para o atendimento a pacientes graves com o diagnóstico de coronavírus no Hospital Dr. Heitor Guedes de Mello, em Valença. Ao todo, a unidade administrada pela Santa Casa de Misericórdia de Valença passa a ter 20 leitos de UTI e 20 clínicos, fruto de um contrato com a Secretaria da Saúde da Bahia.

O secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, pontua que a taxa de ocupação na instituição vinha se mantendo superior a 90%, evidenciando o aumento de casos nos municípios do Baixo Sul. Na primeira semana de março, o hospital chegou a emitir um alerta após alcançar 100%.

Os municípios que ofertam leitos exclusivos para esta patologia na macrorregião Sul são Valença, Jequié, Itabuna, Ilhéus e Camancan.

//

Leia em: < 1 minuto

O Ministério Público estadual recomendou o município de Valença uma série de medidas para adequar o sepultamento à legislação nacional, incluindo a proibição de realização de sepultamentos sem a apresentação de certidão do oficial de registro do lugar do falecimento ou do domicílio do falecido. Além disso, o município deve registrar e controlar rigorosamente, em livro ou sistema eletrônico, os sepultamentos realizados na cidade.

A promotora de Justiça Cláudia Didier de Morais recomendou também ao cartório de registro civil de pessoas naturais de Valença a instalação de sistema de plantão para registro de óbitos ocorridos aos sábados, domingos e feriados. “O cartório também deve comunicar ao Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), até o dia 10 de cada mês, o registro dos óbitos ocorridos no mês imediatamente anterior, devendo a relação constar a filiação, a data e o local de nascimento da pessoa falecida”, explicou a promotora de Justiça.

O MP expediu ainda recomendação a Santa Casa de Misericórdia de Valença para a emissão, se possível no prazo máximo de seis horas, de declaração de óbito, a qual deve ser preenchida em tantas vias quantas forem determinadas e da forma como for estabelecida por regulamentação específica, sendo que, obrigatoriamente, uma das vias será remetida a cartório de registro civil e outra à secretaria estadual ou municipal de saúde do local onde ocorreu o óbito.

//

O prefeito Jairo Baptista recepcionou o vice-governador e o grupo de portugueses

Leia em: < 1 minuto

O prefeito de Valença, Jairo Baptista (PP), tem buscado investidores para o município e para isso, recebeu esta semana o vice-governador e Secretário de Desenvolvimento da Bahia, João Leão (PP), acompanhado de um grupo de investidores portugueses. Eles vieram conhecer o potencial econômico da cidade.

Na oportunidade, o vice-governador deixou clara a possibilidade de duplicação da BA001 e já adiantou que o grupo mostrou satisfação com o potencial turístico da região do baixo sul.

Notícias mais lidas

Outros assuntos