Na delegacia, homem confessou o crime e disse que agrediu a vítima depois de descobrir traição

Leia em: < 1 minuto

A Polícia Civil de Itororó capturou o homem suspeito de agredir fisicamente a própria companheira e, inclusive, arrancar um dos olhos da mulher com as próprias mãos. O suspeito de 46 anos de idade estava foragido desde o dia do crime quando ele abandou um veículo em uma estrada vicinal.

Segundo a polícia, o homem estava escondido em um matagal quando foi localizado. Após ser encontrado, ele foi conduzido à delegacia, onde confessou o crime e disse que descobriu uma traição da esposa e, por isso, a agrediu.

Ainda de acordo com informações da polícia, o suspeito alegou que arrancou o olho da mulher com as próprias mãos e, em seguida, ele a trancou em casa e fugiu. Ele permanece à disposição da justiça e deve responder pelos crimes de lesão corporal gravíssima e cárcere privado.

Dupla de colombianos foi presa em flagrante no Bairro Colina Verde

Leia em: < 1 minuto

Em uma operação deflagrada pela Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas, no extremo sul baiano, foi possível apreender R$ 4.875,00, além de cartelas de jogos de azar, equipamentos para sorteio, computador, megafones, recibos de contribuição e drogas. Na operação, dois suspeitos de 29 e 41 anos de idade foram presos.

De acordo com informações cedidas pela polícia, o flagrante aconteceu durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão no Bairro Colina Verde. Quando os policiais chegaram ao local, se depararam com a dupla, que é natural da Colômbia, e foi autuada por ocultação ou dissimulação de bens e valores, loteria não autorizada e consumo pessoal de drogas.

O material apreendido seguiu para a perícia no Departamento de Polícia Técnica e os colombianos permanecem à disposição da Justiça.

Leia em: < 1 minuto

O Prêmio por Desempenho Policial será pago pelo Governo do Estado a 12 mil policiais militares, civis e peritos que reduziram as mortes violentas, na Bahia, no segundo semestre de 2021. O valor total será de, aproximadamente, R$ 13,7 milhões.

Os servidores que atuam em unidades das polícias Militar, Civil e Técnica que diminuíram em, pelo menos, 3% o número de casos de homicídio, latrocínio e lesão dolosa seguida de morte receberão valores entre R$ 371 e R$ 1,8 mil.

“Tivemos quedas em outubro, novembro e dezembro de 2021 e, no primeiro bimestre deste ano, estamos com uma redução de 16,9% das mortes violentas. Os policiais são os responsáveis por esse grande feito. A sociedade precisa reconhecer a dedicação desses profissionais”, ressaltou o secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino.

Chefe da quadrilha e outras cinco pessoas foram presas; outros quatro integrantes do grupo são considerados foragidos

Leia em: 1 minuto

Na manhã de hoje, a Polícia Civil deflagrou a Operação Thêmis no município de Iguaí, no sudoeste baiano, com o objetivo de cumprir dez mandados de prisão preventiva e dez mandados de busca e apreensão. Segundo a polícia, as investigações apontaram que os nove suspeitos eram chefiados por uma traficante que criou e instituiu o “tribunal do crime” para torturar inimigos e usuários de drogas, além de ordenar mortes e torturar pessoas.

Ainda de acordo com a polícia, uma dessas sessões de tortura foi filmada pelo grupo criminoso e divulgada amplamente nas redes sociais. As imagens chocantes mostram a vítima amarrada e levando uma surra com fios elétricos em uma localidade conhecida como “caixa d’água”, no Bairro Novo.

A polícia informou, também, que a quadrilha é envolvida diretamente no tráfico de drogas, roubos, porte de arma de fogo e há indícios que tenham ordenado um homicídio, além de envolvimento na explosão de uma agência bancária da cidade ocorrida em dezembro do ano passado.

Entre os presos durante a operação, estão a chefe da quadrilha e outras cinco pessoas, mas os outros quatro integrantes não foram localizados e são considerados foragidos da justiça. Armas, munições, drogas, balanças de precisão, embalagens para acondicionar drogas, aparelhos celulares, rádios comunicadores e uma motocicleta foram apreendidos pela polícia.

Cerca de 40 policiais de Itapetinga, Jequié e Vitória da Conquista participaram da operação e o nome Themis faz referência à deusa da justiça na mitologia grega.

Carga foi roubada em Vitória da Conquista e levada pelo grupo criminoso para Itabuna

Leia em: 2 minutos

Nessa 3ª feira (1º.fevereiro), uma operação conjunta da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Civil de Itabuna resultou na prisão de cinco suspeitos de envolvimento no roubo de uma carga de pneus novos. Segundo a polícia, o roubo teria acontecido no último domingo (30 de janeiro) em Vitória da Conquista, região sudoeste do estado.

Ainda de acordo com informações cedidas pela polícia, um galpão localizado no Bairro Novo Jaçanã, em Itabuna, foi alugado pelo grupo criminoso para recepcionar e ocultar os pneus. Após descarregar a carga, ela seria distribuída na região já que, conforme as investigações, o grupo criminoso atuava desde o ano passado utilizando a mesma tática.

O trabalho em conjunto das forças policiais possibilitou a abordagem aos suspeitos no exato momento em que o grupo estava reunido dentro do galpão. Além de parte da carga recuperada, foram apreendidos 2 veículos e aparelhos celulares. Os envolvidos foram apresentados à delegacia de Polícia Civil, onde foram autuados em flagrante pelos crimes de receptação e associação criminosa.

LEIA TAMBÉM NO PAUTA BLOG ⤵️

TRAGÉDIA❗ Adolescente de 13 anos morre após ser atingido por disparo de arma de fogo em Camamu

5 espingardas foram encontradas dentro de carro de passeio; casal foi preso

Leia em: < 1 minuto

Na madrugada de hoje (18.janeiro), uma ação conjunta entre a Polícia Civil de Ilhéus e a Polícia Rodoviária Federal resultou na apreensão de um verdadeiro arsenal na BR-101, trecho de Ibirapitanga.

Durante uma abordagem a um veículo de passeio, os policiais constataram que o motorista e a passageira apresentavam nervosismo e, durante busca minuciosa no carro, foram encontradas armas de fogo e munições enroladas em um cobertor.

A Operação, denominada “Shot Gun”, encontrou cinco espingardas calibre 12 com numeração suprimida, além de 47 munições calibre 12. O casal foi preso em flagrante e conduzido à 7º Coorpin, em Ilhéus, para prestar esclarecimentos à polícia. 

Quer saber de outras notícias? Siga-nos no Instagram @pauta.blog.br.

Homens que ostentavam armas foram encontrados, após denúncias anônimas, na noite de 5ª feira

Leia em: 2 minutos

Com passagens por tráfico de drogas e homicídio, dois suspeitos foram localizados, na noite de 5ª feira (18.novembro), após ação conjunta entre as polícias Civil e Militar no município de Ibicuí, Sudoeste baiano. Homens, que controlavam o tráfico de drogas na região, foram encontrados após denúncias anônimas sobre possível esconderijo.

Equipes das Delegacias Territoriais (DTs) de Ibicuí e de Iguaí, além de guarnições da 8ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Itapetinga) seguiram até o bairro de Tancredo Neves, na localidade conhecida como ‘Roça Comunitária do Matadouro’. No local as equipes foram recebidas com tiros pelos criminosos.

Conforme explicou o titular da 21ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) de Itapetinga, delegado Antônio Roberto Gomes, houve confronto e dois criminosos acabaram feridos. “Ambos foram socorridos para o Hospital de Iguaí, mas um não resistiu. O outro foi levado para o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, em Itabuna, onde segue custodiado”, disse o delegado.

Com a dupla foram encontrados dois revólveres calibres 38, munições, 16 pedras de crack, sete pinos de cocaína, três trouxas de maconha e um celular.

“O criminoso foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e tentativa de homicídio, já que atirou contra as guarnições. Ele segue à disposição da Justiça”, concluiu Antônio.

A Dececap integra a força tarefa que realiza mais uma fase da Operação Invólucro, em Salvador e RMS

Leia em: < 1 minuto

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Crimes Econômicos e Contra a Administração Pública (Dececap), da Coordenação Especializada de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro (Ceccor/LD) participa de mais uma fase da “Operação Invólucro”, na manhã desta quarta-feira (27), em Salvador e Região Metropolitana (RMS). O objetivo é coibir crimes financeiros, praticados por um grupo empresarial do segmento de embalagens plásticas, que resultaram em uma sonegação fiscal de mais de R$ 15 milhões.

Conforme as investigações, o suspeito criava empresas em nome de laranjas. O crime consistia na inclusão de pessoas sem condições econômicas e financeiras no quadro de sócio dos diversos estabelecimentos criados. Em seguida, estas organizações eram abandonadas e imediatamente continuadas por outros estabelecimentos, no mesmo segmento de mercado, deixando para trás débitos tributários e ao mesmo tempo blindando o verdadeiro gestor do grupo.

A unidade especializada do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) integra a Força-Tarefa composta pela Promotoria Regional de Combate à Sonegação Fiscal, Grupo de Atuação Especial de Combate à Sonegação Fiscal (GAESF), do Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA), Inspetoria Fazendária de Investigação e Pesquisa (INFIP), da Secretaria da Fazenda.

//

Leia em: 3 minutos

A Comissão da Mulher da OAB/BA Subseção de Itabuna repudia o fechamento da sala da OAB instalada na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) de Itabuna-BA. O fechamento da referida sala sofrerá solução de continuidade em um direito específico da advocacia e ainda nos plantões de atendimento, acompanhamento, auxílio e orientação gratuitos à vítima de violência, seja menina, mulher e também à mulher advogada. Além de, a despeito do quadro geral de violência e de sucateamento dos órgãos de polícia no combate à violência contra a mulher, Itabuna terá prejuízo ao eliminar uma ferramenta da rede de apoio que já atua desde 2019 na cidade, com repercussão em toda região.

A informação acerca do fechamento da sala deu-se a partir do recebimento de ofício n°349/2021 da Secretaria de Segurança Pública/6a COORPIN do Estado da Bahia que determinou a desocupação da sala até o dia 1° de agosto do ano em curso. Sem nenhum diálogo com esta Comissão e sem observância ao que dispõe o Estatuto da Advocacia e da OAB e em afronta à Constituição Federal de 1988, carecendo de critérios lógicos em sua argumentação, a SSP, ao determinar a desocupação do espaço utilizado pela OAB nas dependências da DEAM, viola normas ao impor óbice à manutenção da estrutura física que, com muito esforço financeiro, emocional, físico e moral adequou aquele espaço como ferramenta de apoio à mulher vítima de violência e de uso da advocacia. Cabe salientar que a Lei nº 8.906/94, impõe ao Estado o dever de instalar, em todos os Juizados, Fóruns, Tribunais, Delegacias de Polícia e presídios, salas especiais permanentes para as advogadas e os advogados.

Com base nisso, rejeitamos todos os meios utilizados e todos os argumentos que venham a inviabilizar a garantia de cessão gratuita do espaço físico para o suporte ao exercício da advocacia e que serve de apoio também às mulheres da sociedade civil como um todo ante ao estado de insegurança constante em que vivem e o crescimento alarmante das violências de gênero, especialmente no contexto da pandemia no Brasil e no mundo.

Não há justificativa para inibir ou coibir iniciativas e projetos de combate à violência contra a mulher. Não há razão para, simplesmente, abrir-se mão de uma sala que tem grande funcionalidade e visibilidade entre as pessoas deste Estado e que está em atuação desde março de 2019, cujo fechamento deixará a advocacia desatendida em suas prerrogativas legais e a sociedade desassistida, sobretudo mulheres, de seu direito de acesso a uma estrutura necessária para o enfrentamento à violência com a devida orientação e auxílio que se deve.

A advocacia tem enfrentado dificuldades de todas as ordens e para o exercício de sua função e agora, oficialmente, vê-se acuada a abrir mão de uma ferramenta que é, para além de sua dignidade, imprescindível para otimizar e garantir o efetivo atendimento do grande número de mulheres que necessitam da DEAM, bem como o espaço instalado atende aos advogados e advogadas da região no exercício profissional naquela unidade.

Em razão do exposto, em face da ausência de mais ferramentas efetivas e de mais políticas públicas evidentes de combate à violencia, a Comissão da Mulher repudia o pedido de desocupação da sala da OAB das instalações da DEAM de Itabuna posto que foi a saída mais fácil encontrada pela SSP para contornar a alegada falta de salas para o desenvolvimento de outras atividades da Polícia Civil não mais importantes que as prerrogativas da advocacia e o combate à violência de gênero.

Por fim, para além do repúdio, não abriremos mão de nenhum direito, nenhuma prerrogativa violada e de nenhuma luta. Tudo é político quando se trata do exercício da advocacia, tudo é político quando se trata da vida da mulher.

COMISSÃO DA MULHER
OAB/BA SUBSEÇÃO ITABUNA

A área de segurança pública passa a contar com 237 novos profissionais somente no último ano, entre delegados, investigadores e escrivães

Leia em: < 1 minuto

O Governo do Estado nomeia nesta 4ª feira (16.junho) 54 novos investigadores da Polícia Civil baiana. Com as nomeações, publicadas no Diário Oficial do Estado.

Esta é a segunda nomeação para a Polícia Civil da Bahia referente ao último concurso público do órgão. O certame foi organizado pela Fundação para o Vestibular da Universidade Júlio de Mesquita Filho – Fundação Vunesp, contratada pela Secretaria da Administração.

“Mais uma demonstração de prioridade do Estado, em dar mais segurança a baianos e visitantes. Com todas as dificuldades e pandemia, os investimentos continuam sendo realizados”, declarou o secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino.

Notícias mais lidas

Outros assuntos