A Bahiagás atende os municípios de: Salvador, Lauro de Freitas, Feira de Santana e Itabuna // Foto de Divulgação/Brisas Residencial Clube

Leia em: 2 minutos

A Bahiagás (Companhia de Gás da Bahia) ultrapassou a marca de 60 mil residências fazendo uso do gás natural no estado. Ao todo, já são 60.729 unidades habitacionais consumindo o energético, em 749 condomínios.

Considerando que cada domicílio tem em média três residentes, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), já são mais de 180 mil pessoas impactadas pelos benefícios do gás natural nas suas residências. “Em 2006, apenas 1.151 domicílios baianos contavam com o energético. Hoje, estamos presentes em residências nos municípios de Salvador, Lauro de Freitas, Feira de Santana e Itabuna”, lembrou a gerente Comercial de Varejo, Luciana Valente.

De acordo com o diretor-presidente da Bahiagás, Luiz Gavazza, esse resultado atesta o crescimento da Companhia nos últimos anos. “Esse quantitativo veio aumentando exponencialmente, ano após ano, fruto do investimento na expansão e interiorização da rede de distribuição da Bahiagás, alinhado com as diretrizes de desenvolvimento do Governo do Estado”, afirmou, destacando que, atualmente, 21 municípios baianos já contam com o energético, nos segmentos residencial, comercial, industrial, automotivo e termelétrico. “Com a conclusão do projeto Gás Sudoeste, esse número saltará para 33 cidades consumindo o gás natural, consolidando a Companhia como a maior distribuidora de gás natural do Norte-Nordeste e terceira maior do Brasil”, complementou.

BENEFÍCIOS E USO DIVERSIFICADO
O uso do gás natural para o segmento residencial tem inúmeras vantagens, como o ganho de espaço (já que é canalizado e dispensa o uso de botijões), além do fornecimento contínuo, pagamento após o consumo, mais segurança e versatilidade. O gás natural pode ser utilizado para cocção, em fogões e churrasqueiras, e aquecimento de água, em torneiras, chuveiros e piscinas.

//

O Instituto Butantan iniciou as obras para a construção de uma nova fábrica de soros com linha de produção completa, na qual será possível elaborar inclusive soros em pó

Leia em: < 1 minuto

O Instituto Butantan iniciou as obras para a construção de uma nova fábrica de soros com linha de produção completa, na qual será possível elaborar inclusive soros em pó, e para a edificação do Museu da Vacina, novo espaço voltado à divulgação científica.

O Centro Avançado de Produção de Soros terá 6,6 mil metros quadrados e cinco pavimentos, e deve ficar pronto em 2023. Quando entrar em operação, a fábrica absorverá, em uma única planta, a produção de todos os 12 tipos de soros que o instituto produz, e fornece ao Ministério da Saúde, contra toxinas de animais peçonhentos e micro-organismos.

Com investimentos de R$ 34,5 milhões, a fábrica contemplará desde o processamento do plasma até o envasamento dos frascos e terá um liofilizador. O aparelho vai permitir que os produtos líquidos do Butantan sejam desidratados e transformados em pó, mantendo as propriedades neutralizantes mesmo sem refrigeração. “Isso fará com que os soros estejam mais acessíveis, principalmente em regiões inóspitas onde os acidentes com animais peçonhentos são muito comuns”, explica a gerente do Núcleo de Produção de Soros, Fan Hui Wen.

Os soros são produzidos a partir da inoculação dos antígenos do veneno, toxina ou vírus em cavalos, o que resulta na produção de anticorpos hiperimunes. O plasma onde estão esses anticorpos é coletado e submetido a processamento industrial, utilizando métodos físico-químicos, purificado, formulado e envasado.

//

Leia em: 2 minutos

O Ministério Público estadual ajuizou ontem, dia 1º, ação civil pública contra o Município e a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus, mantenedora da maternidade Santa Helena, para que retomem, imediatamente, o serviço de pediatria e neonatologia da unidade hospitalar até, pelo menos, a inauguração do Hospital de Referência Materno-Infantil da cidade, prevista para o fim deste mês. Segundo o promotor de Justiça Pedro Nogueira Coelho, um impasse quanto à destinação de verbas para pagamentos dos profissionais da maternidade levou à interrupção do serviço, a ponto de duas gestantes não terem sido atendidas nesta terça-feira em razão da falta de médicos.

Na ação, é solicitado à Justiça que determine, em decisão liminar, a retomada imediata do serviço, “com corpo clínico adequado, composto de ao menos um pediatra, um obstetra e um anestesista”, com envio à Justiça da escala de plantão no prazo de 72 horas. “Indubitável que a interrupção das atividades por parte dos médicos da maternidade, antes da inauguração do novo hospital, coloca sob risco de grave lesão a saúde pública, gerando inaceitável desassistência às parturientes e nascituros”, afirmou o promotor.

Segundo o documento, a Santa Casa alega que o atraso das verbas federais pelo Município tem impossibilitado o pagamento dos médicos. Já o Município, registra o promotor, nega ter pendências financeiras com a instituição e argumenta que houve redução dos valores dos repasses em razão da queda da produção da unidade hospitalar, o que teria gerado a redução do valor dos repasses efetuados. Pedro Nogueira destaca que uma solução judicial é urgente para não “impor às parturientes locais que aguardem por ainda mais tempo a boa vontade do Município de Ilhéus e da Santa Casa de Misericórdia na solução do impasse”.

//

Manchetes desta 6ª feira, 4 de junho/2021

Leia em: < 1 minuto

// CORREIO DO POVO: Ministro da Saúde diz que pandemia só será controlada com vacinação

// CORREIO BRAZILIENE: Quem tem 59 anos pode agendar vacinação hoje

// ZERO HORA: Exército livra Pazuello de punição por participar de ato político com Bolsonaro

// TRIBUNA DA BAHIA: Um a cada 3 óbitos pela Covid na Bahia acontece em Salvador

// Correio*: Número de crianças e adolescentes com covid dispara e já supera 2020

// A TARDE: Vacinação avança com as praias interditadas

// FOLHA DE S.PAULO: Após pressão direta de Bolsonaro, Exército livra Pazuello de punição

// O ESTADO DE S.PAULO: Exército livra Pazuello de punição e cria desgaste entre oficiais

// O GLOBO: Sob pressão de Bolsonaro, Exército livra Pazuello e põe disciplina em risco

Corpo de Jimi Hendrix Alves de Araújo, de 41 anos, foi achado com marca de tiro, na fazenda da família, em Ibiquera // Foto de Reprodução/Redes Sociais

Leia em: < 1 minuto

O vereador do município de Lajedinho, Jimi Hendrix Alves de Araújo (PSD), mais conhecido como Rei das Grades, de 41 anos, foi encontrado morto ontem 4ª feira (2,junho), na fazenda da família, em Ibiquera, cidade a cerca de 40 km de Lajedinho.

De acordo com a polícia, o corpo do vereador foi encontrado com uma perfuração causada por disparo de arma de fogo na região do ouvido. Uma arma foi encontrada ao lado do corpo, assim como um bilhete.

O caso foi registrado na 1ª Delegacia Territorial (DT) de Itaberaba, no entanto, será investigado pela DT de Ibiquera. Informações do G1

Jerbson Moraes (PSD) garante que foi vítima de ❌ Fake News

Leia em: < 1 minuto

O vereador e presidente da Câmara Municipal de Ilhéus, Jerbson Moraes (PSD), garante que foi vítima de Fake News ao ser divulgada uma falsa notícia de que ele teria retirado da pauta projetos de lei que se referem a abertura de crédito suplementar e de crédito especial para promover ações que visam conter o avanço da covid-19 na cidade.

A notícia falsa ainda afirma que Ilhéus pode ficar sem orçamento para enfrentar doença por conta desta atitude do presidente da Câmara. No entanto, Jerbson afirma com veemência que se trata de uma Fake News para confundir a cabeça da população. “Foram devolvidos dois projetos de lei do Executivo Municipal, para correção, porque apresentavam erros insanáveis e que nenhuma relação tinham com a Covid-19”, informa.

E completou: “Os projetos em questão mexiam em emenda parlamentar impositiva que não pode ser mexida, além de propor usar um crédito que não poderia ser usado, mas que mesmo assim já tinha usado erroneamente. Isso não tem nada a ver com Covid-19, isso é veiculação maldosa”, garantiu.

E esclarece que em um dos Projetos de Lei foi identificado o cancelamento de dotações em saldos inexistentes e de emendas impositivas de vereadores. No outro, o Executivo não informou quais dívidas não seriam amortizadas no exercício financeiro de 2021. “Estas são situações que não são permitidas pela Lei Orgânica do Município”, finalizou o presidente Jerbson Moraes.

Saiba mais ⤵️

Câmara de Ilhéus devolve Projetos de Lei do Executivo para efetuar correções

Baixe o parecer e entenda.

//

As vacinas serão distribuídas para os municípios baianos, onde serão destinadas para a primeira aplicação

Leia em: < 1 minuto

Uma nova remessa com 37.440 doses de vacinas contra Covid-19 foi recebida hoje (3.junho), na Bahia. Os imunizantes foram produzidos pela Pfizer/BioNTech. O voo comercial trazendo a carga pousou no aeroporto de Salvador por volta das 15h.

As vacinas serão conferidas pela equipe da coordenação de imunização do Estados e devem começar a ser distribuídas nesta 6ª feira (4.junho).

Com esta carga, a Bahia chega ao total de 6.813.150 doses de vacinas recebidas, sendo 3.035.800 da Coronavac, 3.566.750 da AstraZeneca/Oxford e 210.600 da Pfizer/BioNTech.

//

Comando da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia soltou nota oficial // Foto de Edilson Rodrigues/Agência Senado

Leia em: < 1 minuto

O comando da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia soltou nota oficial na noite desta 4ª feira (2.junho) após o pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro. Ele afirmou em rede nacional de rádio e televisão que todos os brasileiros que desejarem serão vacinados até o fim do ano contra a covid-19. Para vários integrantes da CPI, o anúncio veio com “atraso fatal e doloroso”.

Veja a íntegra da nota:

NOTA PÚBLICA
A inflexão do Presidente da República celebrando vacinas contra a Covid-19 vem com um atraso fatal e doloroso. O Brasil esperava esse tom em 24 de março de 2020, quando inaugurou-se o negacionismo minimizando a doença, qualificando-a de ‘gripezinha’. Um atraso de 432 dias e a morte de quase 470 mil brasileiros, desumano e indefensável.

A fala deveria ser materializada na aceitação das vacinas do Butantan e da Pfizer no meio do ano passado, quando o governo deixou de comprar 130 milhões de doses, suficientes para metade da população brasileira. Optou-se por desqualificar vacinas, sabotar a ciência, estimular aglomerações, conspirar contra o isolamento e prescrever medicamentos ineficazes para a Covid-19.

A reação é consequência do trabalho desta CPI e da pressão da sociedade brasileira que ocupou as ruas contra o obscurantismo. Embora sinalize com recuo no negacionismo, esse reposicionamento vem tarde demais. A CPI volta a lamentar a perda de tantas vidas e dores que poderiam ter sido evitadas.

Omar Aziz- Presidente CPI
Randolfe Rodrigues – Vice Presidente CPI
Renan Calheiros – Relator

Em apoio, membros efetivos:
Tasso Jereissati
Otto Alencar
Humberto Costa
Eduardo Braga

Suplentes:
Alessandro Vieira
Rogério Carvalho

//

A agricultura familiar baiana tem possibilitado que esta iguaria tenha um lugar de destaque nas vendas e no consumo do país

Leia em: 3 minutos

Que o chocolate é um alimento adorado pelos brasileiros por ser de um sabor que agrada quase todos os públicos, não resta dúvidas. Com tantas opções entre chocolates finos, premium, gourmet, com 20, 30, 40, 50 e até 100% cacau, fica difícil escolher qual consumir.

De acordo com o Chefe de gabinete da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Jeandro Ribeiro, as características fundiárias da região cacaueira mudaram, dos 68 mil estabelecimentos que plantam cacau, hoje, na Bahia, 53 mil são da agricultura familiar, o que traz para o estado importantes contribuições no ponto de vista cultural e econômico.

Os chocolates da Bahia Cacau, marca da Cooperativa da Agricultura Familiar e Economia Solidária da Bacia do Rio Salgado e Adjacências (Coopfesba), localizada em Ibicaraí despontam no mercado, e já são comercializados em 40 municípios baianos e em seis estados brasileiros, em supermercados, padarias, lojas de conveniência e de produtos naturais, restaurantes e plataformas marketplaces especializadas em delivery de alimentos.

O faturamento anual é de R$900 mil para a cooperativa, já os 104 cooperados tem uma renda mensal de cerca de um salário mínimo. Esse resultado é fruto de R$ 3 milhões em investimento do Governo do Estado, por meio do Bahia Produtiva.

A Coopfesba processa 2.500 quilos de amêndoas de cacau por mês, sendo mil quilos destinados para produção de nibs e 1.500 quilos para produção de chocolate em barras de 80g e 20g, com variados percentuais de teor de cacau, bombons de chocolate com frutas desidratadas e geleia de cacau.

Segundo o presidente da Coopfesba, Osaná Crisóstomo, com o apoio do Governo do Estado à agricultura familiar através do Programa Bahia Produtiva, são estendidas a produção e a estratégia do mercado, além de propiciar a aquisição de equipamentos, bem como a melhoria na qualidade do cacau. “Seremos identificados e caracterizados como os melhores chocolateiros do mundo, no futuro bem próximo”, garantiu Osaná.

Na Bahia estão sendo investidos R$ 2,5 milhões em ações que incluem o aumento da capacidade produtiva das cooperativas, o que acarretará a ampliação e o desenvolvimento de novos mercados. Algumas soluções estão sendo produzidas para dar viabilidade a estes mercados como o desenvolvimento de embalagens competitivas para o mercado, capacitação de equipes de vendas, estratégias de posicionamento de nova marca, estratégia de comercialização, apoio na participação em eventos nacionais e internacionais, dentre outras.

Todas essas estratégias aliadas com um cacau de qualidade, indicação de procedência, certeza de um produto totalmente vegano, fazem com que haja uma valorização do cacau produzido na Cooperativa de Serviços Sustentáveis da Bahia (Coopesba), sediada em Ilhéus é o que garante a Presidente da cooperativa, Carine Assunção.

A Coopesba é conhecida pela fabricação de chocolates veganos, da marca Natucoa, que tradicionalmente comercializa chocolates nas versões 56%, 70% e 80% de cacau. A Natucoa tem comercializado, mensalmente, cerca de uma tonelada de mix de pó de chocolate, que são distribuídos nos estados da Bahia, Rio de Janeiro, Sergipe, São Paulo Rio Grande do Sul e Goiás.

COMERCIALIZAÇÃO
Na capital, os chocolates são encontrados nas lojas do Cesol do Salvador Shopping e Salvador Norte Shopping, Porã Orgânico, Tarantino Restaurante, Deguste Saúde, Empório Nova Itapoã. No município de Lauro de Freitas os chocolates são encontrados na loja In Nature plataforma digital da startup Escoaf (www.escoarbrasil.com.br). Os produtos também são comercializados em outros estados como: São Paulo, Alagoas, Paraná, Rio Grande do Norte, Minas Gerais e na cidade de Brasília.

//

O curso destinado aos colaboradores terceirizados da limpeza na Uesc

Leia em: < 1 minuto

Atualmente, uma palavra que deve estar cada mais incorporada à rotina de todos os cidadãos e cidadãs, a partir da pandemia do coronavírus, é “autocuidado”. Falamos de um conjunto de atitudes e hábitos bem-vindos ao corpo, à mente e à sociedade, que inclusive é tratado como um direito do cidadão pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Nessa linha, a “Capacitação em autocuidado e higienização dos ambientes no novo normal” é o curso destinado aos colaboradores terceirizados da limpeza da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). Acontecerá no espaço “Céu”, no térreo do Pavilhão Adonias Filho nos dias 7, 8, 10 e 11 de junho de 2021

O evento tem a coordenação da professora/Draª Carla Cristina Romano, com os professores: Drª Luciana Debortolli de Carvalho, Dr. João Carlos Teixeira Dias e Drª Rachel Passos Rezende, com carga horária de 8 horas/aula. Com o apoio do Departamento de Ciências Biológicas e do Colegiado do curso de Biomedicina.

Pelo programa serão bordados temas de biossegurança como: máscaras – como e quais usar; limpeza e desinfecção dos ambientes; autocuidado antes e após o dia de trabalho e Preparo e uso correto de desinfetantes.

//

Data foi antecipada para a próxima 2ª feira

Leia em: < 1 minuto

A capital paulista antecipou para a próxima 2ª feira (7.junho) a vacinação contra a Covid-19 das lactantes com comorbidades e que estejam amamentando bebês de até 1 ano. A estimativa é vacinar 28 mil pessoas.

O secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, disse que, para esse público, além do comprovante da comorbidade e de residência no município de São Paulo, será necessária a apresentação da certidão de nascimento do bebê, até 12 meses de idade.

Assim como os demais grupos contemplados na imunização, as lactantes poderão receber o imunizante nas 468 unidades básicas de Saúde (UBS), AMA/UBS Integradas e nos dez mega postos implantados na cidade. Quem precisar tomar a segunda dose deve procurar uma das UBSs da capital. Para a primeira dose serão utilizados os imunizantes da Pfizer e da Oxford/AstraZeneca.

“Não há restrição de vacinas a serem administradas nas lactantes, diferentemente das grávidas e puérperas”, ressaltou o secretário.

A Secretaria Municipal da Saúde recomenda que a ida aos locais de vacinação aconteça de maneira gradual, evitando aglomerações nos postos, e com o pré-cadastro no site Vacina Já preenchido, para agilizar o tempo de atendimento. Basta inserir dados como nome completo, CPF, endereço completo, telefone e data de nascimento para concluir o cadastro. Da Agência Brasil

É indispensável a apresentação do CPF, cartão do SUS e cartão de vacinação, se o usuário tiver

Leia em: < 1 minuto

A Prefeitura de Ilhéus informa que a vacinação será retomada na próxima 6ª feira (4.junho), mesmo sendo ponto facultativo no município, conforme publicado no Diário Oficial. Com a chegada de novas doses esta semana, a Secretaria de Saúde atenderá alguns públicos, previamente agendados e em locais específicos, como a população em situação de rua, caminhoneiros de uma empresa e os portuários, na sexta-feira.

A população em situação de rua será atendida no Centro Especializado de Pessoas em Situação de Rua (Centro Pop), que fica na Avenida Candeias, bairro Conquista; os portuários serão vacinados no próprio Porto do Malhado; e os caminhoneiros na sede da empresa específica cadastrada junto ao órgão municipal de saúde.

A Sesau informou ainda que a oferta da segunda dose está suspensa em razão de que os pontos que ofertam segunda dose não vão estar funcionando especificamente nesta 6ª feira (4.junho).

Centro de Referência de atendimento à Mulher presta assistência jurídica, social e psicológicas às vítimas de violência doméstica

Leia em: 2 minutos

O CRM (Centro de Referência de atendimento à Mulher), que presta assistência jurídica, social e psicológicas às vítimas de violência doméstica, conseguiu, entre o mês de março e maio, o deferimento de 8 medidas protetivas de urgência. A ação garante segurança às vítimas e as mantém distantes dos seus agressores.

Apesar da eficiência e importância do trabalho do CRM, o número de mulheres que não procuram por ajuda ainda é muito grande. Os casos de violência doméstica são cada vez mais aparentes na nossa sociedade. Porém, a maioria das mulheres, por medo ou vergonha, não procuram ajuda.

O município de Itapetinga possui uma ampla rede de assistência a essas mulheres vítimas de violência doméstica. A advogada do CRM, Belle Cotrim, destaca que o município de Itapetinga conta com dois canais voltados à mulher: o próprio de CRM, órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Social, que está localizado na Rua Montes Claros, nº 323, Bairro Camacã e o NAM (Núcleo de Assistência à Mulher Vítima de Violência) que está localizado na delegacia de polícia civil.

“Nosso trabalho é mostrar para a mulher que sofre violência que ela não está sozinha, empoderando-as e encorajando-as. Elas precisam buscar ajuda, pois nosso município conta com equipamentos especializados para receber essas vítimas e prestar todo o apoio necessário de maneira individualizada. Para as mulheres que buscam primeiro o CRM, nós fazemos o acolhimento inicial bem como no acompanhamento da vítima até a delegacia para prestar queixa. Já quando as mulheres procuram primeiro a Delegacia, elas são encaminhadas pelo NAM para o CRM e aqui nós prestamos toda a assistência necessária”, afirmou a advogada.

//

Deputado Josafá Marinho (Patriota)

Leia em: < 1 minuto

O deputado Josafá Marinho (Patriota) protocolou, na Assembleia Legislativa, um projeto de lei que autoriza a criação do auxílio inverno – no valor de um salário-mínimo – aos pescadores e marisqueiras que exercem a atividade de modo artesanal, em regime de economia familiar ou individualmente, ainda que com o auxílio de terceiros.

O período a ser considerado como inverno será determinado pelo Poder Executivo, tendo, como parâmetro, os períodos de maior índice pluviométrico, ventos fortes e ou tempestades marítimas. Para o recebimento do valor, o beneficiário deverá apresentar comprovantes atualizados de residência no Estado da Bahia e de registro no Ministério da Pesca e Aquicultura, além de comprovar ser pescador ou marisqueira, exercendo a atividade de modo artesanal, desde o último inverno.

Segundo o parlamentar, as referidas atividades sofrem intensos impactos no período do inverno, com a instabilidade do mar, trazendo riscos diretos à vida dos profissionais “e também gerando danos à embarcação, que às vezes sequer podem ser devidamente reparados, fazendo com que os trabalhadores arrisquem as suas vidas com embarcações inapropriadas”, afirmou.

Josafá também considerou a diminuição da demanda, em função da baixa circulação de turistas e visitantes na região, no período de inverno, refletindo na redução do faturamento dos pescadores e marisqueiras.

O objetivo, de acordo com o Marinho, é resguardar direitos e garantias fundamentais dos pescadores e marisqueiras, em conformidade com a dignidade da pessoa, fundamento da República Federativa do Brasil.

Cinquenta e quatro quilos de maconha foram apreendidos em um veículo que fazia transporte por aplicativo

Leia em: < 1 minuto

Cinquenta e quatro quilos de maconha foram apreendidos em um veículo que fazia transporte por aplicativo por policiais da 2ª Delegacia Territorial de Feira de Santana.

O motorista confessou que receberia a quantia de R$ 2 mil para transportar o entorpecente. Ele foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e deve ser encaminhado a audiência de custódia, da Justiça.

O delegado Alisson de Carvalho, disse que o material foi localizado durante uma abordagem, que tinha como objetivo apurar tentativas de homicídio, na Avenida Noide Cerqueira. “A droga estava no banco traseiro do carro, distribuída em tabletes”, disse o delegado.

O material será submetido à perícia, no Departamento de Polícia Técnica.

Cinquenta quilos de cocaína foram encontrados em Ibotirama

Leia em: 2 minutos

Cinquenta quilos de cocaína, avaliados em aproximadamente R$ 1,4 milhão, foram encontrados por guarnições da 28ª Companhia Independente de Polícia Militar, ontem 4ª feira (2.junho). Os entorpecentes divididos em 48 tabletes, estavam dentro de uma mala, em um carro abandonado, no Centro do município de Ibotirama, Oeste da Bahia.

De acordo com comandante da unidade, o major PM Anderson Ronni, as guarnições receberam a informação de um veículo com entorpecentes. “O carro estava abandonado, próximo a uma instituição financeira, com a chave no painel. Durante buscas, localizamos os 48 tabletes de cocaína. Realizamos rondas, mas não encontramos nenhum suspeito”, contou o major.

As drogas e o carro modelo Fiat Mob foram encaminhados para a Delegacia Territorial (DT) de Ibotirama. O delegado titular, Jailson Teixeira , informou que o veículo não tem restrição de roubo.

“Entramos em contato com o proprietário. Ele informou que vendeu o veículo, mas a transferência do valor ainda não tinha sido realizada. Estamos investigando o caso”, completou.

submetralhadora e munições foram apreendidas em Alcobaça

Leia em: < 1 minuto

Uma submetralhadora e munições foram apreendidas por policiais da 88ª Companhia Independente de Polícia Militar, ontem 4ª feira (2.junho), no Bairro do Farol, em Alcobaça.

Os policiais receberam a informação que um suspeito estaria armado na região. Em consulta ao local as equipes foram recebidas a tiros pelo homem, que foi ferido e socorrido para o Hospital São Bernardo, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com o comandante da unidade, major Carlos Eduardo Barbosa da Silva, com o suspeito foram apreendidas uma submetralhadora 9 milímetros e carregador com munições.

A titular da 8ª Coorpin de Texeira de Freitas, delegada Valéria Fonseca, afirmou que o suspeito traficava na cidade de Prado e Alcobaça. “Ele era investigado por alguns homicídios, incluindo um duplo contra dois irmãos”, contou.

//

Os senadores: Jaques Wagner (PT) e Angelo Coronel (PSD)

Leia em: 3 minutos

Dos três senadores que representam a Bahia no Congresso Nacional, só Otto Alencar não deixou nenhuma dúvida sobre sua posição em relação à CPI da Covid-19. O presidente estadual do PSD vem tendo uma atuação combativa na Comissão Parlamentar de Inquérito.

Os outros dois senadores, Jaques Wagner (PT) e Angelo Coronel (PSD), caminham em direção oposta a de Otto, deixando o eleitor na incerteza sobre o posicionamento de ambos em relação à CPI, que tem como precípua função apurar as responsabilidades das autoridades diante da terrível crise sanitária e humana.

O ex-governador Jaques Wagner, pré-candidato a um terceiro mandato como chefe do Palácio de Ondina no pleito de 2022, foi contra a instalação da CPI. O detalhe que chama mais atenção é que Wagner ainda não deu uma explicação pública sobre sua decisão, fugindo do assunto como o diabo da cruz.

É evidente que Wagner vai ser questionado durante a campanha eleitoral. Seus adversários na disputa pelo comando do governo do Estado vão querer saber por que o petista ficou contra a CPI, recusou a ser signatário da petição para sua instalação no Senado da República.

Obviamente que Wagner, com toda sua experiência, tido como um articulador político ágil e perspicaz, não iria tomar uma decisão dessa envergadura sem primeiro conversar com o ex-presidente Lula, que até as freiras do convento das Carmelitas sabem que trabalha nos bastidores, longe dos holofotes e do povão de Deus, contra o impeachment de Bolsonaro.

Ora, não é interessante para o lulopetismo ter outro adversário no segundo turno que não seja Bolsonaro. O raciocínio é o mesmo pelo outro lado. Ou seja, o bolsonarismo quer também Lula no segundo round eleitoral. Tanto Lula como Bolsonaro perdem para Ciro Gomes, presidenciável do PDT, que é o nome mais viável da terceira via, do movimento “Nem Lula, Nem Bolsonaro”, que já corresponde a 60% do eleitorado que não querem os extremos, nem o “mito” da esquerda e, muito menos, o “mito” da direita, nem a volta de um passado marcado por escândalos de corrupção e nem um governo que despreza, desdenha o mundo da ciência, muitas vezes debochadamente.

O senador Angelo Coronel não assinou a nota da CPI da Covid-19 sobre o pronunciamento de ontem, quarta-feira, 2, em cadeia de rádio e TV, do presidente Jair Messias Bolsonaro, que o fez em decorrência não só do bom trabalho da CPI, que vai de vento em popa, com depoimentos firmes e explosivos, como dos protestos nas ruas contra o negacionismo, que é o maior parceiro da pandemia.

Não tem como fugir das obviedades e dos inquestionáveis argumentos da nota da CPI sobre a “inflexão” de Bolsonaro. “Veio com um atraso de 432 dias, desde 24 de março do ano passado, quando o presidente classificou a Covid como uma “gripezinha”, também em um pronunciamento em rede nacional de TV”, diz um trecho da nota.

Para os parlamentares que assinaram o documento, o atraso de 432 dias é “desumano” e “indefensável”. A nota lembra que “o governo não se empenhou na compra de 130 milhões de doses da CoronaVac e da Pfizer, o que seria suficiente para imunizar cerca de metade da população vacinável do Brasil”. O governo deixou de comprar as vacinas em 2020. A coronaVac por birra política com o governador de São Paulo João Doria (PSDB) e ideológica com a China.

Os senhores senadores signatários da nota são da opinião de que “embora o pronunciamento do presidente sinalize com recuo no negacionismo, esse reposicionamento vem tarde demais”. Lamenta a perda de tantas vidas e dores que “poderiam ter sido evitadas”.

Além de Jaques Wagner, tem agora Angelo Coronel precisando tornar público os motivos que fizeram com que não assinasse a nota da CPI da Covid-19.

Vale lembrar que a pandemia do cruel, devastador e impiedoso novo coronavírus, reforçado na sua crueldade pelas novas variantes, caminha a passos largos para triste marca de 600 mil óbitos, vidas humanas sendo ceifadas pela terrível covid-19, que tem como maior aliado o negacionismo, o desdém com o mundo científico. 


Marco Wense é Analista Político

*A análise do colunista não reflete, necessariamente, a opinião de Pauta.blog.br

Jerbson Moraes está tendo uma boa aceitação dos ilheenses

Leia em: < 1 minuto

Há quem diga que ainda é cedo observar o termômetro da política ilheense no que se refere as eleições 2022, mas o fato é que já tem muita gente decidida no seu voto, mesmo tanto tempo antes das eleições. Enquete realizada recentemente nas redes sociais sobre as intenções de votos para deputado estadual tem mostrado um cenário favorável para o vereador e presidente da Câmara de Ilhéus, Jerbson Moraes (PSD).

A pergunta é simples: em quem você votaria em 2022 para representar Ilhéus e Região como Deputado Estadual? Cerca de 1.000 pessoas já deram sua opinião em uma semana de enquete e o resultado é Jerbson Moraes liderando as intenções de voto.

Sendo assim o resultado: 264 votos (28.6%) para o vereador Jerbson Moraes (PSD), seguido da primeira-dama Soane Galvão com 215 (23.3%), e o também vereador Luca Lima (PSDB) com 126 (13.7%).

Na quarta posição Cacá Colchões (PP) com 104 votos (11.3%), seguido de Valderico Júnior (DEM) com 56 (6.1%) e Ângela Souza 34 intenções de votos (3.7%).

Vale ressaltar que a enquete só permitia um voto por aparelho, seja celular, tablet, computador ou notebook. Com este resultado, tem muita gente já aflita e repensando suas estratégias políticas.

Vale ressalta que o presidente da Câmara de Ilhéus, Jerbson Moraes, foi o vereador mais bem votado de Ilhéus.

Notícias mais lidas

Outros assuntos