//

Comunicador (à direita) vai ter que pagar R$ 4 mil de indenização ao vereador (à esquerda); essa é a segunda vez que Colônia é condenado pela prática

Leia em: 2 minutos

O radialista Francisco Anaildo da Silva, mais conhecido como Anaildo Colônia, foi condenado por divulgar fake news contra o vereador de Eunápolis, Renato Bromochenkel (Avante), e deve pagar uma indenização no valor de R$ 4 mil. Essa é a segunda vez que o comunicador é condenado pela prática de disseminar informações inverídicas sobre o edil.

A decisão da Justiça é do dia 18 de novembro e considerou que houve dano moral nas publicações feitas por Colônia a respeito da conduta do político uma vez que “o exercício da liberdade de expressão ultrapassou as fronteiras do regular”. Na primeira condenação, de agosto do ano passado, o radialista teve que pagar R$ 8 mil ao vereador em ações de indenização e reparo por dano moral.

O Pauta Blog tentou manter contato com Anaildo Colônia para obter um posicionamento sobre o assunto, mas, até o fechamento dessa edição, não tivemos êxito. O espaço continua aberto para possíveis esclarecimentos.

Juiz determina que radialista pague R$ 4 mil a vereador vítima de fake news.

Sentença condenatória diz que comunicador cometeu crime de dano moral contra vereador.

//

Encontro abordou exigências da legislação eleitoral e atuação da comunicação

Leia em: 2 minutos

A Secretaria de Comunicação Social da Bahia (Secom) promoveu na manhã desta quinta (2.junho) um encontro com profissionais de imprensa de Ilhéus e Itabuna. Durante o evento foram discutidas temas ligados às eleições de 2022 como as exigências e ações para o cumprimento da legislação.

Para Emílio Gusmão do Blog do Gusmão, “Encontros como esses promovidos pela Secom, são de grande importância, principalmente por reunir os profissionais de imprensa”.

Segundo Luc Rei, da rádio Santa Cruz AM, “Esse evento não poderia existir se não tivesse a marca da Secom, um encontro que deixa todos os profissionais satisfeitos”.

COMBATE ÀS FAKE NEWS
Para o jornalista Ricky Mascarenhas do site Ipolítica, “mais encontros como este são bem-vindos porque trazem informações que contribuem muito para o aprimoramento de nossa atividade”.

Segundo Celina Santos, do site e jornal Diário Bahia, o encontro que também debateu produção de conteúdo e responsabilidade com a divulgação da notícia, traz “uma nova perspectiva da importância e engajamento da imprensa no combate às Fake News”.

A Secom distribuiu um Manual com as regras que foram discutidas e apresentadas pela Procuradoria Geral do Estado, para que os profissionais tenham conhecimento do que pode ser veiculado e as proibições sobre veiculação publicitária. Também foram distribuídos exemplares da Revista Terra Mãe, com as ações do Governo da Bahia nos últimos oito anos.

//

Rui Costa, governador da Bahia

Leia em: 2 minutos

A saída do deputado federal Marcelo Nilo (Republicanos) da base aliada do governo do estado foi bastante conturbada. Desde então, o parlamentar tem se posicionado como oposição ferrenha à gestão petista e não tem poupado críticas aos ex-aliados Jaques Wagner (PT) e Rui Costa (PT).

Em contrapartida, os cargos comissionados ocupados por pessoas ligadas a ele foram desocupados e sobrou até para a filha de Nilo, veterinária que exerce um cargo na Secretaria Estadual de Saúde e está grávida. Após a polêmica do afastamento de uma gestante, que tem os direitos trabalhistas previstos em lei, o governo voltou atrás e readmitiu a filha do deputado.

Nilo tornou-se aliado do pré-candidato a governador, ACM Neto, e não tem poupado críticas à gestão petista.

Dessa vez, a indignação de Nilo aconteceu depois que Rui divulgou dados de uma pesquisa que aponta o pré-candidato Jerônimo Rodrigues (PT) como suposto líder na corrida até o Palácio de Ondina na região Sul do estado. De acordo com o parlamentar, o governo passou a se basear em mentiras: “Ele está nervoso porque ninguém fala no time de Rui, mas, no time de Lula, ou seja, a bengala do Jirônimo, assim mesmo, Jirônimo, é Lula e não o Rui. (…) Rui era o político dos piores índices de educação e segurança no país e que, ainda por cima, quer acabar com a estabilidade do servidor. Agora, virou também o governador das fake news. O que o desespero de um político não faz”.

Além de ter abandonado o grupo que governa a Bahia há 16 anos, Nilo tornou-se aliado do pré-candidato a governador, ACM Neto (União Brasil), e há quem diga que chegou a ser cotado para ser o escolhido como candidato a vice-governador. Ainda não se sabe se a proposta vai ser concretizada, mas o fato é que Nilo tem feito o dever de casa direitinho.

//

Objetivo é alertar procuradores quando houver divulgação de fake news e conscientizar população sobre importância e seriedade do processo eleitoral

Leia em: < 1 minuto

Nesta quinta-feira (7.abril), o procurador-geral da República, Augusto Aras, assinou um acordo com o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, para combater ataques de desinformação durante as eleições deste ano. O documento amplia, também, a interlocução da Corte com a PGR e permite que o TSE alerte os procuradores quando houver divulgação de fake news que atinjam a integridade do processo eleitoral.

A Procuradoria concordou em atuar, reservada e publicamente, para ajudar na defesa da integridade do processo eleitoral, além de tomar medidas para conscientizar a população sobre o fato de que práticas de desinformação são ilegais e antidemocráticas.

Vídeo que circula nas redes sociais mostra dois funcionários retirando combustível de um veículo

Leia em: 2 minutos

A direção do Posto Cachoeira, em Itabuna, emitiu uma nota para esclarecer a situação registrada em um vídeo que está circulando nas redes sociais. Nas imagens, é possível ver funcionários do posto retirando combustível de recipiente plástico tanque e colocando de volta no tanque do estabelecimento.

De acordo com a direção da empresa responsável pelo posto, erroneamente, os funcionários abasteceram o recipiente plástico tanque da empresa CVR Costa do Cacau com diesel comum quando, na verdade, deveria ter sido abastecido com diesel S10.

Ao perceber o equívoco, os funcionários retiraram o combustível e colocaram de volta no tanque do posto. Ou seja, é FAKE NEWS qualquer informação contrária a essa.

Ainda na nota, a direção do posto atesta a lisura dos combustíveis ofertados aos clientes e esclarece que a situação ocorrida foi um ato falho que, tão logo identificado, foi corrigido.

Lembrando que divulgar fake news é crime! Fique atento ao conteúdo que você consome e repassa na internet porque é de extrema importância checar os fatos antes de qualquer coisa.

EIS O COMUNICADO NA ÍNTEGRA DO POSTO CACHOEIRA ⤵️

O Posto Cachoeira vem a público esclarecer uma situação que lamentavelmente gerou uma Fake News e que está repercutindo nas redes sociais.

O fato é que:
1) Um recipiente plástico tanque da CVR Costa do Cacau, empresa nossa cliente, foi abastecido com produto errado. O correto seria Diesel S10, mas um dos nossos frentistas abasteceu com Diesel comum.

2) Ao perceber a falha, os colaboradores da CVR que estavam no veículo, devolveram a quantidade abastecida e logo, devolvemos o Diesel para o nosso tanque. Na sequência, abastecemos o recipiente plástico tanque com o Diesel S10, ou seja, o corretamente.

3) Diante dos fatos, voltamos a ratificar a qualidade dos nossos combustíveis, e em tempo pedimos desculpas em público a CVR.

4) Importante lembrar que Fake News é crime!

À Direção!

Moro desmente que teria morado em imóvel com aluguel no valor de R$ 50 mil

Leia em: < 1 minuto

O ex-juiz federal e pré-candidato à Presidência da República, Sérgio Moro (Podemos), utilizou as redes sociais para rebater informações de que teria morado em um imóvel com aluguel no valor de R$ 50 mil. Indignado, Moro disse que pretende desmentir todas as histórias inverídicas que surgirem envolvendo o nome dele.

Segundo Moro, ele pretende contribuir para o desenvolvimento do Brasil, mas é vítima de um site montado pelo partido de oposição que insiste em espalhar notícias falsas sobre ele: “Temos que discutir propostas para o país, mas preciso rebater as mentiras dos blogs petistas que têm medo de um adversário competitivo. Não morei em casa de aluguel de 50 mil reais por mês e a foto e endereço usados na matéria são falsos. Todas as mentiras serão desmentidas”.

Ainda de acordo com o ex-juiz, ele não usa calçados que custam valores exorbitantes: “Tem um blog ligado ao PT espalhando fake news por aí que eu uso um calçado de 7.500 reais da marca Ermenegildo Zegna. MENTIRA! Meu tênis é um modelo básico e confortável da Adidas. Quem deve ter calçado caro é o pessoal que roubou a Petrobras durante o Governo do PT”.

"Eu não faço conspiração. Eu não aprendi a fazer isso. Quem me conhece, sabe disso", declara Dr Renato Costa sobre possível pedido ao prefeito Augusto Castro

Leia em: 2 minutos

Na tarde desta 6ª feira (29.outubro), o Pauta Blog conversou com o médico, ex-candidato a prefeito de Itabuna e ex-deputado estadual, Dr. Renato Costa (PSB). O objetivo do nosso contato foi saber se, realmente, ele teria solicitado que sua esposa ocupasse um cargo no Governo Augusto Castro (PSD).

Prontamente, o médico afirmou que essa conversa não passa de uma fake news: “Isso não existe. Inclusive, ela é diretora do Imeam e está satisfeita lá, está fazendo um trabalho. Não existe isso. Nunca foi convidada para nada. (…) Eu não sei a quem interessa essa celeuma, esse fake que foi feito”.

Sobre as divergências dentro do PSB, o ex-deputado afirmou encarar a situação como algo natural e corriqueiro: “Todo partido tem conflitos. Onde tem gente, tem os conflitos internos e são conflitos que não são briga. A gente se resolve internamente mesmo”.

Questionado sobre o porquê da notícia ter sido veiculada, o médico afirmou que não costuma agir pelas costas e que nunca agiu assim durante a carreira: “Eu não faço conspiração. Eu não aprendi a fazer isso. Meu jogo é aberto quando eu tenho que dizer alguma coisa para algum companheiro, alguma divergência, é aberto. Eu não faço conspiração. Entre os defeitos que eu tenho, eu não tenho esse. Quem me conhece, sabe disso”.

LEIA TAMBÉM ⤵️

BASTIDORES DA CÂMARA DE VEREADORES DE ITABUNA

Leia em: < 1 minuto

A Prefeitura de Itabuna informa a população que não tem quaisquer vínculos com o denominado Instituto Educa Brasil que promove em suas páginas no Facebook e Instagram a divulgação de um suposto Curso de Bombeiro Civil Mirim se utilizando indevidamente de imagem da entrada do Centro Administrativo Firmino Alves e do Brasão do Município.

A Procuradoria-Geral do Município foi acionada para investigar o fato, inclusive com a notificação do citado instituto, que seria sediado em São Paulo, capital, para que suspenda imediatamente o uso da imagem.

Circula nas redes sociais, mas trata-se de uma notícia falsa, garante o vereador Manoel Porfírio

Leia em: < 1 minuto

O vereador Manoel Porfírio é o atual líder do prefeito Augusto Castro (PSD) na Câmara Municipal de Itabuna. O petista garante que foi vítima de ❌ fake news ao ser divulgada uma notícia falsa de que ele pode sair da liderança do governo na Câmara.

Porfírio é conhecido por não ter meio termo, com ele, ou é sim, sim, ou é não, não. Em contato com o Pauta Blog afirmou com veemência “Sou aliado do prefeito [Augusto Castro] de primeira hora, e assim continuarei”.

Ainda finalizou declarando que: “Claro que pode ter um ou outro vereador insatisfeito, mais a base do prefeito é sólida igual rocha na Câmara”.

Acompanhe o Pauta Blog pelo Instagram e/ou mande-nos uma mensagem pelo WhatsApp: (73) 8869-7877.

Jerbson Moraes (PSD) garante que foi vítima de ❌ Fake News

Leia em: < 1 minuto

O vereador e presidente da Câmara Municipal de Ilhéus, Jerbson Moraes (PSD), garante que foi vítima de Fake News ao ser divulgada uma falsa notícia de que ele teria retirado da pauta projetos de lei que se referem a abertura de crédito suplementar e de crédito especial para promover ações que visam conter o avanço da covid-19 na cidade.

A notícia falsa ainda afirma que Ilhéus pode ficar sem orçamento para enfrentar doença por conta desta atitude do presidente da Câmara. No entanto, Jerbson afirma com veemência que se trata de uma Fake News para confundir a cabeça da população. “Foram devolvidos dois projetos de lei do Executivo Municipal, para correção, porque apresentavam erros insanáveis e que nenhuma relação tinham com a Covid-19”, informa.

E completou: “Os projetos em questão mexiam em emenda parlamentar impositiva que não pode ser mexida, além de propor usar um crédito que não poderia ser usado, mas que mesmo assim já tinha usado erroneamente. Isso não tem nada a ver com Covid-19, isso é veiculação maldosa”, garantiu.

E esclarece que em um dos Projetos de Lei foi identificado o cancelamento de dotações em saldos inexistentes e de emendas impositivas de vereadores. No outro, o Executivo não informou quais dívidas não seriam amortizadas no exercício financeiro de 2021. “Estas são situações que não são permitidas pela Lei Orgânica do Município”, finalizou o presidente Jerbson Moraes.

Saiba mais ⤵️

Câmara de Ilhéus devolve Projetos de Lei do Executivo para efetuar correções

Baixe o parecer e entenda.

Notícias mais lidas

Outros assuntos