Castro e Danilo se cumprimentaram cordialmente, apesar da tentativa de provocação do vereador

Leia em: 2 minutos

Tradicionalmente, os prefeitos costumam participar das sessões realizadas nas Câmaras municipais para reabrir os trabalhos no início do ano. O curioso é observar o comportamento dos edis considerados de oposição nesses momentos de comunhão entre os poderes Executivo e Legislativo.

No início deste mês, o prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), participou da sessão e cumprimentou os presentes. Um vídeo gravado dentro do plenário Raymundo Lima mostra que, enquanto o gestor se dirigia até a sala do presidente da Casa, Erasmo Ávila (PSD), “deu de cara” com o ferrenho opositor Danilo da Nova Itabuna (União Brasil). Até que Danilo ensaiou alguma provocação, mas Castro esnobou a tentativa e foi absolutamente cordial ao cumprimentá-lo.

Na última quarta (7.fevereiro), a situação foi um pouco mais constrangedora para o prefeito Marão (PSD) em Ilhéus. De sorriso fácil e considerado um político “boa praça”, Marão foi praticamente ignorado pelo vereador de oposição e policial rodoviário federal, Vinícius Alcântara (Cidadania). A falta de cortesia e educação do edil deram o que falar, mas ele fez questão de publicar um vídeo nas redes sociais mostrando o momento em que se negou a apertar a mão do gestor.

Parece que o ano eleitoral está deixando os ânimos um pouco mais exaltados que o normal. Em outros tempos, a regra básica da educação falaria mais alto, mas, com a proximidade do pleito de outubro, a tendência é que o ringue político tenha cada vez mais lutadores. Quem tiver a unha maior, sobe na parede!

Vinícius Alcântara se recusou a apertar a mão de Marão // 📽️ Reprodução/Instagram de Vinícius Alcântara

Marão recebeu o equivalente a R$ 55.575,00 em diárias no ano passado

Leia em: < 1 minuto

Consta no Portal da Transparência do município de Ilhéus que o prefeito Marão (PSD) recebeu o equivalente a R$ 55.575,00 em diárias durante o ano de 2023. Isso faz com que o gestor seja considerado o “campeão” do recebimento dos valores.

Fonte: Portal da Transparência

Na segunda colocação, está o secretário da Casa Civil, Mozart Aragão, que recebeu R$ 38.676,30. Em terceiro lugar, aparece João Carlos Santos Rocha, mais conhecido como João Mamão, que recebeu R$ 29.022,50 no ano passado. Em quarto lugar, está o atual secretário de Gestão e braço direito do prefeito, Bento Lima, que recebeu o equivalente a R$ 24.813,60.

Os agentes públicos, quando em viagens oficiais, têm direito ao recebimento de diárias para custear hospedagens e alimentação.

Será que todos esses valores pagos pela prefeitura foram revertidos em investimentos para a cidade? Perguntar não ofende! As eleições estão chegando e é chegada a hora da população cobrar resultados e prestação de contas.

Tem prefeito querendo amenizar o prejuízo, vice-prefeito confiante e pré-candidato apostando tudo para 2024

Leia em: 8 minutos

🖊️ Nunca é tarde para desvendar os bastidores da política

Após alguns meses em recesso, a Coluna Balão retorna para observar os cenários da política cacaueira. O ano promete seguir em ritmo frenético porque, quem está eleito não quer sair e, quem está de fora, quer entrar.

⛪ Papa de Ilhéus

Ao ser questionado por este Pauta Blog sobre ser o sucessor do prefeito Marão (PSD) em Ilhéus, o secretário Bento Lima adotou uma postura cautelosa e disse que, até então, não existe essa possibilidade.

A resposta, no entanto, sugere que o secretário apenas está aguardando o posicionamento de Marão para consolidar a própria candidatura. Bento, que também é conhecido como o “papa” da gestão, vai engrenar?

📺 Marão turista

Parece que o prefeito de Ilhéus, Marão (PSD), ativou o modo EAD de gerir a prefeitura. Passa mais tempo na capital baiana do que na cidade onde foi eleito. A pior gafe desta semana foi postar vídeo assistindo à estreia do remake de Renascer enquanto “o cacau caía” na cidade.

🤝 Aliança?

Os pré-candidatos a prefeito de Ilhéus, Valderico Junior (União Brasil) e Augustão (PT), se reuniram para discutir a política ilheense na sede da Rádio Gabriela FM. A dupla tratou sobre os desafios e oportunidades que o município enfrenta atualmente.

O mais curioso é que a dupla, além de pretender ocupar o mesmo cargo a partir de 2025, está em grupos políticos completamente opostos. Augustão é petista e faz parte da base do governo enquanto Junior é aliado de ACM Neto.

Será que vem uma aliança por aí?

⏯️ Plano B

O vereador de Ilhéus, Augustão (PT), já anunciou que é pré-candidato a prefeito mesmo se o Partido dos Trabalhadores não apoiá-lo. Nesse caso, o político vai mudar de legenda para concorrer ao pleito.

O que chama a atenção é que ele pretende investir na carreira de coach caso nada dê certo na política. Ter um plano B é essencial!

❓ Ou vai ou fica 

O prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), está tentando aprimorar o desempenho político. Com um empréstimo milionário prestes a ser concretizado, Castro elabora planos e projetos para elevar a imagem junto à população.

Em um esforço adicional, correu até Salvador para ter uma audiência com o governador do estado, Jerônimo Rodrigues (PT). O objetivo foi ampliar o caixa municipal e garantir recursos para novas obras e iniciativas que beneficiem a cidade.

Quanto mais o pleito se aproxima, o panorama local se aquece e vira alvo de avaliação da população. A incerteza paira sobre a reeleição de Augusto e a proximidade do mês de outubro trará respostas sobre a continuidade ou não do governo.

A contagem regressiva já começou!

⚠️ Não mostrou a que veio! (1)

O secretário Mauro Ribeiro, responsável pela secretaria de Indústria e Comércio de Itabuna, não demonstrou o propósito da sua gestão até agora. Com uma postura neutra, levanta questionamentos sobre sua eficácia na revitalização dos setores econômicos do município.

A falta de avanços palpáveis suscita preocupações entre os cidadãos, que esperam uma atuação mais enérgica capaz de impulsionar o desenvolvimento local.

🚫 Não mostrou a que veio! (2)

A ansiedade toma conta da população de Itabuna quando o assunto é chuva porque são evidentes os alagamentos em vários pontos da cidade. A inabilidade do superintendente de Serviços Públicos, Sousa Lino, em resolver questões relacionadas ao tema está claramente refletida na persistência dos problemas desde a enchente de dezembro de 2021.

O prefeito Augusto Castro, no entanto, insiste em mantê-lo no cargo. É o que dá colocar um empresário para ocupar a função que deveria ser de um engenheiro, no mínimo, competente e comprometido com o trabalho.

⚙️ Pavimento sem concreto

O engenheiro civil Chico França (PL) vai enfrentar inúmeros desafios para pavimentar seu caminho político rumo às eleições para prefeito de Itabuna. Falta carisma, desenvoltura e traquejo, apesar dos esforços para conquistar apoio nos bairros.

Até o momento, o nome de França é questionável quando o objetivo é conquistar o eleitorado mais humilde e se destacar no cenário político. Não deslanchou ainda! Será que vai?

🙆🏽‍♂️ De vice outra vez 1

Em meio aos compassos da política em Itabuna, o vice-prefeito Enderson Guinho (União Brasil) está investindo no valor estratégico e com os olhos voltados para o futuro. Ele deseja ou sonha ser vice-prefeito novamente, porém em outra chapa.

O comprometimento do jovem político dá a entender que ele vai lutar pelo cargo mais uma vez. Com quem pode ser: Capitão Azevedo (de vermelho) ou Pancadinha (de verde)? A conferir!

🙆🏽‍♂️ De vice outra vez 2

De concreto até agora, temos o fato de Guinho não desenhar a possibilidade de concorrer a uma vaga na Câmara de Itabuna. Figura experiente como vereador, Guinho está concentrado em vender a ideia de ser vice e não voltar ao Legislativo. A jogada pode ser interpretada como uma estratégia para colocar o União Brasil na partida.

🙆🏽‍♂️ De vice outra vez 3

Independentemente da decisão final, a presença de Guinho na arena política, certamente, influenciará os debates e as dinâmicas eleitorais. Os próximos meses prometem revelar mais detalhes sobre o destino desse jovem veterano.

🔍 Em ritmo de campanha

O pré-candidato a prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo (PDT), já está em ritmo de campanha e tem tentado dialogar com várias classes de trabalhadores. Nesta semana, o político bateu um papo informal com alguns mototaxistas e salientou que, caso seja eleito, vai priorizar a melhoria na Infraestrutura dos bairros. O dilema está sendo emplacar!

🔄 Deputado lá e cá

O deputado estadual Pancadinha (Solidariedade) é, frequentemente, associado à postura de “lá e cá” quando se trata do governo estadual. A abordagem do itabunense parece envolver a busca ativa por recursos no Estado, ao mesmo tempo em corre para o prefeito de Salvador, Bruno Reis (União Brasil), declaradamente opositor ao governo.

Essa dualidade levanta questionamentos sobre as verdadeiras inclinações políticas e compromissos partidários do deputado e deixa os eleitores atentos.

Enquanto isso, Pancada segue em cima do muro!

🏳️ Lago revolto 1

Em Itajuípe, a arena política tornou-se um campo de batalha intenso com o atual prefeito Léo da Capoeira (PSD) e o ex-prefeito Marcone Amaral (PSD) protagonizando um racha político. A caneta afiada de Léo não poupou nomes ligados a Marcone e intensificou ainda mais a distância entre os dois líderes.

Com o controle firme da máquina administrativa, Léo da Capoeira segue como um jogador estratégico que assumiu a dianteira para as eleições de outubro. A disputa promete ser acirrada!

🏳️ Lago revolto 2

Marcone não conseguiu se articular de maneira eficaz durante as últimas eleições para deputado estadual, mas parece que pretende tentar retornar ao Poder Executivo itajuipense. Apesar de difícil, deve indicar um nome para concorrer em outubro. Será?

💲 Duelo na Colônia

Em Itaju do Colônia, a gravura do candidato a prefeito Elder Fontes (PSD) parece refletir a imagem de um “político turista”, ou seja, alguém que quer vencer as eleições à distância. Ele nem sentou na cadeira ainda e já está assim, imagine como seria se vencesse as eleições?

O veredito final virá em outubro quando o povo decidir entre o milionário Elder e o “liso” pré-candidato Valério Aguiar (MDB).

🌬️ De vento em popa

O administrador e empresário, Edmar Luz (PP), vem se destacando no cenário político de Canavieiras há algum tempo. Luz já foi candidato a prefeito nas duas últimas eleições e bateu na trave ao ficar em segundo lugar, mas, neste ano, a perspectiva é muito melhor.

Edmar também é presidente do PP local e tem dialogado bastante com a população sobre os anseios do município. O nome do político tem sido ouvido nos quatro cantos da cidade e promete ser um forte candidato no pleito de outubro.

🚦 Novo rumo

O tenente-coronel Valci Serpa, ex-secretário de Trânsito em Itabuna e Ilhéus, é pré-candidato a vereador de Itabuna. A este Pauta Blog, o militar disse que ainda não bateu o martelo sobre o partido nem sobre o candidato a prefeito que vai apoiar no pleito de outubro.

🚧 Ventilação

Quem está cogitando lançar a pré-candidatura a vereador de Itabuna é o empresário Oton Matos. Oton foi secretário durante a gestão do ex-prefeito Vane do Renascer e é bastante conhecido nos bastidores políticos como um grande articulador.

👀 Criou coragem?

Nos bastidores, comenta-se que o vereador de Itabuna, Cosme Resolve (PMN), pode estar flertando com a oposição ao prefeito Augusto Castro. A informação foi confirmada por uma fonte ligada a este Pauta Blog.

Será que, após uma longa espera por resultados, Cosme resolveu buscar novos rumos?

O jogo do xadrez político no solo grapiúna não é para amadores!

⛓️ Medroso

Tem vereador do interior baiano que está “morrendo de medo” de ser denunciado ao Ministério Público pela prática criminosa da “rachadinha”. A conta é muito cara e pode ser cobrada a qualquer momento. Abre o olho, edil!

Matheus Vital é editor de Política do Pauta Blog. Envie a sua sugestão de pauta: matheus@pauta.blog.br

//

População protestou ontem contra a venda do Parque de Exposições de Ilhéus

Leia em: 2 minutos

Na última segunda (30.outubro), o prefeito de Ilhéus, Marão (PSD), sancionou a lei que permite a alienação de imóveis em conformidade com a Lei nº 8.666/93, aprovada pela Câmara de Vereadores. Trocando em miúdos, o Executivo pediu e o Legislativo autorizou a venda do Parque de Exposições de Ilhéus.

Segundo a prefeitura, a renda obtida com a venda do espaço vai ser utilizada para viabilizar ações estruturantes na cidade, a exemplo do Programa Caminho dos Altos, que vai revitalizar as escadarias dos morros. Ainda de acordo com a gestão do prefeito Marão, o equipamento estava ocioso há vários anos e, agora, vai ser possível financiar projetos que incluem pavimentação de ruas e requalificação de praças.

Por outro lado, a população não concorda com a venda do Parque de Exposições. Na tarde de ontem (31.outubro), criadores de animais e representantes de alguns órgãos realizaram um protesto para pedir a revogação da medida que vai extinguir o equipamento.

De acordo com os manifestantes, a venda do espaço vai acabar com projetos muito importantes para a cidade, a exemplo da Equoterapia, que utiliza os cavalos em um trabalho terapêutico com crianças com necessidades especiais. Sem o espaço adequado para tal prática, pode ser que esse projeto, simplesmente, acabe.

O questionamento é: a quem interessa a venda do Parque de Exposições? Não seria interessante revitalizar o espaço e lutar por mais recursos para manter o projeto da Equoterapia? Quanto aos competidores de equiprovas, eles precisam de locais para treinar, mas, em Ilhéus, pelo visto, não será possível.

Prefeito Marão e nova presidência do PV seguem juntos mirando 2024

Leia em: < 1 minuto

O Partido Verde de Ilhéus confirmou que permanece caminhando ao lado do prefeito da cidade, Marão (PSD), e do grupo liderado por ele no município. A confirmação veio após algumas notícias dizendo o contrário serem veiculadas na mídia baiana.

No último sábado (28.outubro), o Partido Verde elegeu a nova diretoria e o ator e produtor cultural, Rogério Matos, foi eleito presidente da sigla. Para ele, a parceria continua firme e forte: “Eu afirmo que sim, a partir de novembro, passamos a caminhar juntos e será uma crescente a importância desse trabalho para manter sólido o que já vem sendo desenvolvido através da gestão municipal, junto com o governador Jerônimo e o Governo Federal”.

Rogério ressaltou, também, que Ilhéus vive uma situação favorável graças ao apoio do governo estadual: “É um momento de construção, de continuação e não de aventuras. Essa é a opinião do Partido Verde e, por isso, caminhamos juntos para um trabalho de continuidade em 2024”.

O prefeito de Ilhéus agradeceu a manutenção da unidade das forças: “Quero parabenizar a nova diretoria do PV de Ilhéus e todos os correligionários. Desejo que possamos dar continuidade ao desenvolvimento social e econômico da nossa cidade e região”.

Obras devem ser iniciadas no final deste ano

Leia em: < 1 minuto

O prefeito de Ilhéus, Marão (PSD), anunciou a construção da primeira unidade da rede Atakarejo na cidade com investimentos de cerca de R$ 50 milhões e geração de mil empregos diretos.

A loja será instalada na rodovia Ilhéus-Olivença, em uma área de 3.500 mil metros quadrados do total de 22 mil metros quadrados. Além do Atakarejo, o terreno vai abrigar galeria comercial, com estacionamento, farmácia, academia, pet shop, entre outras lojas e serviços ofertados à população.

As obras deverão ser iniciadas entre dezembro deste ano e janeiro de 2024. O funcionamento da unidade está previsto para o primeiro semestre do ano que vem. Com o funcionamento da nova loja, a cidade somará três unidades do ramo e geração de, aproximadamente, dois mil empregos.

PCdoB decidiu unir forças com governo municipal mirando eleições de 2024

Leia em: < 1 minuto

O prefeito Marão (PSD) e o vice-prefeito Bebeto Galvão (PSB) ganharam um reforço político de peso nos últimos dias. Após uma longa discussão sobre a atual conjuntura política em Ilhéus, o PCdoB fechou uma parceria com a gestão municipal durante uma reunião com a presença de lideranças do PSB e PSD.

A nova aliança favorece a governabilidade e fortalece as estratégias para 2024, além de ampliar a base de sustentação política do governador Jerônimo Rodrigues (PT). A chegada do PCdoB é um marco histórico nessa relação porque os dirigentes e militantes atuam em consonância com os interesses da sociedade, na orientação e constituição de governos populares e em defesa da soberania e do projeto nacional de desenvolvimento.

Para o prefeito Marão, a parceria é sinônimo de desenvolvimento: “O PCdoB vem agregar no desenvolvimento do município, em prol da melhoria da qualidade de vida dos ilheenses. Agradeço à deputada federal Alice Portugal, ao deputado estadual Fabrício Falcão, ao nosso amigo Davidson Magalhães, secretário e presidente estadual do partido, e ao diretório municipal, nas pessoas do vereador Cláudio Magalhães, Wenceslau Júnior, Josenaldo e Cris”.

Bastidores da política regional: Tem ex-prefeito cobiçado, briga interna de partido, ruptura de alianças e muitas articulações mirando 2024

Leia em: 10 minutos

🗣️ Para bom entendedor, meia palavra basta

O vereador de Itabuna, Diego Pitanga (por enquanto no PT), sinalizou ao prefeito Augusto que o líder político dele chama-se Lúcio Vieira Lima. Isso porque Pitanga chegou a ser nomeado assessor da secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização do Estado e comemorou a notícia: “Que o Senhor me abençoe nessa nova missão. Gostaria de agradecer ao amigo e governador Jerônimo Rodrigues (PT) pela confiança. Gratidão é a palavra”.

Acontece que o secretário da pasta é Dr. José Antônio Maia, ligado ao MDB de Vieira. Entendeu ou não? O recado de Pitanga foi bastante claro: Não valorizou, mas tem quem me valorize!

Na última sessão realizada na Câmara de Itabuna, Pitanga já havia demonstrado certa insatisfação com a gestão municipal ao criticar a demora do governo em realizar melhorias na localidade onde mora, mesmo ele tendo feito a solicitação há meses.

O pior é que o prefeito Augusto não rebate as críticas de Lúcio, logo, perdeu um soldado da política itabunense vindo em uma velha caixa de surpresa. Inclusive, Pitanga deixou no ar que o seguro morreu de velho, ou seja, escreveu, não foi atendido, bye bye. Revés para AC!

Esta Coluna Balão tentou manter contato com o setor jurídico da Câmara de Itabuna para entender se o vereador vai acumular as funções no município e no estado, mas não obteve retorno até o fechamento dessa edição.

📝 Recado da política (1)

Na política, é difícil alguém conseguir dizer que coloca a mão no fogo por outra pessoa.

📝 Recado da política (2)

Não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje! Enquanto ninguém acorda, o amanhã fica cada vez mais distante.

🥊 GS vs RP: Na mesma mesa, não!

Já diria o saudoso radialista e ex-vereador Roberto de Souza (escute o áudio ⬇️): Não convidem para a mesma mesa!

Nesse caso, a situação envolve o ex-prefeito de Itabuna, Geraldo Simões (PT), e o deputado estadual Rosemberg Pinto (PT). Recentemente, Simões disse que, se Rosemberg morasse em Itabuna, ele não apoiaria a reeleição do prefeito Augusto Castro (PSD). Bateu seguro, hein?

Por sua vez, Pinto sabe que não tem “jeitinho” político no PT e vai tentar inviabilizar a candidatura de Geraldo dentro do partido. Para isso, já alinhou uma reunião com alguns membros sob a liderança do vereador licenciado, Manoel Porfírio (PT), com o objetivo de fortalecer o apoio a Augusto Castro.

A briga interna no PT de Itabuna começou há algum tempo, mas essa confusão só deve acabar depois das convenções de 2024. Até lá, Porfírio conta com a ajuda de Pinto para auxiliar na queda de braço contra Simões e o presidente de honra do MDB na Bahia, Lúcio Vieira Lima.

O duelo é antigo, mas novos capítulos devem ir ao ar em breve!

👀 Azevedo é cortejado

Apesar de “parado” politicamente, o ex-prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo (por enquanto no PDT), está sendo cortejado por vários partidos para oficializar a pré-candidatura a prefeito em 2024, no entanto, quem conhece o jeito de AZ, sabe que ele só vai tomar uma decisão aos 45 minutos do segundo tempo.

Azevedo vem de cinco derrotas consecutivas nas urnas; três para prefeito e duas para deputado. De concreto, até agora, é o fato do Capitão estar na quarta sigla e caminhando para a quinta.

Será que ele vai ter pulso firme para arcar com a própria decisão ou vai deixar Salvador definir o seu futuro (de novo)?

✅ Marão enfrenta maré revolta em Ilhéus

Bento, Marão e Fábio Júnior.

O prefeito de Ilhéus, Marão (PSD), está com uma batata assando na mão, mas, pelo visto, vai esperar queimar os dedos para tomar uma atitude. Alguns casos polêmicos envolvendo os secretários Fábio Manzi Júnior (Turismo) e Bento Lima (Gestão) vieram à tona recentemente, mas o gestor escolheu o silêncio.

Na semana passada, Fábio foi parar na delegacia de Polícia Civil para prestar esclarecimentos sobre uma suposta ameaça feita à esposa. Maria da Penha ou não, o fato é que Júnior chegou ao local acompanhado de dois advogados, pagou fiança e foi liberado. Já Bento Lima foi alvo de uma operação da Polícia Federal, mas permanece tranquilamente no governo.

Enquanto isso, Marão não se posiciona e finge que nada está acontecendo dentro da prefeitura. Que coisa, hein?

❗ Senado Político Itabunense (SPI)

O cerimonialista Paulo Lima, que preside o SPI (Senado Político Itabunense), convidou Lúcio Vieira Lima para comparecer ao local. Em alguns momentos, Lima teve que colocar “ordem” na sessão por causa dos ânimos exaltados de alguns presentes.

O Senado vem dando um show ao propor discussões políticas voltadas para o desenvolvimento de Itabuna. Parabéns a todos os “Senadores”!

❓ Danilo da Nova Itabuna no MDB?

O dono do controle do MDB na Bahia, Lúcio Vieira Lima, convidou o vereador Danilo da Nova Itabuna (UB) para se filiar à legenda. Assista ao vídeo ⬇️!

🚫 Mangabeira no circuito

Lúcio Vieira Lima chamou Dr. Mangabeira (PL) para conversar com o ex-prefeito Geraldo Simões. Escute ⬇️ o posicionamento do ex-candidato a prefeito de Itabuna e ex-candidato a deputado:

 

🔍 França sem expressão

O pré-candidato a prefeito de Itabuna pelo PL, Chico França, rebateu a foto de Mangabeira e Lúcio na rede social: “Outras fotos podem circular como quiserem, mas, a foto de verdade é essa!”.

França é tecnicamente capacitado, porém, segue sem expressão política e, principalmente, sem carisma e proximidade com o povo.

😎 Púlpito diferente

O convidado do Senado Itabunense, Lúcio Vieira Lima, chegou alguns minutos atrasado e excedeu o período de funcionamento do Café Pomar. O experiente político não perdeu o rebolado e subiu em um banco na Avenida Cinquentenário para responder a todas as perguntas feitas pelos Senadores.

🔰 Presentes

O ex-vereador de Itabuna, Clóvis Loiola, marcou presença no Senado para ouvir as palavras de Lúcio.

Loiola chegou a ser condenado a 19 anos e cinco meses de prisão em regime fechado por causa de contratações irregulares de empresas por meio de processos licitatórios nulos e fraudulentos. O caso aconteceu em 2012.

💡 João antenado

Quem também esteve presente no Senado foi o presidente do PMN municipal, João Preto. Será que ele estava representando o deputado estadual Pancadinha (Solidariedade)? Perguntar não ofende!

🔄 Aproximação de fininho ou jogo lá e cá?

No último sábado, o vereador Solon Pinheiro (Solidariedade) posou com Geraldo Simões e Lúcio Vieira Lima. O ato pode representar uma tímida aproximação?

O mais estranho é que, menos de 24 horas depois, no domingo pela manhã, Solon correu para abraçar o prefeito Augusto Castro. Na política, essa jogada é conhecida como “lá e cá”.

Abre o olho, Solon! Tem colega de mandato que tirou foto com o grupo da oposição e, depois, ficou parecendo folha de papel em branco com medo do gestor municipal ficar sabendo.

🕹️ Sem controle

No quesito Segurança Pública da Bahia, o governador Jerônimo Rodrigues (PT) ainda não mostrou resultados. Talvez se ele tivesse o mesmo empenho que tem para viajar, o cenário baiano seria outro.

Falou em viajar, Jerô é o rei! Ele ganha disparado até para o ex-governador e atual ministro-chefe da Casa Civil, Rui Costa (PT). E olha que o apelido de Rui era “correria”. Imagine!

Enquanto o rei Jerô sobe e desce pra cima e pra baixo, a Bahia segue sem controle com cada vez mais registros de crimes contra a vida. Situação preocupante!

📷 Foto de Feijão Almeida

🥳 Cansou de pedir

O vereador da base do prefeito Augusto Castro, Piçarra (Solidariedade), deve ter cansado de esperar o poder público e resolveu “meter a mão na massa” para recuperar uma passarela localizada no Bairro Fonseca.

Nas redes sociais, o edil soltou o verbo: “Vereador Piçarra e equipe fizeram um grande mutirão para a recuperação da passarela na rua Betildes Fonseca”.

A verdade é que, para garantir os votos, cada um vai se virando como pode!

🥱 Calado!

Segundo informações obtidas por esta Coluna Balão, o vereador Glebão (PDT) fica calado nas sessões por motivos de saúde já que sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral) há pouco tempo.

Enquanto isso, Itabuna está esperando o edil pegar no microfone e falar em nome do povo.

🛑 PSOL Bahia sob novo comando (1)

Um dos fundadores do PSOL, o servidor público Zem Costa, foi derrotado na convenção estadual do partido realizada nesse final de semana em Salvador. Por apenas seis votos de diferença, Zem não foi escolhido para comandar a legenda na Bahia.

Mesmo com a derrota, Zem foi escolhido delegado da sigla e vai até Brasília, em breve, para representar o PSOL e lutar pelo acolhimento das pautas defendidas pelo Partido Socialista.

Sobre as eleições municipais de 2024, Zem disse que não vê empecilho em apoiar a pré-candidatura de Geraldo Simões, mas que não pode responder pela legenda: “Eu não tenho problema nenhum em sentar e apoiar Geraldo, que é um cara de esquerda e que eu gosto muito, mas eu não posso mais falar pelo partido. A gente precisa sentar e discutir”.

🛑 PSOL Bahia sob novo comando (2)

O ex-candidato a vice-governador da Bahia, Ronaldo Mansur, foi o presidente eleito do PSOL ao conquistar 106 votos dos delegados. Após a vitória, Mansur disse que pretende transformar o partido na maior força política da esquerda socialista.

Ronaldo lidera a corrente Revolução Solidária e planeja ter candidaturas próprias a prefeito em vários municípios da Bahia no próximo ano. O partido, inclusive, decidiu se afastar da composição do governo Jerônimo e entregar todos os cargos de confiança.

👠 Representação feminina

A líder política e técnica de Enfermagem em Itabuna, Solange da Saúde, posou ao lado do novo presidente do PSOL e comemorou o resultado. Para ela, o grande objetivo, a partir de agora, é buscar o alinhamento e o fortalecimento da sigla que tem 18 anos de existência.

📣 Quem não ouve conselho…

O vereador Luiz Júnior da Saúde (DC) não perdeu a chance de cutucar o prefeito Augusto Castro. Ao criticar a atuação da secretária municipal de Infraestrutura, Sônia Fontes, o edil mandou um recado para a gestão: “Augusto, toma cuidado com o secretariado!”.

Vale ressaltar que o vereador faz parte da base aliada, mas, assim como alguns aliados, não está satisfeito com os pedidos feitos e não atendidos pelo secretariado.

Dizem por aí que, se conselho fosse bom, ninguém dava, vendia. Vai entender, né?

2️⃣ Nos dois lados

Nos bastidores, interlocutores comentam que o deputado estadual Pancadinha anda conversando com o governador Jerônimo. Vale ressaltar que o Solidariedade, partido ao qual é filiado, já compõe a base do governo estadual.

Pancadinha, no entanto, foi eleito com o apoio do ex-prefeito de Salvador e ex-candidato a governador da Bahia, ACM Neto (UB), a quem demonstra extrema gratidão.

Hoje, ao participar de uma reunião ao lado do prefeito da capital baiana, Bruno Reis (UB), ele se declarou como componente da bancada da minoria. Então, tá!

🍽️ Almoço político

A ex-vereadora de Itabuna, Charliane Sousa, pode estar com os pés de volta ao MDB, partido pelo qual chegou a se candidatar à prefeitura de Itabuna no pleito de 2020.

Após a passagem do mandachuva Lúcio Vieira Lima pela cidade, Charliane iniciou diversas reuniões, inclusive com o empresário do ramo esportivo, Roberto Lemos, mais conhecido como Beré da Mangabinha, que é pré-candidato a vereador. Beré já atuou como assessor político e estava acompanhado pelo empresário do ramo farmacêutico, Railan Silva (de vermelho).

Não existe almoço de graça, né? Qual será que foi a pauta discutida entre o trio e que pode acender o farol de alguns políticos itabunenses?

⚠️ Cada vez mais longe!

Quem se perdeu no caminho entre as eleições gerais de 2022 e as municipais de 2024 foi o Dr. Isaac Nery (por enquanto no Republicanos). O ditado popular diz que “diga-me com quem andas e lhe direi quem és”, porém, politicamente, o médico não anda com ninguém e continua pregando o extremismo por aí.

O viés escolhido por Dr. Isaac pode custar caro em 24 porque, sozinho, ele tende a ficar cada vez mais longe do Centro Administrativo Firmino Alves.

Matheus Vital é editor de Política do Pauta Blog. Envie a sua sugestão de pauta: matheus@pauta.blog.br

Marão defende união para garantir qualidade dos serviços prestados à população

Leia em: < 1 minuto

O prefeito de Ilhéus, Marão (PSD), também é o 1º secretário da Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste Baiano (Amurc), e está lutando para dialogar, frequentemente, sobre os impactos da redução do repasse do FPM (Fundo de Participação dos Municípios).

A queda do recurso tem gerado uma série de dificuldades para gestores de diversas cidades do país. Mesmo diante dessa situação, Ilhéus mantém o equilíbrio financeiro, através do trabalho responsável e transparente realizado nos últimos sete anos, mas a redução pode afetar áreas como Saúde, Educação e Infraestrutura.

Algumas prefeituras nordestinas precisaram, inclusive, adotar medidas drásticas de contenção de despesas, que incluem redução de salário e demissão de servidores contratados e comissionados. O FPM é a principal receita de 80% dos municípios baianos.

Marão defende a união efetiva dos prefeitos e um auxílio financeiro transferido pela União: “Não temos como arcar com todas as despesas e a redução do FPM pode causar efeitos negativos nas principais áreas, apesar de todos os investimentos realizados para garantir a qualidade dos serviços prestados ao nosso povo. Vamos continuar mobilizados, principalmente, em prol dos municípios que dependem exclusivamente do FPM para sobreviver”.

Dr. Mário Alves foi um dos grandes precursores da medicina ortopédica no município // 📷 Foto de Clodoaldo Ribeiro

Leia em: 2 minutos

Faleceu em Ilhéus nesta quinta (24.agosto) dr. Mário Alves de Souza, pai do prefeito Mário Alexandre. Ortopedista e referência na medicina ilheense, tinha 88 anos e estava internado no Hospital São José, há mais de uma semana. Ele também era pai dos empresários Marcus Vinícius, Mariana e Caio César Sousa (in memoriam), esposo da ex-deputada estadual Ângela Sousa, avô de Jamile, Raquel, Esther, Lucas Alexandre, Lucas Vinícius, Isabela e Lorenzo e sogro de Simone e Soane Galvão, esta última deputada estadual eleita no pleito de 2022.

“Sempre admirei muito as atitudes do meu pai. Eu achava lindo o que ele fazia como médico ortopedista. O dia a dia, os procedimentos, a forma como cuidava das pessoas, independentemente da condição financeira. Tudo isso me encantava. Eu decidi ser médico por causa dele”, lembrou, emocionado, Mário Alexandre.

Dr. Mário Alves foi um dos grandes precursores da medicina ortopédica no município, sendo o fundador da Clínica Ortopedia Traumatologia de Ilhéus (COTI). A unidade funciona há 50 anos, prestando atendimento de qualidade à população. Querido por todos que o conheceram, pacientes, clientes e colegas médicos, ele deixa um legado de competência e humanidade, norteado por uma postura ética exemplar e um trabalho em defesa da vida.

HISTÓRIA
Mário Alves de Souza nasceu no município de Condeúba, no sudoeste baiano, em 1934. Filho de dona Ana Alves e Alcides Cordeiro, ele cursou Medicina em Maceió, capital de Alagoas. Sem dúvida, o senhor Mário Alves seguiu com zelo e compromisso a sagrada missão iniciada por Hipócrates, através de uma trajetória profissional marcada pela lisura e hombridade.

ENTERRO
O velório vai acontecer no Saf, no bairro da Conquista, com início previsto para esta quinta (24). O corpo será transladado para Condeúba, onde ocorre o sepultamento nesta sexta (25). 

Notícias mais lidas

Outros assuntos