Professoras vão desenvolver atividades relacionadas ao ensino da Língua Inglesa por meio de cursos, palestras e oficinas

Leia em: < 1 minuto

A Uesc (Universidade Estadual de Santa Cruz) está recebendo duas professoras norte-americanas para um intercâmbio que deve durar até o mês de dezembro deste ano. Sarah Van Horn e Ana Almada Santos estão trabalhando no projeto “Identidades Interculturais na Formação Docente em Língua Inglesa na Uesc”, de autoria da professora Tatiany Pertel Sabaini Dalben.

As duas bolsistas estão atuando no Departamento de Letras e Artes (DLA) sob a supervisão da professora Luciana Audi. Elas pretendem desenvolver atividades relacionadas ao ensino da Língua Inglesa através de cursos de extensão, oficinas, palestras, participação e contribuição nas aulas tanto nos cursos de graduação quanto nas ações de extensão vinculadas ao projeto.

O reitor da Uesc, professor Alessandro Santana, elogiou a prática do intercâmbio ao classificar como essencial a modalidade para crescimento da instituição: “Qualquer universidade que queira produzir conhecimento e educar de maneira semelhante ao que se faz nas maiores universidades do mundo tem que ter um intercâmbio muito intenso. Atualmente, a nossa Universidade tem convênios com 37 instituições internacionais em 14 países recebendo e enviando alunos, pesquisadores e professores. O intercâmbio é uma dos caminhos eficientes para ampliação do volume e da qualidade do ensino e das pesquisas”.

Objetivo da paralisação é reabrir as negociações entre a categoria e o governo estadual

Leia em: < 1 minuto

Ontem (18.maio), os professores da Uesc (Universidade Estadual de Santa Cruz), realizaram uma assembleia e aprovaram uma nova paralisação das atividades acadêmicas. A data do ato ainda vai ser definida posteriormente, mas tem o objetivo de pressionar o governo estadual a retomar as negociações com os docentes.

A primeira paralisação aconteceu no dia 27 de abril para reivindicar reajuste salarial, reabertura da mesa de negociações, respeito aos direitos trabalhistas e autonomia universitária. Nesse novo manifesto, haverá uma mobilização na porta da instituição com café da manhã e fechamento dos portões.

Interessados devem acessar o edital publicado no site da instituição

Leia em: < 1 minuto

Foi publicado no site oficial da Uesc (Universidade Estadual de Santa Cruz) o novo edital referente ao Concurso de Professor(a) Auxiliar e Assistente. O processo havia sido suspenso desde que o Ministério Público da Bahia orientou a retificação do edital a fim de destinar o percentual de vagas reservadas aos candidatos autodeclarados negros e pessoas com deficiência.

O novo edital detalha os critérios que vão ser utilizados para garantir a aplicação da reserva de vagas e informa, ainda, quais são os documentos necessários para a comprovação que garantem a participação na reserva de vagas.

As inscrições vão ser reabertas no próximo dia 16 e seguem até o dia 9 de junho. Para mais informações, basta acessar a página.

//

Universidades paralisam atividades e ato público é realizado em Salvador nessa quarta-feira

Leia em: < 1 minuto

Os docentes das quatro universidades estaduais da Bahia aprovaram, por unanimidade, a paralisação das atividades nessa quarta-feira (27.abril). Segundo a categoria, a mobilização é para chamar a atenção do governo estadual sobre o trato com a educação pública.

Ainda de acordo com os professores, o governo estadual concedeu reajuste salarial de apenas 4%, diferente dos mais de 50% de perdas inflacionárias ao longo dos últimos 7 anos. Dessa forma, a categoria se sente desvalorizada e afirma que o poder público ignora as tentativas de negociações, que incluem assuntos como regime de trabalho, dedicação exclusiva, promoções e progressões.

Além das paralisações das atividades nas quatro instituições de ensino (UESC, UESB, UEFS e UNEB), vai acontecer um ato público em Salvador como forma de demonstrar a indignação dos docentes.

//

As inscrições serão realizadas de 2 de maio à 2 de junho de 2022

Leia em: 2 minutos

Através do Edital Nº 44/2022 a Uesc (Universidade Estadual de Santa Cruz) abre inscrições para o Concurso Público de provas e títulos destinado ao provimento de cargos permanentes de Professor Auxiliar e Assistente, nível “A”. Estão disponibilizadas 49 vagas, sendo 4 para Professor Auxiliar e 45 para Professor Assistente.

Das vagas oferecidas por áreas de conhecimento/matérias, 30% deverão ser reservadas aos candidatos que se autodeclararem pretos ou pardos, desde que a fração obtida deste cálculo seja igual ou superior a um, observando o disposto no Decreto n° 15.353 de 08/08/2014, que regulamenta o Artigo 49 da Lei n° 13.182, de 06/06/2014.

As inscrições para o Concurso serão realizadas no período de 2 de maio de 2022 até às 15h30min de 2 de junho de 2022 e só podem ser feitas exclusivamente pela internet, devendo o candidato preencher o formulário do requerimento de inscrição que se encontra no site da Uesc. Clique aqui!

O candidato deve pagar a taxa de inscrição no valor de R$ 195,00, em favor da Uesc, Banco do Brasil, agência 3832-6, conta nº 991223-1 (ba scu uesc concurso público). Terão direito à isenção do pagamento da taxa de inscrição os candidatos que estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) ou ser doador(a) de medula óssea em entidades reconhecidas pelo Ministério da Saúde

ETAPAS
Prova Escrita; Prova Didática (Aula Pública); Plano de Trabalho e Prova de Títulos. A Resolução Consepe (Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão) n° 62/2019, que é parte integrante deste Edital, que vai detalhar normas de avaliação e ponderação, sem prejuízo de normas complementares.

//

Leia em: 2 minutos

No dia em que o Brasil completa 522 anos de história, o campus da Uesc (Universidade Estadual de Santa Cruz) completa 48 anos de implantação. Nomeado de Professor Soane Nazaré de Andrade – um dos idealizadores da instituição -, o local tem 38 hectares e foi inaugurado em 1974 após uma doação do agricultor Manoel Nabuco.

No Campus, é possível fazer um passeio pelo conhecimento começando pelo prédio central, o Edifício José Haroldo Castro Vieira, em forma de torre, cercado de árvores e arbustos, gramados e flores, onde está a Reitoria com os serviços administrativos. Nos pavilhões Adonias Filho, Pedro Calmon, Jorge Amado, Waldir Pires, Max de Menezes, Júlio Cascardo, Ciências Exatas e Tecnológicas, funcionam dezenas de laboratórios, salas de aula, auditórios, departamentos, colegiados de cursos de graduação, pós-graduação e gabinetes de professores. Além destes, existem os modernos e recém-inaugurados Complexo de Laboratórios para as Ciências Exatas (CLCE), o anexo do Centro de Biotecnologia e Genética (CBG) e o imponente prédio que vai receber o Núcleo de Estudos e Pesquisas Arqueológicas da Bahia (Nepab).

Já a área externa urbanizada, com mais de 50 mil m² de alamedas, acessos, iluminação em led, jardins bem cuidados e estacionamento, convida ao Centro de Arte e Cultura, onde estão a Biblioteca Central, livraria e o auditório principal. Pelas mesmas alamedas espaçosas, encontram-se também a Base Ambiental, o Restaurante Universitário, o Parque Desportivo e o Hospital Veterinário.

Para o reitor da Uesc, professor Alessandro Fernandes, a instituição abriga o que há de mais precioso na região: “Hoje, esse Campus, pujante na universalidade do conhecimento, nos orgulha da sua comunidade acadêmica de professores, técnico-administrativos, estudantes e parceiros, em um trabalho crescente em prol da sociedade regional. (…) A nossa Universidade é um patrimônio da sociedade baiana, é formadora de grandes quadros, é defensora da ciência e tem um papel muito maior do que somente entregar diplomas; este Campus é lugar para transformar vidas, para transformar a sociedade”.

//

Uesc, Uefs, Uneb e Uesb vão ser contempladas com a contratação de novos profissionais

Leia em: < 1 minuto

Na última 6ª feira (15.abril), o governo do estado publicou um edital no Diário Oficial do Estado que autoriza a realização de concurso público para professores nas quatro universidades estaduais da Bahia (Uesc, Uefs, Uneb e Uesb). No concurso, vão ser oferecidas vagas para as classes de professores auxiliares e assistentes com regimes de 20 e 40 horas.

As 286 vagas são divididas em 161 para professor auxiliar e 125 para assistente; desse total, o maior contingente vai ser direcionado para a Uneb, com 134 professores auxiliares. Já para a Uesb, estão previstos 89 profissionais, enquanto a Uesc vai contar com 49 professores novos. As 14 vagas para docentes da Uefs vão ser divididas em duas para professor auxiliar e 12 para assistente.

Além dos certames, estão sendo preparadas convocações para 47 aprovados em um concurso realizado em 2018, ampliando o quadro de professores da Uesc e da Uefs.

Bando era suspeito de tiroteio no bar Inferninho e explosão a banco no centro de Ilhéus

Leia em: < 1 minuto

Em uma ação conjunta entre policiais militares da Cipe Cacaueira, 68º CIPM, 70º CIPM e Rondesp Sul, quatro homens morreram após atirarem contra as guarnições no Bairro Salobrinho, em Ilhéus, nesta 3ª feira (29.março). Segundo a polícia, o grupo já estava sendo monitorado, mas, hoje, uma denúncia anônima foi essencial para a localização do bando.

Ainda de acordo com a polícia, essa não foi a primeira vez que os suspeitos atiraram contra os militares e, provavelmente, eles são responsáveis por uma troca de tiros ocorrida no bar conhecido popularmente como “Inferninho”, localizado às margens da BR-415, entre Itabuna e Ilhéus, ainda neste mês. Na ação desta terça, além dos quatro suspeitos mortos, duas mulheres foram presas e armas e drogas foram apreendidas.

Os quatro suspeitos foram identificados como Fernando Domingos da Silva, mais conhecido como “Noronha”, Jackson Pablo Costa de Oliveira, conhecido como “Coiote Pablito”, Wellington “Cabeção” e Marcos Eduardo de Jesus Gomes, o “Neguinho Surfista”. A polícia informou, também, que esse grupo era investigado por ter participação na explosão de uma agência bancária no Centro Histórico de Ilhéus em fevereiro deste ano.

//

Aula inaugural da Uesc está marcada para a próxima segunda-feira

Leia em: 2 minutos

As aulas presenciais da Uesc (Universidade Estadual de Santa Cruz) retornam na próxima 2ª feira (14.março) e o Restaurante Universitário, conhecido popularmente como R.U, vai continuar cobrando o valor de R$ 1,00 nas refeições para a comunidade acadêmica. Diariamente, 1.000 refeições vão ser fornecidas no restaurante.

De acordo com o reitor da instituição, professor Alessandro Fernandes, o local está preparado para seguir as medidas sanitárias de prevenção à Covid-19: “Preparamos o nosso restaurante universitário para que possamos atender de maneira confortável e evitar aglomerações. Para isso, também vamos garantir que o aumento no valor das refeições que acontecerá para a Universidade não será repassado aos estudantes. Desta forma, a Reitoria garante o subsídio para que os estudantes continuem com o preço da alimentação inalterado”.

O retorno seguro às atividades presenciais, administrativas e acadêmicas, vai atender às normas estabelecidas pelas autoridades sanitárias federal, estadual, municipal, às diretrizes e aos protocolos constantes no relatório da Comissão de Biossegurança da Universidade Estadual de Santa Cruz. As orientações de Biossegurança vão ser distribuídas em diversos pontos do campus universitário, em especial em locais de maior fluxo, como pavilhões de salas de aula, cantinas, laboratórios, entre outros.

O reitor da Uesc solicitou às empresas que fazem o transporte coletivo no eixo Ilhéus-Itabuna para a Universidade e para a comunidade do Salobrinho que ampliem a quantidade de veículos disponibilizados nessas linhas, bem como estendam o horário de funcionamento. Por outro lado, foi solicitado às prefeituras da região que forneçam o transporte escolar para os estudantes.

Reitor Alessandro Fernandes recebeu uma placa das mãos do bispo de Ilhéus, Giovanni Crippa

Leia em: < 1 minuto

Na última quinta-feira (17.fevereiro), a Uesc (Universidade Estadual de Santa Cruz) recebeu uma homenagem do Rotary Clube de Ilhéus pelos 30 anos de estadualização da instituição. Uma placa com a homenagem foi entregue pelo bispo de Ilhéus, Giovanni Crippa, ao reitor e economista, Alessandro Fernandes Santana.

No discurso de agradecimento, o reitor destacou a importância da UESC para a comunidade: “A universalidade do conhecimento só se justifica quando colocado em benefício da comunidade com a finalidade de diminuir as desigualdades sociais que se alargam cada vez mais. Nós nos orgulhamos e confiamos em nossa comunidade acadêmica, professores, técnicos-administrativos e estudantes. São imensos os desafios que o futuro nos aponta. O mundo experimenta mudanças sem precedentes que determinam uma nova era para a educação, porém é verdade que nenhum desafio é grande demais quando a vontade de vencer for maior”.

Já o presidente do Rotary Clube de Ilhéus, Josevandro Nascimento, falou sobre o orgulho em ter uma universidade como a UESC na região: “Comemorar os 30 anos da Uesc, como Universidade pública e gratuita, é motivo de orgulho para todos nós da região. A qualidade do serviço prestado no ensino, pesquisa e extensão coloca a Uesc como uma referência na Bahia, no Brasil e no mundo. Parabéns!”.

Notícias mais lidas

Outros assuntos