Após concretizada, fusão vai transformar sigla na maior do país

Leia em: 2 minutos

A Comissão Executiva Nacional do DEM aprovou a realização de uma convenção nacional do partido em outubro para confirmar a fusão da legenda com o PSL. Dentro do DEM, o clima é favorável à fusão que, se concretizada, vai transformar a sigla na maior do país com fundos partidário e eleitoral de R$ 478 milhões para as eleições de 2022.

Em entrevista ao Jornal Tribuna da Bahia, o ex-prefeito de Salvador e presidente nacional do DEM, ACM Neto, avaliou a fusão do DEM com o PSL como “o maior partido do Brasil e da Bahia”. Neto acredita que a fusão trará benefícios para o país, principalmente em 2022: “Estamos nesse processo de análise da fusão dos dois partidos com o objetivo de criar um novo partido, que seria o maior partido do país. E que permita ter um projeto forte e vitorioso no Brasil no próximo ano. E, claro, que, caso isso dê certo, ele também já nasce com todo peso político na Bahia para ser o principal partido do estado. Esse é o nosso objetivo: ter o maior partido do Brasil e o maior partido da Bahia”.

O novo partido terá seis deputados federais pela Bahia e sete parlamentares na Alba (Assembleia Legislativa da Bahia). Nacionalmente, o DEM tem 28 deputados federais e seis senadores enquanto o PSL tem 53 deputados e uma senadora. Com 81 deputados, a nova legenda será a maior do Brasil.

A nova legenda também espera ter papel importante nas eleições do próximo ano, inclusive, com a possibilidade de lançar uma candidatura ao Palácio do Planalto que seja uma alternativa ao ex-presidente Lula (PT) e Jair Bolsonaro (sem partido).

Acompanhe o Pauta Blog pelo Instagram e/ou mande-nos uma mensagem pelo WhatsApp: (73) 8869-7877.

Capitão Alden pode ter mandato suspenso por 30 dias por quebra de decoro

Leia em: < 1 minuto

A Alba (Assembleia Legislativa do Estado da Bahia), adiou a votação do parecer sobre o afastamento do deputado Capitão Alden (PSL) para a próxima 3ª feira (21.setembro).

O parlamentar pode ter o mandato suspenso por 30 dias por quebra de decoro por ter acusado integrantes do bloco da prefeitura de Salvador. Na época em que fez as acusações, Alden não apresentou provas de que a prática acontecia e chegou a pedir desculpas e declarar que foi mal interpretado pelos colegas. Mesmo assim, o processo continuou e, agora, ele pode ser afastado do cargo temporariamente.

Capitão Alden é militar de carreira e foi eleito deputado estadual pela Bahia nas eleições de 2018 com 39.732 votos. Nas redes sociais, ele usa, frequentemente, a hashtag #FechadoComBolsonaro e faz duras críticas ao governador Rui Costa.

//

Relator do processo foi o ministro Alexandre de Moraes

Leia em: < 1 minuto

Por unanimidade, os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) condenaram a vereadora do PSL de São Paulo, Maria Helena Pereira Fontes, pela prática de rachadinhas. Ela foi condenada por desviar R$ 146,3 mil dos cofres públicos e, com a decisão, está inelegível pelos próximos oito anos.

Segundo o ministro Alexandre de Moraes, relator do processo e primeiro a votar, o esquema é uma “clara e ostensiva modalidade de corrupção que, por sua vez, é a negativa do Estado Constitucional”. Moraes ainda disse que esse “não é um problema de gestão financeira de gabinete, mas de prejuízo ao erário público”.

O esquema de rachadinha é caracterizado pelo desvio de salário do assessor parlamentar e caracteriza-se pela transferência de parte ou de todo o salário do servidor para o político ou assessores a partir de um acordo firmado previamente.

Acompanhe o Pauta Blog pelo Instagram e/ou mande-nos uma mensagem pelo WhatsApp: (73) 8869-7877.
Leia em: 4 minutos

📷 Análise: Augusto Castro na foto com Wagner; vai ser foto de lambe-lambe ou profissional?

Temos informações de que o prefeito Augusto Castro (PSD) poderá ir a Salvador a qualquer momento para “sair bem na foto” com o senador Jaques Wagner (PT), que é, também, pré-candidato ao Palácio de Ondina em 2022.

Estudamos algumas razões que podem levar Augusto a fazer uma boa ‘pose’ na foto. São:

Razão 1: é notório visualizar que o governador Rui Costa (PT) não vem tendo firmeza no posicionamento político do prefeito. E a foto tiraria essa impressão. Isto seria uma foto de lambe-lambe.

Razão 2: somente a foto não é t-u-d-o, como demonstração. Augusto teria/terá que cair de corpo e alma na campanha de Wagner/Lula. Aqui sim, uma foto profissional, mas será?

Razão 3: ou a NÃO afinação da política pode travar os investimentos para Itabuna. Basta analisar que em Ilhéus chegam recur$os dos bons. Já em Itabuna, só vem perfumaria$. Sair do mundo das perfumaria$ seria a melhor foto. Aí veríamos UMA FOTO de cartão postal.

Segundo um analista político, “pode até tirar uma foto com Wagner para não contrariar o senador Otto Alencar”. Mas só a foto não agrada Salvador (leia Salvador como a cúpula do governo).

Sem meias palavras, seguem uns resumos para Augusto Castro.

Resumindo 1: o fio da navalha…chegou o tempo de definir para qual lado da foto irá ficar.

Resumindo 2: se ficar com floreios, o tempo vai passar e o sinal amarelo aceso em Salvador só tende a avançar.

Resumindo 3: ou é apear logo na decisão e declarar que “não pode” tirar foto. Vixe!

É a regra do jogo político. Com foto ou sem foto, os balões prós e contras vêm, estão e/ou serão inflados.

A opera vai ter que afinar: é pôr-se de pé ou irá trincar.

🎨 O general levará ACM Neto ao gueto

O vereador Fabrício Pancadinha (PMN) irá levar o nome de ACM Neto (DEM) para os guetos de Itabuna.

Perguntamos a um interlocutor se o Pancada já tinha batido o martelo com o ex-prefeito de Salvador e ele nos informou: “E é um dos cabeças aqui da cidade [Itabuna] e região”.

Lembre-se, o Pancadinha foi o campeão nas urnas para vereador de Itabuna, em 2020.

Outro assunto: a Coluna Balão obteve a informação de que chegaram, no Posto do São Pedro, dois computadores. Graças a “pancada” do vereador em uma sessão..

🔧 Reformando…

A rádio corredor aumenta, mas não inventa. Pois bem, ela vem anunciando que irá acontecer uma reforma no secretariado da Prefeitura de Itabuna. A única informação precisa que obtemos é que há um desgaste daqueles secretários que não vem “rendendo”. Aguarde e verás.

🔝 Seria uma boa

A informação que temos é que a abertura do Colégio Ciso depende, exclusivamente, de uma reforma. Seria uma boa o município entra de “cheio” nessa?

🧵 Indo bem como ‘alfaiate’

O empresário Valderico Júnior vem circulando diariamente por diversos municípios, nos interiores da Bahia, com a missão de articular e fortalecer 2022, rumo ao Governo do Estado.

Em Itabuna, já costurou bem pelo menos com alguns vereadores. Estes tendem a ir com ACM Neto em 2022. São Solon Pinheiro (Solidariedade), Pancadinha (PMN), Israel Cardoso (PTC), Dando Leone (PDT), Danilo da Nova Itabuna (PSL), além do secretário Ricardo Xavier (Cidadania).

🏚️ Enigma imobiliário

Quem tem uma não tem nenhuma, mas quem tem duas, tem uma.

💊 De médico a político?

O Dr. Fábio Vilas-Boas, ex-secretário de Saúde de Rui Costa, está visitando Itabuna. A movimentação é de quem quer ser candidato a deputado federal. Será que emplaca?

LEIA TAMBÉM ⬇️

URGENTE❗ Deputado Tom Araújo é diagnosticado com câncer e passará por cirurgia neste sábado

Envie a sua sugestão de pauta: [email protected]

Caso fusão se concretize, os dois partidos serão o maior do país com 81 deputados e 6 senadores

Leia em: < 1 minuto

O Democratas (DEM) e o Partido Social Liberal (PSL) podem anunciar a fusão entre os dois partidos no próximo dia 21. A fusão entre as siglas pode resultar no maior partido do país com 81 parlamentares e 6 senadores.

O novo nome do partido ainda não foi definido, mas o número da sigla deve permanecer 25, que é do DEM, e a presidência deve ficar com algum nome ligado ao PSL. A estratégia é vista como uma tentativa de ganhar fôlego nas eleições do próximo ano e, claro, aumentar ainda mais a influência nos estados.

Atualmente, o ex-prefeito de Salvador, ACM Neto, é o presidente nacional do DEM. Já Luciano Bivar, deputado federal pelo PSL, é o representante da sigla no país.

Vereador Nery Santana (PSL) disse que estava ansioso pela convocação

Leia em: 2 minutos

O presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus, Jerbson Moraes (PSD), convocou o vereador suplente pelo PSL, Nery Santana, para assumir o mandato de vereador no lugar de Luca Lima, que foi cassado na semana passada.

Desde o início da semana, era grande a expectativa para que a Casa se pronunciasse sobre a convocação, já que outro vereador, Baiano do Amendoim (PSDB), havia se manifestado dizendo que teria direito à vaga. No entanto, advogados especialistas em direito eleitoral comentavam que seria improvável já que ele não alcançou os 10% do quociente eleitoral nas últimas eleições.

Nesta 6ª feira (3.setembro), o veredito foi dado e Nery Santana é o novo vereador que deve ser empossado nos próximos dias.

Segundo um doutor em Direito Eleitoral, professor universitário e juiz de direito, a regra é clara, como está no artigo 108, caput, do Código Eleitoral: “[os candidatos] tenham obtido votos em número igual ou superior a 10% do quociente eleitoral”. Ou seja, essa cláusula de barreira tem como objetivo evitar que candidatos com votação muito baixa ocupem cadeiras.

QUEM IRÁ ASSUMIR?
Nery foi candidato a vereador nas eleições do ano passado e teve 1.066 votos. Em 2016, era filiado ao Patriota quando também foi candidato ao cargo e teve quase 600 votos. Vindo de uma comunidade rural na zona norte de Ilhéus, ele sempre militou por causas sociais como direitos dos estudantes e dos moradores de comunidades mais humildes.

O suplente já atuou como coordenador do SAC, foi assessor da ex-deputada Ângela Sousa e coordenador Regional da Bahia Pesca. Também atuou como diretor administrativo da secretaria de educação de Ilhéus. Além disso, é bacharel em Direito e membro da Igreja Assembleia de Deus.

Ao Pauta Blog, Nery confessou que estava ansioso pela possível convocação e demonstrou interesse em ocupar o cargo: “Tenho, sim, interesse em assumir. Quem não teria, né?”.

LEIA A DECISÃO DO PRESIDENTE JERBSON MORAES ⤵️

Dayane Pimentel foi recebida pelo provedor da SCMI, Francisco Valdece, e o diretor administrativo da instituição, Wagner Alves

Leia em: 2 minutos

A professora e deputada federal Dayane Pimentel (PSL) esteve, hoje 3ª feira (27.julho), no Hospital Calixto Midlej Filho para conhecer melhor as instalações da unidade hospitalar, que se tornou referência no interior da Bahia no tratamento de pacientes com sintomas da Covid-19. Ela também verificou como estão funcionando diversos serviços ofertados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) na Santa Casa de Misericórdia de Itabuna.

Além dos pavilhões do Hospital, a deputada participou de uma visita guiada pelas unidades de Hemodiálise e Quimioterapia, que atendem mais de 120 municípios baianos, com mais de 80% dos pacientes atendidos pelo SUS.

A parlamentar também participou de uma reunião com lideranças da Santa Casa de Itabuna, que é responsável pela gestão do hospital materno-infantil Manoel Novaes. Durante o encontro, o diretor administrativo e o provedor apresentaram um balanço de atendimentos prestados nas unidades hospitalares no ano passado, quando quase 60% das internações foram pelo SUS.

ATENDIMENTOS SUS
Na oportunidade, o provedor Francisco Valdece informou para a deputada federal que um percentual ainda maior de usuários do sistema público de saúde foi atendido nas unidades de Hemodiálise (82%), Radioterapia (92%) e Quimioterapia (93%). O provedor destacou ainda que, dos 12.349 partos feitos no Manoel Novaes em 2020, 73% foram pelo SUS. “Esse percentual deve ser ainda maior neste ano”, prevê Francisco Valdece.

A professora e deputada federal elogiou a estrutura do hospital e se disse surpresa com a importância, volume e variedade de serviços ofertados pela Santa Casa de Itabuna para população regional, principalmente aos usuários do SUS. Dayane Pimentel, que destinou uma emenda de R$ 100 mil para despesas de custeio da instituição, prometeu que trabalhará para conseguir mais recursos para a manutenção de serviços nos hospitais Calixto Midlej e Manoel Novaes.

//

Vereador de Ilhéus, Ederjúnior dos Anjos (PSL)

Leia em: < 1 minuto

O drone como ferramenta auxiliar de fiscalização sanitária. Esta é a sugestão do vereador Ederjúnior dos Anjos (PSL), feita ao prefeito Mário Alexandre e o secretário municipal de Saúde, Geraldo Magela. Ele pede às autoridades do Executivo que seja viabilizado um estudo técnico para uso da ferramenta no combate a focos do mosquito Aedes Aegypti.

Segundo secretário da Câmara e agente de endemias, Ederjúnior explica no documento que esta tecnologia consiste em aeronaves remotamente tripuladas que ajudam na identificação de focos e criadouros de mosquitos em locais de difícil acesso ou até mesmo fechados, impossibilitando a entrada dos agentes comunitários de saúde.

O parlamentar acredita na eficiência do uso auxiliar de tecnologia no combate à dengue, zika, febre amarela e chikungunya.

Leia em: 6 minutos

Análise: o que levaria João Roma a desistir da cabeça de chapa na Bahia❓

Os nomes que já foram definidos para concorrer ao Governo da Bahia são: ACM Neto, ex-prefeito de Salvador e atual presidente nacional do DEM; e Jaques Wagner, do PT, senador e ex-governador por dois mandatos. Estes estão que nem “polvo”, garimpando aliados.

Enquanto isso, o representante do governo Bolsonaro, João Roma (Republicanos), ministro da Cidadania e ex-braço direito de ACM Neto vem aquecendo o seu nome em banho-maria. Porém, não deu a cartada final do sim (ainda).

Até agora, alguns fatos podem levar Roma a desistir da cabeça de chapa:

1️⃣ O bispo Márcio Marinho, presidente do Partido Republicanos na Bahia, disse que apoiará ACM Neto. Roma teria que mudar de sigla;

2️⃣ Roma “arriscaria” a concorrer ao Palácio de Ondina só para dar palanque a Bolsonaro. Mas perdendo, ficaria sem cargo de deputado ou senador. Aliás, ele vem caminhando para lançar a sua esposa, Roberta Roma, como deputada federal;

3️⃣ Recuaria para concorrer a uma possível vaga ao senado ou vice. Daí, a mais provável seria uma aliança com Neto. Logo, Roma teria que fazer as pazes com Neto pois andaram (ou andam) às turras desde que Roma assumiu o ministério. Esta é a mais difícil, mas não é impossível.

De fato, o que está decidido (mesmo!) é: Roma agirá conforme Bolsonaro mandar. Ou ele foi para o ministério à toa?

Enquanto o Capitão não define, Roma vem se movimentando com visitas de diversos prefeitos e deputados baianos em sua fazenda, localizada na região de Conceição da Feira.

⚠️ Prefeito de Itacaré pode se filiar ao PDT

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, deixou de ser o único prefeito do PT na região Sul da Bahia. O motivo da saída foi a sua insatisfação com o governador Rui Costa (PT).Fontes a par da política itacareense, dizem que Anízio pode se filiar ao PDT.

Ao que tudo indica, ele deve ser convidado oficialmente pelo partido. Vale lembrar que Antônio de Anízio foi vereador em 2004, pelo PRP, em 2008 se elegeu prefeito pelo PCdoB, em 2012 perdeu na reeleição para Jarbas Barbosa do PSB, e em 2016 voltou a prefeitura pelo PT, sendo reeleito também em 2020.

As pretensões políticas do prefeito ao se filiar a nova sigla estão movimentando os bastidores.

A ver.

💣 Tom Ribeiro ‘detona’ Marão 

Tom Ribeiro fez duras críticas ao prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre (PSD). Segundo ele, em seu programa de quinta-feira (10 de junho), Ilhéus estava há dois dias sem a coleta de lixo por conta da paralisação do profissionais da limpeza pública.

O apresentador também criticou o gestor pelos relatos de ônibus super lotados. Neste contexto, vale ressaltar que a Câmara de Ilhéus realizou uma audiência pública para tratar sobre os transportes, mas o relator, o vereador Augustão (PT), até hoje não conseguiu entregar o relatório ao prefeito. Dizem que ninguém consegue encontrar o prefeito no mapa.

Sem meias palavras, Tom detonou, perguntado: “Cadê o prefeito Marão?”

E, finalizou: “Vergonhoso!”.

Augusto Castro manda recado 👂

Com a proximidade do aniversário de Itabuna, no dia 28 de julho, o prefeito Augusto Castro (PSD) foi ao programa de Tom Riberio anunciar um pacote de obras. Ok, normal. Mas no fim da entrevista, mandou um recado: “Pouca conversa e mais ação”. A carapuça pegou em alguém…

👀 O propalador…

Toda vez que sai a notícia de uma sentença procedente a ação de vereadores cassados por fraude em cota feminina, prontamente o ex-vereador de Itabuna, Glaby Andrade (PDT), mais conhecido como Glebão, propala os links.

Se o mesmo acontecer em Itabuna, três vereadores podem perder o cargo na Câmara. Como quem não quer nada, Glebão fica de primeira classe, na espera.

Glebão perdeu a vaga para o vereador Dando Leone por uma diferença de 24 votos, nas últimas eleições de 2020. Por isso a ansiedade.

🚦 De vereador a prefeito ou deputado?

O presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus, Jerbson Moares (PSD), durante uma entrevista no Programa Tropa de Elite, na Gabriela FM, disse estar preparado para ser deputado estadual ou prefeito de Ilhéus. De concreto, por enquanto, é que a 🚦 luz amarela está acesa entre Jerbson e o prefeito Mário Alexandre, ambos do PSD.

  // O vereador Cosme Resolve (PMN) pediu aplausos dos colegas para ele mesmo. O fato ocorreu na última sessão da Câmara, quarta-feira (9 de junho). Dê play e escute! ⤵️

  // O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) estará na próxima semana no oeste da Bahia, segundo o site Bnews.

  // Ciro Gomes (PDT) cumpriu uma semana de agenda na Bahia. O ex-governador do Ceará passou pelo município de Euclides da Cunha. O presidente do PDT baiano, Félix Mendonça Júnior, e o marqueteiro João Santana, também estiveram presentes.

  // A secretária de Educação, Janaína Araújo, disse em entrevista ao Pauta.Blog que não teve uma experiência positiva no quesito das aulas on-lines com a filha. Realmente, as mães se desdobram na paciência para desempenhar o seu melhor como professora em tempos de pandemia. Clique e leia a entrevista completa👇

📌 Entrevista: “As brinquedotecas não se encaixam na modalidade de educação”, disse Janaína Araújo

  // O jovem vereador Israel Cardoso (PTC), disse em uma live com o jornalista e radialista Andreyver Lima, que sonha em ser um senador da República. Sem tergiversar, este jovem vai longe.

  // O empresário e fundador do partido Novo, João Amoêdo desiste de pré-candidatura à Presidência.

NOTA 🅾️

O presidente Bolsonaro se esforçou para influenciar na liberação de insumos do medicamento que ele gosta de receitar (cloroquina), mas não se empenha da mesma forma para usar máscaras. Usar? Agora quer dispensar o uso. Sim, enquanto somente 11% da população recebeu a segunda dose da vacina. Quem ‘entende’ de ciência é ele! (Só que não!)

NOTA 🔟

Os profissionais da imprensa (acima dos 40 anos) começaram a se vacinar esta semana.

Envie a sua sugestão de pauta: [email protected]

O deputado Capitão Alden acusou colegas legisladores de oposição de receberem R$ 1,6 milhão da Prefeitura de Salvador

Leia em: 2 minutos

O Conselho de Ética e de Decoro Parlamentar da ALBA (Assembleia Legislativa da Bahia) realizou sua segunda sessão para tratar do processo disciplinar contra o deputado Capitão Alden (PSL), instaurado após representação da bancada de oposição. O encontro foi realizado de forma virtual, uma vez que a ALBA se encontra fechada em decorrência das medidas adotadas para conter o contágio do coronavírus.

No encontro, o presidente do colegiado, deputado Marquinho Viana (PSB), informou que Capitão Alden foi notificado no dia 26 de maio, e recebeu toda a documentação que o conselho possui. Assim, o parlamentar alvo do processo disciplinar tem o prazo de 10 dias para apresentar sua defesa, o que deve ocorrer até o próximo dia 9 de junho. “Só iremos deliberar sobre eventual convocação do deputado após ele apresentar a sua defesa para que todos no conselho tenham conhecimento do teor e, assim, avaliarem a necessidade do depoimento presencial”, explicou Viana.

O PROCESSO DISCIPLINAR
O deputado Capitão Alden se tornou alvo do processo disciplinar instaurado no Conselho de Ética de Decoro Parlamentar da ALBA por causa de um vídeo em que ele acusa os colegas legisladores de oposição de receberem R$ 1,6 milhão da Prefeitura de Salvador.

“Se eu ficasse na minha, sem fazer nada eu tava feito na vida, recebendo R$ 1,6 milhão da prefeitura que os deputados de oposição todos ganham”, disse o parlamentar no vídeo veiculado nas redes sociais no dia 27 de abril.

Na representação que deu origem ao processo, os 11 deputados da oposição que assinaram o requerimento argumentam que Capitão Alden, “de forma leviana e irresponsável”, aponta possíveis condutas criminosas aos seus pares, companheiros de bancada.

Notícias mais lidas

Outros assuntos