Estudantes e professores portadores de comorbidades podem continuar com as atividades de forma remota

Leia em: < 1 minuto

A prefeitura de Feira de Santana decretou, 6ª feira (29.outubro), o retorno das aulas 100% presenciais nas instituições públicas e particulares de ensino a partir do dia 16 de novembro. No entanto, estudantes e professores portadores de comorbidades e que fazem parte de grupos de risco, podem continuar com as atividades remotas.

Segundo a prefeitura, serão seguidos todos os protocolos sanitários para evitar a disseminação do coronavírus e, a partir do retorno, caso haja aumento na curva de contágio da doença, as aulas presenciais podem ser suspensas para evitar novos casos.

Leia em: 7 minutos

💰 Um milionário que anda com um veículo Pampa, dos anos 80

O homem mais rico de Itabuna está quase um centenário (completou 98 anos na última 2ª feira, dia 18 de outubro). Empresário e agricultor, José Oduque Teixeira chegou a ser prefeito de Itabuna. Zé Oduque, como é mais conhecido, governou a terra Grapiúna entre 1973 a 1977.

Apesar de ser milionário, é humilde e sem ostentações: anda de Pampa ou Del Rey. Agora, repare a história a seguir.

Um Neto de Oduque certa vez me contou: – Meu avô outro dia foi comprar um terreno, mas quando foram olhar a escritura, o terreno já pertencia a ele (gargalhada!).

Será que tem imóvel o Oduquinho?

🔴 O PT de Itabuna

O novo nome como pré-candidato a federal de Itabuna está trabalhando nos bastidores para ganhar tração. O homem está empolgado e, depois que chegou de Salvador, não para. Está circulando!

🚀 O foguete do Pancadinha não tem ré

No mesmo ‘diazinho’ em que ACM Neto (União Brasil/DEM) chamou Pancadinha de “meu deputado”, em Ibicaraí, e o Pauta Blog publicou com exclusividade, o líder do governo Augusto Castro (PSD), o vereador petista Manoel Porfírio, levou Pancadinha ao prefeito. Oxe, e foi no mesmo dia isso? Claro!

Mas um interlocutor de Pancadinha (PMN) disse à Coluna Balão: “Foguete não tem ré”. Deu a entender que pré-candidatura a deputado estatual por Itabuna está cravada.

O noivo ACM Neto já deu a letra, mas se faltar combustível no foguete vai morrer politicamente. Repara!

Nos bastidores, dizem que o Pancadinha será quem melhor irá “marcar” a primeira-dama de Itabuna (que também é pré-candidata à Alba).

Até o Capitão Azevedo já pulou para Federal, para tentar dobrar com ele.

Está mais parecendo que 2022 é hoje.

🔎 A situação é complicada, mas Augusto Castro tenta se manter equânime

Encrenca à vista, e das grossas, para o prefeito de Itabuna. Augusto Castro (PSD) chegou no sábado (16.outubro), de Salvador, após passar uma semana por lá. E chegou enfrentando uma de suas maiores crises no governo de 2021: a tragédia do desabamento do muro de uma escola municipal no bairro da Califórnia, em que o pai e filho vieram a óbito.

Para complicar, um interlocutor forte que circula pelo Centro Administrativo Firmino Alves revelou à Coluna Balão: “O governo está demorando para alavancar”.

Contudo, isso pode trazer alguns dilemas importantes e destravar o que vinha parado ou de inversão de prioridades (tipo a educação).

Castro tenta se manter equânime, mas a situação é delicada.

Fiquemos atentos e a conferir os próximos ajustes.

📝 Do outro lado da educação 1

A Câmara de Itabuna segue SEM levantar a bandeira da volta às aulas (e deve continuar, pois o prefeito já decretou que aulas presenciais na rede municipal só em 2022).

O que bem tem é gente correndo atrás de garantir a reeleição e/ou querendo se aparecer, mas cobrar o #ReformarEscolas e #VoltaÀsAulas não vi um ainda. E prestem atenção: cobrar não é oba-oba, não. Cobrar é agir até acontecer, assim como foi com o #VoltaEventos. Tão lembrados? Se tiver UM pelo #ReformarEscolas e #VoltaÀsAulas, procurem o Pauta que iremos lançar no blog.

Aliás, tem sim vereador “gargantando” que tem o pedido de providência do novo Samu. Lembrem-se: quem tem o manual prático da avaliação de cada um é a sociedade.

E… quando a conta chegar não haverá mais tempo para se arrepender.

🎒 Do outro lado da educação 2

Um medalhão da gestão itabunense e que tem quilometragem disse ao Pauta: As aulas ainda não retornaram porque a comunidade mais carente não é a favor. Entendeu ou não?

✏️ Do outro lado da educação 3

Os mais necessitados são os que mais sofrem mesmo. Quase dois anos sem escola e um déficit educacional que jamais será recuperado. Em Itabuna não é diferente. Lá se vai mais ano e necas de aulas.

Agora restam pouco menos de 5 meses para março de 2022 e até lá vamos aguardar os estados das escolas para que as aulas retornem com segurança e conforto para os alunos.

🛩️ Teste de decolagem

Vem surgindo nos bastidores ilheense o nome do vereador Augustão (PT) como pré-candidato a uma cadeira à Alba (Assembleia Legislativa da Bahia). Será um teste de decolagem do nome?

⚠️ O mi-mi-mi do União Brasil em Itabuna

O DEM e o PSL de Itabuna caminham alinhados (e conversando) pelo bem do União Brasil (fusão entre DEM-e-PSL). Porém, nos bastidores uns levantam a bandeira de que o novo presidente tem/pode ser A ou B. Na minha avaliação e no “fringir” dos ovos, o apito tem que ser de quem tem voto.

As peças, de todo modo, se mexem. Mas o ponto final virá já-já do mandachuva do Democratas. E chega de mi-mi-mi.

💨 Movimentos lentos e opacos 1

O ex-prefeito de Itabuna conhecido por seus processos decisórios lentos, Capitão Azevedo (até o momento no PL), até agora não se decidiu se será titular ou reserva nas próximas eleições. Em outras palavras, se sairá candidato ou apoiará. Nesta semana chegou até ser ventilado o seu nome, mas ora é para estadual, ora federal. Vai entender!

Há quem queira ajudá-lo, mas com as tomadas de decisões opacas, fica difícil.

Enquanto a prometida estrutura não se concretiza, segue e continua refém de Salvador.

Também, se errar os próximos passos poderá ver o fim de sua carreira política.

💨 Movimentos lentos e opacos 2

A ex-vereadora Charliane Sousa (PCdoB) e candidata a prefeita de Itabuna vem sofrendo da mesma síndrome do Capitão Azevedo (PL): movimentos lentos e opacos. Como uma boa vereadora que foi (e de oposição), diga-se de passagem, não demonstrou para que foi para a Setre ainda. Ela não é ‘lentinha’ assim, mas virou.

🚣‍♀️ Isaquias Queiroz, Campeão olímpico, se casa em Ilhéus 

Em uma cerimônia realizada em Ilhéus, Isaquias Queiroz se casou com Laina Guimarães, mãe do pequeno Sebastian, de 4 anos. Dá-lhe o campeão olímpico na canoagem!

🩺 Não chame o doutor

Ao que tudo indica, é irreversível a situação política do Dr. Mangabeira (PDT). Ele se auto-desalojou dos partidos PDT e Podemos. Nas últimas semanas, o médico andou saindo dos grupos de WhasApp.

Parece que nem se cantarem aquela musiquinha “foram me chamar…eu estou aqui o que que há?” ele retorna. Porém, um sabichão disse à Coluna: “nunca diga nunca na política”.

Um #balãomurcho pra doutor e outros políticos compram foguetes.

🃏 Enigma político 1

Corre a informação por Salvador de que Itabuna está carente de pré-candidatos a deputado federal. E quanto aquele tal (velho) nome? Por lá está definido e deram as letras: joga no escanteio. Eita pêa!

🃏 Enigma político 2

Tem vereador de Itabuna que “morde” os cargos (muitos, por sinal) no governo Augusto Castro, mas invés de “assoprar” (agradecendo), desce o aço. É coisa!

🃏 Enigma político 3

Teve vereador de Itabuna que foi bater em Salvador para espernear por lá enquanto o prefeito estava passando o feriadão de Nossa Senhora Aparecida na capital. Falou alto nos bastidores, mas em público é mansinho. Vai entender!

🃏 Enigma político 4

Nos bastidores comenta-se uma eventual chapa a prefeito (e vice) em 2024. Os nomes estão em auge. Estão amadurecendo a fruta para o tempo certo. Promessa!

🃏 Enigma político 5

Tem vereador(a) de uma grande cidade na Bahia que pode receber um revés do partido. É briga de gente grande, ou melhor: “em partido de cigano é assim mesmo, brigam, brigam, mas depois se unem”. Será que virá com o Papai Noel?

🧘‍♂️ o Guru da política

Um amigo-guru, que costumo chamar de doutor da política, disse:

➖ O Ciro Gomes (PDT) não vai abrir mão da candidatura a presidente. Motivo: ego político.

➖ O governador tucano João Doria (SP) também não irá abrir mão pelo mesmo motivo. Porém precisa vencer as prévias do partido marcadas para 21 de novembro.

➖ Itabuna está PREPARADA para os “benefícios” do Porto Sul?

Envie a sua sugestão de pauta: [email protected]

A expectativa agora é saber quais escolas o prefeito Augusto Castro irá priorizar

Leia em: 3 minutos

O prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), fechou contrato com a empresa Dam Construtora e Incorporadora Eireli para que ela execute as obras de reformas nas unidades escolares do município. As intervenções nas escolas são essenciais para garantir o retorno seguro das aulas presenciais a partir do próximo ano na rede pública municipal.

Contrato foi publicado na edição do Diário Oficial do Município dessa 4ª feira e tem vigência de um ano

O contrato foi publicado na edição do Diário Oficial do Município dessa 4ª feira (20.outubro) e consta que o valor do serviço realizado será de R$ 4.902.422,69 (quatro milhões, novecentos e dois mil, quatrocentos e vinte e dois reais e sessenta e nove centavos).

O retorno das aulas em formato híbrido aconteceria na próxima 2ª feira (25.outubro), mas foi adiado até 2022 devido à necessidade de reformas nas escolas. Além disso, o desabamento de parte do muro de uma escola que matou pai e filho no último sábado, pesou bastante na decisão de adiamento.

A secretária de Educação, professora Janaina Araújo, entrou em contato o com a redação do Pauta Blog na 4ª feira (21.outubro) e hoje enviou uma nota questionando a nossa matéria. Segue a íntegra da nota:

Prefeitura de Itabuna está concluindo licitação para reforma de prédios públicos

A secretária municipal de Educação, Janaína Araújo, esclareceu nesta quinta-feira, dia 21, que a Prefeitura deu início por meio de edital, ao processo licitatório de reformas de prédios públicos, que ocorreu desde maio deste ano, após a empresa responsável que mantinha contrato no governo anterior não ter concluído as reformas de alguns prédios da educação.

“O fato de o contrato ter sido assinado nesta semana não significa que a gestão Augusto Castro tenha esquecido o processo. Ao contrário, o processo licitatório se iniciou em maio, geralmente dura em média 90 dias. Acontece que não contávamos com tantos percalços neste certame. De maio a outubro, os trâmites ocorreram”, afirmou.

A secretária disse ainda que 15 empresas se habilitaram a concorrer ao certame que demanda o  valor de R$ 6 milhões para  a reforma dos equipamentos públicos. “O certame surpreendeu a gestão no que se refere a recursos e contra recursos dos licitantes. Isso requer prazos que precisam ser seguidos em cada fase do processo, conforme traz a legislação”, enfatizou.

A secretária esclareceu também que a grande quantidade recursos e contra recursos implicou  em uma demora para publicar a decisão do processo licitatório, homologação e assinatura do contrato. Janaína disse por último que o município tinha um contrato vigente no terceiro aditivo com uma empresa, a qual iniciou reformas em escolas que vão aderir ao vetor disciplinar na Educação e não terminou.

“Por causa dessa problemática já existente, a Prefeitura  achou melhor não fazer outro aditivo com a empresa e abrir novo processo licitatório”, explicou Janaína

Atualização às 18h55 de 22 de outubro de 2021.

Leia em: < 1 minuto

A resolução CME/CP 03 e o parecer CME N° 003/2021 autorizam a retomada das aulas presenciais nas redes pública municipal e particular de Eunápolis. As determinações foram publicadas no Diário Oficial do Município na segunda-feira, dia 18.

Os documentos sinalizam a retomada das aulas em formato híbrido, com sistema semanal de revezamento entre os estudantes. “Enquanto um grupo participa das aulas presenciais, outro grupo participa de aulas assíncronas e/ou síncronas”, diz um trecho das determinações. As aulas serão suspensas caso haja ocorrência de diferentes e simultâneos casos confirmados de Covid-19.

Desde as últimas semanas, as unidades escolares da rede municipal já estão passando por sanitização e requalificações para receber estudantes e profissionais da educação no retorno presencial das aulas, assim como foram entregues kits de adequação para Covid-19, que contém termômetro, toucas, máscaras e luvas.

A data do retorno às aulas presenciais será publicada em breve.

Leia em: < 1 minuto

O prefeito Augusto Castro (PSD) está preparando o decreto para suspender o retorno das aulas presenciais em Itabuna no ano de 2021.

Uma fonte do Pauta Blog e do primeiro escalão do Centro Administrativo Firmino Alves confirmou a informação.

A notícia foi “cravada” após o muro da Escola Municipal Castelo Branco, no Bairro Califórnia, desabou, na manhã deste sábado (16.outubro).

Tudo indica que as obras de reformas/recuperações/reparos nas escolas de Itabuna sejam intensificadas também.

As últimas notícias da política de Itabuna e da chapa de Jaques Wagner

Leia em: 2 minutos

As cadeiras irão rolar no Centro Administrativo de Itabuna com a reforma do secretariado

Após o Blog Pimenta anunciar que o prefeito de Itabuna prepara reforma administrativa, os burburinhos começaram a circular na cidade.

Segundo uma fonte que conhece as profundezas do Governo Augusto Castro, haverá a dança das cadeiras em três secretarias.

Tem gente gostando, mas tem gente torcendo o bico.

As únicas certezas que temos até então, são:
1️⃣ Tem um vereador cotado para assumir uma das cadeiras.
2️⃣ Tudo converge para a campanha de 22.
3️⃣ Tem deputado que deu aval a alguém.

Ainda é cedo para cravar os nomes, mas o caminho que corre o alvoroço já foi startado em Itabuna.

É o tabuleiro pesando. Ou é uma resposta do prefeito tentando se sinalizar para a capital?

A voz da Rádio do Cafezinho em Salvador

Nos corredores de Salvador, via a Rádio do Cafezinho, comenta-se que a conjuntura da base do Governo do Estado é a seguinte:

1️⃣ Jaques Wagner 100% garantido como pré-candidato ao Governo da Bahia.
2️⃣ João Leão tem tudo para sair candidato a deputado estadual, com o intuito de assumir a presidência da Alba (Assembleia Legislativa da Bahia).
3️⃣ E por fim, Ronaldo Carletto cogitado a ser vice de Wagner, para a base Petista “azeitar” no território do deputado, extremo sul e outras regiões.

Desta forma é capaz de domar o Leão, vice-governador.

O PT de Itabuna não curtiu

O Partido dos Trabalhadores de Itabuna não curtiu a decisão de surgir um novo nome para concorrer a uma vaga a deputado federal no município e região. Por que?

Será que é o ex-prefeito de Itabuna que não gostou?

Ou é o “novo” atropelando a política petista itabunense?

Clique aqui e entenda!

Volta às aulas em Itabuna

As aulas ainda não retornaram em Itabuna porque a comunidade mais carente não é a favor. É o que dizem!

Acompanhe o Pauta Blog pelo Instagram e/ou mande-nos uma mensagem pelo WhatsApp: (73) 8869-7877.

Vereador Pancadinha diz que está cumprindo o papel de fiscalizar e quer saber o porquê dos desligamentos das profissionais

Leia em: 2 minutos

O vereador Fabrício Pancadinha (PMN) e os moradores do bairro São Pedro foram surpreendidos com a notícia de que três diretoras de escolas públicas da comunidade foram exoneradas dos cargos. O documento foi assinado na última 2ª feira (4.outubro) pelo prefeito Augusto Castro (PSD) e pela secretária de educação, Janaína Araújo.

As diretoras Maria Romilda dos Santos, Elisabete Faneca da Silva Cruz e Maria José França dos Santos foram desligadas do Centro Educacional São Francisco de Assis, Escola Antônio Menezes e Escola Heribaldo Dantas (Sítio III), respectivamente (veja o documento 👇). Segundo o vereador, as profissionais atuavam nos cargos há mais de uma década.

Em suas redes sociais, Pancadinha diz que a comunidade não entende o motivo das exonerações e cobra respostas do poder público municipal: “A população do São Pedro que cobra. A população não entendeu ainda, prefeito, porque a exoneração de 3 diretoras da nossa comunidade São Pedro. Pelo amor de Deus! A gente precisa de uma explicação!”.

Ainda de acordo com o vereador, ele tem sido procurado pelos pais dos alunos, que não aceitam as exonerações: “Os pais foram na minha casa às 7 horas da manhã me acordando e chorando porque a diretora vai sair da escola. As crianças gostam da diretora, os pais gostam da diretora, as mães gostam da diretora. Num momento como esse de pandemia, as escolas estão sucateadas”.

Por último, o edil deixa claro que continua esperando respostas sobre os motivos que levaram o governo a tirar as professoras dos cargos: “Precisamos saber porque foi que o senhor prefeito e a senhora secretária exoneraram três diretoras da comunidade São Pedro. A população quer saber! Será por que foi? Por que foi? A comunidade quer saber. Eu estou aqui como vereador, eu tenho que fiscalizar. Meu papel é fiscalizar”.

O OUTRO LADO
O Pauta Blog tentou manter contato com o prefeito Augusto Castro, mas, até o fechamento dessa matéria, nossa ligação não foi atendida. Nós também tentamos falar com a secretária de educação, Janaína Araújo, sobre o assunto, mas ela não respondeu ao nosso questionamento.

DÊ PLAY E ASSISTA ⤵️

Leia em: 2 minutos

O retorno às aulas no formato híbrido foi tema de reunião entre os secretários de Educação e Planejamento de Santo Antônio de Jesus, o presidente do Conselho Municipal de Educação e representantes da Vigilância sanitária Municipal com o Ministério Público estadual.

O encontro teve como objetivo discutir os ajustes necessários para que as aulas possam retornar no próximo dia 13 e contou com a participação do promotor de Justiça de Santo Antônio de Jesus, Thiago Fonseca; do coordenador do Centro de Apoio Operacional de Defesa da Educação (Ceduc), promotor de Justiça Adalvo Nunes Dourado; além de equipe técnica. “O retorno às aulas é urgente e apenas questões de natureza sanitária podem justificar o seu atraso”, afirmou o coordenador do Ceduc.

O Coordenador da Vigilância Sanitária Municipal, Joan Paulo Andrade de Souza, informou que as escolas municipais estão seguindo os protocolos de segurança da forma devida e que “questões sanitárias mais simples, que não chegam a ser empecilhos para o retorno das aulas presenciais, serão resolvidas brevemente, a tempo do retorno previsto”. Na mesma linha, Luiz Argolo, presidente do Conselho Municipal de Educação, acrescentou que, apesar da “boa conectividade do município, o Conselho tem percebido dificuldade dos alunos no acompanhamento das aulas no ensino remoto”.

Os maiores problemas apontados pela secretária de Educação, Maria Renilda Barreto, foram as “péssimas condições prediais” de três escola, que ficam em prédios alugados. “Os prédios serão adaptados para o retorno no prazo e depois as escolas serão transferidas para edifícios municipais”, afirmou a secretária, acrescentando que as demais escolas da rede municipal já estariam “em condições satisfatórias” para o retorno, após a realização de intervenções, feitas mediante processos licitatórios.

Para sanar o problema do transporte escolar, o Município firmou um termo de compromisso com o MP para realizar a contratação emergencial, até que sejam resolvidas pendências no processo licitatório.

“A pandemia provocou uma grande evasão escolar, que trouxe e ainda trará prejuízos enormes para a sociedade. “O retorno às aulas é uma necessidade inadiável, que deverá ser lastreada pelos devidos cuidados sanitários, bem como pelo bom senso, equilíbrio e o devido senso de urgência”, concluiu o coordenador do Ceduc, promotor de Justiça Adalvo Dourado.

Acompanhe o Pauta Blog pelo Instagram e/ou mande-nos uma mensagem pelo WhatsApp: (73) 8869-7877.
Leia em: 2 minutos

O prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), constituiu, por meio do Decreto nº 14.652, Comissão Municipal Intersetorial, integrada por representantes de órgãos públicos e conselhos municipais. Será responsável pelo planejamento da fase de retomo das atividades escolares no formato híbrido e presenciais, prevista no plano da Secretaria Municipal da Educação em face da suspensão das aulas presenciais.

O retorno às salas de aula nas escolas municipais está previsto, conforme o Decreto nº 14.651, para o próximo dia 25 de outubro, com a implementação de um projeto-piloto em 15 unidades da Rede Municipal de Ensino.

Segundo a diretora do Departamento de Educação Básica (DEB) da Seduc, Elisângela Nascimento de Mello, a Comissão Intersetorial terá uma singular importância devido a sua atuação frente ao Plano de Ação de Retorno às Aulas Presenciais, que vai subsidiar as unidades escolares no cumprimento do Protocolo de Retorno às aulas, viabilizando o ensino e a aprendizagem, sem prejudicar a saúde de alunos, professores e funcionários da Educação.

A diretora do DEB destaca ainda que as ações priorizadas pela Comissão Intersetorial deverão focar as seguintes diretrizes: garantia do direito à vida; garantia do direito à educação; importância do acolhimento na comunidade escolar; preservação e valorização da relação do vínculo professor-aluno; garantia de recursos orçamentários extraordinários; e a garantia das normas e protocolos de segurança sanitária, de higiene, saúde e de prevenção para o espaço escolar.

A Comissão Municipal Intersetorial é integrada por 16 membros, entre titulares e suplentes, que representam as secretarias municipais da Educação, da Saúde e de Promoção Social e Combate à Pobreza; Conselho Municipal de Educação (CME), subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB – Itabuna), Conselho Tutelar, além do Conselho de Alimentação Escolar e Fórum Municipal de Educação (FME).

Foram destaques: as atribuições específicas, que envolvem as articulações conjuntas com as secretarias de governo, além das instâncias dos poderes municipal, estadual e federal

Leia em: 2 minutos

Secretários e técnicos de Educação dos municípios, vinculados ao Fórum Regional de Educação da Amurc e a Câmara Técnica de Educação do CDS-LS foram orientados hoje, 5ª feira (5.agosto), sobre as medidas necessárias para o retorno às aulas no formato híbrida e os seus respectivos protocolos e orientações. A reunião contou com a participação de técnicos e professores da Uesc, instituição que integra o Programa de Apoio Gerencial e Institucional às Prefeituras do Território Litoral Sul.

O debate é realizado no momento em que os municípios estão se organizando para o retorno seguro às atividades escolares no formato híbrido, já que desde o início da pandemia estavam sendo realizadas na modalidade remota. O presidente da Amurc, Marcone Amaral parabenizou a iniciativa dos secretários de Educação.

A consultora do Forsec, Gilvânia Nascimento apresentou as diretrizes gerais para o retorno gradativo (escalonado) às atividades escolares presenciais e semipresenciais que devem estar previstas no planejamento explicativo de cada secretaria de educação. “É um documento para ajudar os secretários no planejamento de cada secretaria de Educação dos municípios”, informou Gilvânia.

O documento chama a atenção aos protocolos sanitários e de biossegurança dos espaços, além de equipamentos e materiais específicos que auxiliam na segurança sanitária. Os protocolos pedagógicos que destacam a aprendizagem e o desenvolvimento dos estudantes também foram apontados como pontos importantes, desde a organização das salas até o planejamento das atividades pedagógicas.

ENCAMINHAMENTOS
Foram pontos de encaminhamento, a necessidade de criação de um plano de comunicação para tratar o retorno com segurança das aulas, uma jornada coletiva virtual e a realização de uma Live sobre o tema com a participação da sociedade.

A coordenadora da Câmara Técnica e secretária de Educação de Itapé, Luzinete Miranda, parabenizou a atuação dos secretários de Educação e se colocou à disposição para ajudar na solução de demandas na área.

Acompanhe o Pauta Blog pelo Instagram e/ou mande-nos uma mensagem pelo WhatsApp: (73) 8869-7877.

Notícias mais lidas

Outros assuntos