Aos gritos de "não sou vendido", Danilo parte pra cima de Porfírio, que alega que vai representar contra o colega // Vídeo de Pauta Blog

Leia em: 2 minutos

O clima esquentou na tarde de hoje (2.abril) na Câmara de Vereadores de Itabuna. Tudo começou quando o vereador Danilo da Nova Itabuna (UB) relembrou que a função do Legislativo é fiscalizar o Executivo e criticou, veementemente, a qualidade do peixe distribuído pelo prefeito Augusto Castro (PSD) nos kits da Semana Santa.

De acordo com Danilo, consta no Portal da Transparência que a prefeitura desembolsou valores referentes à compra da corvina, assim como nos anteriores. Acontece que, segundo o vereador, o pescado distribuído à população foi o castanha, “que só tem espinha” e “o prefeito não tem coragem de comer”. Para provar isso, Danilo exibiu algumas fotografias dos kits e mostrou ao público a diferença entre os dois.

O vereador Manoel Porfírio (PT) não gostou das críticas e pediu para que o presidente da sessão, Sivaldo Reis (PL), pedisse questão de ordem por causa do comportamento do colega. Prontamente, Sivaldo leu um artigo do regimento da Casa Legislativa em que é dito que não é permitida a fixação de símbolos, quadros, cartazes, faixas ou fotografias que impliquem em política partidária ou ideológica durante a sessão.

Nesse momento, Danilo se exaltou e Porfírio disse que representaria contra o colega de Casa porque “ele quer transformar o plenário em um palanque político”. Aos gritos de “não sou vendido”, Danilo da Nova Itabuna afirmou que está no cargo “pelo povo e não pelo prefeito”.

O bate boca entre os edis ficou tão acalorado que, diante da desordem, Sivaldo encerrou a sessão pedindo desculpas ao público presente.

Segundo Cosme, já começou o período do "pega-pega"

Leia em: < 1 minuto

O vereador de Itabuna, Cosme Resolve (PMN), alertou os colegas de Casa sobre a postura de alguns parceiros de caminhada na pré-campanha. Resolve aconselhou que os edis “não sejam gananciosos para tentar comprar a consciência dos cabos eleitorais dos outros”.

Ainda segundo Cosme, já começou o “pega-pega” e, dia desses, ele flagrou um correligionário caminhando ao lado de outro vereador. Que coisa, hein?

Fernando Netto disse que permanência de Azevedo no partido ficou inviável

Leia em: < 1 minuto

Em uma “bola fora” daqueeeelas, o Capitão Azevedo não é mais filiado ao PDT. O presidente do partido em Itabuna, Fernando Netto, garantiu que o ex-prefeito não compõe mais o quadro de filiados à legenda porque “a situação está insustentável”.

Azevedo pode estar de malas prontas para desembarcar no União Brasil e concorrer a prefeito de Itabuna. Inclusive, o político foi até Salvador para tentar costurar um acordo “por cima” com o presidente estadual do PDT, Félix Mendonça, na condição de ter o apoio da sigla no pleito mesmo concorrendo pelo União Brasil.

A atitude do capitão, é claro, pegou mal. “Diante disso, a permanência de Azevedo no PDT é inviável. Está insustentável a permanência dele e o melhor caminho dele é ir para outro partido diante das ações dele”, afirmou Fernando Netto.

E agora, capitão?

Arieldon trabalhava na Santa Casa de Itabuna

Leia em: < 1 minuto

Na manhã de hoje (27.março), o técnico em Radiologia, Arieldon Oliveira, morreu aos 44 anos de idade em Itabuna. Ele era morador do Bairro Mangabinha.

Segundo as informações repassadas por alguns amigos, Arieldon foi encontrado morto dentro da própria residência após retornar do trabalho. Os vizinhos foram os responsáveis por encontrar o corpo.

Arieldon trabalhava na Santa Casa de Misericórdia de Itabuna e era bastante conhecido no bairro onde morava. Amigos disseram que ele estava enfrentando alguns problemas de saúde e tinha sido hospitalizado recentemente após sentir fortes dores na perna.

“Era uma pessoa de bem, um rapaz trabalhador e que tinha uma atenção enorme com a minha família”, declarou Paulo Cristiano, um dos grandes amigos de Arieldon.

Nossos sentimentos à família.

//

21 pessoas já morreram vítimas de dengue na Bahia

Leia em: < 1 minuto

Os municípios de Vitória da Conquista, Salvador e Feira de Santana estão liderando o ranking de cidades com maior número de casos prováveis de dengue em 2024. Os dados são da Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Em Conquista, foram notificados 11.627 casos até agora. Na segunda posição, está a capital Salvador, com 4.962 casos, seguida por Feira de Santana, com 2.888 casos prováveis.

Ao todo, na Bahia, foram notificados 81.428 casos prováveis da doença até o dia 23 de março, registrando um Coeficiente de Incidência (CI) de 575,8 de casos/100.000 habitantes. No mesmo período de 2023, foram notificados 13.854 casos prováveis, o que representa um aumento de 487,8%.

No total, 285 municípios da Bahia estão em estado de epidemia. Outros 45 estão em risco e 12 em alerta.

A Bahia possui uma taxa de letalidade de 1,47, menor do que a média nacional. Ao todo, foram confirmados 21 óbitos por dengue nos municípios de Jacaraci (4), Vitória da Conquista (4), Piripá (3), Santo Antônio de Jesus (2), Barra do Choça (1), Caetité (1), Campo Formoso (1), Feira de Santana (1), Ibiassucê (1), Irecê (1), Juazeiro (1) e Santo Estêvão (1).

📷 Foto Carol Garcia/GOVBA

Dos 21 vereadores, apenas 12 estavam presentes

Leia em: 2 minutos

Na tarde desta terça-feira (26.março), teve confusão no plenário da Câmara de Vereadores de Itabuna. Na ocasião, seriam votados alguns projetos, no entanto, por falta de quórum, a votação foi cancelada pelo presidente Erasmo Ávila (PSD).

Entre as votações previstas para hoje, estava o Projeto de Lei que dispõe sobre o funcionamento dos Conselhos Tutelares do município e a fixação de um subsídio mensal dos membros. A apreciação da matéria era bastante aguardada pelas pessoas presentes na sessão e a ausência dos vereadores foi motivo de revolta.

Dos 21 vereadores, apenas 12 estavam na Casa: Danilo da Nova Itabuna (UB), Ronaldão (PL), Glebão (PDT), Pastor Francisco (Republicanos), Francisco (PSD), Israel Cardoso (Podemos), Erasmo Ávila (PSD), Luizinho da Saúde (DC), Ricardo Xavier (Cidadania), Sivaldo Reis (PL), Cosme Resolve (PMN) e Adão Lima (PSB).

📌 AUSENTES
Os faltantes foram Manoel Porfírio (PT), Nem Bahia (PP), Júnior do Trator (PMN), Kaiá da Saúde (Avante), Gilson da Oficina (Podemos) e Piçarra (SD). A vereadora Wilma (PCdoB) e os vereadores Solon Pinheiro (Cidadania) e Alex da Oficina (Agir) chegaram atrasados à sessão e, por isso, não tiveram as presenças contabilizadas.

O vereador Israel Cardoso falou com este Pauta Blog sobre o ocorrido: “Não tínhamos quórum para deliberar a sessão plenária desta terça-feira. Infelizmente, alguns pares não compareceram ao plenário. Os conselheiros tutelares estavam presentes para presenciar a leitura da mensagem para que começasse a tramitação do projeto. Na próxima sessão, estaremos aqui, mas não sei se o presidente vai convocar alguma [sessão] extraordinária por causa da urgência dessa matéria”.

Além da falta de quórum, a sessão foi iniciada com cerca de 40 minutos de atraso, o que também foi motivo de reclamação das pessoas que foram até a Casa Legislativa.

Marão, Tum e Pancadinha; prefeito de Ilhéus deve apoiar pré-candidatura de Pancadinha

Leia em: < 1 minuto

Nos bastidores, os rumores são de que o prefeito de Ilhéus, Marão (PSD), vai sinalizar o apoio à pré-candidatura do deputado estadual Pancadinha (Solidariedade) a prefeito de Itabuna.

O que causa estranheza é que Marão e o prefeito Augusto Castro fazem parte do PSD e compartilham a mesma base de sustentação no estado. A verdade é que a relação de ambos é cordial durante alguns eventos, mas, no tabueiro político, a dupla não fala a mesma língua há algum tempo.

O clique foi feito nesta segunda-feira (25.março) durante a entrega de novas ambulâncias no Parque de Exposições de Salvador. Na foto, também aparece o secretário estadual de Agricultura, Tum (Avante).

Pellegrini vem empregando todas as suas estratégias políticas para trazer nomes como o de Chico Reis

Leia em: < 1 minuto

O Partido Social Democrático (PSD) de Itabuna está consolidando sua chapa para as próximas eleições com uma “seleção de peso”. Sob a liderança do presidente Alcântara Pellegrini, um estrategista político, o partido busca conquistar uma presença significativa na Casa Legislativa.

Nos bastidores, comenta-se que o PSD de Itabuna está reunindo uma gama de políticos renomados. E um novo nome se junta: o advogado Cosme Reis. Reis traz consigo uma sólida experiência no meio jurídico e político, sendo amplamente respeitado em Itabuna.

O PSD de Itabuna tem sido reconhecido por atrair e abrigar grandes nomes em ascensão no cenário político grapiunense. Com a chegada de Cosme Reis, surge a expectativa sobre quem será o próximo nome a fortalecer a sigla.

A contagem regressiva para outubro já começou, e o PSD está lançando todas as fichas para enfrentar os desafios eleitorais e se tornar o partido com o maior número de vereadores na Câmara de Itabuna.

Thales Silva ingressa no cenário político pela primeira vez

Leia em: < 1 minuto

A Coluna Balão revelou que o secretário Thales Silva estava finalizando os detalhes para confirmar sua pré-candidatura a vereador de Itabuna. Após o acordo firmado com o prefeito Augusto Castro (PSD), Thales entra para o cenário político grapiúna.

Silva está à frente da Secretaria de Transporte e Trânsito desde o início da gestão municipal e está avaliando em qual sigla se filiar para concorrer a uma cadeira na Câmara.

Com duas cadeiras (Planejamento e, agora, Transporte) vagas no Centro Administrativo Firmino Alves, Augusto Castro precisa anunciar sua decisão o mais rápido possível para impulsionar sua possível reeleição.

Azevedo estaria determinado a garantir a própria pré-candidatura em outro partido

Leia em: 2 minutos

O presidente do União Brasil em Itabuna, Enderson Guinho, afirmou a este Pauta Blog que o ex-prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo (PDT), estaria negociando uma possível filiação à sigla. A tentativa seria uma alternativa para concorrer à prefeitura de Itabuna.

A provável negociação entre Azevedo e Guinho, inclusive, pode sinalizar que o capitão não vai cumprir o acordo firmado com o recém-filiado ao PDT, Dr. Isaac Nery. Segundo o presidente do PDT de Itabuna, Fernando Netto, existe um acordo dentro da legenda para que o cabeça de chapa seja o nome que melhor pontue nas pesquisas.

Caso a saída de Azevedo do PDT se concretize, é óbvio que ele não vai apoiar Nery na pré-candidatura a prefeito.

📌 O editor de política deste Pauta Blog, Matheus Vital, já havia relatado na Coluna Balão que o capitão pode estar se sentindo traído e, nos bastidores, tentando encontrar outra sigla para se filiar apenas para não desistir da própria pré-candidatura, mesmo tendo poucas chances de deslanchar sozinho.

Realmente, a política na capital do cacau não é para amadores. Quem quiser que durma no ponto e perca o trem voando sobre os trilhos!

LEIA TAMBÉM NO PAUTA BLOG ⤵️

Augusto Castro e Fabrício Pancadinha, Dr. Isaac e Capitão Azevedo, Andrea Castro, Thales Silva e Zé Alberto, Manoel Porfírio e Cosme Resolve, Nadson Monteiro, Trindade, Tom Ribeiro, Ferlú Mansur, Miltinho do Axé, Marcone Amaral e Léo da Copeira, Marão e Bento Lima

Notícias mais lidas

Outros assuntos