//

Objetivo é alertar procuradores quando houver divulgação de fake news e conscientizar população sobre importância e seriedade do processo eleitoral

Leia em: < 1 minuto

Nesta quinta-feira (7.abril), o procurador-geral da República, Augusto Aras, assinou um acordo com o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, para combater ataques de desinformação durante as eleições deste ano. O documento amplia, também, a interlocução da Corte com a PGR e permite que o TSE alerte os procuradores quando houver divulgação de fake news que atinjam a integridade do processo eleitoral.

A Procuradoria concordou em atuar, reservada e publicamente, para ajudar na defesa da integridade do processo eleitoral, além de tomar medidas para conscientizar a população sobre o fato de que práticas de desinformação são ilegais e antidemocráticas.

Aras foi diagnosticado com a doença pela segunda vez

Leia em: < 1 minuto

De acordo com informações divulgadas pela Procuradoria-Geral da República ontem (2.fevereiro), o procurador-geral da República, Augusto Aras, testou positivo para a Covid-19.

Essa é a segunda vez em que ele é diagnosticado com a doença, mas a Procuradoria divulgou que ele está assintomático. Aras vai ficar afastado do gabinete por recomendação médica, no entanto, vai continuar trabalhando de forma remota.

//

O atual PGR terá de ter seu nome aprovado pelo plenário da Casa

Leia em: < 1 minuto

O atual procurador-geral da República, Augusto Aras, teve seu nome aprovado para um novo mandato pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça do Senado). O placar foi de 21 votos a favor e 6 contra.

Augusto Aras passou por uma sabatina que durou horas e agora, após aprovação de pela CCJ, o nome de Aras também será submetido ao plenário do Senado, onde, para ser aprovado, terá que alcançar a aprovação da maioria simples, ou seja, 41 dos 81 senadores.

A votação é secreta. Se confirmado para um novo mandato, Augusto Aras ficará no cargo até 2023. Da Agência Brasil

📷 Foto de Pedro França/Agência Senado

Notícias mais lidas

Outros assuntos