//

Comunicador (à direita) vai ter que pagar R$ 4 mil de indenização ao vereador (à esquerda); essa é a segunda vez que Colônia é condenado pela prática

Leia em: 2 minutos

O radialista Francisco Anaildo da Silva, mais conhecido como Anaildo Colônia, foi condenado por divulgar fake news contra o vereador de Eunápolis, Renato Bromochenkel (Avante), e deve pagar uma indenização no valor de R$ 4 mil. Essa é a segunda vez que o comunicador é condenado pela prática de disseminar informações inverídicas sobre o edil.

A decisão da Justiça é do dia 18 de novembro e considerou que houve dano moral nas publicações feitas por Colônia a respeito da conduta do político uma vez que “o exercício da liberdade de expressão ultrapassou as fronteiras do regular”. Na primeira condenação, de agosto do ano passado, o radialista teve que pagar R$ 8 mil ao vereador em ações de indenização e reparo por dano moral.

O Pauta Blog tentou manter contato com Anaildo Colônia para obter um posicionamento sobre o assunto, mas, até o fechamento dessa edição, não tivemos êxito. O espaço continua aberto para possíveis esclarecimentos.

Juiz determina que radialista pague R$ 4 mil a vereador vítima de fake news.

Sentença condenatória diz que comunicador cometeu crime de dano moral contra vereador.

"O transporte escolar é pago com nossos impostos e está uma vergonha!", declara vereador

Leia em: < 1 minuto

O vereador de Eunápolis, Pastor Renato Bromochenkel (Avante), publicou um vídeo nas redes sociais em que critica, veementemente, a situação do transporte escolar no município do extremo sul. Segundo ele, o serviço está deixando a desejar e é preciso que o poder público tome alguma atitude para resolver a situação.

De acordo com o edil, a situação atual é fruto de vários problemas que já vêm acontecendo e não são solucionados: “O transporte escolar é pago com nossos impostos e está uma vergonha. Pra vocês terem ideia, nós tivemos uma parada por falta do pagamento do transporte. Os ônibus pararam porque estavam sem receber! Logo em seguida, nós tivemos outro capítulo desta novela, que foram os motoristas sem receber. Agora, mais um capítulo está surgindo, que é a qualidade do transporte escolar”.

O vereador foi além e convocou a prefeita da cidade, Cordélia Torres (União Brasil), para conhecer os veículos que estão sendo utilizados para transportar os estudantes: “Faça uma visita à garagem dos ônibus e veja a qualidade dos veículos que estão sendo contratados para transportar os nossos filhos. É uma vergonha!”.

Notícias mais lidas

Outros assuntos