Oito cachorros foram encontrados mortos em bairro de Teixeira de Freitas // Foto: Reprodução/TV Bahia

Leia em: < 1 minuto

Oito cães foram encontrados mortos no bairro Residencial Castelinho II, localizado na cidade de Teixeira de Freitas, sul da Bahia, no sábado (21). A suspeita é de que eles tenham sido envenenados.

Três dos cachorros estavam na Rua D, enquanto os outros estavam no entorno dessa mesma rua. Urubus que se alimentaram dos corpos desses cachorros também morreram.

Segundo os moradores, os cães viviam pelas ruas, e foi a primeira vez que ocorreu um caso do tipo no local.

Entre os cães mortos, estava uma cadelinha que era monitorada por uma ONG. A cadelinha foi resgatada com filhotes em outubro, depois de uma denuncia de maus tratos. Os filhotes foram doados e ela foi castrada. Depois disso, pela falta de estrutura, a cadelinha foi levada de volta para o lugar onde vivia, mas ficou sendo monitorada pela ONG.

A pena pelo crime de maus tratos a animais é de dois a cinco anos de prisão, além de multa. Do G1

O estabelecimento que não cumprir sofrerá interdição do estabelecimento e cassação da licença para funcionamento

Leia em: < 1 minuto

A Secretaria de Saúde de Teixeira de Freitas, através de Vigilância Sanitária, com apoio logístico da Guarda Municipal, realizou fiscalização e notificação de bares, restaurantes, casas de shows, pub’s, boates, danceterias e similares, que estavam descumprindo as medidas de distanciamento social, com o uso de máscara e álcool em gel pelo usuários e colaboradores.

A Vigilância Sanitária, órgão responsável pela fiscalização destes estabelecimentos, através dos Decreto nº 388/2020, Decreto nº 166/2021 e Decreto nº 328/2021, e os demais em vigor.

É de obrigação do estabelecimento impor aos seus clientes e colaboradores, o cumprimento das normas de distanciamento social, uso de máscara, álcool/gel, bem como fazer atendimento aos clientes como determina o artigo 3º do Decreto nº 906 de 19 de outubro de 2020, retificado/ratificado pelo Decreto nº 166 de 05 de janeiro de 2021.

Caso o estabelecimento permaneça não cumprindo as exigências da notificação, serão aplicadas as sanções previstas no artigo 15, § único do Decreto Municipal nº 388 de 18 de março de 2020 –, que é a interdição do estabelecimento e cassação da licença para funcionamento.

Abastecimento de água será interrompido nesta sexta, em Teixeira de Freitas

Leia em: < 1 minuto

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) informou que irá realizar serviços de melhorias na estação de tratamento de água, em Teixeira de Freitas.

Por conta disso, o abastecimento precisará ser interrompido no município nesta sexta-feira (19), a partir das 5 horas da manhã.

A previsão é que os serviços sejam concluídos às 15 horas do mesmo dia, quando o fornecimento de água começará ser retomado de forma gradativa.

Até a normalização do abastecimento, a recomendação é usar com economia a água armazenada nos reservatórios domiciliares.

Não esquecer de levar os documentos de Identidade, CPF e Cartão do SUS

Leia em: < 1 minuto

Nesta quinta-feira (11), todas as unidades de saúde de Teixeira de Freitas estarão ofertando, das 8h às 12h, vacina contra a Covid-19 aos idosos a partir de 87 anos.

Três unidades rurais também integram o Dia D, são: Cachoeira do Mato, Duque de Caxias e Santo Antônio. É preciso levar no dia os documentos de Identidade, CPF e Cartão do SUS.

No caso dos idosos acima de 90 anos, a vacinação aconteceu na modalidade domiciliar, com os agentes e vacinadores indo diretamente às casas dos cidadãos.

Pais de Teixeira de Freitas querem os filhos com aulas presenciais

Leia em: < 1 minuto

Um grupo de pais de alunos de Teixeira de Freitas tem se mobilizado com uma petição pública virtual, com o objetivo de solicitar o retorno das aulas na cidade. A justificativa, é de que, “com o passar do tempo, ainda que de forma gradativa, todos os seguimentos voltaram a funcionar, exceto as escolas. Inclusive, eventos com até 200 pessoas, quantidade múltiplas vezes maior do que os alunos em sala de aula”.

E informa que as escolas da rede privada do município de Teixeira de Freitas tomaram todas providências necessárias, com todos os protocolos de segurança estabelecidos pela OMS, para o retorno seguro dos alunos ao ambiente escolar. “Nós, pais de alunos das escolas particulares deste município, reivindicamos o direito a escolher o melhor modelo educacional para os nossos filhos, neste caso, aulas presenciais”, reforçam, pedido o direito de escolha.

A jaguatirica foi solta após passar por uma avaliação veterinária

Leia em: < 1 minuto

Frequentemente, a Secretaria de Meio Ambiente de Teixeira de Freitas recebe chamados para a retirada de animais silvestres que aparecem em locais que não fazem parte do seu habitat, ou denúncias de cativeiro ilegal de espécies selvagens. A última solta pela equipe da Fiscalização Ambiental foi uma jaguatirica, carnívoro de pequeno porte, endêmico da Mata Atlântica.

A espécie que está ameaçada de extinção, devido à diminuição de seu habitat, foi encontrada dentro de um bar em Ibirajá, distrito de Itanhém, e resgatada pelo Corpo de Bombeiros. “O animal foi entregue à nossa Secretaria para que pudéssemos devolvê-lo de forma correta ao seu habitat”, comentou a secretária de Meio Ambiente do município, Sabrina Rampinelli.

Segundo a Secretária, os resgates de animais como a jaguatirica são realizados pelo Corpo de Bombeiros e encaminhados à Secretaria, que nesses casos, quando os municípios vizinhos não têm o serviço ambiental, concede apoio na soltura dos animais.

Os animais resgatados são soltos em uma Reserva Legal Protegida e são monitorados. A localização da reserva não é revelada para evitar a exposição deles aos caçadores. Em caso de encontro com animais silvestres, chame os Bombeiro ou entre em contato pelo: (73) 3011-2777 com a equipe da Fiscalização Ambiental do Munícipio.

A vacina chegou em Teixeira de Freitas por volta das 4h

Leia em: < 1 minuto

Na madrugada desta terça-feira, 19, Teixeira de Freitas, recebeu por volta das 4h da madrugada, as primeiras doses da Vacina CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac.

As vacinas foram recebidas pela equipe do Núcleo Regional de Saúde e sob escolta policial foram levadas para a 9º Dires, onde o material foi conferido e acondicionado, para distribuição entre os 13 municípios do Extremo Sul.

O Ministério da Saúde definiu quatro grupos prioritários para a vacinação no primeiro momento. O primeiro grupo é composto por idosos institucionalizados de qualquer idade, idosos acima de 75 anos, profissionais da saúde e indígenas.

Notícias mais lidas

Outros assuntos