//

De sábado até agora, já choveu cerca de 250mm na cidade // 📷 Fotos Redes Sociais

Leia em: 2 minutos

Em decisão publicada na edição do Diário Oficial do Município de ontem (21.novembro), a prefeitura do município de Prado, no extremo sul baiano, decretou situação de emergência por causa das fortes chuvas que atingem a região desde a semana passada. No documento, a prefeitura disse que choveu 250mm desde o último sábado (19.novembro).

Na manhã de hoje (22.novembro), duas estradas foram interditadas por transbordamentos de rios e a estrada que dá acesso à comunidade de Veleiro, na região do Corumbau, foi tomada pela água e os moradores ficaram ilhados. A estrada de Cumuruxatiba também foi interditada, mas a população ainda consegue se locomover por outros acessos.

A chuva também causou quedas de encostas, morros e transbordamento do Rio Jucuruçu. Algumas famílias precisaram sair das próprias casas por causa de alagamentos e a prefeitura segue monitorando a situação.

//

Leia em: < 1 minuto

Equipes do 8° Grupamento de Bombeiros Militar de Jequié resgataram um cachorro que estava no telhado de um imóvel na cidade de Dário Meira. O animal subiu no local para fugir da água que atingiu a região. Os militares conseguiram retira-lo após quatro dias inteiros de tentativa.

O animal estava bastante assustado e a operação teve que ser realizada ainda com mais cautela e cuidado. O objetivo era não estressar ainda mais o cachorro. Após a retirada o animal foi deixado os cuidados do tutor.

Bombeiros militares da Bahia e de outros estados, além de voluntários permanecem atuando no apoio às vítimas das chuvas. Além dos resgates das vítimas, os militares entregar donativos e levam um pouco de carinho atenção.

Quer saber de outras notícias? Siga-nos no Instagram @anvisaoficial.

//

Inspetores e auditores do TCM devem prestar consultoria aos prefeitos

Leia em: < 1 minuto

O presidente do TCM (Tribunal de Contas dos Municípios) da Bahia determinou aos chefes das 17 Inspetorias Regionais de Controle Externo que prestem todo o auxílio técnico necessário aos prefeitos dos municípios atingidos pelas fortes chuvas. A medida é para que os gestores possam agilizar eventuais contratações de serviços e obras necessárias para o atendimento das populações atingidas pelas chuvas nas regiões Sudoeste, Sul e Extremo Sul do Estado.

Os inspetores e auditores que trabalham nas regiões mais atingidas foram orientados para que entrem em contato, imediatamente, com os prefeitos e autoridades dos 70 municípios mais afetados pelas enchentes e que se ponham à disposição para orientá-los sobre contratações em caráter emergencial.

Segundo o TCM, os responsáveis pelas inspetorias do TCM situadas nas cidades de Itabuna e Eunápolis fizeram um relato dramático da situação diante da destruição causada pelas águas e do sofrimento causado às populações, tanto dos centros urbanos como da zona rural.

Notícias mais lidas

Outros assuntos