//

Carro de passeio e caminhão colidiram frontalmente na rodovia

Leia em: < 1 minuto

Na manhã de hoje (4.agosto), por volta das 6h30, um grave acidente envolvendo um caminhão e um carro de passeio tirou as vidas de duas pessoas na BR-101, trecho de Aurelino Leal. A tragédia aconteceu no Km 488 em uma localidade conhecida como “curva do Padre”.

As duas pessoas que morreram estavam no veículo menor, que ficou completamente destruído após a colisão. Já o motorista do caminhão não teve nenhum ferimento.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, que atendeu a ocorrência, a batida aconteceu porque o veículo pequeno invadiu a faixa contrária e colidiu frontalmente com o caminhão. A pista chegou a ficar parcialmente interditada, mas já foi liberada.

📷 Fotos Redes Sociais

Até o momento, ninguém entrou em contato pedindo dinheiro para o resgate

Leia em: 2 minutos

Na manhã de ontem, domingo (29.agosto), o empresário João Coutinho, de 64 anos de idade, estava em sua fazenda, localizada em Aurelino Leal, quando foi abordado por criminosos. Ele e outros dois de seus funcionários foram rendidos pelos indivíduos, até então, não identificados.

Os funcionários do empresário foram amarrados e ele, infelizmente, foi levado do local juntamente com sua caminhonete modelo Hilux. Ainda neste domingo, já no fim da tarde, o veículo foi encontrado abandonado na zona rural de Jaguaquara, mas o empresário, infelizmente, continua desaparecido.

As forças de segurança estão mobilizadas desde ontem para tentar encontrar o empresário que, há 3 anos, foi vítima de assalto. O que chama a atenção da polícia é que, até o momento, ninguém entrou em contato com a polícia nem com a família para pedir dinheiro referente ao resgate. Por isso, seu João Coutinho ainda é dado como desaparecido e não como vítima de sequestro.

Hoje 2ª feira (30.agosto), a Polícia Civil, por meio do delegado titular de Ubaitaba, Dr. Marcos Larocca, informou que ouviu os funcionários que foram rendidos na fazenda e eles relataram o que aconteceu. Inclusive, que o empresário chegou a resistir bastante à ação criminosa e chegou a entrar em luta corporal com os criminosos antes de ser levado.

Seu João Coutinho é proprietário de algumas lojas no município de Aurelino Leal e Ubaitaba e é figura bastante conhecida na localidade. A família, é claro, está desesperada e chegou a oferecer recompensa para quem passar informações sobre o possível paradeiro do empresário.

Notícias mais lidas

Outros assuntos