Bekos

//

De hoje (5.mar) até as 5h da próxima quarta-feira (10.mar)

Leia em: 2 minutos

O Governo do Estado e prefeituras do sudoeste baiano acordaram a ampliação de medidas mais restritivas para frear a disseminação da covid-19 na região. O Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (5) trará um novo decreto que permite apenas o funcionamento dos serviços essenciais, a partir de hoje (5.mar) até as 5h da próxima quarta-feira (10.mar).

Estarão liberadas as atividades relacionadas à saúde e comercialização de gêneros alimentícios e feiras livres, além do transporte e do serviço de entrega de medicamentos e demais insumos necessários para manutenção das atividades de saúde.

São considerados serviços públicos essenciais, cuja prestação não admite interrupção, as atividades relacionadas à segurança pública, saúde, proteção e defesa civil, fiscalização, arrecadação, limpeza pública, manutenção urbana, transporte público, energia, saneamento básico e comunicações.

As medidas valem para os seguintes municípios: Caculé, Caetité, Candiba, Carinhanha, Feira da Mata, Guanambi, Ibiassucê, Igaporã, Iuiu, Jacaraci, Lagoa Real, Licínio de Almeida, Malhada, Matina, Mortugaba, Palmas de Monte Alto, Pindaí, Riacho de Santana, Rio do Antônio, Sebastião Laranjeiras, Tanque Novo e Urandi.

Fica proibida a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por sistema de entrega em domicílio (delivery), das 18h de 5 de março até as 5h de 8 de março.

Os atos religiosos litúrgicos poderão ocorrer, respeitados os protocolos sanitários estabelecidos, especialmente o distanciamento social adequado e o uso de máscaras, bem como com capacidade máxima de lotação de 30%.

Ficam suspensos, no período de 5 de março até as 5h do dia 10 de março, os atendimentos presenciais do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) nos 22 municípios. Também ficam suspensas nesses municípios, de 5 de março até as 5h de 10 de março, as atividades presenciais nos órgãos e entidades da Administração Pública Estadual não enquadrados como serviços públicos essenciais, devendo ser adotado o regime de trabalho remoto.

NOVOS LEITOS
A ampliação da restrição é motivada pelo aumento significativo no número de casos do novo coronavírus na região. Em função deste cenário, o governador Rui Costa afirmou que está em trâmite a contratação para abertura de 10 leitos de Unidade de Terapia intensiva (UTI), para pacientes com covid-19, no novo Hospital de Caetité.

Erasmo Ávila defende a reabertura do comércio de Itabuna

Leia em: < 1 minuto

O vereador e presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna, Erasmo Ávila (PSD), representou o Legislativo Municipal durante manifestação dos empresários na manhã de hoje, em frente a Prefeitura de Itabuna, e também na reunião em que representantes da classe empresarial foram recebidos pelos Secretários Lívia Mendes (Saúde), Ricardo Xavier (Indústria, Comércio, Emprego e Renda) e Thales Silva (Transporte e Trânsito).

“Temos que pensar a situação como um todo. A Câmara de Itabuna é do povo, vai ouvir sempre o povo e estamos acompanhando o trabalho executado pelo nosso prefeito Augusto Castro”, disse o vereador.

E completou ressaltando que a posição do governador Rui Costa foi arbitrária. “Mas também temos que ter a consciência de que o mundo está em crise e a Bahia também. Não vamos jogar pedra no governador, é o momento de tomar nossas providencias, não adianta o comércio fechado, mas matando as pessoas de fome”. 

//

Prefeito de Salvador anuncia prorrogação do toque de recolher e interdição de praias e espaços públicos

Leia em: < 1 minuto

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), afirmou nesta segunda-feira (1°.mar) que o toque de recolher deve acontecer pelo menos até o próximo domingo (7.mar). O gestor também aproveitou para firmar a continuidade da interdição de todas as praias da cidade, bem como espaços públicos e clubes privados.

“Diante do número crescente dos casos de coronavírus, acabei de anunciar a interdição, por mais sete dias, de todas as praias da cidade. Além disso, os campos, quadras e parques públicos municipais continuam fechados, bem como a Arena Aquática e os clubes sociais, recreativos e esportivos seguem com funcionamento suspenso”, afirmou o prefeito de Salvador.

Bruno Reis (DEM) também destacou o esforço da Prefeitura e Governo da Bahia em abrir novos leitos para atender a demanda do crescimento de casos e internações por Covid-19, mas repetiu que a única forma de evitar o caos total na rede de saúde é “ficar em casa” e manter o distanciamento social. 

Cosme Resolve disse que Rui Costa perdeu seu voto

Leia em: < 1 minuto

O vereador Cosme Resolve (PMN) apoiou na manhã desta segunda-feira (1º.mar), a manifestação dos comerciantes em, frente a Prefeitura de Itabuna, quando na oportunidade falou abertamente que o governador Rui Costa deveria ter se organizado para fazer o lockdow e a sua prorrogação.

“Os comerciantes não estão errados. O governador Rui Costa jogou a bomba para os municípios resolverem. Votei duas vezes nele, mas agora perdeu meu voto”, disse.

E completou: “Achei imprudência, falta de organização e esquecimento. Antes de impor uma lei tem que consultar o povo. Não se toma uma atitude dessas sem consultar os empresários, sei o que é um trabalhador sem dinheiro”. 

//

Bahia pode ter lockdown, disse o governador Rui Costa (PT)

Leia em: < 1 minuto

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), disse que se o cenário da pandemia não melhorar no estado, serão necessárias medidas mais rígidas para conter o avanço da Covid-19 no estado, como o lockdown.

“Há possibilidade, sim, de haver fechamento total, que é o que o povo chama de lockdown. Eu quero que as pessoas compreendam que nós estamos indo progressivamente para tentar ir ganhando a consciência e a colaboração de todo mundo. Então, iniciamos com 22h, puxamos para 20h, e o funcionamento de bar e restaurante até as 18h. Se nada surtir resultado, nós vamos ampliando isso, chegando no limite a fechar tudo”, disse.

O governador informou que o início do ano letivo da rede estadual acontecerá em março. As aulas serão 100% remotas. A volta do ensino presencial, no entanto, não tem data prevista e depende do cenário da pandemia na Bahia.

Notícias mais lidas

Outros assuntos