Zagueiros Lucimario e Jan Pieter, meio de campo Cacique e atacante Cesinha são novos nomes do time

Leia em: < 1 minuto

Ontem (22.novembro), os jogadores do Itabuna Esporte Clube iniciaram os treinamentos na cidade de Camacã já mirando a temporada de 2023, quando a equipe vai disputar a Série A do Campeonato Baiano. Uma parte dos atletas passou por avaliação física ao lado de profissionais que puderam entender e identificar as necessidades e o ponto alto do desempenho de cada um.

O médico Wladimir Bonfim, o fisiologista Alexandre Dortas, além do preparador físico Leonardo Coutinho e do gestor de futebol e ex-atleta profissional, Flavio Tanajura, são os grandes nomes da equipe técnica responsável pela alta performance dos jogadores.

A direção do Dragão do Sul tem investido alto na preparação do time com o objetivo de alcançar cada vez mais títulos. Um grande exemplo disso é que grandes nomes chegaram com o status de reforço, a exemplo dos zagueiros Lucimario e Jan Pieter, o meio de campo Cacique e o atacante Cesinha.

"Não é apenas para participar ou não cair, queremos disputar as cabeças", declara presidente Rodrigo Xavier

Leia em: < 1 minuto

O Itabuna Esporte Clube, campeão da Série B do Campeonato Baiano neste ano, promete chegar com tudo para disputar a Série A do Baianão no próximo ano. A partir desta 3ª feira (22.novembro), os jogadores começam a intensa rotina de treinos na cidade de Camacã e prometem lutar para jogar de igual para igual com os grandes times que estarão na disputa.

Nesta 2ª feira (21.novembro), foram apresentados os novos nomes contratados para reforçar a equipe e ajudar a conquistar mais um título. O Pauta Blog conversou com o educador físico e presidente do clube, Rodrigo Xavier, que disse que a expectativa para 2023 é a melhor de todas: “Vamos chegar para entrar na briga e ser campeão ou ficar entre os primeiros, não é apenas para participar ou não cair, estamos tentando acertar para montar o time e poder disputar as cabeças”.

Avante, Dragão do Sul!

Marcel é sócio e diretor financeiro das Lojas Buriti

Leia em: < 1 minuto

No último final de semana, o empresário Luiz Marcel Ribeiro utilizou as redes sociais para anunciar que deixou o cargo de diretor financeiro do Itabuna Esporte Clube. O sócio e diretor financeiro das Lojas Buriti alegou ter motivos pessoais para deixar a função, mas afirmou que continua torcendo pelo sucesso da equipe.

Na mensagem emocionante de gratidão e orgulho, Marcel diz que fez parte de um movimento que ajudou a reestruturar o Dragão do Sul: “Trabalhamos para cuidar desse patrimônio que é de todos os Itabunenses. Juntos, superamos desafios e iniciamos um novo ciclo de melhorias, pautando nossas ações em planejamento, transparência e respeito”.

Corpo de Zé Baixinho foi levado para Itapetinga para velório e sepultamento

Leia em: < 1 minuto

O ex-vereador de Itabuna e ex-presidente do Itabuna Esporte Clube, José Rodrigues de Lima, mais conhecido como Zé Baixinho, faleceu ontem (11.agosto) aos 67 anos de idade. Zé estava enfrentando um câncer hepático e não resistiu ao agravamento no quadro de saúde.

O corpo de Zé Baixinho foi levado para a cidade de Itapetinga, no sudoeste baiano, para ser velado e sepultado, já que o ex-vereador estava morando lá nos últimos anos. Ele deixa esposa e filhos.

Nossos sentimentos aos familiares e amigos!

Primeiro jogo terminou em 1x1 contra o time de Jequié; rodada de volta acontece na casa do adversário

Leia em: < 1 minuto

O Itabuna Esporte Clube disputa, no próximo domingo (24.julho), o segundo jogo da semifinal da Série B do Campeonato Baiano. O time empatou em 1×1 no primeiro jogo contra a equipe de Jequié e, agora, vai enfrentar o segundo desafio na casa do adversário.

Durante a primeira fase do campeonato, o Dragão do Sul teve o quarto melhor aproveitamento da competição já que, em 11 jogos, foram 5 vitórias, 4 empates e apenas 2 derrotas. Se avançar para a final do campeonato, já vai estar, automaticamente, na Série A do Baianão.

Atacante Jussimar e o atual técnico, Sérgio Araújo.

No time, o destaque vai para o goleiro Thiago Passos, que já passou por grandes clubes brasileiros e conseguiu defender 3 pênaltis na competição. Além disso, o atacante Lucas Shallon fez 5 gols e Jussimar marcou outros 5. O atual técnico, Sérgio Araújo, foi campeão baiano com o Altético de Alagoinhas em 2021.

Avante, Dragão!

Disputa vai acontecer no Estádio Municipal Pedro Caetano, em Ipiaú

Leia em: < 1 minuto

No próximo sábado (16.julho), é hora de torcer pelo Dragão do Sul na busca por mais um triunfo na Série B do Campeonato Baiano 2022. O Itabuna Esporte Clube vai enfrentar o time de Jequié na semifinal que acontece no Estádio Municipal Pedro Caetano, em Ipiaú, a partir das 15h.

Boa sorte aos jogadores que, desde o início do campeonato, vem enfrentando várias dificuldades para competir, mas o amor pelo esporte tem falado mais alto. Avante, Dragão!

Itabuna Esporte Clube voltou a participar da Série B do Baianão após 7 anos

Leia em: 2 minutos

O time do Itabuna Esporte Clube permanece invicto na Série B do Campeonato Baiano e, mesmo estando na terceira colocação na tabela com duas vitórias e dois empates, precisa de ajuda para se reerguer financeiramente e arcar com os custos de participar do campeonato. O time tem grandes chances de chegar à Série A, mas a diretoria está preocupada com os prejuízos financeiros acumulados a cada jogo.

O clube tem se deslocado para disputar partidas em outras cidades a exemplo de Vitória da Conquista já que os estádios da região foram considerados inadequados por equipes do Corpo de Bombeiros Militar, mas isso tem gerado custos. De acordo com o boletim financeiro apresentado pela diretoria, os gastos já chegam a R$ 45 mil, além das despesas com a folha de pagamento dos atletas.

Segundo o presidente do time, Rodrigo Xavier, existe a possibilidade do time não ir até o final por falta de dinheiro: “Sem apoio, corremos o risco de não conseguir chegar ao final do campeonato. Mandando os nossos jogos em Vitória da Conquista, temos uma série de despesas que não estavam em nosso planejamento. O planejamento inicial era mandar os jogos em nossa casa no Itabunão. O nosso time está invicto na competição, montamos um time para brigar pelo acesso à Série A, mas precisamos de apoio”.

Vale lembrar que, após 7 anos, o Itabunão voltou a jogar pela Série B do Baianão e é considerado o time de maior torcida na cidade, mas sem apoio dos torcedores e do poder público, vai ficar difícil ir mais longe na competição. Quem puder ajudar o clube com qualquer quantia, pode doar pelo PIX [email protected]

Time do Itabuna treina para voltar a elite do futebol baiano

Leia em: 2 minutos

O Itabuna Esporte Clube lança oficialmente hoje (2.maio), às 18 horas, na AABB, o Projeto de Retorno ao Futebol Profissional com a apresentação da nova equipe e Comissão Técnica, além da assinatura de contrato com os dois patrocinadores máster para a disputa do Campeonato Baiano da Segunda Divisão.

De acordo com o presidente do Itabuna, Rodrigo Xavier (Digão), a última participação do azulino no Baianão ocorreu em 2015. Segundo ele a diretoria buscou parcerias para que o time faça bonito no certame que começa no dia 22.

“Vamos contar com os patrocínios da Buriti, uma das maiores empresas do segmento de materiais de construção da região e também do Simparic, um medicamento para cães, do laboratório Zoetis que, assim como a cidade, acreditam no Itabuna Esporte Clube”, afirma Digão.

Segundo o diretor de Futebol, Ricardo Xavier, a Segundona do Baianão 2022, terá cara de primeira divisão, pois vai contar com a participação de clubes tradicionais. Além do Itabuna, a competição contará  de Feira, Jequié, Juazeiro, Flamengo de Guanambi e Galícia.

“É a primeira vez que o Campeonato Baiano da Segunda Divisão, acontece com 12 equipes e times que sempre se destacaram nas disputas da primeira divisão. Será emoção do início ao fim”, assegura Ricardo Xavier.

O time do Itabuna vai mandar seus jogos na cidade de Ipiaú e manter seus treinos no Estádio Luiz Viana Filho, que ainda não tem permissão para receber jogos oficiais. Na primeira fase, haverá 11 jogos, sendo que a equipe azulina terá cinco mandos de campo e fará seis partidas sem no campo adversário.  O time já vem treinando e promete lutar pelo acesso à primeira divisão.

Notícias mais lidas

Outros assuntos