//

Leia em: 2 minutos

Arataca, 12 de maio de 2022.

O governo atual reitera o seu compromisso com a transparência nos atos para benefício da população arataquense.

Estava sendo tratada com um determinado servidor da cervejaria IMPÉRIO uma parceria entre o Arafolia 2022 e a cervejaria citada, onde a mesma iria além de trazer o produto com o preço acessível a população, estrutura para os ambulantes e patrocínio em dinheiro para ajudar custear o evento, já que o mesmo será realizado com atrações de visibilidade nacional, estadual e regional.

No dia de hoje, 12/05/22, recebemos a visita de outros servidores da marca IMPÉRIO e informou que o servidor que fez o primeiro contato com a Prefeitura não fazia mais parte do quadro de funcionários e o que foi acordado entre o mesmo e PMA, não seria da mesma maneira, foi tirado o patrocínio para cobrir parte dos custos do evento, a estrutura para os ambulantes estaria condicionada a outro centro de distribuição caso o mesmo estivesse com esse material disponível, além do preço não ser tão atrativo como foi dito em conversar preliminares.

Deste modo, o prefeito Ferlú Mansur, entendendo que a parceria não seria boa para o evento e muito menos para a população e turistas que vão fazer parte do Arafolia 2022, decidiu por não prosseguir, dando aos ambulantes a opção de vender qualquer marca de bebida (cerveja, água, refrigerante, vodka, uísque e outros), desde que não seja de vidro, liberando a entrada de isopor, cooler e qualquer outro tipo de recipiente, com qualquer tipo de bebida.

Está vedada a entrada de garrafas de vidro por parte dos foliões no circuito da festa, para garantir a segurança do evento.

Prefeitura Municipal de Arataca, uma gestão para todos

Leia em: 2 minutos

Em atenção a notícia veiculada no site de notícias Inforilheus, no dia 17 de agosto de 2021, no qual foi divulgada equivocadamente notícia, cujo título é “MAIS UM SUPOSTO ESQUEMA DE RACHADINHA E DESVIO DE FUNÇÃO DO PRESIDENTE JERBSON”, cumpre mencionar que tais informações são inverídicas e prestam um verdadeiro desserviço aos leitores.

Ora, o Presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus, Jerbson Morais, não é dono, muito menos sócio da rádio Baiana, ele apresenta apenas um programa no referido canal de comunicação, intitulado “Falando Direito”.

No que tange as escolhas das rádios, programas, sites e blogs que são veiculados as propagandas da Câmara Municipal, esta é uma decisão conjunta entre a agência de publicidade contratada e a necessidade de veiculação a Câmara de Vereadores de Ilhéus, de acordo aos critérios técnicos de audiência, agência esta que foi contratada mediante licitação.

Devemos informar também que a supramencionada agência possui seus próprios critérios e apresenta mensalmente relatórios com as inserções e propagandas que foram realizadas em TODOS os veículos de comunicação, portanto, resta claro que não existe qualquer irregularidade na contratação desses veículos de imprensa.

Importante esclarecer, ainda, que os valores apontados na equivocada matéria não refletem a realidade do quanto pago à Rádio Baiana de Ilhéus. O título de uma das matérias aponta que a citada emissora de rádio recebe da empresa de Publicidade contratada pela Câmara, num contrato anual, o valor de R$ 100.000,00 (cem mil reais).

Tal afirmação é leviana e desprovida de fundamento uma vez que a empresa de publicidade não possui contrato anual com nenhum veículo de comunicação. As emissoras de rádio e sites de notícias são contratadas de forma mensal e de acordo com a demanda do Poder Legislativo, não havendo como afirmar que a Rádio Baiana receberia, até o final do ano, a citada quantia vultuosa.

É notório o intuito do Senhor Uallesson Nascimento Santos em depreciar a imagem do presidente da Câmara de Vereadores, pois esta não é a primeira vez que o responsável pelo blog compartilha inverdades na internet. Acreditar em suas falsas notícias é o mesmo que entrar em um mar de fantasia que ele navega diariamente.

Assim, é lamentável a alteração na realidade dos fatos, sobretudo pelo fato de em nenhum momento o presidente da Câmara ter sido procurado para esclarecimento, como é de praxe no compromisso jornalístico, mesmo assim, prezando pela transparência e seriedade com a coisa pública, se coloca à disposição para quando houver dúvida sobre quaisquer dos nossos atos.

Registre-se que compartilhar e impulsionar fakenews é crime, sendo primordial que se chequem as fontes de informação.

Ilhéus-BA, 17 de agosto de 2021.

Jerbson Moraes
Presidente da Câmara

Leia em: 2 minutos

Causa-nos profunda estranheza o comportamento do blog Ilhéus 24h, que insiste em publicações falsas contra a Câmara de Vereadores de Ilhéus, no sentido de atingir a imagem da nossa instituição. Ontem, sem qualquer compromisso com a verdade, o blog e seu editor partiram para atacar o processo de liberação do ticket de alimentação dos servidores deste Poder Legislativo, induzindo o leitor a questionamentos sobre a lisura do pleito.

Primeiramente, temos que esclarecer que a atual gestão vive um grande desafio à frente do legislativo ilheense, pois com um recurso de duodécimo inferior ao de legislaturas passadas, tem de administrar uma Câmara que passou de 19 para 21 vereadores.

Este fato provocou não só o incremento da remuneração de dois edis como na necessidade de disponibilização de recursos do duodécimo para a manutenção dos gabinetes e cargos em comissão desses dois novos parlamentares, tudo sempre respeitando as normas de responsabilidade fiscal, o que justifica todas as medidas administrativas que foram adotadas no sentido de gerir os recursos do legislativo ilheense com maior responsabilidade, transparência e economia.

Sim, hoje a Câmara de Vereadores possui recursos em caixa que permitem de forma segura a implementação de novas ações em favor dos seus servidores e do povo Ilheense.

E uma destas ações já consolidadas é o pagamento do ticket de alimentação aos servidores da Câmara de Ilhéus, que voltará a ser pago a partir deste mês de julho, honrando o compromisso firmado pelo presidente Jerbson Moraes em plenário. A partir de agora, inclusive, já não dependendo mais da vontade e disponibilidade de cada exercício administrativo da instituição já que, na atual legislatura, este direito do servidor foi instituído e regulamentado em lei municipal, proposta pela Mesa Diretora.

Cabe-nos, portanto, destacar que até então não existia lei que instituísse este benefício aos servidores, uma exigência do Ministério Público Estadual e somente após a edição desta norma pelo plenário, foi realizada nova licitação, com ampla publicidade, para contratação de empresa especializada no fornecimento de cartão alimentação.

Esta é a verdade. Sem distorções. Sem maldades.

Reforçamos o compromisso desta Presidência e de todos os vereadores ilheenses com a valorização dos seus servidores e com a estrita obediência das normas de responsabilidade fiscal.

Queremos avançar mais e mais em uma gestão responsável com o duodécimo, transparente nos gastos e moderna na prestação do seu serviço de legislar e fiscalizar em favor do povo de Ilhéus.

Reiteramos a convivência pacífica e harmoniosa com a imprensa responsável de Ilhéus. Estamos sempre à disposição, quando houver dúvida sobre qualquer dos nossos atos.

Mas estamos, também, compromissados com a prevalência da verdade.

A Mesa Diretora da Câmara informa que medidas judiciáveis cabíveis serão tomadas, no sentido de impedir que mentiras prevaleçam sobre as verdades dos nossos atos.

Ilhéus, 25 de julho de 2021.

Jerbson Moraes
Presidente da Câmara

Notícias mais lidas

Outros assuntos